País: Portugal Brasil
Ainda não iniciou sessão (Iniciar sessão ou registar-se)
    •  
      R3volution
    • 8 Outubro 2008 editado
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 1
    Olá a todos!

    Pois bem, fase de orçamento de cozinhas.
    Gostaria de saber os tipos de materiais mais indicados, referindo claro o seu custo, não quero gastar dinheiro numa coisa que dure 3 anos, mas também não tenho para uma que dure 100.
    - Móveis: estava pendido para termolaminados. Já ouvi dizer bem e mal. Há os aglomerados marítimos (é bom mas é caro), e claro os afamados post-forming. Esta solução é a mais barata, mas será que o barato sai caro?
    - Tampos: há aquele mito de que o tampo de "imitação" não presta. Será mesmo assim? Agora há um tipo de material, acho que é granito compacto, dizem que é melhor que a própria pedra, mas tem um custo elevadíssimo. Compensa a diferença?
    Façam comentários, dêem opiniões pessoais, afinal todos temos cozinhas :P

    Cumps
    • poeta rural
    • 8 Outubro 2008
    •   (membro com 16 agradecimentos)
     # 2
    Viva.
    Essa questão denota alguma confusão entre materiais, aplicações e vantagens...
    Passo a tentar explicar: numa cozinha há 4 aspectos fundamentais: os módulos de cozinha (vulgarmente designados por Kits), as portas e frentes de gaveta, o tampo e por fim as ferragens.

    Os módulos - Os módulos constituem o interior dos armários e existem em duas opções mais comuns: em aglomerado Standard ou em aglomerado hidrófugo. Existem ainda outras (mdf, madeira maciça (hoje em desuso), contraplacado, etc). Vamos no entanto centrar-nos nos que interessam. Recomendo uso de Aglomerado Std, pois normalmente o ganho que obtém devido ao uso de aglomerado hidrófugo não se justifica.

    As Portas - Aqui sim, existem mais soluções. O interior pode ser em mdf, mdf hidrófugo, aglomerado std ou hidrófugo. Estas depois são revestidas com termolaminado, pvc, lacadas (possivel no caso de mdf), revestidas a folha de madeira natural, melamina, etc....
    A escolha neste campo deve ser feita tendo em conta aspectos estéticos Vs preço. Só não lhe recomendo as que são revestidas a melamina por serem demasiado sensiveis a riscos e perfurações.
    O que pretende? Estilo moderno ou mais tradicional, Portas de madeira, imitação de madeira, cores lisas, cantos arredondados (postforming)? Só definindo o que prentende será possivel propor soluções.

    O Tampo - Exitem em aglomerado STD ou HID revestidos a termolaminado , em pedra (granito, mármore) ou em compactos de resina + pedra (Compact, Silestone) Aconselho pedra ou compacto. Os revestidos a termolaminado (postformados) têm uma resistencia a riscos menor.

    As ferragens - deixei este componente para o final mas considero- fundamental e o mais importante para a qualidade e durabilidade duma cozinha. Dobradiças, amortecedores, corrediças, aqui sim deve exigir um material de qualidade, o que raramente acontece. Marcas Hettich, Blum ou equivalentes, nunca inferior!
    Concordam com este comentário: siul72
    Estas pessoas agradeceram este comentário: AnaT, siul72, FilipeBM
    •  
      R3volution
    • 8 Outubro 2008 editado
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 3
    Olá!
    Pois, esqueci-me do estilo... será de estilo moderno, decoração lisa, nada de frisos e afins. Só mesmo a placa de madeira e o puxador. Em termos de decoração está por decidir entre duas situações, ou wengué ou uma cor lisa com brilho. O gosto recai no preto glass, mas não combina bem com os azulejos da cozinha (bejes e castanhos).
    Entre termolaminado e lacado, qual a melhor solução? Sei que andam ela por ela em custos, mas em termos de durabilidade/resitência?

    "Silestone" - era mesmo esse o termo que não me lembrava :D , tenho um orçamento para uma bancada de (7)mt em U, que fica em 1350€. upa upa ... Eu sei que é a melhor opção, mas com o preço deste, se calhar compro umas 4 das outras.

    Hoje falei com uma pessoa para pedir orçamento, e neste caso ele faz todos os componentes da cozinha em aglomerado marítimo, desde a estrutura dos móveis aos frontais de gavetas e portas, daí a minha pergunta quanto aos móveis. O certo é que é uma solução boa mas caríssima.

    Nas ferragens tem razão, é certo que terá softclose, e será das peças mais esforçadas, pois gaveta, uma porta, está sempre a ser utilizada e não convém ao fim de pouco tempo começar a ter gavetas a encravar ou coisas do género. Tenho visto também as soluções de arrumação interior em aramados, mas os preços que me tem dado, fiquei estupefacto. 200€ para cestos em meia lua para os armários inferiores?! chiça....
    • poeta rural
    • 8 Outubro 2008 editado
    •   (membro com 16 agradecimentos)
     # 4
    A durabilidade de um termolaminado poderá ser identica à do lacado. Ambas são muito bonitas mas lembre-se que o alto brilho é dos acabamentos onde mais se notará os riscos. Assim sendo terá de ter muito cuidado com a utilização e limpeza para nao riscar as portas....

    A não ser para as grandes fábricas, os módulos "componentes" hoje em dia não se fazem, compram-se. Se a empresa com quem falou os vai fazer, é certo que lhe vai custar um balúrdio!
    ah e mais um detalhe: não existe aglomerado marítimo!
    O aglomerado que ele lhe está a propor é Aglomerado hidrófugo, normalmente distingue-se visualmente por ter uma cor verde (corante). Esse agloermado apresenta uma resistencia superior à humidade em relação ao tradicional, mas tanto um como outro se apanhar agua vai inchar ficando os móveis danificados. Se os móveis estiverem bem feitos, bem isolados, bem orlados, sem partes com aglomerado à vista, pode utilizar um algomerado normal, pois vai durar 10 ou 20 anos sem qualquer problema.
    •  
      R3volution
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 5
    Pois, evitar riscos numa cozinha, é quase impossível... há sempre algo que cai ou uma faca que foge...
    O material que a pessoa me mostrou a amostra, é igual à última designação: http://www.quimar.pt/quiplac.php
    Realmente aquilo é bem duro, mas só para ter uma ideia, deu-me um valor aproximado de 5500€ para uma cozinha c/ 7mt em U com móveis inferiores e superiores, c/ balcão, persiana em alumínio, rodapé em alumínio e bancada de silestone.

    Venham mais opiniões! :)
    • poeta rural
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 16 agradecimentos)
     # 6
    Colocado por: Pedro Azevedo78Boas,

    Pelas respostas vejo que trabalha na área. Posso lhe perguntar em que zona?
    É que vou ter de fazer uma cozinha, e gosto sempre de trabalhar com quem sabe do que fala... ;)

    Cump.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:poeta rural

    Sou da área do Porto.
    • Pauloss
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 31 agradecimentos)
     # 7
    http://www.gneisse.pt/

    Das melhores cozinhas do mercado.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PatriciaPinto
    • nms
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 1 agradecimentos)
     # 8
    Olá a todos!!!!

    Já pensou nas cozinhas do IKEA???
    Na minha opinião são bastante boas, com um design atractivo e a preços bastante competitivos.
    Para além disso eles oferecem 25 anos de garantia, o que me parece bastante bom..
    Actualmente estou a pensar remodelar o meu apartamento, e tanto eu como o meu marido somos fãs do IKEA.
    Na realidade somos apologistas de boas soluções a baixo preço!!!
    É claro que esta maneira de fazer as coisas de facto fica mais barata, mas tambem dá muito mais trabalho!!!
    De qualquer das formas acho que se tiver oportunidade deve dar um salto ao IKEA!!!
    Até porque se não quiser ter o trabalho de tranportar e montar a cozinha voce mesmo, pode sempre pedir para lho fazerem e os preços não me parecem exagerados...

    Cumpts.
    •  
      R3volution
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 9
    Colocado por: nms
    Na realidade somos apologistas de boas soluções a baixo preço!!!


    então somos do mesmo clube :P

    Já lá fui dar uma olhadela, inicialmente a ideia era ir lá, mas depois de ter orçamentos muito aproximados que já incluem a montagem, decidi pôr um pouco aparte a solução ikea. Os acessórios certamente serão lá, mas os móveis prefiro optar por deixar os profissionais fazerem, além de que como a casa tem ângulos, será preciso outro tipo de trabalho que os móveis standard. E depois tb há o factor distância.

    Eu gostava era de ter feedback das pessoas que tem diferentes tipos de materiais para ter uma ideia melhor das resistências dos materiais.
    Uma das minhas principais dúvidas é se devo investir num tampo silestone? Valerá a pena o custo?

    cumps
    • poeta rural
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 16 agradecimentos)
     # 10
    Se pretender um orçamento para Montagem de Cozinhas Ikea, avise!
    Zona Norte de Portugal
    •  
      R3volution
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 11
    zona sul aqui :P
    • Gandufe
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 1 agradecimentos)
     # 12
    Olá aos indecisos das cozinhas!
    Eu,tenho a mesma opinião dos apologistas da Ikea.Aliás" já sou do tempo" em que era preciso ir a Madrid para ter acesso aos produtos e só lamento já ter uma cozinha em madeira feita por um carpinteiro,pois as da Ikea são óptimas e muito em conta.Claro q. há o tal problema dos cantos, q. não sei como eles (Ikea)podem ultrapassar,mas têm uma equipa que se senta a tentar resolver em conjunto todas essas questões.
    Os materiais e modelos são resistentes,funcionais e bonitos.
    Se a minha opinião serviu para alguma coisa,já fiz a minha boa acção do dia.
    Cumprimentos
  1.  # 13
    Boas,

    Então devem ter modelos bem diferentes do que os que eu vi e toquei... Em duas delas ao abrir as gavetas fiquei com a sensação que ia ficar com ela na mão...

    Ferragens péssimas!

    Os tampos... Bem se o conceito for ter durante pouco tempo para trocar muitas vezes...

    Cump.
    • poeta rural
    • 9 Outubro 2008
    •   (membro com 16 agradecimentos)
     # 14
    Há vários moveis e peças da IKEA que poderão ser alvo de críticas quanto à qualidade e durabilidade dos materiais, se bem que quase sempre reunem com sucesso uma combinação equilibada de preço, design, funcionalidade e durabilidade quanto baste. Mas no caso das cozinhas meus caros, a coisa muda de figura. As cozinhas IKEA são de facto tão boas ou melhores do que maior parte que se vendem em muitos estudios e marcas conceituadas. Os módulos são em aglomerado de 18 mm quando em Portugal na maioria são em 16 mm. As portas se não for a linha de entrada de gama são de boa qualidade. As ferragens são tb muito boas. Caso não saibam são da BLUM que é uma das marcas líderes a nível mundial!
    Por isso elas não são assim tão baratas!
    •  
      R3volution
    • 9 Outubro 2008 editado
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 15
    Na ikea, a comprar seria o modelo abstrakt preto. Mas como o preço anda ela por ela com empresas aqui da zona... fico-me por aqui, sempre fica mais à mão.

    Bom, estou a ver que ninguém está contra o aglomerado de madeira como estrutura dos móveis?

    Tenho visto muito a referência "post forming", ou fórmica, isto é o mesmo que o aglomerado, não é?
    • poeta rural
    • 10 Outubro 2008
    •   (membro com 16 agradecimentos)
     # 16
    Vamos lá ver se consigo explicar:

    "Postformar"- É uma tecnica que consiste em dar forma aos topos das peças (portas, tampos) revestindo-ae colando-a. O Potforming é possível nas portas nos laterais
    Formica - é uma marca de termolaminado que pode ser utilizado para tampos e portas postformadas ou não. Os tampos de cozinha em termolaminado são normalmente posformados na frente ficando com um topo arredondado!
    Aglomerado é o material que todas estas peças têm dentro.

    Na minha opinião acho que está a complicar o que é simples. Se quer linhas rectas como disse atrás, não sei porque é que ain da fala aqui de Postforming que tem os lados arredondados!
    Decida em função do que gosta e preço!
    •  
      R3volution
    • 10 Outubro 2008
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 17
    amigo, pensava que o post forming era uma estrutura de construção, mas já percebi que é apenas uma técnica de moldagem.
    Nem todas as peças laminadas tem aglomerado no seu interior, tb o há com mdf. Penso que o mais habitual é a estrutura do móvel em aglomerado e as portas/frontais de gavetas em mdf termolaminado? Tb é possível fazer a estrutura dos móveis em mdf, ao invés de aglomerado?
    • poeta rural
    • 10 Outubro 2008
    •   (membro com 16 agradecimentos)
     # 18
    É....também é possível, mas não ganha nada com isso, ao invés de quem lhe vai fazer a cozinha !
    •  
      R3volution
    • 10 Outubro 2008
    •   (membro com 14 agradecimentos)
     # 19
    Pronto, então nada a apontar a estruturas de aglomerado. Este aspecto está visto.

    Outra dúvida agora, foi-me dito que nos lacados/laminados ao fim de algum tempo, as estruturas dos móveis começavam a "rachar" nos pontos de junção das placas, isto corresponde à verdade? E a duração do brilho, é verdade que se vai perdendo ao longo do tempo?

    cumps
  2.  # 20
    Colocado por: R3volutionE a duração do brilho, é verdade que se vai perdendo ao longo do tempo?


    Que acha?
    A côr do seu automóvel e o seu brilho estão iguais a quando o comprou? É a vida... Até nós vamos perdendo o "brilho! ;)

    Cump.

 
0.0575 seg. NEW