Iniciar sessão ou registar-se
    •  
      FD
    •   agradecimentos
    • 4 Novembro 2006

     # 1

    A procura de empréstimos para aquisição de habitação não verificou alterações significativas no terceiro trimestre de 2006, em termos agregados, face ao trimestre precedente.

    De acordo com o inquérito aos bancos sobre o mercado de crédito, realizado pelo Bando de Portugal (BdP) e divulgado esta sexta-feira, a procura de empréstimos de aquisição de habitação terá sido «negativamente influenciada no trimestre por perspectivas menos favoráveis para o mercado da habitação e por alguma redução na confiança dos consumidores».

    Já no que diz respeito aos critérios adoptados pelos cinco bancos inquiridos para aprovação de empréstimos a particulares para aquisição de habitação, apenas um dos cinco grupos inquiridos reportou a adopção de critérios ligeiramente menos restritivos, tendo os restantes grupos mantido inalterados os respectivos critérios.

    A pressão concorrencial entre instituições bancárias foi o único factor identificado como contribuindo para menor restritividade de critérios neste segmento, tendo sido reportado por quatro dos cinco grupos inquiridos.

    Em sentido oposto, duas instituições reportaram uma percepção de riscos acrescidos, ao nível da actividade económica em geral e ao nível das perspectivas para o mercado da habitação.

    Concorrência leva bancos a reduzir spreads

    De Julho a Setembro, a pressão concorrencial ter-se-á reflectido, de forma mais evidente, na redução de spreads de taxa de juro, de forma quase generalizada nos empréstimos de risco médio (na linha do sucedido nos períodos precedentes) e, de forma mais restrita, no segmento dos empréstimos de maior risco (o que no entanto, deverá ter tido contrapartida em outros critérios de relacionamento bancário e de perfil dos clientes).

    Adicionalmente, uma instituição reportou a prática de outras condições (que não preço) menos restritivas, nomeadamente em termos de maturidade e de rácio entre os valores do empréstimo e da garantia, adianta o mesmo comunicado do BdP.

    Bancos não alteram critérios de concessão de empréstimos

    Para o último trimestre de 2006, quatro dos cinco grupos bancários não antecipam alterar os critérios de concessão de empréstimos para aquisição de habitação.

    Apenas uma instituição antecipa uma alteração, no sentido de menor restritividade, nos respectivos critérios. No que diz respeito à procura, existe alguma dispersão entre as respostas recolhidas.

    Enquanto uma instituição prevê um ligeiro aumento, duas outras antecipam diminuições (de acordo com uma destas instituições, a redução deverá ser considerável).

    [url]http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=738582&div_id=1729[/url]
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

data-ad-format="auto" data_ad_region="test">