Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia a todos

    Estou em fase de projeto da minha moradia e tenho algumas dúvidas que gostava de ver mais esclarecidas.

    Desvão sanitário ventilado é uma boa aposta?

    Fica mais barato ou mais caro com/sem desvão?

    Que soluções existem dentro das alternativas - desvão sanitário, piso térreo?

    Trata-se de uma moradia térrea sem cave.

    Obrigado
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

    •  
      marco1
    •   agradecimentos
    • 22 Janeiro 2015 editado

     # 2

    eu pessoalmente gosto mais de "piso térreo" no entanto as soluções tem a ver com as condicionantes do terreno ( nível freático mais alto ou mais baixo, entre outras) por isso quem lhe vai fazer o projecto é que o deve aconselhar, pois aqui ninguém tem conhecimento do terreno e do tipo de solo.

    ps: penso que por várias razões o piso térreo é mais barato. ( menos material, menos isolamento e mais rápido).
    Estas pessoas agradeceram este comentário: brunoptl
  3.  # 3

    Colocado por: marco1eu pessoalmente gosto mais de "piso térreo" no entanto as soluções tem a ver com as condicionantes do terreno ( nível freático mais alto ou mais baixo, entre outras) por isso quem lhe vai fazer o projecto é que o deve aconselhar, pois aqui ninguém tem conhecimento do terreno e do tipo de solo.

    ps: penso que por várias razões o piso térreo é mais barato. ( menos material, menos isolamento e mais rápido).
    Estas pessoas agradeceram este comentário:brunoptl


    Partindo do princípio que o terreno tem nível freático baixo, não se justifica o desvão sanitário somente por ser mais caro é isso? Mas não se gasta mais em impermeabilizações nesse caso do que no desvão, visto ficar menos "massa" em contato com o solo?
    •  
      marco1
    •   agradecimentos
    • 22 Janeiro 2015

     # 4

    bruno

    não percebi bem a sua duvida.
    pelo que sei, um piso térreo ( em contacto com o solo) apenas precisa de impermeabilização e isolamento apenas nas zonas que confina com as paredes exteriores, ou seja o solo é por si o isolamento térmico.
  4.  # 5

    eu optei pelo desvão sanitário e todos os envolvidos me aconselharam a faze-lo. é um terreno que nem sofre de problemas de aguas em excesso nem nada, mas ainda assim fui alertado bastantes vezes como forma de evitar a humidade das infiltraçoes por capilaridade.
    mas ha varias pessoas que acham não ser necessário, mas ainda não percebi muito bem os argumentos (a não ser ficar mais barato sem desvão)
  5.  # 6

    Eu já fui defensor do desvão sanitário, hoje depois de ver a condensação que aquilo cria e a forma atabalhoada como a maioria é executada, mudei de opinião.
    Para mim hoje a melhor opção é:
    Desaterro integral até cota do fundo das sapatas.
    Impermeabilização destas e das vigas de fundação
    Dreno interior conduzindo eventuais águas até ao exterior
    Enchimento do desvão com brita.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, eu, marco1, Sergio Rodrigues, valtores
  6.  # 7

    se for bem feito e bem ventilado, creio que a caixa de ar tem mais vantagens do que desvantagens.
    mas ve-se muitas que nem ventiladas são.
  7.  # 8

    Uma eficiente ventilação é sempre muito difícil de fazer, e não é coisa que se resolva assim a olho com duas ou 3 grelhas.
    Porque hoje cada vez mais o lema é a redução de custos, temos que começar e equacionar a relação custo/qualidade construtiva. Para mim neste momento talvez seja a melhor relação.
    O custo não é maior que o tradicional , abrir caboucos e encher a caixa sanitária de terra, a dificuldade de execução tb não é nada que qualquer empreiteiro não saiba executar.
    A probabilidade de erros é tb muito diminuta o que me garante sempre uma execução satisfatória.
    Concordam com este comentário: paionense
    •  
      marco1
    •   agradecimentos
    • 22 Janeiro 2015

     # 9

    zedasilva

    várias vezes tive que "combater" esse mito, ah porque assim está lá no "alto" e coisa e tal... tal como o mito ah quero telha nem que seja sanduiche
    isso cá das coberturas planas é um perigo...

    sempre aconselhei: se o nível friatico é baixo então nada como fazer piso térreo.
    Concordam com este comentário: zedasilva
  8.  # 10

    Esse e o mito de que uma cobertura plana é mais cara que uma em telha.
  9.  # 11

    Colocado por: marco1sempre aconselhei: se o nível friatico é baixo então nada como fazer piso térreo.


    contudo na altura das chuvas e afins mesmo com niveis friaticos baixos, ha mais tendencia a infiltrações sem a caixa de ar, julgo eu.
    • eu
    •   agradecimentos
    • 22 Janeiro 2015

     # 12

    Colocado por: marco1tal como o mito ah quero telha nem que seja sanduiche
    isso cá das coberturas planas é um perigo...

    Esse mito é alimentado pelos trabalhos mal feitos. O que não faltam por aí são coberturas planas cheias de infiltrações...
    •  
      marco1
    •   agradecimentos
    • 22 Janeiro 2015

     # 13

    valtores

    para issso servem os drenos periféricos que se devem fazer no perímetro assim como a impermeabilização tal como o zedasilva prescreve.

    eu

    humm, cheira-me mais é a conversa de empreiteiro lá da zona que não sabe fazer e aplicar os materiais, quanto muito aplicava uma tela asfáltica e sem cuidados para a não perfurar, bastava um prego para criar uma infiltração ou um remate mal feito.
  10.  # 14

    Não sou construtor, nem de perto trabalho nesta área, mas aki vai a minha deixa:

    1º Estou em fase de acabamentos de uma moradia de piso térreo.

    2º A casa deve estar sempre mais elevada (cota soleira) que o nível mais alto da parte da estrada que passa à frente do seu terreno, pois a estrada tende mais ano menos ano a subir, pelos sucessivos alcatroamentos, logo se fizer ao nível, mais década menos década a casa fica mais baixa que a estrada, logo a água tende a invadir o espaço mais baixo.

    3º Eu coloquei a minha casa cerca de 85 cm mais alta que o nível mais alto da estrada, tendo que subir tal as paredes exteriores, para a cota soleira, logo aproveitei e fiz desvão sanitário (1,10 metro) e passei todos os esgotos e rede de águas pelo mesmo.

    4º Se o fizer em duas ou três partes deixe acesso para uma pessoa poder entrar sem problemas. Vou procurar fotos para postar de como fixou.

    5º Em relação ao preço o empreiteiro por norma inclui isso nos gastos da própria construção.

    6º Penso que seria sempre o mais valia, pois se ocorrer algum imprevisto pode sempre passar todos ou outros de uma divisão para outra sem grande problema.

    7º único incómodo é arranjar terra boa para aterrar até nível de cota soleira, mas a casa no seu desgin fica com a mesma altura, pois o nível de terreno externo passa a ser essa nova altura.
  11.  # 15

    exemplo
      1ª Placa 5.jpg
  12. Ícone informação Anunciar aqui?

    •  
      marco1
    •   agradecimentos
    • 22 Janeiro 2015

     # 16

    dependendo dos casos, trata-se apenas de uma opção.
  13.  # 17

    Sim depende dos casos é certo, mas penso que terá mais vantagens que desvantagens.
  14.  # 18

    sergioajm
    Fez ventilação desse devão sanitário?
    • emad
    •   agradecimentos
    • 27 Novembro 2016 editado

     # 19

    Quase 2 anos depois ja deve ter fotos como ficou o desvão sanitario?
    • emad
    •   agradecimentos
    • 27 Novembro 2016 editado

     # 20

    O que eu encontrei.
    Para os entendidos, isto será uma solução para os desvãos sanitarios? Vejam o video.
    http://constreco.pt/as-nossas-marcas/daliform-group/vazios-sanitarios/
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">