Iniciar sessão ou registar-se
    •  
      FD
    •   agradecimentos
    • 11 Novembro 2006

     # 1

    O índice de custos de construção de habitação nova no Continente registou uma variação homóloga de 3 por cento, no mês de Setembro.

    O índice de custos de construção de habitação nova no Continente abrandou 0,3 pontos percentuais (p.p.) face ao verificado em Agosto, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

    Este comportamento foi determinado pelas desacelerações da componente de materiais e da componente mão-de-obra, respectivamente.

    As variações homólogas dos custos relativos às duas naturezas de alojamento consideradas registaram abrandamentos, de 0,5 p.p., no caso dos apartamentos, e de 0,1 p.p., no respeitante às moradias.

    Preços de manutenção e reparação regular da habitação

    O índice de preços de manutenção e reparação regular da habitação no Continente apresentou uma taxa de variação homóloga de 3,4%, no mês em análise, e inferior em 0,2 p.p. à registada no mês anterior.

    Este comportamento foi determinado por andamentos no mesmo sentido das duas componentes consideradas. A de Serviços registou uma desaceleração de 0,1 p.p., situando se a taxa de variação homóloga em 2,6%, enquanto a componente de produtos para a manutenção e reparação regular da habitação desacelerou 0,3 p.p., correspondendo a uma variação homóloga de 4,6%.

    No que se refere às regiões, o INE destaca com maior intensidade de abrandamento, os do Norte e do Algarve. Já as regiões de Lisboa e Vale do Tejo e do Norte continuaram a apresentar taxas de variação homólogas superiores à do Continente.

    http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=740809&div_id=1730
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

data-ad-format="auto" data_ad_region="test">