Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde venho partilhar um novo projecto (o primeiro que partilho no forum) que a construção terá inicio no próximo verão e o projecto foi elaborado pelos meus parceiros da área de projecto em sinergia com as nossas propostas para alcançar-mos uma solução dentro do que o cliente pretendia no que respeita áreas e estética e enquadrando-se no preço estipulado pelo mesmo.

    A linha de projecto aqui seguiu esta base:
    1) Estudo prévio - O cliente aprovou 2 soluções de 5 propostas
    2) Orçamentação prévia - Elaborou-se orçamento as 2 soluções para o cliente optar
    3) Projecto de Arquitectura - Elaboração do projecto incluindo a optimização de parâmetros onde o cliente ainda podia poupar face a solução do estudo prévio
    4) Especialidade da estrutura - Elaborada em paralelo com a Arquitectura para existir a maior rentabilização possível dos elementos estruturais com pequenos ajustes na arquitectura
    5) Restantes especialidades
    6) Obra

    O projecto de Arquitectura procurou dar forma a um programa delineado para responder às necessidades e pretensões do cliente, não descurando as condicionantes do lugar e a exposição solar na sua concepção.
    O terreno, de natureza rochosa, com uma área total de 1493,00 m², dos quais 757,00 m² de área edificável, apresenta um desnível de 3m, no sentido descendente, para sudeste. Esta diferença de cota tornou possível a implantação da garagem à cota mais baixa, harmonizando o conteúdo programático da habitação com a morfologia do terreno.
    A proposta de moradia unifamiliar, de tipologia T2, articula-se com o edificado de baixa densidade existente nas imediações, seguindo a orientação das construções pré-existentes contíguas e, simultaneamente, acompanhando a volumetria predominante no local.
    Apesar de se estruturar em três pisos, o cerne da moradia centra-se no piso intermédio, denominado Piso1. Neste piso, a entrada está definida por um átrio regular que permite a distribuição aos diferentes compartimentos assim como garante o acesso aos pisos superior (Piso 2_sótão) e inferior (piso -1_garagem + lavandaria), através de uma caixa de escadas central. Este átrio separa a área social, composta por cozinha, sala de jantar e sala de estar e uma instalação sanitária de serviço, do núcleo dos quartos, mais reservado que compõe a zona de dormir/descansar/higiene pessoal.
    Neste núcleo optou-se por desenhar dois quartos de amplas dimensões, dotado de uma instalação sanitária completa comum. O quarto principal tem ainda, na sua composição, um quarto de vestir e acesso a uma varanda a tardoz do terreno.
    A vontade de potenciar o usufruto da envolvente aliada à intenção de tornar harmoniosa a composição dos alçados, resultou no desenho de espaços exteriores singulares – superfície exterior pavimentada junto à cozinha e jardim coberto – que em articulação com outros elementos de composição, imprimiu movimento ao conjunto edificado.
    Concordam com este comentário: tozepalma
      FF 3.jpg
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Outra perspectiva
      FF 1.jpg
  4.  # 3

    Outra perspectiva
      FF 2.jpg
  5.  # 4

    Tem boa pinta!
    Concordam com este comentário: mhpinto
  6.  # 5

    A churrasqueira está ali muito mal...
    Concordam com este comentário: pauloagsantos, Dos Santos
  7.  # 6

    caramba lá latim tras ela

    agora para alem do latim tem um aproveitamento do terreno muito fraquinho, isto sem considerações esteticas
  8.  # 7

    Falta as plantas...
  9.  # 8

    Colocado por: davidsptOutra prespectiva


    Pre quantas?

    Perspectiva, talvez?
  10.  # 9

    A chaminé está anti-regulamentar.
  11.  # 10

    A erva do 3D, está com bastante "tiling"...
  12.  # 11

    As guardas das varandas são escaláveis.. Atenção a isso, e o passa mãos, parece-me fora de escala ( muito grosso)
  13.  # 12

    Não desmerecendo, se é para promover o v/ trabalho, pode ter gosto...
  14.  # 13

    Arrisco-me a dizer que o local de parqueamento durante o Inverno irá parecer um túnel de vento.
  15.  # 14

    Colocado por: fernandoFerreiraFalta as plantas...
      FF5.jpg
  16.  # 15

    Pode divulgar as áreas?
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    A planta do piso 0, está arrumadinha.. tenho duvidas na resolução da zona de estudo do quarto...
    Desgosto da solução encontrada para o "recanto" que confina para a caixa de escadas, não funciona nas plantas e muito menos na volumetria. Eu nunca teria efectuado esse recanto... só se fosse obrigado por questõies de Ab e/ou Aimp. Ainda por cima é coberto...

    As janelas à cota do sotão.. é pena. Não valorizam a arquitectura.
    Concordam com este comentário: mhpinto
  19.  # 17

    Colocado por: marco1caramba lá latim tras ela

    agora para alem do latim tem um aproveitamento do terreno muito fraquinho, isto sem considerações esteticas


    As considerações estéticas não podemos discutir é ao gosto do cliente. Relativamente ao aproveitamento a que se refere? Não ter cave por inteiro, por exemplo? A zona por baixo a cozinha é um rochedo.

    Colocado por: Pedro BarradasA planta do piso 0, está arrumadinha.. tenho duvidas na resolução da zona de estudo do quarto...
    Desgosto da solução encontrada para o "recanto" que confina para a caixa de escadas, não funciona nas plantas e muito menos na volumetria. Eu nunca teria efectuado esse recanto... só se fosse obrigado por questõies de Ab e/ou Aimp. Ainda por cima é coberto...

    As janelas à cota do sotão.. é pena. Não valorizam a arquitectura.


    Um das soluções prevista era cobertura plana, 3 quartos do lado da cozinha e estendia-se mais, possuía uma espécie de jardim, cuja a parede da sala seria inteiramente em vidro, depois de ver isso, o cliente quis sempre manter esse recanto.
  20.  # 18

    Colocado por: davidsptpossuía uma espécie de jardim, cuja a parede da sala seria inteiramente em vidro, depois de ver isso, o cliente quis sempre manter esse recanto.

    Percebo.... mas deveria o projectista ter refeito/ valorizado o recanto de outra forma.com a alteração .. é que há coisas que funcionam bem dentro de uma filosofia.. e depois mudando, insistir em certas coisas, vai-se cometer um erro. è preciso saber e fazer ver isso ao DO.
  21.  # 19

    davidspt

    mesmo com rochedo ou sem ele isso está meio esquisito para não dizer outra coisa ( uma vez que o que importa mesmo é que o DO goste).

    insisto, a casa em vez de estar a enfiar um sótão habitável, devia era a zona social estar cá em baixo a usufruir do terreno
    enfim parece a planta de um edifício de apartamentos.
    Concordam com este comentário: mhpinto
  22.  # 20

    Colocado por: marco1devia era a zona social estar cá em baixo a usufruir do terreno


    É interessante ver como este assunto é repetidamente esquecido em quase todos os projectos que por aqui passam....
    Neste caso vemos como o patio exterior preferêncial.. o da portinha de serviço da cozinha.... sem qq integração com os espaços sociais da casa.
    Concordam com este comentário: tozepalma
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">