Iniciar sessão ou registar-se
    • eu
    •   agradecimentos
    • 20 Abril 2016 editado

     # 141

    Colocado por: PicaretaQualquer eng. civil, tem uma cadeira de Vias de Comunicação e aprende a dimensionar estradas, e o dimensionamento é feito em função da velocidade de projecto, que no caso das autoestradas é 120km/h

    Do ponto de vista do projeto: acha que as curvas da autoestrada A2 estão desenhadas para uma velocidade máxima de 120 Km/h, ou permitem velocidades superiores em segurança?

    E as longas retas? Qual é a diferença entre uma reta projetada para 120 Km/h ou uma reta projetada para 160 Km/h ?
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 142

    Colocado por: DVilarMas que me dá mais stress, isso é certo.

    Coitadooooooooooooooooo ...
  3.  # 143

    Colocado por: euQual é a diferença entre uma reta projetada para 120 Km/h ou uma reta projetada para 160 Km/h ?


    É o código da estrada!
  4.  # 144

    Colocado por: eu
    Do ponto de vista do projeto: acha que as curvas da autoestrada A2 estão desenhadas para uma velocidade máxima de 120 Km/h, ou permitem velocidades superiores em segurança?

    E as longas retas? Qual é a diferença entre uma reta projetada para 120 Km/h ou uma reta projetada para 160 Km/h ?


    Pronto você vai a 160 e não sente a sua segurança ameaçada se de repente lhe aparecerem 20 carros picados a 300 km/h?
  5.  # 145

    E olhe que eu sou bastante acelera, já tive bastantes acidentes e capotanços, sei bem o que isso é. Mas nunca na estrada aberta ao trânsito. Em provas classificativas e em autódromos. Tenho a garagem cheiinha de taças.
    Agora andar fora dos limites na estrada é só para criminosos!

    Até gostava de ver estes aceleras em provas para verem o que é terem-nos no sítio ...

    Também o que é certo é que já se vêem menos aceleras por aí. Isto tem resultado.
  6.  # 146

    Se não sabe responder, seja directo, falou porque apeteceu.

    Experimente aprender a interpretar o que lê, com um bocadinho de esforço talvez um dia comece a ser capaz de entender o que lhe dizem.
    • eu
    •   agradecimentos
    • 20 Abril 2016

     # 147

    Colocado por: pedromdfAgora andar fora dos limites na estrada é só para criminosos!

    É criminoso andar a 121 Km/h na A2, sem trânsito e num dia de sol?
    • DVilar
    • 20 Abril 2016 editado

     # 148

    Colocado por: pedromdf
    Coitadooooooooooooooooo ...


    Obrigado pelo comentário, foi por demais construtivo, quase diria erudito. Nunca perca a oportunidade de nos agraciar com sabedoria deste calibre.

    Dando-me ao trabalho de lhe responder, se acha que é benéfico conduzir preocupado em olhar para radares escondidos em vez de estar concentrado na condução, é consigo. Eu não gosto de conduzir com esse stress.
    • eu
    •   agradecimentos
    • 20 Abril 2016

     # 149

    Colocado por: pedromdfÉ o código da estrada!

    Cá está: é uma questão legislativa... não é uma questão técnica.
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
    • DVilar
    • 20 Abril 2016 editado

     # 150

    .
  7.  # 151

    Numa autoestrada até pode aterrar um avião, não pode é lá haver outros veículos ...
    •  
      MJLP
    • 20 Abril 2016 editado

     # 152

    Colocado por: eu
    Cá está: é uma questão legislativa... não é uma questão técnica.


    mas o código da estrada foi feito porque sim ou tem alguma base técnica?

    estou só a perguntar mas gosto de pensar que foi escrito baseado nalgum tipo de estudo e não porque um bando de indivíduos se juntou e resolveu atirar ao ar 120km/h! Porque era um numero redondo!
    Concordam com este comentário: Dias Borges
  8.  # 153

    Bem já vi que pelo menos a conversa já muda de rumo. Se existe uma lei, ela deverá ser cumprida, se não concorda isso é contas de outro rosário. Mas o que interessa é saber que as normas da sociedade tem que ser cumpridas e quem não as cumpre assuma essas consequências.
    Agora culpar quem tem a função de verificar se as leis estão a ser cumpridas é que não acho correto, porque quem cometeu um desrespeito à lei é quem a pratica, quer seja por dolo ou mero descuido.
    Concordam com este comentário: treker666, Dias Borges
    •  
      MJLP
    • 20 Abril 2016

     # 154

    Em portugal até é bom que o limite esteja nos 120 kmh. Esta malta tem a mentalidade de quando mais rápido melhor e usa qualquer desculpa para justificar isso. Ou é porque tem de ir para o trabalho, ou é por causa das condições climatéricas ou qualquer outra coisa.
    De qualquer forma, subir o limite nunca é solução porque o pessoal em vez de o cumprir, acelerava mais um bocadinho.
  9.  # 155

    Colocado por: nandogoncaas normas da sociedade tem que ser cumpridas


    As mesmas normas que dizem que duas testemunhas falsas metem um inocente na cadeia?
    As mesmas normas que dizem que neste país tourada é cultura e não é crime?

    Estamos umas ovelhas muito bem comportadas então, se metemos tudo o que nos impingem acima do nosso dever ético em perceber as coisas como elas são.
  10. Ícone informação Anunciar aqui?

  11.  # 156

    Colocado por: Picareta
    Não são critérios do j cardoso, isso está regulamentado.


    Então mostrem essa regulamentação, se sabem mostrem, sff.

    E mesmo que esteja, há muita coisa mal regulamentada, há quem meta as leis acima de tudo e esquecem-se que muitas são feitas porque dá jeito a qualquer coisa ou a alguém.
    •  
      MJLP
    • 20 Abril 2016 editado

     # 157

    estas a desculpas umas leis por outras é um bom exemplo. Portanto eu tenho autoridade até para desrespeitar os limites, porque alguém cometeu um homicídio e escapou. E apesar de exagerar, de repente essa minha infracção já é aceitável.
  12.  # 158

    Bricoleiro já percebi o seu ponto de vista. Eu também não queria pagar impostos@ e não concordo com as políticas fiscais do nosso país.
    Mas não é por isso que as vou desrespeitar. Se as desrespeitar e for apanhado tenho que perceber que foi uma decisão minha não cumprir isso.
    Agora uma coisa é certa, tem que haver regras, senão isto era uma república das bananas.

    Se não concorda com algumas coisas, faca-se ouvir e junte os seus conhecimentos para corroborar as suas propostas. Enquanto isso deverá cumprir a lei.

    Não me respondeu a minha questão, quando lhe perguntei se seriam essas ensinamentos que daria aos seus filhos ( andar em excesso de velocidade).
  13.  # 159

    Colocado por: nandogoncaBricoleiro já percebi o seu ponto de vista. Eu também não queria pagar impostos@ e não concordo com as políticas fiscais do nosso país.
    Mas não é por isso que as vou desrespeitar. Se as desrespeitar e for apanhado tenho que perceber que foi uma decisão minha não cumprir isso.
    Agora uma coisa é certa, tem que haver regras, senão isto era uma república das bananas.


    Certo, nem eu disse que quero que isto seja uma anarquia nem deixo de ter culpa se desrespeitar o que está regulamentado, e é assim tão difícil aceitar que temos muitas leis mal feitas? Não deixam de estar mal feitas se eu as cumprir e aceitá-las.
  14.  # 160

    Colocado por: BricoleiroEstamos umas ovelhas muito bem comportadas então, se metemos tudo o que nos impingem acima do nosso dever ético em perceber as coisas como elas são.


    E fique descansado que quando acho que as leis foram intrepetas de outra forma, usufruo do direito que assiste a todos os cidadãos, defendo-me.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">