Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 901

    Colocado por: tozepalma
    Para mim isto não deve ser discutido em obra, é orçamentado previamente e ponto final. Isto é idêntico ao empreiteiro discutir quantos sacos de cimento mete no betao. Faz parte das boas práticas e é assim que tem que ser.


    Mas é alguma coisa regulamentar? Se não estiver no projecto porque tem o empreiteiro de fazer esse trabalho?

    Eu coloco sempre alguns itens como opcionais e, caso não venha em projecto, a impermeabilização de fundações é um dos extras. Concorro com outras empresas que nem sabem o que isso é...

    Os donos de obra que apostem em bons projectos e cadernos de encargos!

    Estou numa obra em que o dono de obra me chagou o juízo porque as fundações da sua casa não ficaram enterradas! Diz-me ele que assim a casa se pode "deslocar" e se fossem betonadas contra o terreno as sapatas ficavam travadas! :))))
    Concordam com este comentário: Picareta
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 902

    Colocado por: ccopAntes de mais queria pedir desculpa pela intromissão no tópico da PapoilaVerde, e dizer que apesar de acompanhar o fórum há muito tempo, apenas me registei à cerca de 1 ano e este é o meu 2º comentário.

    Como achei que vinha a propósito vou colocar a minha questão. No meu projeto de estabilidade estão previstas sapatas com alturas compreendidas entre os 50cm e os 85cm, ficando umas localizadas na caixa de ar e outras na zona da cave que irá ser utilizada como garagem onde será feito massame.
    Posto isto, e dado que o desaterro deverá ser feito até à cota do limite inferior das sapatas, teria de, na zona de garagem, fazer um enchimento antes do massame de 85cm de altura? Haverá outra forma correta e menos dispendiosa de proceder?

    No que toca à impermeabilização das paredes enterradas pelo exterior, também me parece que as diferentes alturas das sapatas criarão um dificuldade acrescida, nomeadamente na colocação da tela drenante, ou não estarei a ver bem a coisa?


    Na zona onde leva piso térreo abre uns caboucos mais largos para fazer a cofragem e impermeabilização das fundações e não leva a escavação do terreno até à base das sapatas, mais tem que deixar espaço para o enrocamento e massame.

    Mas estou a falar sem ver o projecto!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ccop
    • ccop
    • 11 Janeiro 2017

     # 903

    Se bem percebi, significa que os limites inferiores das sapatas não ficarão todos à mesma cota o que também inviabilizará a colocação do tubo de dreno no exterior junto ao limite inferior de todas as sapatas?
    • ccop
    • 11 Janeiro 2017

     # 904

    ghost12, desculpe, ao reler o seu comentário apercebi-me que não o devo ter interpretado bem, o que sugere é que seja feito como fez a PapoilaVerde, mas que o desaterro para a sapata seja mais largo do que a própria sapata para poder cofrar e impermeabilizar pelo interior como se faz no exterior, fazendo enrocamento e não encostando terra à camada impermeabilizante.
  4.  # 905

    ccop já estou a ver que também tem uns belos projetos de especialidades...
  5.  # 906

    Colocado por: ccopghost12, desculpe, ao reler o seu comentário apercebi-me que não o devo ter interpretado bem, o que sugere é que seja feito como fez a PapoilaVerde, mas que o desaterro para a sapata seja mais largo do que a própria sapata para poder cofrar e impermeabilizar pelo interior como se faz no exterior, fazendo enrocamento e não encostando terra à camada impermeabilizante.


    Mais ou menos isso. Mas sem ver o projecto é difícil dar opiniões.

    Mas os especialistas já lhe dão uma ajuda. :)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ccop
    • ccop
    • 11 Janeiro 2017

     # 907

    Vou tentar colocar uma imagem do que percebi.
      Paint.png
    • ccop
    • 11 Janeiro 2017

     # 908

    Riscos, porque diz isso?
  6.  # 909

    Colocado por: ccopVou tentar colocar uma imagem do que percebi.
      Paint.png


    Esquemas todos coloridos para um daltónico... :(

    Mas parece-me bem o esquema.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ccop
  7.  # 910

    Colocado por: ghost12Esquemas todos coloridos para um daltónico... :(

    olha outro!!!
    :-))
  8.  # 911

    Colocado por: Picareta
    olha outro!!!
    :-))


    Bem, já não me sinto tão sozinho! :))
    Concordam com este comentário: Picareta
  9.  # 912

    Por acaso eu acho que cada vez mais, temos melhores empreiteiros, já em relação aos técnicos, acho que a coisa tem vindo a piorar.
    Temos cada vez mais técnicos, e por consequência, obrigados a "espremer" os preços. São cada vez mais novos, e ainda que a nível teórico bem preparados estão grande parte das vezes "desamparados" . Em tempos idos, era comum um técnico recém licenciado ir trabalhar ao lado de colegas mais experimentes que lhe iam passando algum legado. Hoje são lançados às feras e cada um que se desenrasque.
    Concordam com este comentário: riscos, VCAC, ghost12
  10.  # 913

    Colocado por: ccopRiscos, porque diz isso?


    Porque ter sapatas com alturas diferentes, significa que o projeto não foi pensado mas sim chouriço do programa ou que o projetista não percebe nada de práticas de obra.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ccop
    •  
      larkhe
    •   agradecimentos
    • 12 Janeiro 2017

     # 914

    CCop e abrir um topico só com a sua Obra , em vvez de estar a fazer Ot aqui na Obra da Papoila.
    Concordam com este comentário: ghost12, mhpinto
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">