Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 81

    Colocado por: mhpintoEu cá continuo a achar o sótão e respetivo terraço perfeitamente dispensáveis, mais ainda agora que vi a implantação e que confirmo que irá existir espaço no exterior adjacente à área social. Algo me diz, daquilo que já vi em muitas outras casas parecidas com essa, que o sótão ou nunca irá ser usado ou na melhor das hipóteses vira arrecadação e o terraço será para lá ir 2 ou 3 vezes por ano, e metade dessas só para o limpar. Mas se faz mesmo questão.


    Quanto à utilidade do terraço, concordo, não me parece que vá ter grande utilização por mim, uma vez que tenho espaço exterior fora. Foi um pedido do meu marido que insistiu para ter, mais para utilizar no inverno, sendo um lugar que apanha mais sol (o quintal em baixo acaba por ter pouco sol).

    Quanto ao sótão, se a área nos agradar, poderá passar a ser uma sala de estar, podendo assim preservar mais a sala em baixo. Outra ideia será ter um quarto extra com sofá-cama para receber alguém quando for preciso.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 82

    Colocado por: PapoilaVerde

    Quanto à utilidade do terraço, concordo, não me parece que vá ter grande utilização por mim, uma vez que tenho espaço exterior fora. Foi um pedido do meu marido que insistiu para ter, mais para utilizar no inverno, sendo um lugar que apanha mais sol (o quintal em baixo acaba por ter pouco sol).

    Quanto ao sótão, se a área nos agradar, poderá passar a ser uma sala de estar, podendo assim preservar mais a sala em baixo. Outra ideia será ter um quarto extra com sofá-cama para receber alguém quando for preciso.


    What???? (a bold)
  4.  # 83

    Colocado por: Castela

    What???? (a bold)


    Qual é o espanto?

    Tenho crianças pequenas.
    No meu apartamento, quando só tinha um filho, resguardei mais a sala de estar, usando mais um outro quarto que tinha. Entretanto nasceu um segundo filho e este 3ª quarto teve que ficar para ele.

    Passei a usar a sala de estar da casa, para efetivamente lhe dar o uso para que estava destinada. Para além da sujidade muito maior na sala grande, já tenho os sofás em pele prontos para ir para o lixo.

    Se o sótão tiver dimensão para isso, até porque pode ser mais fácil de aquecer, se nos sentirmos bem, ponderamos fazer do sótão uma sala de estar.
  5.  # 84

    Quer a minha opinião Papoila?
    Os sótãos são um armazém de lixo, onde guardamos aquelas coisas e tal que julgamos virem a fazer falta e zuca... sótão com elas.
    Passado uns tempos, o sótão está impregnada de caixas e caixinhas e de outras trinquetanas, faz-se uma arrumação e limpeza e eis que deitamos fora, aquilo que adiamos deitar fora na altura.

    Pelo que conheço e por experiência própria, os sótãos, por mais isolados que fiquem, são sempre muito quentes no verão e muito frios no inverno.

    Ter um espaço de lazer no sótão é um sonho romântico, alguns concretizam-no mas com o tempo, vão ver que não resulta, não só pelos motivos que já evoquei, bem como por não ser funcional.
    Concordam com este comentário: mhpinto
  6.  # 85

    Colocado por: cinderelar a minha opinião Papoila?
    Os sótãos são um armazém de lixo, daquelas coisa e tal que julgamos virem a fazer falta e zuca... sótão com elas

    Se repararem, neste projecto o sotão não é bem um sotão, mas uma salinha que ainda pode usufruir de um espaço exterior...
    Concordam com este comentário: Mk Pt
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PapoilaVerde
  7.  # 86

    Colocado por: PapoilaVerdeassei a usar a sala de estar da casa, para efetivamente lhe dar o uso para que estava destinada.


    Não me leve a mal mas isso são teorias de antigamente. A minha sogra tem uma casa mobilada e nova que nunca usou. 2 sala e cozinha impecável... e pré-históricas, claro!
    Usa para ambos os fins uma "cozinha a lenha" fora da casa.
    A casa nova tem que ser à medida da vivência real da sua família. Senão pode estar a gastar dinheiro em algo que não faz sentido. Não se esqueça que não é só o preço de construção, serão custos de manutenção, IMIs proporcionais ao tamanho da casa, etc.

    Colocado por: PapoilaVerdejá tenho os sofás em pele prontos para ir para o lixo

    Preço a pagar por ter crianças.
    Os meus sofás ainda estão impecáveis mas a criança ainda é só uma e tem 2 anos. Está a começar a desenhar... dê-lhe tempo! :)
    Pense assim, quando os seus filhos tiverem idade suficiente, você logo investe noutro sofá já com mais garantias de longevidade!
    Concordam com este comentário: mhpinto
  8.  # 87

    Colocado por: PapoilaVerde

    Qual é o espanto?

    Tenho crianças pequenas.
    No meu apartamento, quando só tinha um filho, resguardei mais a sala de estar, usando mais um outro quarto que tinha. Entretanto nasceu um segundo filho e este 3ª quarto teve que ficar para ele.

    Passei a usar a sala de estar da casa, para efetivamente lhe dar o uso para que estava destinada. Para além da sujidade muito maior na sala grande, já tenho os sofás em pele prontos para ir para o lixo.

    Se o sótão tiver dimensão para isso, até porque pode ser mais fácil de aquecer, se nos sentirmos bem, ponderamos fazer do sótão uma sala de estar.


    O espanto é muito, a não ser que queira "musealizar" a sala de estar...
    Também tenho 3 filhos pequenos e não é obviamente por isso que deixo de usar a sala, nem de às vezes a mesma estar suja ou desarrumada...faz parte, se a casa for para se viver...
    Agora faz muito bem em ter uma sala mais acolhedora se for o caso.
    Concordam com este comentário: cinderela
  9.  # 88

    Sim, apercebi-me que a intenção é ser utilizado como área habitável, no entanto deve ter aquelas zonas, com um pé direito mt baixo que servirá para a clássica zona de arrumos.
    O sótão, é sempre o sitio para onde vai tudo que não gostamos, que é pena deitar fora e num instante, adeus pequena sala.
    Uns amigos há anos, aproveitaram o sótão, de uma forma muito idêntica ao da Papoila, para colocar uma mesa de bilhar, um bar, frigorifico, tv, sofás e tal, dizia ele que era para confraternizar com os amigos. Hoje é a tal zona da tralha. Diz o dono, que para receber lá os amigos no verão, teria de ter uns barris de imperial bem fresca e no inverno umas aguardentes velhas e uma lareira.
  10.  # 89

    O tozepalma tem sorte de ter uma sogra conservadora, quando herdar a casa da sogra está novinha em folha, deita os anexos do quintal abaixo e eis uma casa a estrear.

    Lamentavelmente, ainda há muito esse conceito, sobretudo as pessoas de mais idade, fazem moradias e depois da licença de habitação, toca a fazerem anexos ilegais que servem de cozinha, sala de estar e por aí em diante. Gastam uma pipa de massa, descaraterizam as casas, não se gozam delas, enfim.... chamo a isso "mentes pequenas". Tenho um exemplo desses mesmo frente à minha porta. Comem no anexo lá ficam sentados na mesa das refeições a ver tv até se deitarem e até uma wc foi feita no quintal, com acesso pelo exterior, para não sujar a de casa. Falo de um casal na ordem dos sessenta e mts anos.
  11.  # 90

    .. Em visitas de avaliações cheguei a ver salas enormes fechadas e os sofás estavam plastificados!!!...sim plastificados, não era somente uma capa de plastico...

    As pessoas somente utilizavam a cozinha.

    A Sala era para algum (muito eventual ) dia de festa.... É realmente uma tristeza...
    Concordam com este comentário: cinderela, Castela, mhpinto
  12.  # 91

    Colocado por: cinderelacasa da sogra está novinha em folha


    Correcto, só falta depois remodelar quase tudo dentro da casa e meter isolamentos e equipamentos novos... é o preço de uma casa nova ou quase!

    Colocado por: cinderelatoca a fazerem anexos ilegais que servem de cozinha, sala de estar e por aí em diante.


    Por acaso estes anexos estão legais.
    E é agradável a vivência em família dessas cozinhas. Contudo ter uma casa onde não se vive, apenas se dorme, não faz sentido!
    Concordam com este comentário: cinderela
  13.  # 92

    Colocado por: cinderelaO tozepalma tem sorte de ter uma sogra conservadora, quando herdar a casa da sogra está novinha em folha, deita os anexos do quintal abaixo e eis uma casa a estrear.

    Lamentavelmente, ainda há muito esse conceito, sobretudo as pessoas de mais idade, fazem moradias e depois da licença de habitação, toca a fazerem anexos ilegais que servem de cozinha, sala de estar e por aí em diante. Gastam uma pipa de massa, descaraterizam as casas, não se gozam delas, enfim.... chamo a isso "mentes pequenas". Tenho um exemplo desses mesmo frente à minha porta. Comem no anexo lá ficam sentados na mesa das refeições a ver tv até se deitarem e até uma wc foi feita no quintal, com acesso pelo exterior, para não sujar a de casa. Falo de um casal na ordem dos sessenta e mts anos.



    Colocado por: Pedro Barradas.. Em visitas de avaliações cheguei a ver salas enormes fechadas e os sofás estavam plastificados!!!...sim plastificados, não era somente uma capa de plastico...

    As pessoas somente utilizavam a cozinha.

    A Sala era para algum (muito eventual ) dia de festa.... É realmente uma tristeza...
    Concordam com este comentário:cinderela,Castela,mhpinto


    No Alentejo por exemplo, usa-se a "cozinha da matança" para cozinha e sala de estar, e a casa só mesmo para dormir... nas Beiras, via-se muitas casas de emigrantes em que o rés-do-chão tinha uma cozinha/sala/quarto onde viviam, e no 1.ª andar, que tinha cozinha, sala quartos só era usado para "mostrar às visitas" ou para festas especiais...
    E sim, é uma tristeza!
  14.  # 93

    Quanto à utilização do sótão, é verdade que a maior parte tem o destino aqui falado, mas falando do meu caso, o mesmo é relativamente usado, para os miúdos brincarem, para um deles tocar piano, para eu ver os meus filmes, para o atelier da minha mulher até para visitas dormiram, como é o caso neste momento.
    E para um sótão grande, 2 quartos e o resto em open-space, no Alentejo, pode-se dizer que um ar condicionado resolve muito bem no inverno e bem no pico do verão.
    Agora que tem estado dias sucessivos de muito calor, nota-se um leve calorzinho mas nada de muito desconfortável, mas também depende do nível de exigência de cada um, e eu nisso tolero relativamente bem alguma variação, não sendo fundamentalista de um ambiente constante, "ascético" ao nível da temperatura da casa...
  15.  # 94

    Colocado por: CastelaQuanto à utilização do sótão, é verdade que a maior parte tem o destino aqui falado, mas falando do meu caso, o mesmo é relativamente usado, para os miúdos brincarem, para um deles tocar piano, para eu ver os meus filmes, para o atelier da minha mulher até para visitas dormiram, como é o caso neste momento.
    ..


    Mas a utilização que pretendo dar é exatamente essa.

    Não estou a dizer que vou musealizar a sala de estar, até porque também vai ser sala de jantar ao mesmo tempo e as refeições acabam por ser feitas também aqui.
  16.  # 95

    Colocado por: PapoilaVerdeQual é o espanto?

    "Preservar?". As casas são para serem VIVIDAS. :-)

    Aqui em casa não há preservação nenhuma! Já mudámos a disposição da mobília da sala comum por várias vezes. Vai na 3ª configuração em 3 anos e picos.
    Concordam com este comentário: jorgferr, cinderela
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 96

    Durante a elaboração do projeto de arquitetura houve várias conversas entre nós e o eng.º civil do gabinete de projetos, acerca da solução a propor para o isolamento da casa. Entretanto também temos o apoio na decisão destes pormenores, de um cunhado, que é também é eng.º civil diretor de obra.

    Não pondo em causa que a melhor solução era o revestimento com ETICS, acabamos por optar, por aconselhamento do nosso cunhado e por uma questão de custos , pela parede dupla com isolamento pelo interior destas. O Eng.º projetista aconselha a construir parede dupla com isolamento dentro, mas sem caixa de ar, alegando que os empreiteiros não executam bem esta técnica, e que depois a parede teria que ficar cheia de tubinhos.

    O meu cunhado, Engº Civil Diretor de Obra, aconselha a fazer caixa de ar. Claro que teria que assegurar que isto ficasse bem feito.

    Quais são as opiniões por aqui?
  19.  # 97

    Colocado por: Luis K. W."Preservar?". As casas são para serem VIVIDAS. :-)

    Aqui em casa não há preservação nenhuma! Já mudámos a disposição da mobília da sala comum por várias vezes. Vai na 3ª configuração em 3 anos e picos.

    Eu em projecto idealizei a configuração da sala de duas formas, uma para o Inverno e outra para o Verão.
    Há uns dias um colega meu disse-me que um dia gostava de deixar a casa para os filhos, uma ainda vai nascer em Agosto. Eu respondi-lhe, gostava muito que a minha filha, quando tiver a nossa idade não tenha necessidade de viver em minha casa.
  20.  # 98

    Colocado por: PapoilaVerdeNão pondo em causa que a melhor solução era o revestimento com ETICS, acabamos por optar, por aconselhamento do nosso cunhado e por uma questão de custos , pela parede dupla com isolamento pelo interior destas. O Eng.º projetista aconselha a construir parede dupla com isolamento dentro, mas sem caixa de ar, alegando que os empreiteiros não executam bem esta técnica, e que depois a parede teria que ficar cheia de tubinhos.
    O meu cunhado, Engº Civil Diretor de Obra, aconselha a fazer caixa de ar. Claro que teria que assegurar que isto ficasse bem feito.
    Quais são as opiniões por aqui?

    Não recomendo o ETICS ao nível térreo por ser frágil, sujeito à criação de ninhos (ratos, etc.), a serem bicados por pica-paus, etc. Isto para não falar em fogos.
    Portanto eu sugiro a parede dupla com caixa de ar e SEM ventilação. Dependendo da zona, pode também colocar isolamento térmico no interior.
    Para segurança adicional, pode fazer - na base da caixa de ar - uma caleira impermeabilizada para prevenir infiltrações (por fissuração da parede exterior) - e para isso é que se colocam os tubinhos: para ESCOAR as águas que se infiltrem (ou condensem) na caixa de ar.
    Sinceramente, não vejo o que isso tenha de complicado.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PapoilaVerde
  21.  # 99

    Até agora o que vi de etics estragado foi de uma boa martelada por engano lol. Mas isso até uma parede ficava estragada . Mas como digo não é a minha área...
  22.  # 100

    Entretanto reparamos num pormenor das alturas das janelas em relação ao chão e vamos pedir para alterar este aspeto.

    O projeto vai dar entrada na câmara em princípio hoje, mas penso que isto se altera facilmente em obra.


    A janela rasgada da sala ( suite por cima) e janela rasgada da cozinha vão sofrer alterações de altura e, num dos casos, dimensão. Vamos pô-las a 1,40m do chão e não a 1,20m como estavam.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">