Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 121

    Colocado por: jorgealvesé muito resistente,
    É a primeira vez que me dizem que é *muito resistente*.
    Nos edifícios públicos, o revestimento a ETICS começa a uns 4 ou 5m do solo...

    "Bloco + Etics" é muito superior que "tijolo+caixa de ar + isolamento + tijolo" ?
    É capaz... Mas a diferença não será muita, e a durabilidade da solução não tem nada a ver.

    Colocado por: jorgealvesNa base da parede dupla deve ser feito um canal de escoamento para drenar a água gerada pela condenação resultante da passagem do valor de água para o interior da parede dupla quando encontra a face interior da parede em contacto com o exterior que estará a uma temperatura mais baixa.
    Fiz isto em todos os prédios que construí, desde há mais de 30 anos.
    Mas sabendo qual a temperatura necessária para que o vapor de água CONDENSE, e como construí sempre na zona de Lisboa, tenho fortes dúvidas que (para este efeito) tenha tido alguma utilidade.
    Em contrapartida, será muito útil se houver algum defeito no pano exterior e houver infiltrações - a água infiltrada será encaminhada para o exterior.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 122

    Colocado por: jorgealvesé muito resistente,
    É a primeira vez que me dizem que é *muito resistente*.
    Nos edifícios públicos, o revestimento a ETICS começa a uns 4 ou 5m do solo...

    Colocado por: jorgealvesé muito pior termicamente que o ETCIS.
    "Bloco + Etics" é muito superior que "tijolo+caixa de ar + isolamento + tijolo" ?
    É capaz... Mas a diferença não será muita, e a durabilidade da solução não tem nada a ver.

    Colocado por: jorgealvesNa base da parede dupla deve ser feito um canal de escoamento para drenar a água gerada pela condenação resultante da passagem do valor de água para o interior da parede dupla quando encontra a face interior da parede em contacto com o exterior que estará a uma temperatura mais baixa.
    Fiz essa caleira impermeabilizada em todos os prédios que construí, desde há mais de 30 anos.
    Mas não (apenas) para drenar a água resultante de condensação.
    Sabendo qual a temperatura necessária para que o vapor de água CONDENSE, e como construí sempre na zona de Lisboa, tenho fortes dúvidas que (para este efeito) tenha tido alguma utilidade.
    Em contrapartida, será muito útil se houver algum defeito no pano exterior e houver infiltrações. Se isto ocorrer, a água infiltrada será encaminhada para o exterior.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PapoilaVerde
  4.  # 123

    Colocado por: Luis K. W.Não recomendo o ETICS ao nível térreo por ser frágil, sujeito à criação de ninhos (ratos, etc.), a serem bicados por pica-paus, etc. Isto para não falar em fogos.

    Eu sei porque o Luis diz isso

    Colocado por: Luis K. W.o ETICS ao nível térreo por ser frágil, sujeito à criação de ninhos (ratos, etc.), a serem bicados por pica-paus, etc. Isto para não falar em fogos.

    tirando as bicadas dos pica-paus,,numa parede dupla com isolamento no interior não pode acontecer o mesmo?
  5.  # 124

    Colocado por: Luis K. W.Nos edifícios públicos, o revestimento a ETICS começa a uns 4 ou 5m do solo...

    Onde? Em que país?
  6.  # 125

    Colocado por: Dias BorgesEm que país?
    Em Portugal.

    Colocado por: Dias Borgestirando as bicadas dos pica-paus,,numa parede dupla com isolamento no interior não pode acontecer o mesmo?
    Tirando as bicadas de pica-paus, tirando os boladas da malta que vai jogar à bola, ou ténis, contra as paredes, tirando as fogueiras feitas perto da parede, etc... :-)
    Por acaso, não estou ver por donde entrariam os ratos na caixa de ar entre os panos de tijolo... mas (só) se não fizerem as coisas como deve ser, claro que pode acontecer!
  7.  # 126

    Colocado por: Luis K. W.Em Portugal.

    Pois,só podia ser..

    Colocado por: Luis K. W.Tirando as bicadas de pica-paus, tirando os boladas da malta que vai jogar à bola, ou ténis, contra as paredes, tirando as fogueiras feitas perto da parede, etc... :-)

    As bicadas dos pica-paus resolve se com ETICS em LM

    As boladas da malta que vão jogar á bola,ou ténis contra á parede,já o disse aqui algumas vezes..conheço sistemas de ETICS em EPS que uma bolada chutada pelo nosso CR7 não lhe fazia qualquer dano



    Colocado por: Luis K. W.Por acaso, não estou ver por donde entrariam os ratos na caixa de ar entre os panos de tijolo... mas (só) se não fizerem as coisas como deve ser, claro que pode acontecer!

    Por acaso também não estou a ver por onde entrariam os ratos entre as placas de isolamento e alvenaria..claro está..so se não fizerem o trabalho como mandam as regras
  8.  # 127

    Colocado por: Dias Borges
    Eu sei porque o Luis diz isso

    Eu gostava de saber
  9.  # 128

    Colocado por: JoaoPinaEu gostava de saber

    Só quando o Luis se prenunciar :-))
  10.  # 129

    Colocado por: Dias Borges
    Só quando o Luis se prenunciar :-))

    É que já percebi que o Luís é construtor, gostava de saber o porquê a opinião contra o ETICS. Já deve ter tido más experiências o que não me admira tendo em conta o elevado número de artistas em Portugal a instalar ETICS. Um ETICS mal executado deve ser um cancro maior que uma parede dupla que sempre desenrasca
    Concordam com este comentário: Luis K. W., Dias Borges
  11.  # 130

    Colocado por: JoaoPinaJá deve ter tido más experiências o que não me admira tendo em conta o elevado número de artistas em Portugal a instalar ETICS.

    está a ver como você chegou lá?
  12.  # 131

    Colocado por: JoaoPinaJá deve ter tido más experiências

    Colocado por: Dias Borgesestá a ver como você chegou lá?

    As novas tecnologias já permitem a leitura do pensamento?!? Uáu! :-)

    A verdade é que *eu* não tive más experiências, mas soube de algumas, em obras nas vizinhanças...

    Para além de que vi algumas remodelações em que revestiram moradias - que até eram engraçaditas - com ETICS, e ficaram medonhas (mas isto, de questões estéticas, nem é o meu forte!).
  13.  # 132

    Borges venha para Portugal, pode viver só de trabalhos de malta do fórum, ao menos sabem com o que contam.
  14.  # 133

    Papoila então e as acessibilidades? não lhe interessa essa questão? é que segundo os especialistas do fórum não estão a ser cumpridas.
  15.  # 134

    Colocado por: JoaoPinaPapoila então e as acessibilidades? não lhe interessa essa questão? é que segundo os especialistas do fórum não estão a ser cumpridas.


    Isso é um assunto que a arquiteta que fez o projeto tem de se preocupar.

    Ainda na última reunião sugeri mudar a disposição do mobiliário do WC acessível (do piso 1) mas arquiteta falou-me logo que como estava cumpria as acessibilidades e que mudando poderia já não cumprir.

    Quanto à largura das escadas, o ponto que aqui parece estar aqui em causa, não sei se haverá problema.

    No mesmo loteamento, nomeadamente na casa ao lado que tem uns 7 anos, tem o WC acessível também no piso 1, e tem umas escadas com estrutura metálica só de um lance e com guarda de vidro, que não parecem estar nada adaptadas a ter de levar qualquer tipo de estrutura elevatória.
  16.  # 135

    Colocado por: PapoilaVerdeue não parecem estar nada adaptadas a


    Entre parecer e não estar vai uma grande diferença.

    Pretende vender essa casa no futuro?

    É que por acaso uns amigos meus com idades a rondar os 50s andaram à procura de uma vivenda para comprar e uma das questões principais que tinham em conta na procura era a possibilidade de instalarem um elevador ou um sistema de transporte da cadeira pelo lance de escadas. É que como não pretendem vender ou comprar mais casas, sabem que daqui a uns anos poderão não ter condições para usufruir da casa caso não haja espaço para tais acessórios.

    Hoje em dia há muita 3a idade presa dentro dos seus apartamentos e casas devido à falta de acessibilidade e nãopercebo como se vão cometendo ainda tais erros. É que a diferença de cms pode levar a ter de optar por equipamentos com umas centenas de euros a mais no futuro ou pior.

    E não estou apenas a falar de prédios antigos, conheço pessoalmente um caso de um apartamento com 15 anos onde tal ocorre.
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 136

    A arquitecta infelizmente tem razão, neste país as leis só servem para quem as faz ter algum trabalho. Depois na realidade as câmaras no geral provam o que quer que seja e pronto. Pense é se um dia (bata na madeira) um de vocês fica numa cadeira de rodas, nessa altura a arquitecta está-se a cag@r
  19.  # 137

    Colocado por: treker666

    Entre parecer e não estar vai uma grande diferença.

    Pretende vender essa casa no futuro?

    Não penso vender a casa no futuro hoje, daqui a uns tempos não sei.
  20.  # 138

    Colocado por: JoaoPinaA arquitecta infelizmente tem razão, neste país as leis só servem para quem as faz ter algum trabalho. Depois na realidade as câmaras no geral provam o que quer que seja e pronto. Pense é se um dia (bata na madeira) um de vocês fica numa cadeira de rodas, nessa altura a arquitecta está-se a cag@r



    Diga-me quantas casas em Portugal, de mais do que um piso, cumprem essa questão das acessibilidades nas escadas?
  21.  # 139

    Colocado por: PapoilaVerde

    Diga-me quantas casas em Portigal, de mais do que um piso, cumprem essa questão das acessibilidades nas escadas?


    Se forem recentes, TODAS deveriam cumprir. No entanto como eu disse mais do que a lei pense em si, porque na câmara não ponho sequer em causa que seja aprovado mesmo sem cumprir as acessibilidades. Eu também vejo muita gente fugir aos impostos e eu não fujo, se calhar segundo você eu é que ando mal
    Concordam com este comentário: treker666
  22.  # 140

    Colocado por: PapoilaVerde

    Diga-me quantas casas em Portigal, de mais do que um piso, cumprem essa questão das acessibilidades nas escadas?


    A grande maioria. Não compare um lanço directo num piso com dois lanços entre um piso. O sistema a aplicar é completamente diferente.

    E como lhe disse, há hoje em dia quem pretenda comprar casa já a analisar as acessibilidades e não o azulejo xpto. Eu como já tive de carregar um familiar por dois pisos de um prédio cada vez que ia a consultas, considero que quem estava construir de raiz não deve olhar para o que os outros fazem de mal mas sim para o bem que pode trazer para si.
    Concordam com este comentário: Luis K. W., JoaoPina
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">