Iniciar sessão ou registar-se
    •  
      FD
    •   agradecimentos
    • 16 Novembro 2006

     # 1

    Se não tens pais ricos, nem ganhaste a lotaria vem ao BES. Aparentemente foram muitas pessoas ao BES depois da campanha. O Banco Espírito Santo foi a instituição que ganhou mais prémios à Eficácia em 2006. Dois deles, em ouro, premiaram a campanha do crédito à Habitação. Segundo Rita Torres Baptista, a directora de marketing do banco, "as vendas aumentaram 47% depois da campanha".

    A Associação Portuguesa dos Anunciantes (APAN) e o Grupo Consultores premiaram cinco vezes o BES, por campanhas deste ano. Quanto ao crédito à habitação, campanha desenvolvida pela BBDO e pela Mediaedgeia, recebeu dois troféus em ouro pela eficácia publicitária e de meios.

    "Conseguimos alcançar a intersecção entre a criatividade e a eficácia da comunicação", explicou Rita Torres, num ano "de guerra no crédito". Os bancos investiram mais 61% do que no ano anterior, enquanto o mercado tem crescido apenas 11%.

    A responsável explicou como o BES liderou o top da recordação dos consumidores. "Não quisemos dar o pontapé de saída para uma guerra de preços. Por isso, no briefing para a BBDO, pedimos uma comunicação diferenciadora, que nos permitisse atingir um patamar elevado de notoriedade e que estabelecesse o nosso novo posicionamento, depois da nossa mudança de identidade.

    Após uma campanha forte em 2005, o ano do "Falaste com o teu banco? Não, falei com o teu", era difícil suplantar os resultados positivos, mas Rita Torres disse que "foi a melhor campanha de sempre". Prová-lo não foi difícil. "Queríamos estar entre os dois bancos mais recordados nas campanhas de TV, e conseguimos liderar". E isto numa altura em que conviviam oito anúncios de bancos diferentes na televisão.

    Efeitos concretos ocorreram no número de simulações no banco em no sistema da internet. "O número de simulações no BESnet aumentou 45% depois da campanha". O indicador mais importante foi o crescimento das vendas. Antes da campanha mediu-se o volume de negócios do banco e, depois da campanha (de Fevereiro a Abril), o segmento cresceu 47%.

    "Ao fim de três meses, tivemos um retorno de 190% do nosso investimento", sublinhou a responsável de marketing. O ouro também premiou os meios. A agência utilizou suportes tradicionais com um patrocínio ao Euromilhões e optou por misturar testemunhos de pessoas diferentes nos vários anúncios. O retorno ficou 26% acima dos objectivos. "Criámos empatia com o cliente e conseguimos mostrar que tínhamos características únicas", concluiu.

    http://dn.sapo.pt/2006/11/15/economia/credito_a_habitacao_bes_subiu_47_apo.html
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 2

    Este post tem muita graça.

    Um banco que dava lucro e agora é um Novo Banco...

    O engraçado é também não haver ninguém no banco dos réus...

    Neste País à beira mar plantado parece passar tudo em b(r)anco...
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">