Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas amigos , preciso tirar umas duvidas quem puder ajudar:

    1) em 2012 quando comprei a minha casa por 200k mais perto de 15k em IMT e escritura, já estava 70% concluída, mas devido a falta de legislação que só protege o estado, a mesma foi considerada como terreno e tive de pagar o IMT a dobrar, e para a concluir gastei mais 140k , mas quando ela ficou pronta para habitação, e a registei nas finanças e na câmara municipal não me lembro de ter declarado o resto dos custos que tive, pois não me foram solicitados quaisquer documentos nem tive bom aconselhamento na altura , apesar de ainda ter grande parte das faturas passado 4 anos.. também não me preocupei muito pois tinha na ideia de ficar a viver na mesma casa para o resto da vida, porem estou a pensar em vender-la dentro de alguns anos.

    este ano pretendo fazer mais umas obras que ficaram por fazer no valor de 20k , dinheiro que terei de pedir ao banco e somar à divida do emprestimo que já tenho pedido para a compra da habitação.

    a) pergunto se decidir vender a casa em 2018, onde já passou mais de 5 anos desde que foi registada nas finanças(e segundo algures li,) pergunto se confirmam que essas faturas de 100k já não serão válidas por ter passado o prazo dos 5 anos? qual o valor de compra de compra da casa será 340k? ou passa para 200k desvalorizando-se todos os custos que tive para a concluir aumentando o valor das mais valias e respectivo imposto a pagar ao estado? há alguma coisa que possa fazer para declarar esses custos ou não devo fazer nada?

    b ) se a vendesse por exemplo por 450k e pretender pagar o empréstimento em divida que tenho e reinvestir o resto em 2 pequenos apartamentos um deles de habitação permanente e outro para investir, apenas é considerado 1 apartamento como reinvestimento 1 ou pode ser os 2?

    c) o IMT de 15k que paguei junta-se ao valor de compra da casa ficando por 200k +15k (mais os custos de conclusão) ou este imposto deve ser declarado no irs mas tem um peso diferente no cálculo das mais valias?

    Cumprimentos
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Caro jason99.
    Fez 6 perguntas , cujas respostas estão explicadas em vários sites , com simuladores e tudo.
    http://contasconnosco.pt/simulador/mais_valias_habitacao
    ou
    http://www.deco.proteste.pt/casa/comprar-vender-casa/simule-e-poupe/quanto-pago-ao-fisco-pela-venda-da-minha-casa

    As despesas para a conclusão da casa (suponho que) só têm de ser contabilizadas na declaração de IRS do ano em que se vende a casa, para cálculo das mais-valias.
    «O campo 401 do anexo G do Modelo 3 de IRS é onde devem ser registados os valores de realização (o montante da venda), da aquisição (quanto custou a casa vendida) e as despesas e encargos.
    Os campos 501 a 516 também devem ser preenchidos, especialmente em caso de haver crédito à habitação.»
    http://contasconnosco.pt/artigo/mais-valias-quer-vender-a-sua-casa-saiba-que-impostos-tem-de-pagar-e-como-reduzi-los

    E ainda: http://saldopositivo.cgd.pt/como-declarar-mais-valias-da-venda-de-uma-casa
  4.  # 3

    olá boa noite obrigado pelos links, de fato consultei alguns e ainda tenho duvidas

    alguns sites dizem que as faturas valem por 5 anos, acontece se vender a casa apartir de 2018 esses 5 anos passam e penso eu de que as faturas deixam de valer, neste caso sou eu que atribuo um valor à casa?

    outra duvida que não consigo esclarecer é se posso reenvestir o montante em mais que uma habitaçao para não pagar o imposto sobre as mais valias ou só apenas uma?..
  5.  # 4

    Colocado por: jason99as faturas valem por 5 anos,
    Não. O que você leu é que deve GUARDÁ-LAS por 5 anos
    É o que a LEI prevê para as facturas de obras, recibos de rendas, etc. e outros documentos relativos a imóveis.

    MAS, no caso em que se possui um imóvel e essas despesas podem ser contabilizadas para REDUZIR as mais-valias, as facturas têm de ser guardadas TODA A VIDA (tal como outros documentos - Ficha Técnica de Habitação, etc.).

    Colocado por: jason99posso reenvestir o montante em mais que uma habitaçao para não pagar o imposto sobre as mais valias ou só apenas uma?..
    SALVO ERRO, só abate o reinvestimento em "Habitação Própria e Permanente", isto é, na casa em que tiver a morada fiscal.

    Se bem entendi, neste momento tem mais-ou-menos os seguintes dados:
    Campo 401 do anexo G - realização (venda) : 450.000
    Campo 401 do anexo G - aquisição: 200.000
    Campo 401 do anexo G - despesas e encargos (imt, escritura, registos e OBRAS): 175.000 (160,000 em obras, 15,000 em IMT. etc).
    Campo 503 do anexo G - valor amortizado do crédito da casa vendida: 180.000 (por exemplo!)
    Campo 504 do anexo G - valor da compra da casa nova - empréstimo para adquirir casa nova (por exemplo!): 250.000-50.000 = 200.000

    Neste caso, terá de pagar imposto (IRS) SOBRE a mais-valia de 9.722,22 euros. A TAXA do imposto dependerá da soma dos rendimentos do seu agregado familiar.
  6.  # 5

    Olá Luis obrigado pela resposta ajudou bastante, apenas uma duvida,

    se sou eu que preencho o IRS com esses dados e o custo da escritura mais as faturas do resto que investi para concluir a casa desde o inicio,

    eles praticamente nao veem consultar as faturas para confirmar os valores ou algum tipo de vistoria? se bem que é recomendável colocar tudo correto ;)


    já agora quando construir a casa devo declarar o valor da nova casa tambem quando preencher o IRS?
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">