Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olás!

    Precisava de uma ajudinha a fazer contas à vida. Estou com duvidas se será uma jogada demasiado arriscada porque tenho receio das despesas inesperadas!
    Como já referi aqui estou de olho num terreno de 7000m2, inserido na RAN, com viabilidade de construção de moradia terrea com 150m2 de area habitavel e 30 de logradouro. Ao lado tem casas habitadas com agua e luz, com fossas.

    A ideia para já é pedir empréstimo ao banco para pagar o terreno, depois contratar arquitecto, fazer projecto da moradia, contratar empresa de construção, colocar a minha actual casa à venda. Pedir emprstimo para construção, começar a construir, enquanto isso vender a casa actual e depois da venda aplicar o dinheiro na construção da casa. Provavelmente o dinheiro da venda da actual casa vai todo para apenas para a construção da nova casa... estou a imaginar uns 180mil euros na construção da casa.

    O que tenho de despesas para gastar (para alem do terreno em si)??
    - IMT (5% do valor da venda)
    - fossa (uns 2500 euros)
    - escritura (alguem sabe quanto é?)
    - despesas burocraticas do processo (uns 1000 euros?)
    - emprestimo ao banco (uns 500euros por mes)
    - arquitecto (uns 6000euros??)
    - fazer contrato de chave na mao com empresa de construçao (dar algum de entrada, nao sei quanto)
    - depois da casa estar construida, terei de fazer escritura da mesma, certo? será o valor de uma escritura normal, como se fosse comprar a casa ja feita? como funciona isso, sabem dizer??

    Assim de repente, que mais despesas vão chover, sabem dizer??

    Obrigada!
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Um terreno em RAN e pode construir 150 m2? ou pode RECONSTRUIR?
  4.  # 3

    Colocado por: deinhac
    O que tenho de despesas para gastar (para alem do terreno em si)??
    - IMT (5% do valor da venda)
    - Presumo que a percentagem esteja correcta, mas sinceramente já não sei quanto paguei.
    - fossa (uns 2500 euros)
    - Talvez um pouco menos, dependentemente de como irá fazer a adjudicação da obra
    - escritura (alguem sabe quanto é?)
    - Terá que consultar a tabela de emolumentos dos notários, mas posso dizer-lhe que no meu caso, para uma escritura do terreno de 22500, paguei cerca de 650 euros, já com o imposto de selo incluido.
    - despesas burocraticas do processo (uns 1000 euros?)
    - Esta parte não percebi!
    - emprestimo ao banco (uns 500euros por mes)
    - Se refere ao emprestimo do banco para a compra do terreno.... sempre tive a ideia que os bancos não emprestam dinheiro para compra de terrenos, mas posso estar equivocado.
    - arquitecto (uns 6000euros??)
    - No forum temos alguns arquitectos que terão todo o prazer em responder
    - fazer contrato de chave na mao com empresa de construçao (dar algum de entrada, nao sei quanto)
    - A mim foi-me pedido 5% do valor da empreitada, mas creio que a maior parte pede mais.

    - depois da casa estar construida, terei de fazer escritura da mesma, certo? será o valor de uma escritura normal, como se fosse comprar a casa ja feita? como funciona isso, sabem dizer??

    Assim de repente, que mais despesas vão chover, sabem dizer??

    - Licença de construção
    - Custos com o ramal de agua
    - Custos com o ramal de luz
    - Custos relacionados com o pedido de emprestimo ao banco, escritura de hipoteca, registo provisorios, certidoes, bla bla bla
    - Seguro de obras (que reverte para o banco)

    Obrigada!


    São mais que muitas as despesas inerentes À construção de uma casa..... só no fim é que se vê se valeu a pena ou não!

    um abraço

    http://montedochafariz.blogspot.com/

  5.  # 4

    Parreira...
    tem lá uma ruina sim. Amanha vou à Camara perceber melhor o que se pode lá fazer ou não (se tenho de aproveitar a ruina e reconstrui-la e ampliá-la) ou se vai abaixo e faz de novo, com novo projecto (uma vez que este terreno nao tem projecto nenhum)...

    afsantos...
    vou ter em conta essas "lembranças" que fez. Presumo que quanto aos custos do ramal de água e de luz não haja grande problema, uma vez que o terreno está rodeado de outras moradias que têm agua e luz.
    A licença de construçao - como se calcula esse valor? E ja agora, quando é cobrado?

    Os "processos burocraticos" de que falava são precisamente os custos da escritura da hipteca, certidoes, etc
    Seguro de obras... quanto pagou pelo seu??


    Mais lembranças são bemvindas :)
  6.  # 5

    Pois. O que pode é RECONSTUIR, não construir. Logo, nao precisa de projecto, de licenca, e desse processo burocratico. Logo, os custos são substancialmente mais baixos!
  7.  # 6

    Parreira, está-me então a dizer que se o que lá está são cerca de 90m2 de ruina (estando na caderneta que sao 30) - ou seja, nao está correcto, mesmo assim o que posso fazer unicamente é reconstruir os 90m2 de ruina?? Nem sequer um acrescento posso fazer (isto porque a caderneta vai ser actualizada para 170m2 de area)
  8.  # 7

    Colocado por: deinhacParreira, está-me então a dizer que se o que lá está são cerca de 90m2 de ruina (estando na caderneta que sao 30) - ou seja, nao está correcto, mesmo assim o que posso fazer unicamente é reconstruir os 90m2 de ruina?? Nem sequer um acrescento posso fazer (isto porque a caderneta vai ser actualizada para 170m2 de area)


    Sem conhecer o caso não posso emitir uma opinão correcta. Quando fizer o modelo 1 do IMI, corriga a área, para o que pretende. Assim quando reconstruir, ficará igual ao que já existia na caderneta, não necessitando de projecto nem de licença.
    Se o terreno está em RAN, muito dificilmente conseguirá aumentar a área, a não ser por via do modelo 1 do IMI.
  9.  # 8

    ... mas atenção que é possivel irem verificar in loco se existe a tal área na caderneta... Portanto, não aconselho a mentir...
  10.  # 9

    Atenção que obras de reconstrução necessitam de licenciamento, uma vez que vai mexer com a estrutura, telhados e fachadas (ver art. 6º da Lei 60/2007). A ruína obviamente não é para ficar como está, com apenas 90m2 e tendo em conta que irá construir uma habitação para viver, será necessário ampliar essa ruína. Logo tens que ter, como disseste, um arquitecto e projecto aprovado para construir.

    Outra questão, agora referente a despesas que vais ter...Quando meteres o projecto na Câmara agora paga-se (depende da Câmara) uma taxa que varia entre os 250-650 euros, dependendo das áreas da construção, logo à entrada do projecto inicial. Essa taxa é calculada na hora. Depois quando levantares o Alvará de Construção vais pagar outra taxa de quantia similar. No final da construção vais ter que pagar a taxa do pedido de vistoria e da Licença de Habitabilidade que são mais uns 140 euros. Estes valores são apenas estimativos, mas podes calcula-los pois estão em Diário da Republica (não me lembro qual o DL).

    Se o terreno está no teu nome, depois de teres a licença de utilização, não tens que realizar outra escritura a incluir o imóvel, a menos que o queiras vender. As escrituras fazem-se quando existem transmissões.
    Apenas tens que actualizar na Conservatória do Registo Predial, a matriz e nas Finanças, onde terás depois de pagar o IMI caso tenhas mais imóveis no teu nome. Caso não tenhas, tens a isenção durante 6 anos acho.

    Sobre as fossas, tens que ver se na Rua não existe saneamento, pois caso exista é necessário pedir ligação ao mesmo. São uns 1500 euros para isso e é obrigatório caso exista saneamento na proximidade, mesmo que as casas ao lado não o tenham.
  11.  # 10

    SE as obras apenas sao de reconstrucao, para imovel anterior a 1951, nao necessitam de qualquer projecto.
  12.  # 11

    Olá e obrigada a todos!

    Pois hoje fui à Camara fazer uma visita e colocar todas as questões sobre aquele terreno... :( grande desilusão. Então acontece que o terreno começou por ser aquele e mais o outro do lado. O proprietario "desfragmentou-o" em dois e "tirou" parte da ruina que la estava para o seu lado e assim construiu a sua casa. O outro lado (o que está à venda) tem então parte da ruina que, ainda por cima está muito colada ao terreno do lado... espero estar a fazer sentido. Mas bem, sucede entao que o terreno sendo todo RAN, nao ha possibilidade de fazer acrescentos à tal ruina, pelo que, como disse o Parreira e muito bem, teria de ser reconstruida apenas aquilo que lá está. E mesmo assim teria problemas de futuro, porque está muito proxima dos limites do terreno...E para poder fazer acrescentos ou coisas do genero, so pedindo para se mudar, o que seria praticamente impossivel (ja foi pedido anteriormente e recusado)... ou seja, dali nao se faz nada!

    Fiquei muito triste e de certa forma irritada com a mediadora do terreno que, andou a enrolar este assunto e eu deixei-me ir na conversa. Perdi tempo a pensar numa coisa que nao ía, à partida, dar em nada. Ja devia ter ido à Camara...

    O arquitecto da Camara foi muito prestável e ate disse que ja tem sido por diversas vezes abordado acerca daquele terreno... que ainda ali está à venda e certamente ficará! É uma pena, porque é belissimo!

    Bem, voltei à estaca zero na procura, mas uma coisa ja aprendi, falam-me em RAN e fujo a 7 pés!!

    Ate breve
  13.  # 12

    Em que zona do país procura??
  14.  # 13

    Colocado por: deinhac

    Fiquei muito triste e de certa forma irritada com a mediadora do terreno que, andou a enrolar este assunto e eu deixei-me ir na conversa. Perdi tempo a pensar numa coisa que nao ía, à partida, dar em nada. Ja devia ter ido à Camara...



    Esta artista devia de levar uns bons açoites, pois estava mesmo a ver que a queria entalar. Continue à procura, terrenos é o que não deve faltar por este POrtugal fora
  15.  # 14

    E se for anterior a 1951 mas for uma ampliação?
  16.  # 15

    Colocado por: danielaportelaE se for anterior a 1951 mas for uma ampliação?


    Faz o modelo 1 do IMI já com ampliação...
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    Boas...
    A minha busca exaustiva tem sido feita em Arruda dos Vinhos. Supostamente parece facil encontrar, sendo esta uma zona de tanta terra ;) mas eu devo ser muito exigente porque nãp está a ser fácil. 1º Por lá há muita coisa nas encostas, e eu procuro terreno plano; 2º não pode ter postes de alta tensão perto; 3º convem ser perto do centro de arruda mas tambem perto da A10 (ha muitos terrenos bons, mas são longe da A10...e tambem há muitos terrenos bons mas REN e RAN...)
    Enfim, sou exigente :)
    Mas persistente, hehe

    Obrigada a todos pela ajuda! Vou dando novidades!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Perquirunt
  19.  # 17

    Colocado por: Parreira
    Colocado por: danielaportelaE se for anterior a 1951 mas for uma ampliação?


    Faz o modelo 1 do IMI já com ampliação...


    Mas repara, uma reconstrução é manter como está, quase digamos que conservação e reparações, sem alterar telhados, estrutura e fachada, tal como diz o artigo 6º da Lei 60/2007. Agora imagina tenho um imóvel anterior a 1951 com imaginemos 100m2 e quero ampliar para mais 300 m2 com uma construção nova adossada à antiga. Não me parece que a Câmara não queira receber taxas de alvarás de construção para isso? Penso que está isento de Licença de Habitabilidade mas Licença de Construção...em que Decreto está isso (referente a obras de ampliação desses imóveis antigos e que alterem as fachadas)?
    Se isso fosse possivel eu deitava abaixo o imóvel e deixava algumas pedras, até incluidas na fachada nova, e construia uma construção nova com a área que quisesse sem ter que dar satisfações a ninguém.
  20.  # 18

    Quando digo fazer o modelo 1 do IMI, estou a falar em alterações minimas. Claro que se quer aumentar 200m2 a área coberta, ou fazer 1º andar, terá que fazer projecto. Só estou a referir-me a alterações minimas.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: danielaportela
  21.  # 19

    Olá a todos.
    Vim esta discussão e resolvi colocar uma dúvida. é a seguinte, eu já tenho uma casa construída (comprei terreno, paguei tudo e mais alguma coisa, tirei licença de construção etc., suponho que esteja tudo em ordem), no entanto agora não sei o que falta mais fazer! Uns dizem que tenho que tirar mais licenças, outros que tenho que fazer o registo não sei onde. Mas na realidade não sei o que tenho mesmo que fazer. O pior de tudo é que neste momento encontro-me numa situação financeira muito delicada e tenho medo de estar a mexer em coisas que depois não consiga pagar. Alguém tem noçao destes custos?
    Muito Obrigada
  22.  # 20

    Se a obra foi concluída tens que apresentar na Câmara as Telas Finais do projecto de arquitectura (onde está o teu arquitecto para te orientar com isso?) e depois fazer o pedido de vistoria. Já o fizeste? Os custos são cerca de 140 euros divididos em duas partes (podes perguntar na Câmara antes, mediante consulta do processo).
    Depois de teres feito o pedido de vistoria em que tens que entregar uma data de documentação do empreiteiro, livro de obra etc, tens que pedir à Câmara a Licença de Habitabilidade. Só com ela é que vais depois acertar as coisas nas finanças e na conservatória de registo predial. Como primeiro passo deves ir à Câmara, dizes qual é o teu processo e perguntas o que falta para o completar, qual o passo a seguir e pedes uma minuta ou lista da documentação a entregar.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">