Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Para não estar a poluir um outro tópico com a discussão da dita certificação na conformidade e reação ao fogo nos sistemas de ETICS deu-me na "neura" de abrir um novo..ora para começar aqui vai.

    Muito aqui se tem falado nos sistemas de ETICS com certificação/conformidade reação ao fogo tipo
    B 1-B 2,ambos (dizem) resistente à chama um mais que outro.

    Ora para quem não sabe,em 21.04.2005 teve lugar numa aldeia (Pankow) perto de Berlim um grande incêndio de 5 moradias no qual existiram duas vítimas mortais.Os jornais noticiaram um Inferno,Noticias do dia..fachadas em ETICS totalmente destruídas,(EPS queimado nas fachada) sistema de ETICS com material que estavam devidamente testado e aprovado,ou seja,materiais que têm um exame e classificação de acordo com a norma DIN 4102 B1 (resistente à chama) e uma aprovação técnica emitida pela DIBt.

    A segurança é primordial na Alemanha,aprovações técnicas são emitidas para trazer de acordo com os produtos de construção,ato de usar,apenas so,produtos de construção que não causam perigo para a vida e a integridade física e também que não afetam a estrutura do edifício...resumindo e concluindo,digam-me agora se os testes têm ou não têm só a ver com nome a favor dos fabricantes..

    Seguem Fotos e Vídeo do Inferno de Pankow e Delmenhorst

    Delmenhorst

    25 casas completamente destruídas em 11/06/2011 http://www.ff-delmenhorst-stadt.de/index.php/fotoalbum/229-grossfeuer-in-fuenf-mehrfamilienhaeusern-an-der-bremer-strasse

    http://www.youtube.com/watch?v=UEpq96Bf-sU
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Etics
      251989292.jpg
      563297_1_gallerydetail_show_k8bzpb8b_1.jpg
      563298_1_gallerydetail_show_k8bzpb8b_2.jpg
      Brand-Feuer-Fassade-WDVS-EPS.jpg
      563299_1_gallerydetail_show_k8bzpb8b_3.jpg
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    "Vou então poluir" com mais alguma informação só para esclarecer.

    A norma Europeia que certifica o comportamento e reação ao fogo em materiais/sistemas de construção é a EN 13501-1.
    Depois cada um dos países passa para a sua regulamentação a norma Europeia.
    No caso de Portugal é o Decreto-Lei n.º 220/2008 e também a Portaria nº1532-2008.
    No caso da Alemanha é a DIN 4102.
    Deixo-vos as respetivas equivalências.

    A classificação B2 que o Dias Borges refere, na norma Alemã, equivale na norma EN 13501-1 à classificação D ou E. No caso Português é usada precisamente a mesma nomenclatura conforme a norma Europeia 13501-1: D ou E.
      ClassesUE2.jpg
  4.  # 3

    Colocado por: EticsNo caso da Alemanha é a DIN 4102.

    Mas também é á Alemanha que eu me refiro..eu não referi sequer as normas da UE,ou será que sim?
    • eu
    • 27 Maio 2013 editado

     # 4

    Colocado por: Dias BorgesB 1-B 2,ambos (dizem) resistente à chama um mais que outro.

    Na tabela não aparece "resistente à chama" mas sim reacção e contribuição ao fogo "aceitáveis".

    Já agora, uma pergunta muito pertinente: nesse incêndio, as casas que não tinham ETICS também arderam ?
    •  
      Etics
    • 27 Maio 2013 editado

     # 5

    Colocado por: eu
    Na tabela não aparece "resistente à chama" mas sim reacção e contribuição ao fogo"aceitáveis".

    Já agora, uma pergunta muito pertinente: nesse incêndio, as casas que não tinham ETICS também arderam ?

    A norma na Alemanha DIN 4102 regesse pela norma Europeia EN 13501-1. O que acontece é que em alguns países quando passam a legislação para a realidade de cada país usam nomenclatura diferente. Quando o Dias fala em B1 ou B2 na Alemanha está no fundo a referir-se a B ou C para B1 e, D ou E para B2.

    É evidente que perante uma situação de fogo o EPS tem um comportamento que não contribuindo para a propagação da chama, contribui ao se extinguir para criar o que se chama "efeito chaminé" ou seja, por trás do barramento armado e do revestimento final fica um espaço vazio que acaba por propagar a chama e acaba por arder tudo.
    Por essa razão em alguns países da UE forma introduzidos novos procedimentos que passa por colocar nas zonas de vãos lã de rocha que sendo incombustível "elimina" o efeito de chaminé" junto ao vãos e diminuindo assim a probabilidade de propagar a chama.
    Em Portugal penso que ainda não foram introduzidas essas alterações e pelo que eu sei nem mesmo existe grande preocupação por parte de quem fiscaliza em averiguar se os sistemas têm essas conformidades.
      466257_322399124492794_857900017_o2.jpg
      LSF.Fogo.jpg
    • CG.
    • 27 Maio 2013

     # 6

    Então no que toca ao fogo, um etics com LM é melhor que os ditos EPS?
  5.  # 7

    Colocado por: CG.Então no que toca ao fogo, um etics com LM é melhor que os ditos EPS?

    Claro que sim. A lã de rocha simplesmente não arde.
    De qualquer forma é sempre importante ter o conjunto certificado já que além do isolamento usado (EPS, lã de rocha) o comportamento dos restantes materiais também é muito importante. Basta por exemplo que o revestimento acrílico perante uma situação de fogo produza muito fumo para que, não "morre" da temperatura, "morre" da intoxicação!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: CG.
    • eu
    • 27 Maio 2013

     # 8

    Colocado por: euJá agora, uma pergunta muito pertinente: nesse incêndio, as casas que não tinham ETICS também arderam ?

    Alguém consegue responder a esta pertinente questão?
  6.  # 9

    Colocado por: euNa tabela não aparece "resistente à chama" mas sim reacção e contribuição ao fogo"aceitáveis".


    Sim,tem razão..queria dizer retardador de chama,que é o caso B1/B2

    Colocado por: eunesse incêndio, as casas que não tinham ETICS também arderam ?

    Não se sabe (mas vou tentar saber) se existiam casas nessas zonas sem ETICS..mas normalmente quase todas as casas na Alemanha tem ETICS em EPS ou LM ...

    Colocado por: Eticsem alguns países da UE forma introduzidos novos procedimentos que passa por colocar nas zonas de vãos lã de rocha que sendo incombustível "elimina" o efeito de chaminé" junto ao vãos e diminuindo assim a probabilidade de propagar a chama.

    Pois,só que essas normas são só para espessuras a partir de 100mm..digamos que se aplicar-mos espessuras de 50,60,70,80,90 já não há probabilidade de propagar a chama?ele há cada norma que só visto..

    Colocado por: EticsÉ evidente que perante uma situação de fogo o EPS tem um comportamento que não contribuindo para a propagação da chama

    Acha mesmo que não? Ora veja aqui neste vídeo (mas era muito importante que o meu caro amigo percebesse Alemão) se é assim como diz..
    http://youtube.googleapis.com/v/ekD7vq18suA&source=uds&autoplay=1

    Colocado por: CG.Então no que toca ao fogo, um etics com LM é melhor que os ditos EPS?

    Mas de Longe..
  7.  # 10

    Colocado por: EticsBasta por exemplo que o revestimento acrílico perante uma situação de fogo produza muito fumo para que, não "morre" da temperatura, "morre" da intoxicação!

    No sistema com EPS o próprio EPS trata do assunto:-))
    • eu
    • 27 Maio 2013

     # 11

    Colocado por: Dias BorgesNo sistema com EPS o próprio EPS trata do assunto:-))

    Sim, já experimentei queimar EPS e aquilo produz uns fumos negros terríveis...
  8.  # 12

    Colocado por: Dias Borges
    Acha mesmo que não? Ora veja aqui neste vídeo

    Você é terrível...não corte a frase completa :-)

    Colocado por: EticsÉ evidente que perante uma situação de fogo o EPS tem um comportamento que não contribuindo para a propagação da chama, contribui ao se extinguir para criar o que se chama "efeito chaminé" ou seja, por trás do barramento armado e do revestimento final fica um espaço vazio que acaba por propagar a chama e acaba por arder tudo.


    Colocado por: Dias BorgesOra veja aqui neste vídeo

    Não percebendo alemão deu para perceber que a introdução das barreiras com lã de rocha são referidas.
  9.  # 13

    Colocado por: Eticsnão corte a frase completa :-)


    Colocado por: Eticso EPS tem um comportamento que não contribuindo para a propagação da chama, contribui ao se extinguir para criar o que se chama "efeito chaminé" ou seja, por trás do barramento armado e do revestimento final

    Ok,ok..mas como se pode ver no tal video tento no prédio que estava em chamas como no teste que fizeram não é bem assim como vc diz..

    Colocado por: EticsNão percebendo alemão deu para perceber que a introdução das barreiras com lã de rocha são referidas.

    Sim.mas que pouco ou nada resulta...
    Mais um Video..http://www.youtube.com/watch?v=AWD0HeZLufM&feature=youtu.be aqui as dita barreiras com lã de rocha foram aplicadas..
  10.  # 14

    Poliestireno nos sistemas ETICS proibido internacionalmente a partir de 2014.
    Quem tinha razão..!! quem era?

    http://www.br.de/radio/bayern2/waermedaemmung-einfamilienhaus-kosten-102~_node-203af9ae-619d-4828-b28b-a6c20fc61235_-9b3a76910b6a22c237c7ea12f95e7b425b989156.html
    Estas pessoas agradeceram este comentário: eu
    • eu
    • 8 Agosto 2013 editado

     # 15

    Na tradução, aparece-me que o que vai ser proibido não é o EPS mas sim o componente que é usado no EPS para retardar o fogo... é um erro de tradução ou é mesmo assim?
    Concordam com este comentário: Etics
  11. Ícone informação Anunciar aqui?

  12.  # 16

    Impressionante.

    Adiciono uma alternativa . O Foamglass.
    É incombustível e tem características bastante interessantes. Inclusivé ao contrário de outros, no fim de acabado não soa a oco.

    Cpts
    Concordam com este comentário: nini
    • AXN
    • 8 Agosto 2013

     # 17

    Colocado por: Dias BorgesPoliestireno nos sistemas ETICS proibido internacionalmente a partir de 2014.
    Quem tinha razão..!! quem era?

    http://www.br.de/radio/bayern2/waermedaemmung-einfamilienhaus-kosten-102~_node-203af9ae-619d-4828-b28b-a6c20fc61235_-9b3a76910b6a22c237c7ea12f95e7b425b989156.html
    Estas pessoas agradeceram este comentário:eu


    Só um aparte, na notícia ou artigo aparece uma foto com um trabalho de ****.
      waermedaemmung-bauernhaus-sanierung-102~_v-image360h_-ec2d8b4e42b653689c14a85ba776647dd3c70c56.jpg
  13.  # 18

    Colocado por: euNa tradução, aparece-me que o que vai ser proibido não é o EPS mas sim o componente que é usado no EPS para retardar o fogo... é um erro de tradução ou é mesmo assim?

    Pois na tradução automática refere apenas que o retardador incluído no EPS será proibido. Vamos esperar que o Dias nos esclareça se a tradução automática estará ou não correta!
    • alexp
    • 8 Agosto 2013 editado

     # 19

    Colocado por: Etics
    Pois na tradução automática refere apenas que o retardador incluído no EPS será proibido. Vamos esperar que o Dias nos esclareça se a tradução automática estará ou não correta!


    Se for isso é uma medida adoptada em 2011, por ser tóxico:

    http://www2.buildinggreen.com/blogs/flame-retardant-used-polystyrene-be-banned-eu

    Mas andam à procura de alternativas:
    http://www2.le.ac.uk/offices/press/press-releases/2013/june/students-aim-to-make-new-flame-retardant-for-polystyrene-using-genetically-modified-bacteria
  14.  # 20

    Colocado por: EticsPois na tradução automática refere apenas que o retardador incluído no EPS será proibido

    Zum einen brennt es sehr gut und zum anderen ist genau deshalb im Styropor ein Brandschutzmittel enthalten

    Com a tradução automática não vão lá..o que diz é o seguinte, como se trata de um produto (poliestireno) que arde facilmente e dai possuir um componente para retardar o fogo.

    +/-isso assim:-))

    Colocado por: AXNna notícia ou artigo aparece uma foto com um trabalho de ****.

    Essa trabalho que mete nojo foi o DO que quis poupar uns trocos e como tal meteu as mãos á obra, dai os comentários que são dirigidos a certos DO que querem poupar dinheiro e no fim de contas sai-lhes mais caro pela porcaria que fazem
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">