Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Vivam,


    Com a ajuda aqui do Fórum da Casa (óptimo local de troca de ideias, parabéns a todos que o mantêm e o alimentam) tenho andado a "dar caça" aos bolores lá no apartamento. Infelizmente tenho problemas de infiltração graves que serão resolvidos este Verão (e só não foram antes por inércia do condomínio...).

    Quanto a paredes, tenho atacado o problema como exposto noutro tópico (https://forumdacasa.com/discussion/34106/1/dar-tinta-com-antifungo-ou-outra-solucao/). Tenho também tentado arejar a casa tanto quanto possa.

    Entretanto, outro problema: os móveis.

    Tenho problemas de bolores que aparecem em móveis. A qualidade do mobiliário que tenho é heterogénea: tanto tenho "móveis de qualidade", como móveis de pinho "de feira", como móveis do IKEA.

    Os móveis estão, eles também, a ganhar bolor e a passar cheiros ao seu conteúdo (o bolor nalguns casos não é visível a olho nu, mas o cheiro sente-se). As superfícies mais complicadas (mas não únicas), julgo, são as que estão em "madeira crua" ou "platex cru" no interior ou nas traseiras dos móveis.

    Quero erradicar o mais possível estes problemas, e lembrei-me de passar verniz ou velatura nestas zonas mais escondidas em que os bolores procriam.

    Perguntas:

    - 1) O verniz ou a velatura resolvem o meu problema?
    - 2) Qual dos dois será mais eficaz? Eu gosto mais de trabalhar com a velatura por causa do baixo odor e da menor sujidade, mas se o verniz for melhor, verniz seja.
    - 3) Como devo preparar as superfícies? Limpar é certo, mas faz sentido aplicar lixívia e enxaguar como nas pareder ou vou fazer pior? Há produtos no mercado que facilitem esta tarefa?


    Toda a ajuda é bem-vinda! :)
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Colocado por: ClioIIVivam,

    - 1) O verniz ou a velatura resolvem o meu problema?
    - 2) Qual dos dois será mais eficaz? Eu gosto mais de trabalhar com a velatura por causa do baixo odor e da menor sujidade, mas se o verniz for melhor, verniz seja.


    penso q a veltatura é apenas um produto pigmentado para dar cor à madeira. o q se pretende é um produto q funcione de hidrófugo de algum modo. ha vernizes de base aquosa q resolvem
    o problema do cheiro


    - 3) Como devo preparar as superfícies? Limpar é certo, mas faz sentido aplicar lixívia e enxaguar como nas pareder ou vou fazer pior? Há produtos no mercado que facilitem esta tarefa?


    os derivados da madeira usados geralmente no mobiliário (mdf, aglomerado, platex) não gostam de água podendo alterar a sua textura ao contacto com esta (pense em molhar papel e de como este fica deformado mesmo depois de seco).
    no entanto se garantir que a aplicaçao é superficial e passar logo com pano seco é pouco provavel causar danos.
    em alternativa pode usar aguarraz ou diluente celulósico.
    em ambos os casos faça um pequeno teste para ver se nao ha problema.
  4.  # 3

    Curioso, julgava que aquilo a que se chama "velatura" é a mesma coisa que outros fabricantes chamam "verniz de base aquosa", e que é ainda o mesmo que as pessoas designam por "Bondex" (marca específica de uma linha da Dyrup).

    Estou errado?

  5.  # 4

    Encontrei este produto barbot.

    http://www.barbot.pt/index.php?cat=14&item=75

    Parece-me apropriado para o que quero. Alguém por aqui já testou?
  6.  # 5

    ao ke percebi,o que o amigo ker é isolar as faces que nao teem orlas,ou nao estao envernizadas.Penso que um verniz sintetico resolve
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ClioII
  7.  # 6

    Eu depois de ver que os quadros e a parte de trás dos móveis encostados às paredes ganhavam bolor, apliquei verniz incolor em tudo e resolveu. Já lá vão 4 anos e bolores nos móveis zero.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ClioII
  8.  # 7

    Colocado por: joaosantosao ke percebi,o que o amigo ker é isolar as faces que nao teem orlas,ou nao estao envernizadas.Penso que um verniz sintetico resolve
    Estas pessoas agradeceram este comentário:ClioII



    Sim, mas essas faces já se encontram contaminadas com o bolor.

    Portanto, o que eu quero primeiro é limpar e erradicar o bolor o melhor possível (i.ei., LIMPAR/DESCONTAMINAR).

    Depois quero eventualmente envernizar ou dar qualquer outro produto para que não volte a aparecer o mesmo (i.e., PREVENIR/PROTEGER).

    Fiquei com a impressão que este produto ( http://www.barbot.pt/arq/fich/TRATAMENTO_DE_MADEIRA_SEM_CHEIRO_0.pdf ) faz as duas funções em simultâneo.

    Estou correcto? Alguém já experimentou?
  9.  # 8

    Colocado por: BricoleiroEu depois de ver que os quadros e a parte de trás dos móveis encostados às paredes ganhavam bolor, apliquei verniz incolor em tudo e resolveu. Já lá vão 4 anos e bolores nos móveis zero.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:ClioII


    É bom saber! :)

    E com que limpou antes de envernizar?

    Usou verniz aquoso ou outro? Eu preferiria aquoso por causa do cheiro, mas se for melhor outro, seja.
    Concordam com este comentário: joaosantos
  10.  # 9

    Colocado por: ClioII

    É bom saber! :)

    E com que limpou antes de envernizar?

    Usou verniz aquoso ou outro? Eu preferiria aquoso por causa do cheiro, mas se for melhor outro, seja.
    Concordam com este comentário:joaosantos


    Limpei apenas com um pano de micro fibras embebido em álcool, deixei secar e envernizei de seguida. Já não me lembro mas acho que foi verniz de solvente que apliquei.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ClioII
  11.  # 10

    Bom, decidi experimentar este produto Barbot para ver que tal:

    Barbot tratamento de madeira

    Preferi tentar este produto em vez do verniz de solvente porque:
    - É explicitamente um anti-fungo/anti-caruncho
    - Tem tempo de secagem curto
    - Não deixa odor depois de seco (segundo o fabricante).


    As duas últimas propriedades são importantes porque o mobiliário tratado (cómoda e estrado da cama) estava a fazer falta e é do quarto da bebé, pelo que rapidez e baixo odor eram imperativos.

    O produto não é barato: paguei cerca de 14€/litro já com desconto (o preço marcado era cerca de 17 ou 18€/litro). O odor é baixo depois de seco, mas existe ao contrário do anunciado.

    O produto é fino e de textura oleosa. A aplicação à trincha/pincel é razoavelmente fácil em madeira (tem de ser madeira nua, não envernizada nem pintada) e dá para espalhar bem. Anunciam rendimento de 5m^2/litro por demão em madeira nova e 3m^2litro em madeira já atacada. No entanto, estes números ficam aquém se aplicarmos em materiais de mobiliário que não exactamente madeira:

    - O aglomerado de madeira, nas zonas de corte, "papa" produto que é uma coisa doida (absorve com muita facilidade);
    - O "platex", então, "chupa" o produto todo, mal se pousa o pincel e quase já não se consegue "puxar". Neste caso, provavelmente o verniz será melhor hipótese.

    Quanto à eficácia, não posso comprovar. Espero poder chegar aqui no fim do próximo inverno e poder dizer que funcionou bem. :)
  12.  # 11

    Bom, volto a este tópico para falar do tal produto anterior:


    O produto é anunciado como tendo baixo cheiro e, de facto, durante a aplicação o cheiro não é forte (não se compara a um verniz solvente).

    A verdade é que, um mês depois, a minha mulher ainda se queixa do "cheiro horrível" que vem do armário. Note-se que já por várias vezes as gavetas foram postas ao sol a arejar bem como o próprio armário, e o cheiro persiste.





    Entretanto, tenho que tratar outro armário mas desta vez não vou usar este produto. O armário também ganhou mofos e bolores, especialmente no interior onde a madeira está crua (não tem qualquer acabamento). Estou a pensar em usar, desta vez, verniz sintético (gosto mais de trabalhar com aquoso mas tenho medo que não proteja a madeira tão bem da bicharada).

    Também me falaram em usar tapa-poros em vez de verniz. O que me dizem?
  13.  # 12

    Bom, volto a este tópico só para dar conta da situação:


    - O móvel que levou no interior o produto da Barbot de baixo odor, passados todos estes meses, continua com um cheiro desagradável;

    - O móvel que levou verniz sintético (2 demãos) tem muito menos cheiro, e o cheiro é menos desagradável.

    Quanto à bicharada, vamos a ver o que protegem um e outro.
    • eu
    • 20 Outubro 2014

     # 13

    Se as madeiras ganham assim tantos bolores, algo está errado com a qualidade do ar da casa ou com o isolamento e aquecimento... não é suposto as madeiras ganharem assim bolores...
    Concordam com este comentário: ClioII
  14.  # 14

    Colocado por: euSe as madeiras ganham assim tantos bolores, algo está errado com a qualidade do ar da casa ou com o isolamento e aquecimento... não é suposto as madeiras ganharem assim bolores...
    Concordam com este comentário:ClioII


    Infelizmente tenho problemas de infiltração graves pelas fachadas.
    A coisa só se começou a resolver quando TODA a gente no prédio começou a ter problemas de infiltração também (condomínios...).
    Já temos aprovado a colocação de ETICS no prédio todo.
    A coisa arrastou-se com as licenças (condomínios again...) e já era quase Outubro, pelo que adiámos as obras para o próximo verão.

    Para mal dos meus pecados, tenho passado o escasso tempo "livre" a tentar remediar o problema como posso (rejuntamentos entre peças cerâmicas, cola e veda nas cantarias, etc...) e em boa parte estanquei a entrada de água. O meu principal problema neste momento é a fachada principal à qual não tenho acesso (só de andaime lá se chega).
    Estas pessoas agradeceram este comentário: eu
  15.  # 15

    O que me parece:

    O produto que aplicou da Barbot é um antixilófagos do tipo do "Cuprinol", não irá impedir a humidade de se instalar na madeira - mas deverá impedir a formação dos fungos

    Bondex é uma gama de produtos que também invlui vernizes aquosos - não sáo só velaturas

    O verniz deverá ser a sua melhor opção pois de certo modo "plastifica" a superfície impedindo a manutenção da humidade.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ClioII
  16. Ícone informação Anunciar aqui?

  17.  # 16

    Eu não tenho infiltrações nenhumas e tenho isolamento de paredes duplas com caixa de ar e wallmate de 3cm, com caixilharia de PVC e vidros duplos também, é ventilada todos os dias com abertura de portas e janelas, e mesmo assim as minhas portas interiores em madeira de carvalho nota-se o quadriculado da estrutura interior mais escuro devido a humidade. Já os móveis da sala e 1 quadro grande de parede, a parte de trás são em contraplacado cru também tive que envernizar porque ficavam amarelos de bolor. Desde que os envernizei nunca mais tive nada, nem bolores nem cheiros.
    Concordam com este comentário: ClioII
  18.  # 17

    Bondex é uma gama de produtos que também invlui vernizes aquosos - não sáo só velaturas
    Bondex tem vernizes aquosos de decadas , alias a Dyrup detentora da marca Bondex apresentou vernizes aquosos do tempo da Xylophene ... na Dyrup os vernizes aquosos tem decadas sempre com o melhor comportamento .
    mas uma vez que isto é ruim a valer passe para um sintectico ... existe produtos de baixo cheiro e diluente para o mesmo efeito e depois aquilo desaparece ...
  19.  # 18

    Voltando a este tópico:

    Houve um armário que envernizei com verniz sintético no interior (estava "cru" ou quase) e erradiquei os bolores.

    Alguém me sabe dizer se o verniz aquoso tb funciona bem para este propósito?
    • zca
    • 10 Novembro 2018

     # 19

    Um desumidificador não ajudaria?
  20.  # 20

    Colocado por: ClioIIVoltando a este tópico:

    Houve um armário que envernizei com verniz sintético no interior (estava "cru" ou quase) e erradiquei os bolores.

    Alguém me sabe dizer se o verniz aquoso tb funciona bem para este propósito?
    se for no mesmo sitio e no mesmo armário sim ... Muito embora haja vários vernizés de água se for bom com certeza que isola ... Agora não é um verniz que vai evitar certos cheiros e certos bolores ... sendo que os sinteticos por vezes funcionam melhor .
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">