Iniciar sessão ou registar-se
    • fnxpt
    • 28 Abril 2016 editado

     # 1

    Boa tarde,

    Sou novo por aqui e estou neste momento a iniciar todo o processo que me ira fazer envelhecer uns aninhos :P
    Tenho neste momento um terreno com 294m2 apalavrado.

    Neste momento começo a tentar tratar de algumas coisas, mas não sei bem por onde começar.

    Vou discutir esta semana com um arquitecto de forma a que ele possa dar inicio ao planeamento do projecto (já o tinha feito anteriormente, mas agora será para fazer algo). Tenho tentado também ver orçamentos para desaterros, mas penso que nesta altura é um pouco complicado pois não sem quantos m3 teria de remover.

    Alguns concelhos que me possam dar?

    Cumprimentos,
    fnxpt
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 2

    Porquê os desaterros?
    Um bom projeto é aquele que se adapta ao terreno e não o terreno ao projeto
    Concordam com este comentário: SG_arquitecto
    Estas pessoas agradeceram este comentário: fnxpt
  3.  # 3

    Colocado por: fnxptAlguns concelhos que me possam dar?

    Comece pelo projecto e esqueça os desaterros ....até porque para fazer um desaterro iria precisar de uma licença.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: fnxpt
  4. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  5.  # 4

    Penso que irei sempre precisar de desaterro, porque o terreno tem alguma terra e a moradia tera de ser geminada com outra que ja existe, por isso o projecto também tem de se adaptar um pouco.
  6.  # 5

    os desaterros vêm depois da elaboração do projecto, não pense nisso agora.
    como já foi dito, o ideal num projecto é tentar mexer o mínimo no terreno natural existente, isto, para evitar custos e problemas de sustentação e movimentação de terras futuras.
    Concordam com este comentário: LuisPereira
    Estas pessoas agradeceram este comentário: fnxpt
  7.  # 6

    Obrigado, vou então esperar pela realização do projeto para depois procurar orçamentos, nesta fase apenas queria ter uma noção de quanto iria gastar no desaterro.
    Vou dando noticias.
  8.  # 7

    Eu também tinha um desnivel no terreno e achei que ia ter de mexer muito no terreno, mas o arquitecto apresentou um projecto que aproveita o desnivel do terreno e apresentou projecto em que metade da casa esta apoiada no nivel superior e a outra metade esta suspensa.
    Moral. Nao meta a carroça à frente dos bois. Deixe o arquitecto apresentar a proposta . Essa parte é so daqui a alguns meses...
  9.  # 8

    Colocado por: enf.magalhaesDeixe o arquitecto apresentar a proposta .

    Uma proposta que corresponda não só aos seus anseios, mas acima de tudo ao seu orçamento.
    Está provado cientificamente que é possível construir bem, bonito e barato
    Estas pessoas agradeceram este comentário: GMCQ
  10.  # 9

    Ja agora aproveito para vos pedir vos mostrar e pedir alguns conselhos sobre o "projecto" que eu fiz mais a minha esposa e que irei apresentar ao arquiteto
      IMG_2718.jpg
  11.  # 10

    1º Andar
      IMG_8947.jpg
  12.  # 11

    Quer um conselho? Não mostre nada disso
    Diga simplesmente que quer uma casa com x quartos mais isto e aquilo, com telhado ou sem telhado e que custe x.
    Concordam com este comentário: LuisPereira, Picareta, larkhe, a loja do isolamento
  13.  # 12

    Colocado por: zedasilvaQuer um conselho? Não mostre nada disso
    Diga simplesmente que quer uma casa com x quartos mais isto e aquilo, com telhado ou sem telhado e que custe x.


    Concordo, se lhe mostrar isso está a condicionar o trabalho dele. Guarde isso para 2as núpcias... comparação do que ele fez com algumas ideias vossas que gostem mesmo.
    E dê indicações de áreas.
    Tem a certeza que quer uma sala com 80m2?

    Já agora pensou no orçamento que tem para isso? Multiplique pelo menos cada metro quadrado por 650€.
    Eu pessoalmente tenho muito terreno mas pouca carteira... :)
    Concordam com este comentário: a loja do isolamento
  14.  # 13

    Não mostre nada!
    Um bom arquitecto senta-se convosco e conversa sobre o que pretendem, como é a vossa vivência numa casa, o que pretendem para futuro, filhos ou não, se gostam de receber amigos, fazer festas, se dão importância a uma boa cozinha, o que pretendem dos quartos, etc.
    Depois dessa conversa e de analisar o terreno irá fazer alguns esboços para vos apresentar.
    Não se esqueça de dizer ao arquitecto qual o orçamento que tem... qualquer que seja o vosso orçamento digam ao arquitecto menos 20% do que o real!
    Concordam com este comentário: Picareta
  15.  # 14

    Eu so disse ao meu arquitecto o que gostaria numa casa. Ele tratou do resto . Eu sempre sonhei com uma casa terrea mas naquele terreno nao achava possivel. Ele apresentou uma moradia suspensa com o principal num so num andar . Com a sala a sair para o jardim no nivel superior do desnivel do terreno e rodou a casa 45 graus em relacao ao terreno para tudo caber no terreno e ficar exposta totalmente a sul. Adorei. Os desenhos que tinha feito nunca lhe mostrei e foram logo para o lixo.nao vale apena os desenhos. Converse com ele sobre o que quer quantos euros tem para gastar e a vivencia que pretende da casa e deixe-se supreender......
    Concordam com este comentário: nunogouveia, Picareta, AXN
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Picareta
  16.  # 15

    Eu tenho que discordar e concordar... confuso, eu sei. Acho que as nossas ideias tem de estar sempre presentes, dando liberdade ao arquitecto. Mas demasiada liberdade também não é benéfico (alguns arquitectos são individuos com mentalidade muito fixa, que de vez em quando esquecem-se que quem irá viver na casa não são eles). Tanto pode dar certo como pode não dar. Pessoalmente ouviria a opinião do arquitecto primeiro, via projetos por ele já realizados, ou via o primeiro esboço, e a partir conjugava-se as ideias de ambos. Foi isto que eu fiz, mas também tive a sorte inicial de a ideia inicial do arquitecto coincidir com a minha. Quando comprei o terreno já sabia que queria a casa em 'L' toda virada para a piscina. E por sorte, o arquitecto tambem tinha a mesma ideia. A partir dai foi debater ideias (muitos debates) para definir o interior da casa, como evitar espaços mortos, tamanho dos vãos, entre outras coisas. devemos ter passado por 6 ou 7 revisões do projeto ao todo. Mas também só acertei com o arquitecto à terceira, houve mais dois antes disso que se fizeram de desentendidos sobre as minhas necessidades. Muito importante, e como já foi dito aqui, é deixar bem assente quanto é que pretende gastar... Não se esqueça que não é só a construção da casa, mas também todas as taxas urbanisticas, os custos com ramais de agua e luz, as vistorias, pagar a fiscalização da obra (no meu caso é o própio arquitecto a fazê-lo).
    Concordam com este comentário: mhpinto
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    Colocado por: nemmartinsfiscalização da obra (no meu caso é o própio arquitecto a fazê-lo).

    Não pode!
    Ele deveria ser o 1º a dizer-lhe que o código deontológico a que está obrigado cumprir não o recomenda.
    Concordam com este comentário: nunogouveia, davidspt
  19.  # 17

    Que grande confusão tem aí. Acho realmente que devia falar primeiro com o arquitecto sem mostrar os desenhos que fez.
    O hall parece-me que está identificado como quarto, quarto no 1º andar sem luz natural, suite com closet de um lado wc do outro, etc, etc,
  20.  # 18

    Se já têm arquitecto definido, explique-lhe o que deseja e ele deverá apresentar-lhe 2 ou 3 soluções e depois de optar por uma ajusta-la a seu gosto.
  21.  # 19

    Colocado por: enf.magalhaesEu so disse ao meu arquitecto o que gostaria numa casa. Ele tratou do resto . Eu sempre sonhei com uma casa terrea mas naquele terreno nao achava possivel. Ele apresentou uma moradia suspensa com o principal num so num andar . Com a sala a sair para o jardim no nivel superior do desnivel do terreno e rodou a casa 45 graus em relacao ao terreno para tudo caber no terreno e ficar exposta totalmente a sul. Adorei. Os desenhos que tinha feito nunca lhe mostrei e foram logo para o lixo.nao vale apena os desenhos. Converse com ele sobre o que quer quantos euros tem para gastar e a vivencia que pretende da casa e deixe-se supreender......

    Gostei, ... principalmente vindo de um dono de obra. Eu já disse a vários users deste forum para não apresentarem os "rabiscos" que fizeram ao arquitecto, mas a vontade de desenhar a sua casa é superior a tudo!!!...depois apanham com um arquitecto preguiçoso, que se limita a fazer aquilo que o cliente pediu, ficam os dois satisfeitos: o arquitecto porque não teve trabalho nenhum, o cliente porque o arquitecto fez um projecto ao seu gosto.
    Concordam com este comentário: Martins_31, tozepalma
  22.  # 20

    Bom dia,

    Primeiro que tudo peço desculpa por ainda não ter dado noticias.
    Após algumas iterações com o arquitecto, penso que estamos a chegar perto da versão final.

    R/C
      Screen Shot 2016-07-13 at 10.03.09.png
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">