Iniciar sessão ou registar-se
    •  
      omega
    • 31 Dezembro 2016 editado

     # 1

    Bom dia.
    Electrecistas chamados à secção sff.
    Ando aqui com uma luta no quadro electrico de casa, preciso de fazer umas alterações sem correr riscos
    A minha casa tem o quadro geral e depois tem 3 quadros secundários, conforme as varias zonas da casa.
    - Área comum
    - Quartos
    - Garagem
    - Piso superior

    cada um destes quadros secundários está ligado ao quadro geral a um disjuntor de 25A.
    Acontece que o maior consumo eléctrico de minha casa ocorre na garagem, é nesse ponto que tenho:
    Bomba de calor
    Maquina lavar Roupa
    Acumulador AQS
    Diversos

    Como este quadro secundário da garagem está ligado a um disjuntor no quadro geral de 25A, quando está tudo a trabalhar em simultâneo, o disjuntor dispara.
    O problema é fácil de resolver, ir ao quadro geral e substituir o disjuntor de 25A por um de 32A.
    A minha duvida resiste em saber a amperagem suportada pela secção de cabo, as tabelas são todas diferentes.
    cada quadro secundário tem um interruptor modular de 40A, o que acaba por ser estranho, uma vez que cada quadro secundário está ligado ao geral a um de 25A.
    Para um disjuntor de 32A qual a secção de cabo necessária?

    Palpita-me que estes quadros secundários devem estar interligados com cabo de 6mm, tirando a tampa, ja vejo isto, mas no caso de estarem com cabo de 4mm, este cabo suporta os 32A?


    Pela tabela da certiel (ficha tecnica 34), método de referencia penso que seja o B, um cabo de 4mm suporta 32A e um de 6mm suporta 41A, estou a ver isto bem?
    Tabela certiel

    obrigado
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

    •  
      omega
    • 31 Dezembro 2016

     # 2

    Ninguém?
  2.  # 3

    Moegas pode dar uma olhadela na tabela página 31 (15.3)

    Se verificar nos embebidos até 3 condutores, a corrente máxima admissível e de 27A para o de 4mm.

    Quanto ao cobre de 6mm pela tabela e considerando na mesma embebido até 3 condutores a uma temperatura de 25graus comporta te 35A.

    Existem outros factores como distâncias (quedas tensão), coeficientes de simultaneidade, etc que interferem nos calculas o que no caso apenas se poderia por em causa se todos os equipamentos trabalham em simultâneo.

    Poderia arriscar a colocar um disjuntor de 32A com condutor de 4mm mas pessoalmente optaria por um condutor de 6mm.

    Espero ter ajudado
    Concordam com este comentário: C. Lobo
    Estas pessoas agradeceram este comentário: omega
  3.  # 4

    Omega....a escrita inteligente da nisto
    •  
      omega
    • 31 Dezembro 2016 editado

     # 5

    Segundo a tabela, instalação tipo B, dois condutores carregados (fase e neutro), 4mm - 32A, 6mm - 41A
    a mim também me parece demasiado, mas se estou a ler bem é o que diz a tabela

    tenho que desmontar o quadro secundario e ver a secção do cabo
    a mim o que me leva a pensar que o fio que liga os dois quadros é de 6mm, é que o quadro secundário tem um interruptor modular de 40A (Hager SBN240), deve estar lá para dar segurança ao cabo que vem do quadro principal até ao secundário, se o fio que vem do principal para este secundário, fosse de 4mm, não podia ter ali um interruptor de 40A mas sim um inferior amperagem.
    segue imagem do quadro da garagem

    https://postimg.org/image/hqtvvda77/
  4.  # 6

    O mais certo será mesmo ser de 6mm mas não perde nada em confirmar.

    Já agora a saída do QE principal para esse como é feita?
    •  
      omega
    • 31 Dezembro 2016 editado

     # 7

    Já fui verificar, o cabo que vai do quadro principal para este é de 4mm.
    não sei até que ponto, posso colocar o disjuntor de 32 com este fio.
    o ideal é trocar o fio por um de 6mm, mas neste momento não dá mesmo jeito nenhum.

    Hoje perguntei a um electricista e disse-me que podia colocar 32A no fio de 4, tal como diz na tabela da certiel, mas fico sempre na duvida.
    eu duvido que passem os 32A no fio, mas....

    A saída do quadro principal para este secundário está ligada a um disjuntor de 25A, era esse que eu queria substituir pelo de 32
  5.  # 8

    Colocado por: omegaHoje perguntei a um electricista e disse-me que podia colocar 32A no fio de 4, tal como diz na tabela da certiel, mas fico sempre na duvida.
    eu duvido que passem os 32A no fio, mas...
    por segurança não deve ultrapassar os 25A num fio de 4mm2, para 32A é fio de 6mm2.
    •  
      omega
    • 31 Dezembro 2016

     # 9

    Pois,
    só não percebo como a tabela da certiel tem la aqueles valores!!!

    vou ter que mudar isto, mais cedo ou mais tarde, não quero andar aqui ralado se posso ligar a MLR ao mesmo tempo que Bomba de calor e a resistencia do acumulador, é verdade que não é uma situação muito recorrente, mas acontece
  6.  # 10

    Colocado por: omegasó não percebo como a tabela da certiel tem la aqueles valores!!!
    são valores maximos sem a correcção da distancia e de outros factores que diminuem a capacidade.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: omega
    • eu
    •   agradecimentos
    • 31 Dezembro 2016 editado

     # 11

    Na prática, os condutores de 4 mm2 até aguentam os 32 A, mas já com algum aquecimento... por isso, o melhor é substitui-los por 6 ou até mesmo 10 mm2 multifilar, caso as tubagens o permitam...

    Já que vai mexer no quadro, aproveite e faça os reapertos... poucos (ou quase nenhuns) eletricistas vão aos clientes passado algum tempo fazer os reapertos, mas é algo que devia ser obrigatório...
    Concordam com este comentário: macal
    Estas pessoas agradeceram este comentário: omega
    • ik
    •   agradecimentos
    • 31 Dezembro 2016

     # 12

    Aproveitando o tópico, para fio de 2.5mm2 qual o máximo que podemos usar de protecção? Na tabela está 24A

    Neste momento está tudo protegido a 16A, mas tenho um circuito que dispara quando ligo alguns equipamentos em simultanio..os 4A extra eram capazes de resolver o problema
    •  
      omega
    • 31 Dezembro 2016 editado

     # 13

    10mm não deve ser nada fácil de passar o cabo...
    vou chamar la um electricista para fazer isso, já foi la uma vez passar um cabo de 2,5 para 4 numa outra conduta.
    eu nem conseguia mexer os fios, ele foi num instante.

    um gajo quando vai viver para uma casa é que se apercebe de como as coisas funcionam, a teoria é mesmo só teoria.
    é por isso que eu digo à minha mulher que se aparecer alguém para comprar a casa, vendo-a logo e começo outra :)

    4mm aguentarão a carga de 32A? aquecerem um pouco até se tolerava, esturricarem é que ja era o diabo
  7.  # 14

    O seguro morreu de velho...

    Pode fazer o teste e colocar tudo a funcionar e verificar se o fio aquece em demasia...mas com o passar dos anos vai se sempre detivera detiorando.

    O fio também não é difícil de mudar se tiver um tubo de 20. Saca 2 fios e fica com um a servir de guia para rebocar os novos fios de 6mm, pode ainda rebocar uma guia própria para o efeito e depois sim rebocar os fios de 6mm.

    Um conselho use bastante sabão humedecido e coloque ao longo dos novos fios de 6mm para conseguirem entrar e deslizar mais facilmente, este claro e o método caseiro uma vez que não tem o produto próprio que usam os eletricistas para o efeito.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: omega
  8.  # 15

    Colocado por: ikAproveitando o tópico, para fio de 2.5mm2 qual o máximo que podemos usar de protecção? Na tabela está 24A
    no maximo 16A.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ik
  9. Ícone informação Anunciar aqui?

    • ik
    •   agradecimentos
    • 31 Dezembro 2016

     # 16

    Colocado por: jorgealvesno maximo 16A.


    Obrigado pela resposta

    Então na sua opinião o máximo são mesmo os 16A e nunca mais que isso apesar de estar na margem do regulador(certiel)?

    Os 20A mesmo que 20% abaixo do máximo não são aceitáveis?

    Eu estava mesmo para mudar o disjuntor e entretanto apareceu este tópico, por isso estas perguntas
    •  
      omega
    • 1 Janeiro 2017

     # 17

    eu acho que 2,5 aguentam os 20A, penso eu.... mas lá está, não é recomendavel
    • eu
    •   agradecimentos
    • 1 Janeiro 2017

     # 18

    Colocado por: ikAproveitando o tópico, para fio de 2.5mm2 qual o máximo que podemos usar de protecção? Na tabela está 24A

    Neste momento está tudo protegido a 16A, mas tenho um circuito que dispara quando ligo alguns equipamentos em simultanio..os 4A extra eram capazes de resolver o problema

    Aguentar, aguentam... mas o aquecimento começa a ser evidente. Se apenas ultrapassar os 16 A de forma esporádica, não deverá haver problema... mas se for de forma contínua, não recomendo...

    E atenção que o problema não é apenas o aquecimento, são também as quedas de tensão, que dependem do comprimento dos condutores e da corrente.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ik
    • ik
    •   agradecimentos
    • 1 Janeiro 2017

     # 19

    Colocado por: eu
    Aguentar, aguentam... mas o aquecimento começa a ser evidente. Se apenas ultrapassar os 16 A de forma esporádica, não deverá haver problema... mas se for de forma contínua, não recomendo...

    E atenção que o problema não é apenas o aquecimento, são também as quedas de tensão, que dependem do comprimento dos condutores e da corrente.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:ik


    São 10m de distancia entre o quadro e o conjunto de 3 tomadas, vou verificar a como estão as ligações de passagem e meter ligadores caso não estejam na tomada

    Penso que não haverá problema e estará dentro das normas

    Obrigado pelas respostas
  10.  # 20

    As normas tem limites de segurança que não devem ser ultrapassados.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">