Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Interessante, agora é fazer as contas ;)
  4.  # 3

    A questão que coloco é se comprando por este método se evitam as taxas alfandegárias (alfandega Portuguesa)?
  5.  # 4

    Parece-me que não ( lendo a noticia)
  6.  # 5

    Colocado por: ParamonteA questão que coloco é se comprando por este método se evitam as taxas alfandegárias (alfandega Portuguesa)?


    Era uma festa, não? :)
  7.  # 6

    Não porque a última transação é feita de um pais extra-comunitário (EUA) para Portugal, logo a mercadoria para na alfandega.
    • VXMC
    •   agradecimentos
    • 3 Janeiro 2017

     # 7

    Isto são tretas! Se por vezes há a possibilidade de algum artigo passar sem pagar taxa alfandegária, com este método passa a pagar sempre. Mais areia para os olhos!!!
  8.  # 8

    O que é o CIF que está lá no exemplo 1?
  9.  # 9

    Colocado por: ParamonteO que é o CIF que está lá no exemplo 1?

    Numa compra CIF
    O preço inclui: Cost: Insurance and Freight.
    •  
      skypt
    • 3 Janeiro 2017

     # 10

    Boas,

    Em poucas palavras,
    este serviço em nada ajuda ou diminui a compra, quer em termos de papelada ou €€€.
  10.  # 11

    Não sei se simplifica ou não...

    Pelo menos para mim pode vir a ajudar, uma vez que já por diversas vezes quis comprar coisas dos EUA e não pude porque não enviavam para Portugal.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    •  
      Mk Pt
    •   agradecimentos
    • 3 Janeiro 2017 editado

     # 12

    O cliente é depois notificado para fazer o pagamento do envio para Portugal e, segundo a empresa, as encomendas serão entregues no espaço de seis a 14 dias, dependendo do processamento na alfândega.


    Gostava de saber como é que a alfandega vai despachar isso em menos de 10/12 dias [descontando o tempo para o transporte]...

    Alfandega e serviços aduaneiros é serviço público.
    É conhecido que os serviços de alfandega e aduaneiros tem um défice de funcionários muito grande - noticias de 2016 falam que governo iria meter 60 funcionários/estágiarios quando era necessário mais do triplo [200].

    A encomenda quando dá entrada na alfândega, e se [acharem que] for necessário pagar algo, tem que ser comunicada ao comprador para apresentar comprovativo de compra e de identidade, para depois ser emitido qual o valor a pagar [ou simplesmente ser despachado, se for valor isento].

    A única forma que vejo de apressar a coisa é os CTT cobrarem logo o valor das taxas a pagar, caso seja algo que não fique isento.

    Ou seja, os CTT neste serviço ficarem com o ónus de aplicar e cobrar as taxas, para depois entregarem logo na alfândega quando a encomenda chega a território nacional. E ainda assim tem que passar na alfândega, e verificar/receber pagamento, ou seja funcionário(s) da alfandêga dedicados apenas e só para este serviço..que é de uma empresa privada para conseguir fazer isso em meia dúzia de dias ou pouco mais, face a todas as outras encomendas.



    Agora eu pergunto:
    Porque é que encomendas minhas terão que ficar semanas paradas na alfândega, como costumam, e as encomendas de uma empresa privada terão tratamento especial por parte de um serviço público?
    Concordam com este comentário: VXMC
    • VXMC
    •   agradecimentos
    • 3 Janeiro 2017 editado

     # 13

    Mais uma vez digo: isto são tretas! É mais um esquema para rastrear com mais facilidade as encomendas e pôr o pessoal todo a pagar taxas e taxinhas. Ah e tem mais um beneficio aqui e acolá...
    Resumindo, beneficios para nós, consumidores, ZERO!
    Isto no meu ponto de vista.
    Concordam com este comentário: skypt
    •  
      Mk Pt
    •   agradecimentos
    • 3 Janeiro 2017 editado

     # 14

    Colocado por: VXMCMais uma vez digo: isto são tretas! É mais um esquema para rastrear com mais facilidade as encomendas e pôr o pessoal todo a pagar taxas e taxinhas. Ah e tem mais um beneficio aqui e acolá...
    Resumindo, beneficios para nós, consumidores,ZERO!
    Isto no meu ponto de vista.

    Pois,
    Li um pouco nas 'duvidas frequentes' e claramente os CTT não cobram antecipadamente os impostos.

    referem:
    A partir do momento em que é feito o pagamento do Express2ME, o envio das encomendas e entrega na sua morada demora entre 6 a 14 dias úteis. Contudo este tempo poderá ser superior se por ventura o processo de desalfandegamento for condicionado por falta de documentos ou alguma atividade específica da Autoridade Tributária e Aduaneira.

    Vou achar muita piada [ou não] se realmente conseguirem fazer estas entregas em menos de 15 dias, contando com a requisição para apresentar comprovativo de compra.

    Claramente os CTT terão que ser beneficiados em detrimento de outras transportadoras e dos cidadãos que não usem os CTT.
    Relembro que os CTT é uma empresa privada.

    É por estas que depois aparecem outros serviços de entrega que contornam a alfândega, para algumas lojas internacionais e neste caso só se pode dizer que é bem.
    Quem é cumpridor paga à grande e demora 2 a 3 meses para receber o que pagou porque é preterido por não usar determinada empresa privada, que tem beneficio da alfândega para conseguir entregar em menos de 15 dias.
    Qual a justiça?

    Em vez de simplificarem e/ou dar benefício a quem contribui, não, só estão a dar mais argumentos para a tentativa de fuga ao impostos.
    Concordam com este comentário: skypt, VXMC
    •  
      skypt
    • 4 Janeiro 2017

     # 15

  11. Ícone informação Anunciar aqui?

data-ad-format="auto" data_ad_region="test">