Iniciar sessão ou registar-se
    • eu
    • 8 Maio 2017

     # 1

    Estou a construir paredes de gesso cartonado na minha garagem.

    Fiz as juntas entre as placas de gesso com a fita de papel e a pasta específica para o efeito, e após lixar, aquilo até ficou com bom aspeto, tendo em conta que não é trabalho de profissional.

    No entanto, após aplicar o primário, as zonas das juntas têm uma cor bastante diferente do resto das placas de gesso.

    O que fazer agora para evitar que as zonas das juntas se notem na pintura?

    Dar novas camadas de primário, até as juntas não se notarem? Ou aplicar várias demãos de tinta?
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

  2.  # 2

    Colocado por: euNo entanto, após aplicar o primário, as zonas das juntas têm uma cor bastante diferente do resto das placas de gesso.
    explique isso melhor , mudou de cor ou está mais ou menos opaco ? qual foi o primario que usou ?
    • eu
    • 8 Maio 2017 editado

     # 3

    Está mais branco na zona da junta, onde levou a massa.

    O primário foi o DYRUP PLIOLITE.
  3. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  4.  # 4

    E as placas são esverdeadas, certo?
    • eu
    • 8 Maio 2017

     # 5

    Não, são as normais, cinzentas claras.
    • eu
    • 8 Maio 2017

     # 6

    Acho que vou pintar mesmo assim, nem que tenha que levar 4 demãos de tinta...
  5.  # 7

    Colocado por: euNo entanto, após aplicar o primário, as zonas das juntas têm uma cor bastante diferente do resto das placas de gesso.

    Só agora que reli, que só deu uma demão de tinta, de mais duas demãos e ja ve como fica.
  6.  # 8

    Colocado por: euAcho que vou pintar mesmo assim, nem que tenha que levar 4 demãos de tinta...
    , não terá problema , é uma demão deste primario e mais duas de tinta , o que nota aí é a absorção mais acentuada na zona do pladur ... é perfeitamente normal , o que vai acontecer agora é que vai aplicar a tinta sobre primário em geral ... qual é a tinta que vai usar ? já agora .
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães, eu
    Estas pessoas agradeceram este comentário: eu
  7.  # 9

    Deu o primário só nas juntas ou em todas as paredes ? Q tinta vai usar ?
  8.  # 10

    Colocado por: valtereDeu o primário só nas juntas ou em todas as paredes ? Q tinta vai usar ?
    deu o primário em geral e nas zonas sem massa o pladur normal ( sem ser hidrofego ) absorveu mais que a massa o que é normalissimo e só seria um problema se fosse o contrario ...
    Concordam com este comentário: eu
    Estas pessoas agradeceram este comentário: eu
    • eu
    • 8 Maio 2017 editado

     # 11

    O rafaelisidoro estava completamente certo.

    Apesar da opacidade do primário ser muito diferente nas zonas das juntas, mal apliquei a primeira demão da tinta ficou logo uma cor bastante homogénea, praticamente não se notam as zonas das juntas.

    Quando levar a segunda demão vai ficar bom, até bom demais considerando que se trata da garagem.

    Quanto à tinta, uma vez que é na garagem e ainda por cima sobre pladur, resolvi desta vez experimentar uma tinta mais baratucha (normalmente uso apenas CIN).

    Comprei uma tinta plástica no bricomarché chamada "Color Senses" e na realidade parece ser boa: aplica-se bem, tem uma boa cobertura, rendeu bem e a cor ficou bastante uniforme logo na primeira demão. Para uma tinta de cerca de 3 € o litro, até parece ser boa.

    Mas também já ouvi dizer que no pladur qualquer tinta reles fica bem, por isso...
    Concordam com este comentário: rafaelisidoro
  9.  # 12

    Qualquer tinta reles fica bem .....kkkkkk até cal fica branquinho. Dp n venham pro fórum pedir informaçoés.


    Branco fica dp com o tempo vem os problemas
    • eu
    • 9 Maio 2017 editado

     # 13

    Colocado por: valtereQualquer tinta reles fica bem .....kkkkkk até cal fica branquinho. Dp n venham pro fórum pedir informaçoés.

    Por acaso até foi um dos grandes especialistas do fórum em gesso cartonado que disse isso.

    Colocado por: valtereBranco fica dp com o tempo vem os problemas

    Se fosse no exterior ou então nas divisões da casa, não arriscaria em marcas desconhecidas. Mas é na garagem, porra.

    Se surgirem problemas, cá estarei para os relatar.

    PS: não é branco. Estou farto de branco.
    Concordam com este comentário: rafaelisidoro
  10.  # 14

    Colocado por: euPor acaso até foi um dos grandes especialistas do fórum em gesso cartonado que disse isso.
    obviamente que ele tem 50% de razão nisso , mas para ele ter 100% deveria ter dito que o Pladur deveria ser o verde... aí sim qualquer coisa reles serve para colorir aquilo , como o seu não é tratado ficará sempre dependente de varios factores o que poderá ou não vir a ter resultados menos conseguidos principalmente pela parte que não está tratada ...

    mas é como dizes é uma garagem porra !!!!
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães, eu
  11.  # 15

    Eu fiz uma remodelação numa casa antiga, e foi "toda" forrada a pladur. A conselho do vendedor de tintas local, levou Dyruplad, em duas demãos - a primeira com maior diluição, ao jeito de "primário", e só posso dizer que ficou bastante bom.
  12. Ícone informação Anunciar aqui?

  13.  # 16

    Eu não comprometia tanto numa garagem e ainda para mais com o gesso cartonado standard.
    Quando vier o tempo da chuva e deixar o carro na garagem molhado a humidade irá ser absorvida pelo tecto e tenderá a criar empenos na placa na zona entre perfis, ainda que tenha ventilação suficiente.

    A tinta tem um papel muito importante em formar a primeira barreira de protecção ao gesso cartonado.
  14.  # 17

    Colocado por: jdecoEu fiz uma remodelação numa casa antiga, e foi "toda" forrada a pladur. A conselho do vendedor de tintas local, levou Dyruplad, em duas demãos - a primeira com maior diluição, ao jeito de "primário", e só posso dizer que ficou bastante bom.
    este Dyruplad era qualquer coisa boa ... vendia-mos o produto até só como primário para tintas lisas em paredes novas , mas de uma hora para outra subiu o preço de tal maneira que as vendas comprometeram o seu fabrico acabando por ser um produto descontinuado ... enfim coisas que não se percebe !!!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: jdeco
  15.  # 18

    Colocado por: Vítor MagalhãesEu não comprometia tanto numa garagem e ainda para mais com o gesso cartonado standard.
    Quando vier o tempo da chuva e deixar o carro na garagem molhado a humidade irá ser absorvida pelo tecto e tenderá a criar empenos na placa na zona entre perfis, ainda que tenha ventilação suficiente.

    A tinta tem um papel muito importante em formar a primeira barreira de protecção ao gesso cartonado.
    mas o primário que ele usou por acaso , só por acaso até isola bem faz tipo um repelenciazeca eehehhehhe pode se que a coisa dure !!!!
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães
  16.  # 19

    Colocado por: rafaelisidoroeste Dyruplad era qualquer coisa boa ... vendia-mos o produto até só como primário para tintas lisas em paredes novas , mas de uma hora para outra subiu o preço de tal maneira que as vendas comprometeram o seu fabrico acabando por ser um produto descontinuado ...


    venho rectificar esta informação , o Dyruplad não saiu da linha de comercialização como foi anunciado assim como começou a ser tintavel em cores claras ... ás vezes perco-me nestas informações todas .
    • eu
    • 1 Dezembro 2019

     # 20

    Andava sempre com problemas de condensações nas paredes da cave e ainda bem que resolvi forrá-las com pladur. Nunca mais tive problemas.

    3 anos volvidos e as paredes de pladur continuam impecáveis. A tinta reles também se portou bem.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">