Iniciar sessão ou registar-se
    • eu
    • 19 Junho 2017 editado

     # 121

    Colocado por: sbcnvDo rapido que pesquisei sobre kikuyo acaba por ser curioso, porque dizem que e' das especies mais resistentes a seca..

    Eu escolhi este tipo de grama exatamente por ter lido o mesmo: ser uma espécie resistente à seca.

    Mas acabei por descobrir o que significa ser "resistente à seca": significa que não morre por falta de água, ou seja, fica com as folhas secas e castanhas, mas a raiz continua viva. Basta vir um bocado de chuva ou rega abundante para voltar a crescer.

    No entanto, se não for regada em abundância, as folhas ficam secas e feias. Hoje se tiver tempo tiro umas fotos e coloco aqui.
  1. Ícone informação Anunciar aqui?

    • sbcnv
    • 19 Junho 2017 editado

     # 122

    Colocado por: BricoleiroPela sua lógica, os municípios são todos burros. Pois todos os dias com calor vejo os bicos de rega em rotundas com relva e jardins, activos durante o fim da tarde e um bom bocado de tempo.


    Possivelmente... os municipios nao sao bom exemplo.

    Regam de noite, deixam crescer imenso a relva e depois dao-lhe um corte quase maquina zero. Enfim, nao sao exemplo para ninguem, dai os resultados que se ve... ervas daninhas por todo o lado, imensa terra a vista por todo o lado... ja alguma vez viu em grande maioria os jardins bem tratados a relva? eu nao... talvez 10% sao razoaveis.

    Sinceramente nunca vi/nao me lembro de ver um relvado BOM pertencente a um municipio
    • sbcnv
    • 19 Junho 2017 editado

     # 123

    Colocado por: coisasdacasa

    Humidade nestes dias anda a volta 20%-30% é super seco, comparado com 80-90% é basicamente o 8 e o 80, praticamente um e super humido e outro e super seco. E com muita humidade no ar ajuda e de que maneira as plantas embora que com temperaturas altas é uma delicia para os piolhos e fungos.

    Eu duvido é que as raizes da relva atingem grandes profundidades, estamos a falar de relva nao de arbustos. As raizes da relva conseguem sequer ter 30cm profundidade?
    Concordam com este comentário:Bricoleiro


    Se regar POUCO mas em quantidade ABUNDANTE incentiva as raizes a irem em busca de agua em profundidade.

    Vai depender do tipo de relva, mas regra geral cerca de 16 cm.... KBG tem profundidades de 20cm +/- ... Festuca por outro lado consegue ter um sistema de raizes bastante profundo... 1-2 metros nao e' de estranhar.

    Ja agora o facto de ser humido onde estou e' IRRELEVANTE. A humidade nao entra no solo e alias e' muito mais stressante para um relvado o humido. Quem me dera viver num clima seco. Quase nao ha preocupacoes de doencas.

    Mas no final do verao, vou estar em Portugal e vou fazer relvado por la e faz-se a experiencia :D e vou mantendo os resultados. Nao sei e' ainda o tipo de relva que vou por em PT ... devo ir para as sementes festuca e Pratensis como aqui por o nosso clima ser ameno, teria um relvado de topo 12 meses ano

  2.  # 124

    Colocado por: sbcnvSinceramente nunca vi/nao me lembro de ver um relvado BOM pertencente a um municipio


    Não posso dizer o mesmo, quem me dera ter a minha relva no estado que vejo a do meu município.
  3.  # 125

    Colocado por: sbcnv

    Se regar POUCO mas em quantidade ABUNDANTE incentiva as raizes a irem em busca de agua em profundidade.

    Vai depender do tipo de relva, mas regra geral cerca de 16 cm.... KBG tem profundidades de 20cm +/- ... Festuca por outro lado consegue ter um sistema de raizes bastante profundo... 1-2 metros nao e' de estranhar.

    Ja agora o facto de ser humido onde estou e' IRRELEVANTE. A humidade nao entra no solo e alias e' muito mais stressante para um relvado o humido. Quem me dera viver num clima seco. Quase nao ha preocupacoes de doencas.

    Mas no final do verao, vou estar em Portugal e vou fazer relvado por la e faz-se a experiencia :D e vou mantendo os resultados. Nao sei e' ainda o tipo de relva que vou por em PT ... devo ir para as sementes festuca e Pratensis como aqui por o nosso clima ser ameno, teria um relvado de topo 12 meses ano


    A humidade não é para entrar no solo, as folhas das plantas absorvem humidade do ar. Claro que tem o outro lado da moeda, fungos e piolho ;)
  4.  # 126

    Colocado por: Bricoleiro

    Não posso dizer o mesmo, quem me dera ter a minha relva no estado que vejo a do meu município.


    Acho que está a escapar um dado importante que o sbcnv costuma referir, deixar a relva alta no Verão.
    Isto faz todo o sentido e uma enorme diferença, é como se fosse mulching, o sol ao nao conseguir entrar no solo, a evaporação do mesmo e muito menor, é uma diferença enorme. Faça a experiencia, faça duas mini-caldeiras e regue um bocado numa e noutra regue igual mas antes encha a caldeira com folhas/ervas secas ou o melhor que existe em termos de mulching que é casca de pinheiro.

    Vai ver que no dia a seguir a que nao tem mulching ja esta seca uns bons cm abaixo do solo enquanto que na que tem mulching mesmo passado uns dias com temperaturas de 40ºC ainda esta humido a superficie. Isto sim é que vai fazer toda a diferença.
  5.  # 127

    Colocado por: sbcnv

    Se regar POUCO mas em quantidade ABUNDANTE incentiva as raizes a irem em busca de agua em profundidade.

    Vai depender do tipo de relva, mas regra geral cerca de 16 cm.... KBG tem profundidades de 20cm +/- ... Festuca por outro lado consegue ter um sistema de raizes bastante profundo... 1-2 metros nao e' de estranhar.

    Ja agora o facto de ser humido onde estou e' IRRELEVANTE. A humidade nao entra no solo e alias e' muito mais stressante para um relvado o humido. Quem me dera viver num clima seco. Quase nao ha preocupacoes de doencas.

    Mas no final do verao, vou estar em Portugal e vou fazer relvado por la e faz-se a experiencia :D e vou mantendo os resultados. Nao sei e' ainda o tipo de relva que vou por em PT ... devo ir para as sementes festuca e Pratensis como aqui por o nosso clima ser ameno, teria um relvado de topo 12 meses ano


    Agora diga-me o que serve regar em profundidade se o amigo diz que regra geral as raizes da relva nao passam os 16cm? Se a festuca atinge 2m profundidade ( onde viu essa informaçao?) essa sim, vale a pena regar menos vezes e em maior quantidade.

    http://www.apereirajordao.pt/produtos/sementes/especies-de-clima-temperado/14/

    Estes aqui parecem saber do que falam, alem de terem carradas de variedades tem muita informaçao.
    Para o nosso clima, segundo eles a festuca nao parece ser a melhor soluçao.
  6.  # 128

    Colocado por: sbcnvA humidade nao entra no solo e alias e' muito mais stressante para um relvado o humido.


    Essa lógica a mim não me entra, por mais que insista.

    "Se quer um relvado viçoso e verdejante durante todo o Verão, é importante regá-lo. A frequência com que o deve fazer depende da temperatura e da humidade"
    http://www.gardena.com/pt/garden-life/garden-magazine/cinco-sugestoes-faceis-para-um-magnifico-relvado/
  7.  # 129

    Colocado por: coisasdacasa

    Acho que está a escapar um dado importante que o sbcnv costuma referir, deixar a relva alta no Verão.
    Isto faz todo o sentido e uma enorme diferença, é como se fosse mulching, o sol ao nao conseguir entrar no solo, a evaporação do mesmo e muito menor, é uma diferença enorme. Faça a experiencia, faça duas mini-caldeiras e regue um bocado numa e noutra regue igual mas antes encha a caldeira com folhas/ervas secas ou o melhor que existe em termos de mulching que é casca de pinheiro.

    Vai ver que no dia a seguir a que nao tem mulching ja esta seca uns bons cm abaixo do solo enquanto que na que tem mulching mesmo passado uns dias com temperaturas de 40ºC ainda esta humido a superficie. Isto sim é que vai fazer toda a diferença.


    Claro que sim, e eu respeito isso, o meu corta relvas tem 3 ajustes de altura, no Verão corto sempre no ajuste mais alto.
  8.  # 130

    Colocado por: Bricoleiro

    Essa lógica a mim não me entra, por mais que insista.

    "Se quer um relvado viçoso e verdejante durante todo o Verão, é importante regá-lo. A frequência com que o deve fazer depende da temperatura e da humidade"
    http://www.gardena.com/pt/garden-life/garden-magazine/cinco-sugestoes-faceis-para-um-magnifico-relvado/


    As plantas absorvem humidade pelas folhas logo a humidade interessa e muito ;)
    Agora sinceramente, estou com o sbcnv, alta humidade e altas temperaturas eu nao queria para nada, se acha que regar e problemático espere ate ver as carradas de piolho, fungos e outras doenças que aparecem quando existe alta temperatura e alta umidade
  9.  # 131

    Colocado por: Bricoleiro

    Claro que sim, e eu respeito isso, o meu corta relvas tem 3 ajustes de altura, no Verão corto sempre no ajuste mais alto.


    E o corte mais alto são quantos cm?
  10.  # 132

    Colocado por: coisasdacasa

    Acho que está a escapar um dado importante que o sbcnv costuma referir, deixar a relva alta no Verão.
    Isto faz todo o sentido e uma enorme diferença, é como se fosse mulching, o sol ao nao conseguir entrar no solo, a evaporação do mesmo e muito menor, é uma diferença enorme. Faça a experiencia, faça duas mini-caldeiras e regue um bocado numa e noutra regue igual mas antes encha a caldeira com folhas/ervas secas ou o melhor que existe em termos de mulching que é casca de pinheiro.

    Vai ver que no dia a seguir a que nao tem mulching ja esta seca uns bons cm abaixo do solo enquanto que na que tem mulching mesmo passado uns dias com temperaturas de 40ºC ainda esta humido a superficie. Isto sim é que vai fazer toda a diferença.


    E existe uma correlacao tambem da relva alta com a profundidade das raizes. Com relva rasteirinha, nao existe tanta propensao a crescer as raizes.

    Eu na primavera costumo cortar a relva a 2 polegadas... quando esta a sair de hibernacao, para a ajudar a acordar e para incentivar o crescimento e para criar mais folhas ... deixo ficar nas 2 polegadas uns tempos. Depois vou aumentando gradualmente e em finais de Junho e em Julho estou nas 4+ polegadas para ajudar a criar sombra no solo - o que e' bom para as ervas daninhas (nao crescem) e mantem o solo menos seco o mais tempo possivel vs uma relva rasteira.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: coisasdacasa
  11.  # 133

    Colocado por: coisasdacasa

    Agora diga-me o que serve regar em profundidade se o amigo diz que regra geral as raizes da relva nao passam os 16cm? Se a festuca atinge 2m profundidade ( onde viu essa informaçao?) essa sim, vale a pena regar menos vezes e em maior quantidade.

    http://www.apereirajordao.pt/produtos/sementes/especies-de-clima-temperado/14/

    Estes aqui parecem saber do que falam, alem de terem carradas de variedades tem muita informaçao.
    Para o nosso clima, segundo eles a festuca nao parece ser a melhor soluçao.


    Onde viu que a festuca nao e melhor? Eles tem la escarrapachado a Festuca e a pratensis:

    Festuca arundinacea
    Espécies de Clima Temperado
    Espécie robusta, com boa coloração, muito densa, grande persistência, com elevada resistência à seca, suportando grandes amplitudes térmicas.
    A textura da folha é média a grossa. No entanto, as novas variedades apresentam folhas mais finas, menor crescimento, suportam cortes mais baixos e situações de sombra.
    Possui um sistema radicular profundo, o que permite suportar condições extremas.
    Adapta-se à maior parte dos climas Portugueses assim como aos diversos tipos de solo, desde o ácido ao básico, do seco ao ligeiramente encharcado. Tolera alguns níveis de salinidade e cloro.
    É muito resistente ao pisoteio e ao arrancamento, assim como, à maioria das doenças. Em condições normais, mantém um bom aspecto estético, em qualquer altura do ano, considerando-se assim uma espécie "cómoda" sem problemas e de reduzida manutenção.


    Poa pratensis
    Espécies de Clima Temperado
    Poa pratensis é uma das espécies mais utilizadas em climas frios e moderados pelas suas óptimas características.
    É das espécies mais persistentes, muito resistente ao pisoteio e tráfego, podendo ser utilizada em zonas onde outras espécies dificilmente resistem, tendo crescimento lento na instalação.
    Boa capacidade de recuperação, tolerando o calor e o frio, assim como a sombra. Os últimos melhoramentos tornaram esta espécie ainda mais adaptada a situações e solos difíceis.
    Devido ao seu forte sistema radicular, possui grande resistência ao arrancamento, característica importante para a prática desportiva
  12.  # 134

    Colocado por: coisasdacasaalta humidade e altas temperaturas eu nao queria para nada


    Nem eu, não gosto de me sentir com falta de ar todo colado à roupa :)

    Agora tudo o que é plantas...agradecem e muito! Não é por caso que os Açores têm vegetação a dar com pau, sempre altas humidades o ano todo.
  13.  # 135

    Colocado por: Bricoleiro

    Nem eu, não gosto de me sentir com falta de ar todo colado à roupa :)

    Agora tudo o que é plantas...agradecem e muito! Não é por caso que os Açores têm vegetação a dar com pau, sempre altas humidades o ano todo.


    E chuva... os acores tem muita chuva. A humidade deles advem dai... nao e' aquela humidade asfixiante tipo Florida e NYC
  14. Ícone informação Anunciar aqui?

  15.  # 136

    Colocado por: coisasdacasa

    E o corte mais alto são quantos cm?


    Não querendo falhar, são entre 60 a 80 mm.
  16.  # 137

    Colocado por: sbcnv

    Onde viu que a festuca nao e melhor? Eles tem la escarrapachado a Festuca e a pratensis:





    Porque a festuca esta inserida nas especies clima temperado , crescimento óptimo com temperaturas de solo entre os 16-24ºC.
    O escalracho esta inserido nas especies clima quente , crescimento óptimo com temperaturas entre os 27-35ºC e principais vantagens consumir menos água, suportar água de inferior qualidade, serem muito resistentes a altas temperaturas, doenças e pisoteio, não sendo muito exigentes em manutenção mas tem como desvantagem nos Invernos mais rigorosos esta espécies fica dormente a baixas temperaturas de solo (< 10ºC), ficando castanha.

    Menos de 10ºC solo não é algo muito normal pelo menos na minha zona, o ano passado foi uma excepção onde ate existiu geada negra.

    Mas lá está, depois no clima temperado na especie festuca diz la que aguentam sem problemas o nosso clima, acho que o melhor e entrar em contacto com eles para perguntar qual a melhor dependendo do que se quer. Eu ja nem procuro mais, de certeza que vou comprar a essa empresa .

    Só sei é que entre as carradas de especies/variedades que eles lá tem um gajo tem ali material para se entreter e bem ;)
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
  17.  # 138

    Colocado por: Bricoleiro

    Essa lógica a mim não me entra, por mais que insista.

    "Se quer um relvado viçoso e verdejante durante todo o Verão, é importante regá-lo. A frequência com que o deve fazer depende da temperatura e da humidade"
    http://www.gardena.com/pt/garden-life/garden-magazine/cinco-sugestoes-faceis-para-um-magnifico-relvado/


    Nao diz nada sobre frequencia... claro que eh importante rega-lo.

    Again 2xs semana 25-30 mm :)
  18.  # 139

    Colocado por: coisasdacasa

    Porque a festuca esta inserida nas especies clima temperado , crescimento óptimo com temperaturas de solo entre os 16-24ºC.
    O escalracho esta inserido nas especies clima quente , crescimento óptimo com temperaturas entre os 27-35ºC e principais vantagens consumir menos água, suportar água de inferior qualidade, serem muito resistentes a altas temperaturas, doenças e pisoteio, não sendo muito exigentes em manutenção mas tem como desvantagem nos Invernos mais rigorosos esta espécies fica dormente a baixas temperaturas de solo (< 10ºC), ficando castanha.

    Menos de 10ºC solo não é algo muito normal pelo menos na minha zona, o ano passado foi uma excepção onde ate existiu geada negra.

    Mas lá está, depois no clima temperado na especie festuca diz la que aguentam sem problemas o nosso clima, acho que o melhor e entrar em contacto com eles para perguntar qual a melhor dependendo do que se quer. Eu ja nem procuro mais, de certeza que vou comprar a essa empresa .


    Mas olhe que ai sao temperaturas de SOLO.

    Portugal nao e' um clima quente mas sim temperado, logo a Festuca e a Pratensis sao ideais.

    Claro que as relvas de clima quente tambem funcionam, da mesma forma que tambem funcionam na minha zona (que tem neve) e temperaturas abaixo de 0 no inverno, mas nao sao ideais.

    As relvas de clima quente no verao adoram obvio... mas a Pratensis e a Festuca e Lolium sao excelentes para o nosso clima ate diria mais que as de clima quente dado que ficam o ano inteiro verdes e vigorantes. Alias, veja-se os relvados do Benfica, Sporting etc... e' tudo Pratensis aliado com Perenne
    Estas pessoas agradeceram este comentário: coisasdacasa
  19.  # 140

    Colocado por: sbcnv

    Mas olhe que ai sao temperaturas de SOLO.

    Portugal nao e' um clima quente mas sim temperado, logo a Festuca e a Pratensis sao ideais.

    Claro que as relvas de clima quente tambem funcionam, da mesma forma que tambem funcionam na minha zona (que tem neve) e temperaturas abaixo de 0 no inverno, mas nao sao ideais.

    As relvas de clima quente no verao adoram obvio... mas a Pratensis e a Festuca e Lolium sao excelentes para o nosso clima ate diria mais que as de clima quente dado que ficam o ano inteiro verdes e vigorantes. Alias, veja-se os relvados do Benfica, Sporting etc... e' tudo Pratensis aliado com Perenne
    Estas pessoas agradeceram este comentário:coisasdacasa


    A festuca e bem mais bonita que o escalracho.
    Concordam com este comentário: Bricoleiro
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">