Iniciar sessão ou registar-se
    • NBA
    • 2 Novembro 2017

     # 1

    Quase 900 anos depois e ainda não perderam o vício.

    https://i.imgur.com/PC4mzUj.png

    “Seria ótimo unir a Espanha e Portugal num novo Estado. A Península Ibérica é uma unidade de mercado e nós espanhóis e portugueses complementamo-nos”, afirma Javier Vega de Seoane, em entrevista ao jornal espanhol ‘El Mundo’, sublinhando que se houvesse um movimento de união de Espanha e Portugal, assinaria.

    Sempre foi a ambição de Espanha, ter um tuga manso.
  1.  # 2

    Eu moro en espanha a muitos, muitos anos e lá nunca ouvi tal coisa,una opinião a de este senhor como outra cualquer.
  2.  # 3

    Colocado por: NBAQuase 900 anos depois e ainda não perderam o vício.

    https://i.imgur.com/PC4mzUj.png

    “Seria ótimo unir a Espanha e Portugal num novo Estado. A Península Ibérica é uma unidade de mercado e nós espanhóis e portugueses complementamo-nos”, afirma Javier Vega de Seoane, em entrevista ao jornal espanhol ‘El Mundo’, sublinhando que se houvesse um movimento de união de Espanha e Portugal, assinaria.

    Sempre foi a ambição de Espanha, ter um tuga manso.


    900 anos? À 900 anos nós éramos "Espanha"?! Não sabia.
  3.  # 4

    Este gajo tem nome da víbora mais perigosa de Portugal.....cuidado com ele...:-)
    • eu
    • 2 Novembro 2017 editado

     # 5

    Há muita gente que anda distraída... muito distraída...

    Nós... já estamos unidos a Espanha e à França e à Alemanha e à...

    Porra, esta gente ainda não se deu conta do que é a União Europeia ?
    • NBA
    • 2 Novembro 2017

     # 6

    Colocado por: euHá muita gente que anda distraída... muito distraída...

    Nós...já estamos unidosa Espanha e à França e à Alemanha e à...

    Porra, esta gente ainda não se deu conta do que é a União Europeia ?


    Sim, mas uma coisa é pertencer-mos à UE, outra é desaparecer Portugal e Espanha em nome de uma pseudo IBÉRIA.
    De Espanha nem bons ventos, nem bons casamentos.
    • NBA
    • 2 Novembro 2017

     # 7

    900 anos? À 900 anos nós éramos "Espanha"?! Não sabia.

    Olhe que não.
    Espanha era um conjunto de condados no qual se encontrava O Condado Portucalense. Aos catorze anos de idade (1125), Afonso Henriques, com o apoio da nobreza portuguesa da época, arma-se a si próprio cavaleiro – segundo o costume dos reis – tornando-se assim guerreiro independente. A posição de favoritismo em relação aos nobres galegos e a indiferença para com os fidalgos e eclesiásticos portucalenses por parte de sua mãe, D. Teresa, originou a revolta destes, sob chefia do seu filho, D. Afonso Henriques.
    A luta entre D. Afonso Henriques e sua mãe desenrola-se, até que a 24 de Junho de 1128 se trava a batalha de São Mamede (em Guimarães) e D. Teresa é expulsa da terra que dirigira durante 15 anos.
    Uma vez vencida, D. Afonso Henriques toma conta do condado, declarando-o reino independente, dado que ele era neto de Afonso VI, Imperador de toda a Hispânia, passando a assinar todos os documentos oficiais não como conde, mas sim como rei.
    Continuou, no entanto, a lutar contra as forças do seu primo, o rei Afonso VII de Leão e Castela (inconformado com a perda das terras portuguesas, pois à semelhança de seu avô, Afonso VI, ele também se intitulava como Imperador), enquanto paralelamente travava lutas contra os muçulmanos. Em 1139, depois de uma estrondosa vitória na batalha de Ourique contra um forte contingente mouro, D. Afonso Henriques afirma-se como rei de Portugal, e com o apoio dos nobres portugueses, é aclamado como rei soberano.
    Nascia, pois, em 1139, o Reino de Portugal e a sua primeira dinastia e Casa Real: os Borgonha. D. Afonso Henriques, torna-se rei, o rei Afonso I de Portugal.
  4.  # 8

    Negativo, a Península Ibérica tinha vários Reinos Cristãos e tinha vários Califados. O Condado Portucalense pertencia ao reino de Leão.
    • NBA
    • 2 Novembro 2017

     # 9

    Colocado por: branco.valterO Condado Portucalense pertencia ao reino de Leão.


    Tratado de Zamora (1143).
    O Tratado de Zamora, resulta da conferência de paz entre D. Afonso Henriques e seu primo, Afonso VII de Leão e Castela.
    Assinado a 5 de Outubro de 1143, esta é considerada por alguns como a data da independência de Portugal e o início da dinastia afonsina.
    • NBA
    • 2 Novembro 2017

     # 10

    Colocado por: NBAAssinado a5 de Outubro de 1143, esta é considerada por alguns como a data da independência de Portugal e o início da dinastia afonsina.


    Ironia do Destino, na mesma data mas, 767 anos depois, também no dia 5 de outubro de 1910, destituiu-se a monarquia constitucional e implantou-se um regime republicano em Portugal.
    Assim estas duas datas são comemoradas pelos monarcas e republicanos, mas por razões diferentes.
  5.  # 11

    Sabes o nome da mãe de D. Afonso Henriques? Teresa de Leão, condessa de Portugal. Os Reinos ganhavam e perdiam a independência conforme os Reis. Mas na prática o Condado Portucalense dependia do Reino de Leão.

    Para perceberes a "coisa" aconselho-te a ver Vikings que o espírito é o mesmo.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: NBA
    • NBA
    • 2 Novembro 2017

     # 12

    Colocado por: branco.valterMas na prática o Condado Portucalense dependia do Reino de Leão.


    A soberania portuguesa reconhecida por Afonso VII no Tratado de Zamora, veio a ser confirmada, mais tarde, em 1179 pelo Papa Alexandre III (Bula Manifestis Probatum). D. Afonso Henriques perante o Cardeal Guido de Vico compromete-se a tornar-se vassalo da Santa Sé mediante o pagamento de um censo anual de quatro onças de ouro, ele e os seus descendentes.
    Portugal deixa de ser um feudo de Leão e Castela para se enfeudar à Santa Sé.