Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom Dia
    Tenho ao logo de alguns anos pesquisado alguma informação neste Fórum, mas apenas agora resolvi registar-me.
    Irei iniciar uma construção de Moradia sita no Montijo e o intuito será de “beber” da Vossa expertise, bem como fornecer os vários feedbacks ao longo da construção que penso poderão ser muito úteis para processos semelhantes.
    A construção será efetuada em terreno próprio cujo projeto foi aprovado pela Câmara em 2006 ( não tendo sido iniciada a construção ) e neste momento encontra-se caducado/arquivado.
    A minha questão inicial prende-se com as licenças de construção.
    Uma vez que estamos a falar de um projeto que já esteve aprovado e é loteado em urbanização, será necessário submeter o processo novamente a apreciação da Câmara ?
    Que custos iniciais me esperam ?
    Agradeço desde já a informação e fornecerei aqui os feedbacks desta “aventura”.
    Obg a todos !
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Bom dia,

    O projeto estando caducado, terá de colocar novamente em apreciação na CM do Montijo (ainda que não sofra alterações), com a respetiva documentação dos técnicos atualizada, e ainda os demais elementos obrigatórios para o licenciamento actual, dado que o projecto estava licenciado pela legislação de 2006.
    Quanto a gastos de reentrada do processo terá de consultar o regulamento de taxas do CM do Montijo.

    Cumprimentos,

    SMG, arq
    http://smgarquitecto.com/
    https://www.facebook.com/smgarquitectos/
    Estas pessoas agradeceram este comentário: jdsc1981
  4.  # 3

    S tiver interesse somos do Montijo.

    https://www.facebook.com/RiscoseRascunhos/
    Estas pessoas agradeceram este comentário: jdsc1981
  5.  # 4

    Bom dia !

    Após estas semanas de introspeção, estou a iniciar a fase de consultar orçamentos de construção.
    Uma vez que já existe projeto, e que o mesmo irá sofrer "apenas" alterações de acordo com a legislação, penso ter toda a documentação que poderá ser necessária para a execução de um orçamento.
    Caso existam Empresas / Empreiteiros na zona de Montijo e arredores que tenham interesse nesta construção, deixem o seu contacto e ligarei para falarmos mais concretamente sobre este projeto.

    Obrigado
  6.  # 5

    Bom dia.

    Gostaria de obter algumas informações sobre empresas de construção que estivessem interessadas em efetuar a construção que se iniciará ( à partida ) no final deste ano.
    Trata-se de moradia em banda ( de gaveto ), com implantação de 90m2, em terreno de 240m2, com cave, r/c, 1º e sotão, sita na Atalaia - Montijo.

    Alguma dúvida, estou ao dispôr
    Obg
  7.  # 6

    Boa tarde a todos !
    Construir não está fácil e estamos a atravessar uma época de "barriga cheia" em que nem a pedidos de orçamento respondem......e quando respondem dizem que demorarão 2 meses a fornecer o dito orçamento.
    Sendo assim, estou muito determinado em efetuar a obra por especialidades, adjudicando as especialidades individualmente ( estrutura, alvenarias, electricidade, canalização, caixilharia, etc )
    Nesta situação necessito de ter ( alugar ) um alvará durante toda a obra certo ?
    Necessito também de ter um "dono de obra" e um "técnico responsável " a meu cargo, certo ?
    Estas duas personalidades obrigatórias não seriam necessárias caso ajudicasse a obra a apenas um empreiteiro, correto ?
    Muito obrigado pela Vossa ajuda !
    Ab
  8.  # 7

    Jd, não se meta nisso.
    Concordam com este comentário: ADROatelier
  9.  # 8

    Mas e se o utilizador jdsc1981 não encontrar nenhum construtor? A solução passa sempre por ficar à espera que um apareça?
  10.  # 9

    Colocado por: jdsc1981Nesta situação necessito de ter ( alugar ) um alvará durante toda a obra certo ?

    Errado!
    Isso não é permitido por lei.

    Colocado por: jdsc1981Necessito também de ter um "dono de obra" e um "técnico responsável " a meu cargo, certo ?

    Errado!
    O "dono de obra´" é você.
    Os técnicos responsáveis a seu cargo são o Diretor de fiscalização e o coordenador de segurança
    • RCF
    • 21 Setembro 2018 editado

     # 10

    Colocado por: jdsc1981nem a pedidos de orçamento respondem......e quando respondem dizem que demorarão 2 meses a fornecer o dito orçamento.
    Sendo assim, estou muito determinado em efetuar a obra por especialidades, adjudicando as especialidades individualmente ( estrutura, alvenarias, electricidade, canalização, caixilharia, etc )

    A dificuldade em arranjar orçamento para a obra completa (chave na mão) não creio ser diferente de arranjar orçamento por especialidades. Para além disso, sendo chave na mão, é só um orçamento. Sendo por especialidades, serão vários orçamentos e, consequentemente, várias esperas...

    Colocado por: jdsc1981Necessito também de ter um "dono de obra" e um "técnico responsável " a meu cargo, certo ?

    certo. o Dono de obra será, em qualquer circunstância, o jdsc1981. Não precisa de arranjar... Necessita depois de outras "figuras", nomeadamente de Diretor de Fiscalização.

    Colocado por: jdsc1981Nesta situação necessito de ter ( alugar ) um alvará durante toda a obra certo ?

    Certo. Mas, tal como já lhe disseram, não é o melhor caminho...

    Colocado por: jdsc1981Estas duas personalidades obrigatórias não seriam necessárias caso ajudicasse a obra a apenas um empreiteiro, correto ?

    É sempre necessário.
  11.  # 11

    Colocado por: bruno_bfbMas e se o utilizador jdsc1981 não encontrar nenhum construtor? A solução passa sempre por ficar à espera que um apareça?


    Se não encontrar um medico para o operar o que faz? não tem de procurar outro?
  12.  # 12

    Colocado por: riscosSe não encontrar um medico para o operar o que faz? não tem de procurar outro?

    A questão é que a probabilidade de arranjar um outro médico é muito maior que conseguir arranjar um outro construtor.
    Simplesmente não há construtores!
  13.  # 13

    Colocado por: bruno_bfb
    A questão é que a probabilidade de arranjar um outro médico é muito maior que conseguir arranjar um outro construtor.
    Não há construtores!
    Haver até há, mas compensa-lhes nesta fase muito mais fazer para vender.
  14.  # 14

    Colocado por: jorgferrA questão é que a probabilidade de arranjar um outro médico é muito maior que conseguir arranjar um outro construtor.
    Não há construtores!

    Então voltamos ao mesmo.
    Compreendo a "aflição" do user jdsc1981
  15.  # 15

    Colocado por: bruno_bfb
    Então voltamos ao mesmo.
    Compreendo a "aflição" do user jdsc1981
    Certo e acha que fazer por especialidades vai ajudar? eu acho que não a não ser que ele tenha tempo e saiba muito de obras e tenha paciência para ir esperando. Eu acho e usando a comparação com os médicos, tem de ir para a lista de espera
  16. Ícone informação Anunciar aqui?

  17.  # 16

    Colocado por: jorgferrCerto e acha que fazer por especialidades vai ajudar? eu acho que não a não ser que ele tenha tempo e saiba muito de obras e tenha paciência para ir esperando. Eu acho e usando a comparação com os médicos, tem de ir para a lista de espera

    Certo... fazendo por especialidades não vai ajudar, concordo. Lá diz o velho ditado: "Quem não sabe, não mexe"
    Vai para a lista de espera e daqui a 2 anos arranja um.
  18.  # 17

    Chave na mão - 20% de lucro final para o empreiteiro
    Por especialidades - 25% de lucro para os subempreiteiros em cada uma delas. A somar a isto, o custo dos trabalhos associados a cada uma delas mas que os subempreiteiros não garantem.
  19.  # 18

    O que não acautelar agora, vai esperar depois com a dificil coordenação de entrada em obra das várias especialidades...
  20.  # 19

    Ainda relativamente ao desabafo sobre a escassez de construtores, se o user jdsc1981 forneceu um caderno de encargos ou mapa de quantidades aos construtores para estes orçamentarem, ainda irá mais para o fim da lista de espera.
    Eles simplesmente não querem perder tempo a orçamentar item a item. Querem é dar um orçamento chapa 5, copy paste de um outro anterior que já forneceram a um outro DO.

    Atenção que eu acho este mapa de quantidades FUNDAMENTAL. Vai ajudar os DO a poupar muito dinheiro na obra e ao mesmo tempo vai ajudar na fiscalização.
    Além de que os empreiteiros com ele vão concorrer à empreitada em mesmo pé de igualdade, havendo uma maior transparência e concorrência, evitando disparidades de valores nos orçamentos.
  21.  # 20

    Colocado por: ADROatelierEles simplesmente não querem perder tempo a orçamentar item a item.

    O problema é que a grande maioria não está habilitada a fazer isso.
    A grande maioria dos empreiteiros não sabe quanto lhe custa cada trabalho.
    Concordam com este comentário: jorgferr
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">