Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia a todos,

    Recentemente comprei um terreno na Maia, tem uma área de implementação de 132m2 (cave + r/c e 1 andar).
    Tenho andado a ver com arquitetos o que melhor fazer com esta área toda e tentar eliminar a cave ou reduzir para metade pois para mim, e também reduzir a área da habitação para uns 100m2 por piso, já é uma casa muito grande e eu valorizo ter algum espaço exterior.

    Gostava de saber a vossa opinião sobre áreas (se faço bem ou mal) e de saber se alguém já ou está a construir casa na Maia que possa ajudar com informações sobre custos de:

    1. Arquitetura/Projeto (já tenho um orçamento que ronda os 8.000 s/iva. Inclui alteração ao lote)
    2. Licenciamento
    3. Ligações de redes (água e eletricidade)
    4. Preço de construção o m2. Um arquiteto falou em valores base de 850€ s/iva (1.000€ c/iva)

    Eu não sou uma pessoa de grandes luxos, gosto de coisas muito simples e funcionais, mas para estes valores com as áreas iniciais do lote estamos a falar de uma moradia de quase 500.000€ se englobamos todas as despesas (Arq, Lic, terreno e outras).

    Para estes valores não sei como existe casas novas a ser vendidas por 220.000 construidas em terrenos com valores similares.

    Obrigado,
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Bom dia Jsacorreia. Os valores que apresenta são realistas. Pode ainda conseguir facilmente poupar uns poucos milhares nos projetos , mas será sempre pouco comparado com o que vai gastar na casa. Uma moradia T3, por exemplo, faz-se, com espaços confortáveis, com 180m².

    Os valores das taxas não deverão ser absurdos, embora possam mudar durante a vigência do licenciamento - mas não são claramente a sua maior preocupação.

    O que o deve preocupar, enquanto custo final, é a relação entre as seguintes três coisas: 1) a área bruta de construção, 2)o tipo de arquitetura pretendida, 3) as infraestruturas não essenciais que quer (aspiração central, PRH, domóticas, etc)

    As moradias novas são vendidas a esse preço porque são construídas diretamente pelo empreiteiro, com materiais de 2ª escolha, não fiscalizadas, sem coordenação de segurança, por vezes construídas em grupos de várias iguais seguidas, partilhando estrutura como se fossem propriedade horizontal, com isolamentos deficitários, carregadas de pontes térmicas...construídas sempre a abrir sem grandes tempos de secagem; no fim pinta-se e vende-se no verão para não arriscar problemas com as chuvas e o frio.
  4.  # 3

    Eu estou a promover a construção de uma moradia por 100mil euros, mas pretende ser quase um "case-study" por ser no centro do Porto e o dono de obra ser um arquiteto. Pode ver aqui: https://nsgarq.wixsite.com/casa100 ou seguir o respetivo tópico no Fórum: https://forumdacasa.com/discussion/52536/1/moradia-t4-por-100-mil-euros-em-construcao/
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    Boa tarde jsacorreeia14,

    Se quiser também posso lhe propor um orçamento para a arquitectura.
    antonylemos.arq@gmail.com
  7.  # 5

    Desde já obrigado pela sua resposta nunogouveia,

    Eu acredito que as casas feitas aos lotes para vender por parte dos empreiteiros saia mais barato e tenha lacunas que apresentou.
    Mas os empreiteiros também ganham com a vendas, ninguém anda a trabalhar para perder dinheiro.
    E alguma dessas deficiências na construção não estão nos acabamentos mas sim no grosso da obra.

    Vi algumas casas neste ultimo inverno que com o passar dos dias a chover, a agua entrava por de baixo da soleira das janelas. Porque a pedra exterior tinha uma emenda mal feita.
    E assentaram a pedra da soleira encheram de cimento a parede exterior com a parede interior (caixa de ar) e a agua passava para dentro de casa.
    Este tipo de coisas só acontece quando os trabalhadores se esquecem ou na sabem trabalhar, e a obra não teve um controlo.
    De resto as casas que se vendem por ai, a nível de acabamentos é aceitável. (claro que pode não ter um soalho em madeira maciça mas tem um flutuante por exemplo)
    No meu caso que já acompanhei alguma obras e uma muito recentemente (não na zona do Maia/Porto) sei como funcionam e por isso quero ser eu também a “andar em cima” pois sei que nos inícios é que se evita alguns dos problemas que aparecem nos primeiros anos.
    Quanto ao que me devo preocupar:
    As áreas estou a pensar em reduzir ate porque com menos 30m2, a moradia já fica com áreas generosas.
    Principalmente quartos, “quem nunca se levantou durante a noite e deu com o dedo mendinho do pé num móvel!” :D

    Quanto ao estilo de arquitetura é contemporânea pois tem que manter o estilo das casas do loteamento. (contemporânea mas o telhado terá que ser em telha, apenas tem paredes que escondem o telhado)


    Já estive a ver o projeto da casa no Porto por 100.000. eu não vou querem gastar assim tão pouco.
    Mas não queria passar do dobro.
    Obrigado pela ajuda.
  8.  # 6

    Colocado por: jsacorreeia14E alguma dessas deficiências na construção não estão nos acabamentos mas sim no grosso da obra.
    pior aínda. pois não dão para corrigir facilmente
    Concordam com este comentário: Sérgio KYO
  9.  # 7

    Boa tarde a todos,

    jsacorreeia14 - concluíu a sua moradia? Tenho um terreno e pretendo construir na Maia também.
    Se me poder enviar mais detalhes por MP agradeço.

    Obrigado.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">