Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 21

    Concordo plenamente Josexy.

    Tenho pena que o pessoal chame alarme de intrusão a certos equipamentos.
  2.  # 22

    Existe algumas soluções eu optei por uma mais em conta que é o broadlink S2
  3.  # 23

    Colocado por: RbicaExiste algumas soluções eu optei por uma mais em conta que é o broadlink S2


    Como disse "Tenho pena que o pessoal chame alarme de intrusão a certos equipamentos."
    Concordam com este comentário: Nortenho
  4.  # 24

    Colocado por: josexyA questão de com ou sem fios não é secundária porque não são só portugueses a efectuar assaltos, vem gente de toda a Europa assaltar este pardilheiro e depois vão se embora, a maior parte nunca é apanhado, e mesmo que seja não interessa pois o prejuízo já está feito. E os seguros ao contrário do sugerido não cobrem a totalidade dos estragos (nem lá perto) na maior parte dos casos (para mim, pelo menos os de recheio são basicamente uma quase fraude (quase porque em alguns contractos eles até especificam que a cada ano que passa os bens vale cada vez menos até não valerem nada, mesmo que estivessem a funcionar perfeitamente), deveriam ser proibidos, pelo menos nos termos actuais).

    Ter um inibidor de sinais rádio para bloquear SMS/GPRS/3G/4G e rede alternativa é um requisito mínimo de qualquer assaltante minimamente profissional, e destes há muitos pela Europa fora que vêm cá ao fim do mundo onde toda a gente acha que eles não vêm, porque a segurança é mais rasca e a polícia má a responder e chega ao ponto de não ter uma única viatura para concelhos inteiros durante semanas... e basta fazer um telefonema que receba prioridade máxima para mandar os dois ou três polícias de serviço à caça aos gambozinos para a ponta mais longínqua possível da sua área de actuação.

    Por tanto vai querer dificultar a vida ao máximo ao intruso com portas e janelas de alta-segurança, idealmente até dentro da habitação, ter cofres fortes bem fixados, sistemas de névoa de segurança ligados a um sistema de detecção de intrusão. Enfim tudo o que desmotive a malandragem e crie o máximo de desperdício de tempo para a polícia, segurança, familiares, amigos poderem aparecer e tratar do assunto.

    Sempre que as circunstâncias o permitirem instalem um sistema de detecção de intrusão por cabo. São mais fiáveis, mais difíceis de interferir à distância e a manutenção tende a ser mais fácil já que poderá ser trocar a bateria da central e da sirene e eventuais actualizações de firmware do sistema de quando em quando para corrigir falhas ou adicionar funcionalidades por parte do fabricante.
    Se possível tenham uma ligação à Internet por fibra-óptica, cabo ou ADSL dedicada para o sistema de alarme, idealmente instalada de forma oculta para que os intrusos não consigam facilmente localizar o cabo no exterior e cortá-lo. Devem ter também um meio alternativo como uma ligação 3G/ 4G/ 5G ou ainda melhor Internet via satélite. Os modems/ routers devem estar ligados a uma bateria (UPS) que tenha capacidade para pelo menos 12 horas (idealmente 48 horas ou mais)... podem até ter um painel solar ou gerador com energia do vendo para carregar por exemplo de forma a tentar estender esse tempo de operacionalidade.

    Isto poderá chocar alguns mas os sistemas de detecção de intrusão tendem a ser inseguros! Não existe a obrigatoriedade de fazer análises de segurança em especial à parte física ("hardware") e à parte lógica ("firmware"/ "software") por parte de empresas terceiras especializadas em tais análises, pelo que muitos produtos no passado foram encontrados com falhas de segurança inacreditáveis e provavelmente o mercado continua cheio destes produtos mesmo nas gamas profissionais... se a lei não obriga... raramente os fabricantes o fazem! E mesmo que o façam, normalmente não fazem para tudo e muito menos para todas as versões e actualizações que vão lançado.


    Agora dizer isto ou aquilo do que tem de instalar... no final do dia o melhor sistema de detecção de intrusão não serve para nada se estiver desligado quando o intruso vier visitar a casa... ou se for mal instalado e permitir por exemplo ver a introdução do código no painel, ou se o intruso conseguir furtar o(s) smartphone(s) e chave(s) física(s) associada(s) ao sistema... por exemplo enquanto os proprietários estão na praia.

    Além disso cada pessoa tem os seus requisitos, já vi uma instalação de detecção de intrusão feita por uma empresa de Porto de Mós chamada MPL Alarmes, maravilhosa, tinha sensores por tudo quanto era sítio (portas, janelas, áreas de passagem) não vi maneira de entrar na casa sem ser detectado pelo sistema (se tivesse activado), e vi outras instalações pela mesma empresa onde eu conseguia ver imensas falhas na instalação... a empresa era a mesma, uma instalação estava perfeita e outras não... onde é que acha que está a diferença? Exacto naquilo que o cliente está disposto a pagar para ter uma instalação em condições ou não. Mas se o alarme dispara-se não sei como iam verificar se o alarme era falso ou não porque não tinha câmaras de vigilância.
    Muitos clientes querem só a entrada da frente e chega perfeitamente, outros basta o andar de baixo... que ninguém iria entrar por cima (sim, claro... nunca se viu tal coisa eheheh). Depois muitos clientes nem querem sonhar com a possibilidade de andar a colocar códigos (nem se lembram do que comeram na refeição anterior quanto mais de códigos disto e daquilo) e querem tudo pelo smartphone, outros querem uns tags de aproximação, outros só querem se for com código... enfim os gostos e necessidades são muitas! Assim como a carteira, uns não querem gastar mais de 50 euros, outros não se importam de gastar 25 mil euros se for necessário. Uns querem com câmara de filmar, outros nem pensar em ter câmaras de filmar.
    Concordam com este comentário:helderdls
    Estas pessoas agradeceram este comentário:marcopns


    Isso do entrar por baixo e nao ter no de cima :D

    No predio dos meus avos, um predio de 8 andares em Lisboa numa zona premium, o 6 andar foi assaltado. Subiram pelos cabos na fachada do edificio - tv cabos, internets e afins. Uma moradia e peanuts como dizia o outro
  5.  # 25

    Para pessoal batido... Assaltar é como limpar o rabo a meninos.
  6.  # 26

    Mas muita gente pensa mesmo que o primeiro andar por estar mais alto, está mais seguro e não precisa de alarme ahah (outras pessoas é para reduzir o preço final que podem não achar muito simpático se tiver a vigiar tudo).

    Outro caso era um café, queria sistema de detecção de intrusão e vídeo-vigilância, só não era necessário nada no armazém... que por mero acaso tinha uma janela através da qual era facílimo entrar e pelo menos furtar tudo dali sem que o sistema desse sequer sinal. E foi mesmo montado assim como o cliente quis.

    Para pessoal batido realmente assaltar é mesmo muitas vezes como andar a furtar chupa-chupas às criancinhas.
    Pode dificultar-se a vida a profissionais? Pode e muito. Com tudo o que referi, podem atrasar e dificultar a vida a ponto de tornar inviável o furto em algumas circunstâncias.

    Aquilo é o mais básico, muita gente guarda coisas valiosas em grandes divisões que estão ocultas da vista e acedem-se como se vê em muitos filmes com passagens secretas e similares atrás de espelhos/ estantes/ paredes/ escadas, etc. Por vezes é uma mistura de ocultar a entrada e portas de alta segurança para o caso de mesmo assim o esconderijo ser descoberto não ser acedido com facilidade. E muitas vezes colocam o cofre principal dentro de tal divisão.
    Para alegrar a malandragem muita gente tem ainda um ou dois cofres adicionais nos locais mais óbvios (quartos) com alguma coisa valiosa (dinheiro e algumas jóias por exemplo) mas que se for furtado não tem grande importância comparativamente com o que está oculto... já que aquilo que não vêm não podem levar e se tiverem satisfeitos com o saque que pareça minimamente aceitável para o tipo de habitação que estão a furtar ainda são maiores as probabilidades de se darem por satisfeitos.

    Também existe alguns casos, de estrangeiros, com muito dinheiro, que têm por exemplo um belo cofre de muito alta-segurança em uma das divisões onde colocam muita coisa preciosa durante a sua estadia, e que está devidamente vigiado fisicamente por guarda-costas/ seguranças privados em permanência mas que quando se vão embora fazem questão que os funcionário(a)s portuguese(a)s vejam o cofre todo aberto sem nada lá dentro para saberem que não ficou lá nada e assim se disserem algo é que existe um cofre muito seguro mas que o deixaram completamente vazio... e deixaram mesmo... que é para ninguém ir assaltar a casa a pensar que existe lá algo de muito valioso quando levaram realmente tudo com eles de volta para o país de origem. No fundo também é uma medida de segurança porque sabem perfeitamente que se alguém souber do cofre e pensar que tem lá coisas valiosas a probabilidade de alguém vir a saber é quase de 100% e de tal informação chegar a alguém com vontade e meios para ir lá é enorme... e assim sempre reduzem o risco.
  7.  # 27

    gente de toda a Europa


    E vai haver uma enchente de malta da América do Sul,assim como virá gente boa também virá gente má.
    Matam sem pestanejar,mesmo que o infeliz assaltado dê tudo o que eles pedirem.
  8.  # 28

    Colocado por: helderdlsMais uma vez direcionou a sua conversa para os inibidores mas isso simplesmente é um dos problemas...

    E essa de "A malta dos alarmes exagera o risco real para vender." isso é muito generalista e não me cabe a mim pois arrisco me a dizer que 90% da malta dos alarmes como diz monta alarmes sem fios pois é o mais fácil de vender e instalar e não é isso que aconselho certo?

    Você diz que "a estatística indica que a maioria dos assaltos a moradias são assaltos de oportunidade" e sabe o que diz a estatistia em relação aos inibidores?

    Por andar neste ramo infelizmente já vi coisas que me fazem pensar e agir de maneira diferente talvez...
    Concordam com este comentário:Mary Ramos
  9.  # 29

  10.  # 30

    Só vem reforçar o que já foi dito.... Já montei alarmes em quartéis e por alguma razão nunca se falou lá em sistemas sem fios.
  11.  # 31

    Colocado por: helderdlsSó vem reforçar o que já foi dito.... Já montei alarmes em quartéis e por alguma razão nunca se falou lá em sistemas sem fios.


    Qualquer alarme chinoca vem com possibilidade de instalar por wireless e fios e custam 100 paus.
    • Nelhas
    • 12 julho 2019 editado

     # 32

    Concordo com alguns comentários sobre o excesso de aparato.
    Acho que o excesso pode atrair ainda mais um ladrão.
    Senão têm nada de valor em casa, porque razão coloca 5 camaras, e sensores e sirenes e vigilância pelo telemóvel??
    Ter no telemóvel uma APP para me avisar que estão a roubar a casa ou para ver as camaras?
    Sistemas sem fios?
    Acho que para um ladrão experiente e com conhecimentos, se quiser mesmo, é tão fácil dar a volta.
    Sinceramente se fosse ladrão , no mínimo ia "pagar" para ver.
    Em muitos casos não entendo conceito de investir uns bons trocos em sistemas de alarmes , pois afinal estamos a guardar o que?
    Eu falo por mim.
    O que tenho casa são tudo bens que só interessam ao ladrão comum ( e se calhar nem a esses).
    Tv´s, ou um Portátil, nada de joias , nada de dinheiro em grandes quantidades, de facto alguns Nenucos e Carrinhos dos putos, etc..
    Sinceramente, não vejo lá nada que justifique um aparato á mansão do CR7.
    Bons fechaduras nas janelas, boas portas da rua, cuidados indispensáveis, etc.
    Mas posso estar enganado.
  12.  # 33

    Colocado por: NelhasBons fechaduras nas janelas, boas portas da rua, cuidados indispensáveis, etc.
    Mas posso estar enganado.

    E um bom seguro. Se roubarem renovo os eletrodomésticos ...
    Concordam com este comentário: Nelhas
  13.  # 34

    E estar à noite a dormir no quarto e ter a certeza que não é surpreendido com um ladrão à beira da cama? Só isto vale bem o sistema de segurança que instalei. Pelo menos tenho tempo de me prevenir.
    Concordam com este comentário: BM_18, carlos311
  14.  # 35

    Colocado por: NelhasConcordo com alguns comentários sobre o excesso de aparato.
    Acho que o excesso pode atrair ainda mais um ladrão.
    Senão têm nada de valor em casa, porque razão coloca 5 camaras, e sensores e sirenes e vigilância pelo telemóvel??
    Ter no telemóvel uma APP para me avisar que estão a roubar a casa ou para ver as camaras?
    Sistemas sem fios?
    Acho que para um ladrão experiente e com conhecimentos, se quiser mesmo, é tão fácil dar a volta.
    Sinceramente se fosse ladrão , no mínimo ia "pagar" para ver.
    Em muitos casos não entendo conceito de investir uns bons trocos em sistemas de alarmes , pois afinal estamos a guardar o que?
    Eu falo por mim.
    O que tenho casa são tudo bens que só interessam ao ladrão comum ( e se calhar nem a esses).
    Tv´s, ou um Portátil, nada de joias , nada de dinheiro em grandes quantidades, de facto alguns Nenucos e Carrinhos dos putos, etc..
    Sinceramente, não vejo lá nada que justifique um aparato á mansão do CR7.
    Bons fechaduras nas janelas, boas portas da rua, cuidados indispensáveis, etc.
    Mas posso estar enganado.


    Quem fala assim é porque nunca viveu nenhuma experiência menos agradável.
    Concordam com este comentário: ANdiesel
    • Nelhas
    • 15 julho 2019 editado

     # 36

    Colocado por: helderdls

    Quem fala assim é porque nunca viveu nenhuma experiência menos agradável.
    Concordam com este comentário:ANdiesel


    Infelizmente , engana-se tão bem.
    Já vivi, e até roubo com a família toda dentro de casa, tendo sido toda a gente sedada e tendo sido levado muita coisa.
    Portanto imagine, ou talvez saiba, a sensação que é durante uma noite alguém andar a roubar e a mexer em tudo consigo e com a família lá dentro.
    Entre os 12 e os 20 anos posso lhe dizer que vivi e corri todos os sítios de que se fala;
    Miratejo, Quinta da Princesa, Arrentela, Damaia, Chelas, Amadora, Queluz, Bairro Alto, Almada, etc
    E vou ser muito franco:
    Se quiserem roubar a sua casa, vão roubar.
    Só depende essencialmente do tipo de ladrão que vai atrair.
    O comum ladrão de ocasião não têm nenhum tipo de habilidade especial. Podem ser mais ou menos espertos, mas baseiam-se na oportunidade.
    Uma janela aberta, uma porta de fraca qualidade, um velhote que está sozinho e demora muito a fechar a sua porta, um prédio em sitio com pouca gente, etc.
    Não existe estudo prévio e ele não procura perder muito tempo ou arriscar muito.
    Se for movido pelo dinheiro para o consumo, o mais provável é que entre num desespero e assalte 2 ou 3 sítios muito perto ou em dias consecutivos de forma muito atrapalhada e normalmente acaba sempre detido.
    Depois existe o Ladrão de Casas.
    O tipo que vive numa casa normal , com uma vida normal, que passa por nós todos os dias na rua. Não têm ar maléfico , não come criancinhas e não assusta ninguém. Simplesmente têm essa profissão. Este estuda o alvo. O tempo que for preciso. Um alvo para dar o maior retorno possível em cada oportunidade.
    E ai entra nossa discussão.
    Colocam alarmes de empresas conhecidas, camaras, sensores, servidores dedicados, etc.
    È a primeira atração e o primeiro sinal. Vocês tornam-se por si um alvo apetecível. Dão logo a imagem que tentam guardar uma fortuna em casa. Seja dinheiro , objetos, arte, o que seja.
    Se tiver um bom carro, boas roupas, bons sinais de riqueza exterior, e tudo vai ser observado, o risco vai compensar. É uma questão de probabilidades.
    E a sua começa a ser elevada. Janelas Caras, Casa cara, Acabamentos caros. Tudo é analisado , tudo é pesado no estudo do alvo.
    E tudo por uma falsa sensação de segurança.
    Se este tipo de ladrão quiser roubar, vai roubar. E não vai estar ninguém em casa. E vai ficar sem nada na mesma.
    O ladrão que encontra a beira da cama, não passa por alarmes como não passa por boas fechaduras de janelas e portas de qualidade.
    Ou acha que ele é um génio a abrir portas e depois faz assaltos com as pessoas lá dentro?
    Mas respeito . Se acham que devem ter alarmes quem sou eu.
    Sem stress.
    =)
    Concordam com este comentário: ZenPT, Jota5
  15.  # 37

    É por isso que os ciganos não são assaltados, têm ouro mas exteriormente são barracas logo não são apetecíveis....
    Nelhas respeito a sua opinião mas é um tema que dava umas boas páginas... não é assim tão linear como descreve...
    Um bom alarme hoje em dia não faz só de apito...
    Concordam com este comentário: Nelhas
    • Nelhas
    • 16 julho 2019 editado

     # 38

    Colocado por: helderdlsÉ por isso que os ciganos não são assaltados, têm ouro mas exteriormente são barracas logo não são apetecíveis....
    Nelhas respeito a sua opinião mas é um tema que dava umas boas páginas... não é assim tão linear como descreve...
    Um bom alarme hoje em dia não faz só de apito...
    Concordam com este comentário:Nelhas


    Concordo, mas quando falamos de bons alarmes, expliquem-me, quem tem alarmes, de que tipo de ladrão ou intruso estão a tentar evitar?
    Penso que devemos começar por ai.
    Qual é o "publico alvo" dos sistemas de alarmes que estão a colocar em casa?
    • cmsh
    • 16 julho 2019

     # 39

    E alarmes para obras, o que recomendam? Eu só vejo praticamente todas são da Prosegur.
  16.  # 40

    Colocado por: Nelhas

    Concordo, mas quando falamos de bons alarmes, expliquem-me, quem tem alarmes, de que tipo de ladrão ou intruso estão a tentar evitar?
    Penso que devemos começar por ai.
    Qual é o "publico alvo" dos sistemas de alarmes que estão a colocar em casa?


    Sempre tive alarme, até no apartamento onde morava antes. Atualmente na moradia foi a primeira coisa que providenciei. Sei que quem quiser assaltar, assalta. Mas o alarme não evita, mas avisa. Faz toda a diferença estar descansado e saber que em casa está tudo bem, do que estar na espectativa de quando chegar a casa ter tudo virado do avesso.
    Em primeiro lugar, o alarme afasta o ladrão “banal” de ocasião. Portanto, menos risco de assalto.
    Em segundo lugar, os que mesmo assim resolverem avançar, vão ver-se atrapalhados, pois coloquei várias sirenes interiores, de modo a que andar dentro de casa com o alarme a tocar seja insuportável. Por outro lado, pressiona o ladrão a despachar-se, pois sabe que é uma questão de tempo até chegar alguém; não poderá andar à vontade. Sei de um caso em que assaltaram a casa em plena luz do dia, com uma carrinha a carregar descontraidamente: quando questionados os vizinhos se não acharam estranho, disseram que pensaram tratar-se de mudanças. Com um alarme a tocar, este assalto seria impossível.
    Em terceiro lugar, é a segurança de dormir descansado e saber que não vou ser surpreendido com alguém dentro de casa: se alguém entrar, vou ter tempo de me levantar e preparar.
    Em quarto lugar, o meu alarme assume algumas funções de domótica, com controlo de estores e iluminação, de forma autónoma e/ou distância. Associado à vidovigilancia e videoporteiro, sei quem me toca à campainha, quem toca à campainha não sabe se eu estou ou não em casa, e posso ver/saber a qualquer momento e em qualquer lado quem se aproxima de casa.
 
0.0305 seg. NEW