Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia a todos!
    Gostava de contar com a vossa ajuda no seguinte.
    Comprei recentemente uma moradia, de 2 pisos nuna zona em que não há muitos assaltos, contudo todas as moradias têm alarme. 90%Securitas 10%Prossegur.
    Já conheço o serviço de ambas pois já me apresentaram o serviço. Gostei da prossegur mas a questão de ter as câmaras sem patilha para fechar, não gostei. Sinto que perco toda a privacidade, apesar de dizerem que só conseguem ver na central quando o alarme dispara.. Hum, não sei.
    Depois o que não gostei de ambas é da mensalidade.
    Assim, andava a pensar gastar mais qualquer coisa num sistema de alarme que não tivesse que pagar mensalidade, mas importante para mim TER ACESSO ATRAVÉS DO MEU SMARTPHONE as câmaras sempre que necessário e ter também pelo menos 1 placa de afixar na parede a informar que a casa está vigiada.
    Posto isto, andei a ver e gostei muito de um sistema que é o ENNIO SECURITY.
    Alguém tem? Recomendam outro?
    Desde já obrigado pela vossa atenção.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Boas eu uso o smartthings, liga a internet qualquer coisa recebo sms e notificação no telemovel.
  4.  # 3

    Obrigado. Estive a ver e isso só funciona com aparelhos Samsung certo?
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    não, eu tenho instalado no meu xiaomi e funciona 5*.
    Quanto aos sensores funciona com uma data deles pode ver aqui https://www.smartthings.com/products .

    O unico problema é que não se vende em portugal, mandei vir da amazon Uk (volta e meia esta a 50% desconto).
  7.  # 5

    no passado em outra casa tive o ismartalarm (https://www.ismartalarm.com/) do mesmo genero, mas a compatibilidade não é nem de perto nem de longe a mesma (só funciona com sensores e cameras ismartalarm).
    o ismartalarm tem a venda na leroy merlin
  8.  # 6

    incognitus, a solução com smartthings funciona mesmo com falhas de energia ou de Internet? e há hipótese de ter sirene exterior?
  9.  # 7

    Colocado por: brunorpincognitus, a solução com smartthings funciona mesmo com falhas de energia ou de Internet? e há hipótese de ter sirene exterior?


    meta sistemas cableados. Essas soluções aqui apresentadas são mais para brincar do que segurança.
    Concordam com este comentário: Diogo999
  10.  # 8

    Colocado por: helderdls

    meta sistemas cableados. Essas soluções aqui apresentadas são mais para brincar do que segurança.


    Não oferecem segurança nenhuma, é isso que está a dizer?

    A insistência desta malta com os sistemas cablados, como se todos os ladrões em portugal fossem hi-tech e andem a bloquear sinais, ou provocar interferências, etc. Aliás, se o ladrão for assim tão tech-savy, não há alarme que aguente.
  11.  # 9

    Colocado por: fventuraNão oferecem segurança nenhuma, é isso que está a dizer?

    Depende do nível de segurança que você considera.

    Colocado por: fventuraA insistência desta malta com os sistemas cablados, como se todos os ladrões em portugal fossem hi-tech e andem a bloquear sinais

    Sem querer já mencionou um dos problemas desses alarmes... E não é preciso ser hi-tech.

    Colocado por: fventuraAliás, se o ladrão for assim tão tech-savy, não há alarme que aguente.

    porquê que diz isso?
  12.  # 10

    Colocado por: helderdls
    Depende do nível de segurança que você considera.


    Sem querer já mencionou um dos problemas desses alarmes... E não é preciso ser hi-tech.


    Sem querer não, disse de propósito. Parece-me é que o risco real disto está a ser fortemente exagerado.


    porquê que diz isso?


    Se o ladrão quiser mesmo muito assaltar e tiver conhecimento para isso, não vai ser um alarme que o vai parar. Se roubam obras de arte, não vai ser o alarme de uma moradia que vai ser suficiente.

    Esta discussão é infrutífera. A malta dos alarmes exagera o risco real para vender.
    A estatística indica que a maioria dos assaltos a moradias são assaltos de oportunidade, durante o dia. O que indica que a potencial diferença está em ter ou não ter alarme, não se este é wireless ou wired.

    Mas de facto depende do nivel de segurança que eu considero. Não sendo um high profile, posso ir pela solução mais simples.

    Além de que se for eu a montar o alarme, o ladrão não conhece o padrão utilizado, o que pode jogar a meu favor.
  13.  # 11

    Mais uma vez direcionou a sua conversa para os inibidores mas isso simplesmente é um dos problemas...

    E essa de "A malta dos alarmes exagera o risco real para vender." isso é muito generalista e não me cabe a mim pois arrisco me a dizer que 90% da malta dos alarmes como diz monta alarmes sem fios pois é o mais fácil de vender e instalar e não é isso que aconselho certo?

    Você diz que "a estatística indica que a maioria dos assaltos a moradias são assaltos de oportunidade" e sabe o que diz a estatistia em relação aos inibidores?

    Por andar neste ramo infelizmente já vi coisas que me fazem pensar e agir de maneira diferente talvez...
    Concordam com este comentário: Mary Ramos
  14.  # 12

    Você diz que "a estatística indica que a maioria dos assaltos a moradias são assaltos de oportunidade" e sabe o que diz a estatistia em relação aos inibidores?


    Sabe dizer-me esta estatística?

    Por andar neste ramo infelizmente já vi coisas que me fazem pensar e agir de maneira diferente talvez...


    Eu posso estar enganado, e a experiência de quem sabe é importante!
    Acabei de comprar uma moradia em final de construção que não tem pré instalação de alarme, portanto com fios não está nos planos. Mas gostaria de saber mais.
  15.  # 13

    Adequem a solução ao existente, ao contexto, isso é o mais importante.

    Soluções cegas são... soluções cegas.

    Vou cablar e instalar um sistema de topo, com dezenas de sensores, para proteger meia dúzia de patacos? Hmmmmm, não.
    Não sou um empresário ou não tenho um perfil público que valha a pena raptar para pedir um resgate? Hmmmmm, então não.

    Regra geral, se o valor a proteger é baixo, optem por um bom seguro e um alarme dissuasor, que não seja conhecido (quem assalta um Prosegur/Securitas sabe como todos eles funcionam) mas que se faça notar - câmaras, sirenes, pirilampos, sensores, etc. falsos ou não.
    O primeiro objectivo de um alarme deve ser prevenir, não mitigar.

    Se o valor a proteger é alto, não brinquem, contratem quem sabe da poda.
    O assaltante terá um perfil completamente diferente do do primeiro caso.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, PapaFox
  16.  # 14

    Colocado por: fventuraSabe dizer-me esta estatística?

    Não lhe sei precisar mas anda por volta dos 60%.

    Colocado por: fventuraEu posso estar enganado, e a experiência de quem sabe é importante!
    Acabei de comprar uma moradia em final de construção que não tem pré instalação de alarme, portanto com fios não está nos planos. Mas gostaria de saber mais.

    Não ter pré instalação não é impeditivo para instalar cablado, pode-se usar a tubagem elétrica ou outra tubagem disponível etc.



    Colocado por: PoisÉVou cablar e instalar um sistema de topo, com dezenas de sensores, para proteger meia dúzia de patacos? Hmmmmm, não.
    Não sou um empresário ou não tenho um perfil público que valha a pena raptar para pedir um resgate? Hmmmmm, então não.


    Ninguém falou aqui em sistemas de topo nem nada que se pareça...

    Acha que tem meia dúzia de patacos? Ja "presenciei" assaltos em que deixaram as paredes e telhado e pouco mais e olha mesmo que seja uma casa humilde já vai numas boas dúzias de patacos não acha.
    Acha que precisa de ser empresário ou figura pública para lhe tocarem no corpo?
    Já vi pessoas tão traumatizadas pelo facto de entrarem em casa indevidamente e remexer nas suas coisas de chegarem ao ponto de venderem a casa.
    Não falem do que não sabem.

    Não estou a dizer que alarmes são salvadores porque não são.
    Concordam com este comentário: BM_18
  17.  # 15

    Tenho ismartalsrm e estou contente, não pago mensalidade.
  18. Ícone informação Anunciar aqui?

  19.  # 16

    Colocado por: helderdlsAcha que tem meia dúzia de patacos? Ja "presenciei" assaltos em que deixaram as paredes e telhado e pouco mais e olha mesmo que seja uma casa humilde já vai numas boas dúzias de patacos não acha.
    Acha que precisa de ser empresário ou figura pública para lhe tocarem no corpo?
    Já vi pessoas tão traumatizadas pelo facto de entrarem em casa indevidamente e remexer nas suas coisas de chegarem ao ponto de venderem a casa.
    Não falem do que não sabem.

    E eu disse alguma coisa em contrário?
  20.  # 17

    E eu disse que tinha dito alguma coisa em contrário? Simplesmente completei não corrigi.
  21.  # 18

    Bem, acabei de perder uns minutitos da minha vida com este tópico.
    Vim aqui à procura de soluções, e deparo-me com "guerrinhas" desnecessárias.

    Não sei se os de cabo são melhores ou piores, etc; o que sei é que se alguém pergunta por 1 alarme de cabo, ou por 1 wireless, quem quiser que ajude relativamente ao tipo de sistema procurado, e mais nada.
  22.  # 19

    A questão de com ou sem fios não é secundária porque não são só portugueses a efectuar assaltos, vem gente de toda a Europa assaltar este pardilheiro e depois vão se embora, a maior parte nunca é apanhado, e mesmo que seja não interessa pois o prejuízo já está feito. E os seguros ao contrário do sugerido não cobrem a totalidade dos estragos (nem lá perto) na maior parte dos casos (para mim, pelo menos os de recheio são basicamente uma quase fraude (quase porque em alguns contractos eles até especificam que a cada ano que passa os bens vale cada vez menos até não valerem nada, mesmo que estivessem a funcionar perfeitamente), deveriam ser proibidos, pelo menos nos termos actuais).

    Ter um inibidor de sinais rádio para bloquear SMS/GPRS/3G/4G e rede alternativa é um requisito mínimo de qualquer assaltante minimamente profissional, e destes há muitos pela Europa fora que vêm cá ao fim do mundo onde toda a gente acha que eles não vêm, porque a segurança é mais rasca e a polícia má a responder e chega ao ponto de não ter uma única viatura para concelhos inteiros durante semanas... e basta fazer um telefonema que receba prioridade máxima para mandar os dois ou três polícias de serviço à caça aos gambozinos para a ponta mais longínqua possível da sua área de actuação.

    Por tanto vai querer dificultar a vida ao máximo ao intruso com portas e janelas de alta-segurança, idealmente até dentro da habitação, ter cofres fortes bem fixados, sistemas de névoa de segurança ligados a um sistema de detecção de intrusão. Enfim tudo o que desmotive a malandragem e crie o máximo de desperdício de tempo para a polícia, segurança, familiares, amigos poderem aparecer e tratar do assunto.

    Sempre que as circunstâncias o permitirem instalem um sistema de detecção de intrusão por cabo. São mais fiáveis, mais difíceis de interferir à distância e a manutenção tende a ser mais fácil já que poderá ser trocar a bateria da central e da sirene e eventuais actualizações de firmware do sistema de quando em quando para corrigir falhas ou adicionar funcionalidades por parte do fabricante.
    Se possível tenham uma ligação à Internet por fibra-óptica, cabo ou ADSL dedicada para o sistema de alarme, idealmente instalada de forma oculta para que os intrusos não consigam facilmente localizar o cabo no exterior e cortá-lo. Devem ter também um meio alternativo como uma ligação 3G/ 4G/ 5G ou ainda melhor Internet via satélite. Os modems/ routers devem estar ligados a uma bateria (UPS) que tenha capacidade para pelo menos 12 horas (idealmente 48 horas ou mais)... podem até ter um painel solar ou gerador com energia do vendo para carregar por exemplo de forma a tentar estender esse tempo de operacionalidade.

    Isto poderá chocar alguns mas os sistemas de detecção de intrusão tendem a ser inseguros! Não existe a obrigatoriedade de fazer análises de segurança em especial à parte física ("hardware") e à parte lógica ("firmware"/ "software") por parte de empresas terceiras especializadas em tais análises, pelo que muitos produtos no passado foram encontrados com falhas de segurança inacreditáveis e provavelmente o mercado continua cheio destes produtos mesmo nas gamas profissionais... se a lei não obriga... raramente os fabricantes o fazem! E mesmo que o façam, normalmente não fazem para tudo e muito menos para todas as versões e actualizações que vão lançado.


    Agora dizer isto ou aquilo do que tem de instalar... no final do dia o melhor sistema de detecção de intrusão não serve para nada se estiver desligado quando o intruso vier visitar a casa... ou se for mal instalado e permitir por exemplo ver a introdução do código no painel, ou se o intruso conseguir furtar o(s) smartphone(s) e chave(s) física(s) associada(s) ao sistema... por exemplo enquanto os proprietários estão na praia.

    Além disso cada pessoa tem os seus requisitos, já vi uma instalação de detecção de intrusão feita por uma empresa de Porto de Mós chamada MPL Alarmes, maravilhosa, tinha sensores por tudo quanto era sítio (portas, janelas, áreas de passagem) não vi maneira de entrar na casa sem ser detectado pelo sistema (se tivesse activado), e vi outras instalações pela mesma empresa onde eu conseguia ver imensas falhas na instalação... a empresa era a mesma, uma instalação estava perfeita e outras não... onde é que acha que está a diferença? Exacto naquilo que o cliente está disposto a pagar para ter uma instalação em condições ou não. Mas se o alarme dispara-se não sei como iam verificar se o alarme era falso ou não porque não tinha câmaras de vigilância.
    Muitos clientes querem só a entrada da frente e chega perfeitamente, outros basta o andar de baixo... que ninguém iria entrar por cima (sim, claro... nunca se viu tal coisa eheheh). Depois muitos clientes nem querem sonhar com a possibilidade de andar a colocar códigos (nem se lembram do que comeram na refeição anterior quanto mais de códigos disto e daquilo) e querem tudo pelo smartphone, outros querem uns tags de aproximação, outros só querem se for com código... enfim os gostos e necessidades são muitas! Assim como a carteira, uns não querem gastar mais de 50 euros, outros não se importam de gastar 25 mil euros se for necessário. Uns querem com câmara de filmar, outros nem pensar em ter câmaras de filmar.
    Concordam com este comentário: helderdls, nmsj, ritar
    Estas pessoas agradeceram este comentário: mandrongo, marcopns
  23.  # 20

    Colocado por: XIKO29Bem, acabei de perder uns minutitos da minha vida com este tópico.
    Vim aqui à procura de soluções, e deparo-me com "guerrinhas" desnecessárias.

    Não sei se os de cabo são melhores ou piores, etc; o que sei é que se alguém pergunta por 1 alarme de cabo, ou por 1 wireless, quem quiser que ajude relativamente ao tipo de sistema procurado, e mais nada.


    Estamos a penas a trocar ideias.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">