Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 61

    Colocado por: zedasilva
    Um pinheirinho enfiado num sitio que agora não digo.
    Isso conta como espírito natalício?



    Conta Zé !!!
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 62

    Zé agressividade que vêm de alguém zen !!
  4.  # 63

    Colocado por: MjdiasZé agressividade que vêm de alguém zen !!

    temos que afastar as energias negativas.
    Os pinheirinhos são bons para isso.
  5.  # 64

    Colocado por: zedasilva
    temos que afastar as energias negativas.
    Os pinheirinhos são bons para isso.


    E assim que dá as consultas !!
  6.  # 65

    Vá lá que hoje não estou muito agressivo!!
  7.  # 66

    Colocado por: MjdiasE assim que dá as consultas !!

    Com pinheirinhos?
    Nem sempre, há energias que só lá vão com sarrafos.
    •  
      CMartin
    • 13 Dezembro 2018 editado

     # 67

    Na continuação.

    Colocado por: CMartinAgosto/Setembro 2018
    Projecto Paço d'Arcos.
    Sala de jantar e de estar.

    (a ser continuado).
      IMG-20181204-WA0000.jpg
  8.  # 68

    Gosto muito !
    Estas pessoas agradeceram este comentário: CMartin
  9.  # 69

    Obrigada Mjdias.
  10.  # 70

    Gosto muito da mesa de ver a madeira com a sua patine e as cadeiras estão muito bem , está a correr bem os negócios?
    •  
      CMartin
    • 13 Dezembro 2018 editado

     # 71

    Sim, MJdias. Trabalho liberal e sou só eu (depois trabalho com profissionais e fornecedores para tudo o que preciso para fazer a casa ao cliente: desde empreiteiro/construtor a estofador, e tenho um senhor que me assiste nas montagens dos ambientes), mas o projecto e as encomendas e negociações das peças sou só eu. Não tenho tido possibilidade de ter mais trabalhos do que tenho por não ter essa disponibilidade da minha parte, consigo fazer um número certo de projectos em simultâneo, e não me têm faltado. Não assumo mais projectos para não faltar ao cronograma/prazo dos que tenho em mãos. Corre-me bem sim, e não me sobra tempo. O que me deixa verdadeiramente realizada é este trabalho que me apaixona , o trabalhar com ambientes e interiores, e com pessoas, gosto do contacto pessoal. Sou muito feliz profissionalmente, uma apaixonada pelas casas :o)
    Concordam com este comentário: joaosantos
    • Mjdias
    • 14 Dezembro 2018 editado

     # 72

    Colocado por: CMartinSim, MJdias. Trabalho liberal e sou só eu (depois trabalho com profissionais e fornecedores para tudo o que preciso para fazer a casa ao cliente: desde empreiteiro/construtor a estofador, e tenho um senhor que me assiste nas montagens dos ambientes), mas o projecto e as encomendas e negociações das peças sou só eu. Não tenho tido possibilidade de ter mais trabalhos do que tenho por não ter essa disponibilidade da minha parte, consigo fazer um número certo de projectos em simultâneo, e não me têm faltado. Não assumo mais projectos para não faltar ao cronograma/prazo dos que tenho em mãos. Corre-me bem sim, e não me sobra tempo. O que me deixa verdadeiramente realizada é este trabalho que me apaixona , o trabalhar com ambientes e interiores, e com pessoas, gosto do contacto pessoal. Sou muito feliz profissionalmente, uma apaixonada pelas casas :o)


    Ainda bem eu sou um apaixonado do home staging, um bom decorador consegue transformar um espaço em algo grandioso, eu quando vejo certos projetos fico séptico , o arquiteto idealiza e ao abrirmos a porta a decoração cai por terra como um castelo de cartas ! E não é o preço de um decorador que vai deitar o orçamento a baixo , cá nos projeto o mesmo é logo contemplado.
    • tnjp
    • 14 Dezembro 2018

     # 73

    Lindíssima essa sala, gosto de tudo. Da mesa, da iluminação, da estante...

    Adoro a simplicidade dessas mesas dos anos 60. Imagino uma dessas na minha cozinha, mas são difíceis de encontrar por aqui.
    Concordam com este comentário: joaosantos
    Estas pessoas agradeceram este comentário: CMartin
    •  
      CMartin
    • 15 Dezembro 2018 editado

     # 74

    Colocado por: MjdiasAinda bem eu sou um apaixonado do home staging, um bom decorador consegue transformar um espaço em algo grandioso, eu quando vejo certos projetos fico séptico , o arquiteto idealiza e ao abrirmos a porta a decoração cai por terra como um castelo de cartas ! E não é o preço de um decorador que vai deitar o orçamento a baixo , cá nos projeto o mesmo é logo contemplado.

    É importante, mesmo podendo parecer que não. Uma boa decoração faz o ambiente, dá um sentido aos interiores, e tem o lado técnico também que fecha o projecto, é a conclusão, o ponto final que por vezes se vê que falta em algumas casas. Faz uma diferença, nesse todo que tanto falamos.
    •  
      CMartin
    • 15 Dezembro 2018 editado

     # 75

    Colocado por: tnjpLindíssima essa sala, gosto de tudo. Da mesa, da iluminação, da estante...

    Adoro a simplicidade dessas mesas dos anos 60. Imagino uma dessas na minha cozinha, mas são difíceis de encontrar por aqui.
    Concordam com este comentário:joaosantos
    Estas pessoas agradeceram este comentário:CMartin

    Obrigada tnjp.
    Sabe também há dificuldade em encontrar muitas peças no Continente. Há uma tendência, que por vezes, não é o que se procura para determinado interior..precisamos de outro estilo, tenho feito por mandar fazer mobília se não encontro o que imagino que ficava bem, ou um modelo diferente, ou noutro material inexistente, ou cor..
    Mas claro, estas peças dos 60, 70 mandar fazer nunca é bem a mesma coisa, perde a história. Fica uma peça diferente, mesmo no aspecto, perde a patine, sim. Não o tenho feito. Temos que andar muito, e conhecer muita variedade, estarmos a par das tendências, do que podemos encontrar em loja, ou o que teremos que mandar fazer em alternativa. Há imensos estilos de casas, cada uma com decoração própria a ser feita só para ela. A casa é individual, como cada qual. Aprendemos a lê-la, a obra construtiva e a arquitectura e, claro, a considerar as preferências pessoais dos seus donos para a criação dos ambientes e decorações.
    Mas há coisas muito giras, e por vezes, a dificuldade está na escolha :o)
    É preciso seguir uma linha orientadora, no estilo, e ouvir o que a casa nos pede :o)
  11. Ícone informação Anunciar aqui?

    •  
      CMartin
    • 2 Fevereiro 2019 editado

     # 76

    Dezembro2018/Fevereiro2019
    Apartamento
    Alto da Barra, Oeiras.
    - Em montagem -.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: VCAC, zinna
      20190123_125155.jpg
      20190123_125209.jpg
      20190123_125645.jpg
      20190123_131441.jpg
      20190123_131525.jpg
      20190123_131138.jpg
      IMG-20190123-WA0015.jpeg
      IMG-20190123-WA0021.jpeg
      IMG-20190123-WA0038.jpg
      IMG-20190123-WA0013.jpeg
      20190123_131322.jpg
      IMG-20190123-WA0027.jpeg
      IMG-20190123-WA0029.jpeg
  12.  # 77

    Quero o sofá !!!
    Concordam com este comentário: CMartin
  13.  # 78

    O que faz um designer de interiores? E um decorador de interiores
    Os designers de interiores são também muitas vezes chamados de arquitetos de interiores e isso deixa alguma margem para interpretações dúbias entre o que faz um arquiteto, e o que faz um designer de interiores. Para complicar ainda mais há a figura do decorador, que aparece muitas vezes como alguém capaz de fazer design de interiores, sendo que estes profissionais também costumam ser erradamente confundidos como decoradores. Ficou confuso? É natural, a abundância de designações para cada profissão presta-se a isso mesmo, mas na realidade as atribuições de cada profissional são distintas embora se possam toca em vários aspetos!

    O arquiteto é aquele profissional que após uma licenciatura universitária fica habilitado a projetar, desenhar e estruturar projetos de edifícios. Ele vai fazer a planta e o desenho exterior da construção, e muitas vezes também do interior, e é neste ponto que muitas vezes as funções dos arquitetos se tocam com as dos designers de interiores: – o arquiteto pode optar por desenhá-los sozinho, mas com a crescente especialização muitas vezes solicita a colaboração de um designer de interiores para que estes fiquem mais atraentes, mais atuais e dentro dos gostos e necessidades dos futuros utilizadores do espaço. Os arquitetos conhecem a fundo as legislações sobre arquitetura, construção e urbanismo, e desenham tudo, desde a estrutura até à canalização, tendo em vista o cumprimento desses requisitos.

    O designer de interiores é também um profissional muito qualificado, na maior parte das vezes também licenciado, embora em áreas distintas. Embora não seja obrigatório, na maior parte dos casos os designer de interiores têm licenciaturas específicas em design de interiores, ou outras complementares.

    Um designer de interiores pode ser o responsável pela conceção dos interiores de base, em fase de projeto para construção, ou pode ser o motor de uma reconfiguração dos interiores de uma casa usada. Ele vai projetar tudo, desde a configuração dos compartimentos, à sua interação, à funcionalidade, mas também o layout e a disposição dos seus elementos, e até o projeto de iluminação. Pode até sugerir o derrube de paredes, desde que essa opção seja avalizada por um arquiteto, pois não está legalmente autorizado a fazer alterações estruturais. Ajuda na escolha das cores, dos materiais e das texturas que vão dar o acabamento personalizado aos seus interiores, na obtenção de um bom isolamento sonoro, e na disposição dos compartimentos com essa finalidade. É portanto um elemento chave na obtenção de interiores perfeitos!

    O decorador é um profissional que pode ajudá-lo com tudo o que é necessário à parte cosmética e estética da sua casa. Ajuda encontrar a imagem perfeita para a sua casa, mas sem alterar a configuração dos espaços. Muitas vezes o designer de interiores, por ter uma formação abrangente, que também inclui a área da decoração também faz esse trabalho. Se quer dar um ar renovado à sua casa sem grandes alterações um decorador pode ser uma opção acertada.

    Quais são as mais-valias de ter um designer de interiores no meu projeto?
    Todos queremos ter a casa perfeita onde nos sintamos à vontade, que traduza a nossa maneira de ser, e que sintamos como nossa em todos os aspetos. Mas, embora às vezes tenhamos uma vaga ideia daquilo que pretendemos, nem sempre sabemos como atingi-lo, ou sequer se é adequado do ponto de vista funcional. Afinal que nunca reparou em características numa casa, que provavelmente pareceram uma boa ideia de design a alguém, mas que se vieram a revelar como desastres para o seu funcionamento? E provavelmente se não for a sua primeira casa, já cometeu alguns desses erros!

    Contratar um designer de interior pode trazer-lhe uma série de benefícios bastante superiores ao gasto que possa ter com ele. Embora possa ser uma figura dispensável até certo ponto, o designer de interiores vai ajudá-lo a tomar as decisões mais acertadas e a escolher os materiais certos, com a melhor relação qualidade preço, evitando layouts pouco funcionais, iluminações desadequadas que não valorizam os espaços, ou escolhas de cor que prejudicam a harmonia do interior.

    Por outro lado, nos nossos dias agitados um projeto de renovação interior pode significar um dispêndio de tempo a que não podemos ceder. Contratar um designer de interiores é garantia de muito menos stress para si, pois ele vai fazer todo o processo do projeto, desde a sua conceção até à compra dos materiais, e à contratação e supervisão dos trabalhos necessários sua realização.
    (...)

    Se tiver à sua volta projetos que lhe agradem, com o estilo que gostaria de imprimir ao seu, peça referências. Tente descobrir como correu o projeto, indague sobre custos e eventuais derrapagens. Se conseguir pode até tentar perceber como é a relação interpessoal do profissional com os seus clientes.
    (...)

    Além do responsável pela elaboração e execução do projeto, que será o designer de interiores, serão também precisos canalizadores, carpinteiros, construtores, fornecedores de materiais, de mobiliário e acessórios, e até por vezes arquitetos. Além disso, desde o seu início até à sua conclusão, o processo exige sempre deslocações destes ao local.

    Ao contratar um profissional da região estará a garantir uma diminuição dos custos de deslocação e entregas, bem como a assegurar uma rede de conhecimentos que o próprio designer terá na região e que poderá agilizar os trabalhos, diminuindo o seu tempo de execução.

    Fonte : Homify
  14.  # 79

    Colocado por: CMartinAgosto/Setembro 2018
    Projecto Paço d'Arcos.
    Sala de jantar e de estar.

    (a ser continuado).


    Agora sim, terminado.
    Concordam com este comentário: FVicente
    Estas pessoas agradeceram este comentário: zinna, NTORION
      53623363_1858318087607699_7420416977279123456_n.jpg
  15.  # 80

    Colocado por: CMartin

    Agora sim, terminado.
    Concordam com este comentário:FVicente
      53623363_1858318087607699_7420416977279123456_n.jpg
      IMG-20181204-WA0000 (1).jpg
      53623363_1858318087607699_7420416977279123456_n2.jpg
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">