Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia,

    Recentemente fiz a escritura de um imóvel mas não me foi dada (e ainda não consegui saber onde pedir) a planta do imóvel.

    Como poderei pedir a planta?

    Outra questão é que só no dia da escritura (já depois do CPCV e de ter avançado com 15mil euros) me foi dito que o mesmo era de 2000, ao contrário do que me tinha sido dito pelo agente imobiliário, que me referiu ser de 2001.
    Isto em termos de valor da compra/venda, tem um impacto assim tão grande?

    Por ultimo, só consegui ver e só tive direito ao certificado energético, já no dia da escritura, pois o agente imobiliário também referiu sempre não o ter sempre que o questionei.

    É normal, este tipo de detalhes escaparem aos agentes imobiliários?

    Por via das duvidas, guardei o anuncio onde a agência refere que o mesmo é de 2001, mas reparei que agora já tem o certificado energético online.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Em primeiro lugar, é preciso saber se a planta existe. Pela data que refere, é muito provável que exista. É um apartamento ou uma moradia?
    Pode consultar o processo camarário. Lá irá encontrar plantas.

    Gosta do imóvel? Está em boas condições? Penso que ser de 2000 ou 2001 não fará grande diferença.
    O mesmo para o certificado energético.
    Concordam com este comentário: desofiapedro
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JPJDLV
  4.  # 3

    Colocado por: JPJDLVÉ normal, este tipo de detalhes escaparem aos agentes imobiliários?

    O que não é normal é esses detalhes escaparem aos compradores.
    Ser de 2000 ou 2001 não interessa para nada, e o CE também pouco interessa, porque regra geral são pouco rigorosos, deve ser um C ou um D.
    Com a licença de utilização, vai à câmara pedir cópia da planta.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JPJDLV

  5.  # 4

    Sim é verdade.Desde já, agradeço aos dois as respostas.

    Respondendo primeiramente ao @ADROatelier, é um apartamento. Gosto do imóvel e está em boas condições.

    Respondendo ao forista @Picareta concordo que eu mesmo poderia ter feito um esforço maior, insistindo que queria verificar o certificado energético, no entanto quanto ao ano, fui simplesmente "enganado" pelo anuncio.
    Irei certamente pedir a cópia da planta, assim que tiver um tempinho livre (acabar as mudanças).

    Fiz estas duas questões, porque li tanta coisa antes de comprar casa e acabei por ler algo onde referiam que o certificado energético, consoante a avaliação (Neste caso é um D) poderia ter impacto até 10% na compra de uma casa.

    Já percebi, que são preocupações completamente desnecessárias e agradeço o tempo despendido para a ajuda nestas minhas questões :)
  6.  # 5

    Boa tarde,

    @Picareta tenho uma duvida que não sei se me poderá ajudar, mas acredito que sim.

    Quando fiz o registo nas finanças do imóvel em meu nome, foi-me dito que o prédio era de 1999.
    Na agência, tal como referia acima neste post, tinham-me dito que o prédio era de 2001 e que era só confirmar no portal das finanças.

    Tenho o seguinte campo:
    Ano de inscrição na matriz: 2001

    Isto significa o quê ao certo? Que o prédio é efectivamente de 2001, ou que é o ano em que os primeiros inclinos adquiriram o imóvel?

    Sei que é uma questão pouco pertinente, mas fiquei com esta duvida na cabeça, dai perguntar.



    Cumprimentos.
  7.  # 6

    Qual é a data licença de utilização?
    Na Certidão Predial Permanente tem lá a inscrição da licença? Se sim, qual o ano?
    • JPJDLV
    • 23 Abril 2019 editado

     # 7

    @ADROatelier a nivel de datas, só consigo ver no portal das finanças a data de matriz e uma data de titular que vai de 1998 até 2067 com o meu nome.

    Eu questiono isto, porque na altura ficou-me na cabeça, o facto de adquirirmos um imóvel anunciado como sendo de 2001, e existir a possibilidade de ser de 1999.

    Entretanto, falei com a agência, o vendedor ligou-me de imediato e diz que o prédio é de 2001, pode confirmar e continua com a informação do apartamento na agência como estando vendido e sendo de 2001.

    Disse-me para verificar a matriz no portal das finanças e de facto está lá 2001. No entanto, nas finanças quando lá estive, falaram em 1999.

    Quanto ao registo predial, ainda não o tenho. O advogado ficou de me tratar de tudo e já lá vão quase 2 meses sem dar sinal.
  8.  # 8

    Colocado por: JPJDLVTenho o seguinte campo:
    Ano de inscrição na matriz: 2001

    Isto significa o quê ao certo?

    Significa que foi registada nas finanças em 2001

    Como é que fez uma escritura e não tem licença de utilização?

    Quem é esse advogado? 2 meses e não está registada?!!!!
    • JPJDLV
    • 23 Abril 2019 editado

     # 9

    @Picareta sendo registado o apartamento ou prédio nas finanças em 2001, significa que é esse o ano em que foi registado e oficialmente acabada a construção?

    Neste caso, o advogado em questão foi conratado pela CGD. Quase 2 meses e ainda nada. Era um jovem bastante inexperiente (deu para perceber logo), além de ter chegado quase 01h atrasado à escritura, deixou de me atender as chamadas ao fim de 1 mês por estar sempre a chatear o menino.

    Teve azar, o linkedin hoje em dia diz tudo e consegui saber a firma para quem o mesmo trabalha (que por acaso é uma empresa familiar).

    Entretanto, amanha irei ao Campus justiça, se o registo implicar pagamentos, irei fazer queixa no conselho de deontologia dos advogados e reclamação junto da empresa que o mesmo representa.

    Não queria chegar a este ponto mas tem de ser.

    Quanto ao ano da casa, eu sei que o @Picareta na altura me mencionou que não era de todo uma questão relevante, mas penso que neste caso, se a casa for de facto de 1999 e não de 2001, a imobiliária agiu de forma incorrecta ao não se informarem, ou pior, ao darem informações erradas que poderá (ou não) mudar a avaliação de uma casa.

    Por outro lado, muito provavelmente, eu teria maneira de saber o ano também, pelo que a imobiliária, iria ou irá sempre apontar esse facto.
  9.  # 10

    Colocado por: JPJDLVQuase 2 meses e ainda nada. É verdade. Era um jovem bastante inexperiente (deu para perceber logo), além de ter chegado quase 01h atrasado à escritura, deixou de me atender as chamadas ao fim de 1 mês por estar sempre a chatear o menino.

    O que é que esse advogado foi fazer à escritura?

    Colocado por: JPJDLV@Picareta sendo registado o apartamento ou prédio nas finanças em 2001, significa que é esse o ano em que foi registado e oficialmente acabada a construção?

    Significa apenas que foi registado nas finanças em 2001

    Colocado por: JPJDLVQuanto ao ano da casa, eu sei que o @Picareta na altura me mencionou que não era de todo uma questão relevante, mas penso que neste caso, se a casa for de facto de 1999 e não de 2001, a imobiliária agiu de forma incorrecta ao não se informarem, ou pior, ao darem informações erradas que poderá (ou não) mudar a avaliação de uma casa.

    Volto a dizer que isso não interessa para nada. Preocupe-se com coisas importantes.
    • JPJDLV
    • 23 Abril 2019 editado

     # 11

    O advogado foi tratar da papelada para assinarmos. Foi a CGD que tratou de tudo.
    Eu comprador e respectivos vendedores do imóvel.
    Era suposto ter sido feito de outra maneira por parte do banco?
  10.  # 12

    JPJDLV,
    só podemos ajudar se explicitar bem a questão, compreende?

    Olhe que isto das reclamações nem sempre surte o efeito esperado, entende? Não será melhor falar com as pessoas e tentar compreender exactamente o que se passa?
    Os bancos são muito versados nas negociações, não é habitual haver problemas graves.

    Explique lá melhor a embirração com o ano da casa, para que se possa compreender.
    Concordam com este comentário: zed
  11.  # 13

    Bom, o ano da casa não teve reclamação nenhuma. São coisas distintas.
    Apenas referi, que a imobiliária me vendeu o imóvel como sendo de 2001, e do que me foi dito nas finanças seria ou é de 1999.

    Ao que me referi que iria apresentar queixa no conselho deontológico, foi do advogado que me tratou da escritura, pois o mesmo comprometeu-se a fazer o registo predial no prazo máximo de 15 dias (pelo que percebi seria até o prazo legal) e já lá vão praticamente 2 meses.
    Tenho o contacto dele, ainda consegui falar com ele, chegou a dizer-me que estava a ser tratado, mas depois deixou de me atender as chamadas e responder a e-mails.
  12.  # 14

    Colocado por: JPJDLVFoi a CGD que tratou de tudo.

    O que é que a CGD tem a ver com o assunto?

    Colocado por: JPJDLVEra suposto ter sido feito de outra maneira por parte do banco?

    Nem sequer sei o que é que o banco lá estava a fazer!!!

    Onde é que foi feita a escritura? notário, casa pronta, banco...?
  13.  # 15

    Colocado por: JPJDLVO advogado foi tratar da papelada para assinarmos

    Contratado pela CGD?
  14. Ícone informação Anunciar aqui?

    • JPJDLV
    • 23 Abril 2019 editado

     # 16

    Foi o banco que me tratou da parte da escritura + empréstimo para o montante em falta acordado.
    Foi também o banco que me cedeu o espaço + advogado para a escritura.
    Inicialmente até pensei que o mesmo trabalhava para a CGD, só depois percebi que não era assim e que estaria ali como algo do tipo "outsourcing"/subcontratado pela caixa.
  15.  # 17

    Será que o registo nao está já feito?
    Olhe que os bancos não se descuidam nada nessas coisas. Deve haver outro motivo.
    • JPJDLV
    • 23 Abril 2019 editado

     # 18

    @ADROatelier fui às finanças segunda-feira tratar da isenção e o imóvel ainda estava em nome do antigo proprietário.
    Entretanto, o sr das finanças alterou o imóvel no portal para meu nome e já consigo ver o tal documento que fala da matriz do prédio (mostrei a escritura), mas no que toca ao registo/caderneta predial, o sr advogado ficou de enviar um id ou código que me permitia fazer o registo online (pelo menos foi o que na altura foi explicado pelo advogado.

    Eu quando falei com ele aqui há duas semanas, lembrava-se de mim e percebeu de imediato o que faltava porque disse-me que ia tratar do registo predial ainda naquela semana e que iria receber um e-mail dele, sendo que até hoje nunca recebi nada por parte do mesmo.
  16.  # 19

    Não recebeu, mas pode já estar feito.
    Passe no registo predial, com a mesma documentação que levou ás finanças.

    Porque é que nãoconsegue falar com o advogado?
    E já falou no banco? Pediu empréstimo, nao foi?
  17.  # 20

    Sim, irei amanha.
    Obrigado a todos mais uma vez.

    De qualquer das maneiras, amanha darei feedback. (Se está tratado, se não estiver, quais os custos e o que se pode fazer para quem esteja numa situação idêntica).

    Abraço e obrigado mais uma vez.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">