Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas, caros amigo vou tentar expor a meu problema o melhor possível, conto com a vossa ajuda.

    O ano passado, em outubro comprei uma casa, imóvel do banco, com cerca de 1400 M2. Ora a casa sendo imóvel do banco já estava a cerca de dois anos e meio sem manutenção etc. Vimos a casa, tudo óptimo, anexos, e terreno com árvores de fruto, e foi nos dito pela imobiliária que tem poço vedado, Como o terreno estava cheio de mato não consegui ir verificar o mesmo mas que lá estava estava. Comprei o a casa, mudanças e agora é que começa o problema.Vi na altura que o posso estava vedado a toda a volta com rede e dois portoes, um para o meu terreno, e outro da acesso ao terreno do lado, que por sua vez também tem um portão que permite acesso de um outro vizinho ao poço. Ora bem, visto isto falei com a vendedora, que me garantiu que o poço me pertence, tá no meu terreno assim como esta na escritura. A minha vizinha mais chegada tem furo, o segundo vizinho tem poço e o terceiro também tem, terceiro este que na passada segunda feira a chover, aproveitou o facto de eu é a mulher ir trabalhar para limpar as silvas do poco, montar umas chapas e colocar lá um motor a gasolina... Ora fiquei puto da vida nem uma palavra me deu, e teve uma atitude bastante desagradável. Falei com a minha vizinha mais chegada que me disse que ele tem poço, e que já a mais de 4 anos ninguém tira de lá água.Este é daqueles vizinhos que acha que tudo é dele é que faz o que quer. Mais, ela segundo sabe, há uns 35 anos antes que construírem a casa que hoje é minha, existia la uma casa velha em que havia "apalavrado" estes vizinhos entrarem com os bois para tirar água, ora isso já acabou a muitos e muitos anos. E já todos tem o seu poço, e não existe documentos de tal situação. O que acham desta situação e como acham que devia proceder?

    Tentei me explicar da melhor maneira, cpmts amigos.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Uma placa a dizer: cuidado com o cão.
    :)
  4.  # 3

    Feche o acesso ao seu terreno. Qd comprei a minha casa tinha um portão de acesso que era aberto por qualquer pessoa e vim a saber que os vizinhos entravam no terreno para apanhar limoes. A primeira oportunidade que tive mandei substituir os portões e levantar chapas a volta do meu muro. Foi remédio santo.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Fabioazevedo123

  5.  # 4

    se já certificou que na escritura não existe serventia do poço a nenhum vizinho, é vedar o acesso ao terreno.
  6.  # 5

    Desde já obrigado... Ora, já pensei em fechar o mesmo, nem que seja provisoriamente solda ló, mas ele teria que retirar o motor primeiro ... Vai criar conflitos mas também não posso deixar abusar... Já que também lá iam a fruta e castanhas, a casa agora tá habitada, tem proprietário, não pode fazer o que lhe apetece.
    Concordam com este comentário: PedroGomes
  7.  # 6

    A melhor maneira é resolvendo o assunto numa só vez: tomando posse do que é seu.
    Vede o terreno. Coloque tampa/grelha no poço para evitar acidentes.
  8.  # 7

    Faça de conta de que não sabe de quem é o motor e desmonte-o de lá para fora. O dono irá pedi-lo e nessa altura devolve com a indicação de que na sua propriedade não se entra.
    Concordam com este comentário: HAL_9000
  9.  # 8

    Eu diria que o primeiro passo
    e falar com ele.
    É que você é que vive ai.
    Fale primeiro , não vá algo ter sido omitido pela vendedora.
    E depois de falar logo vê a melhor forma , consoante o nível da conversa.
    Penso que entrar a bruta , tanto pode resolver de uma vez, como pode arranjar complicações para o resto da vida.
  10.  # 9

    Boas amigos, agradeço desde já todos os comentários, tenho mais uns dados acrescentar, descobri hoje que existe de de facto uma uma escritura que remonta a 1932 em que consta lá cedência de passagem ou água do poço algo assim deste gênero, escritura está da casa antiga que lá existia, antes de deitarem abaixo construírem a casa que agora é minha em 1990. agora a minha dúvida e se esta escritura será vitalícia visto ter sido a primeira .

    Cpmts
  11.  # 10

    A cedência de passagem nada têm a ver com a casa , se existe e está escrito , é obrigado a dar e a mesma e nunca cessa , quanto ao fornecimento de água têm que ver o que está escrito e o que diz a lei !
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Fabioazevedo123
  12.  # 11

    O que diz a caderneta predial da sua casa? Tem alguma servidão registada?
  13.  # 12

    Não sou especialista disto, mas se o seu vizinho tiver um poço/furo, talvez possa extinguir a servidão.

    Cumprimentos
  14.  # 13

    A caderneta predial da minha casa não refere nada a cedência de servidão.
  15.  # 14

    Mas já falou com o vizinho?
    Antes de fazer qualquer coisa, porque não pergunta ao vizinho isso mesmo. Se ele tem poço, porque precisa daquele.
  16.  # 15

    Ja sim, aproveitei o facto de ele estar a entrar no terreno , e abordei o em relação ao assunto... O rico senhor diz que tem direito, o facto de ter poço não significa nada, tira a água as vezes que forem precisas sem autorização, e que quem lhe deixou este direito já tá debaixo da terra a muitos anos.... E que vai até ao fim do mundo e do inferno pelos seus direitos... Esta última frase 😂
  17. Ícone informação Anunciar aqui?

  18.  # 16

    Aterre o poço!
  19.  # 17

    Se assim é tem várias maneiras de o chatear.

    Primeiro, deixe tirar água... mas avise desde já que a bomba não pode ficar lá. Ele que a leve quando for tirar água e que a tire de lá.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Fabioazevedo123
  20.  # 18

    Colocado por: Fabioazevedo123E que vai até ao fim do mundo e do inferno pelos seus direitos...


    Ui, mais um estúpido. Boa sorte com isso.

    Essencialmente, consulte um advogado. O direito à água prender-se-á com a incapacidade à altura de ter um poço/furo, coisa que está resolvida - verifique que não foi uma venda de terreno, onde isso foi uma contrapartida. Se ele também tem um poço ao pé do seu, provavelmente terão o mesmo lençol freático, pelo que ladainhas de "às vezes falta-me água no poço ou assim", ficam um bocado por terra, dependendo da profundidade do dito.

    Se tem uma cedência de passagem, mas o vizinho tem acesso directo à via pública também poderá eventualmente extinguir isso. Faça uma pesquisa no fórum por "servidão de passagem" e "servidão de águas".

    Não se esqueça que tem que se aconselhar com um profissional competente. Os tópicos são para ter uma ideia das coisas.

    Cumprimentos.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Fabioazevedo123
  21.  # 19

    De onde vem a alimentação dessa bomba? Se por ventura a bomba se avariar o seu vizinho tem permissão para entrar no terreno para reparação? Entendeu a dica? 😉
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Fabioazevedo123
  22.  # 20

    Boas amigo, peço desculpa pela minha ausência, mas, trabalho, agricultura e outras situações tem me levado o tempo todo..
    Ora bem, agradeço as vossas opiniões,e tenho novidades, motor fora do meu terreno, portão saiu fora e levou rede. In pack 😋.. veio cheio de paleio mas razão 0. O documento que ele tinha já não vale nada e eu não tenho obrigações nenhumas..
    Concordam com este comentário: PedroGomes, Mjdias
    Estas pessoas agradeceram este comentário: PedroGomes, zed
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">