Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa Tarde,

    Tenho 26 anos e gostava que me ajudassem a perceber qual a melhor opção que eu tenho a nível de habitação. Já lí outras threads mas nenhuma se adapta ao meu caso, pelo que peço desculpa se for repetitivo.

    Não tenho nenhum crédito activo, apenas <400€. Embora não seja para já que quero arranjar casa, preciso de alinhar tudo em conformidade.

    Prevejo que as minhas despesas mensais sejam as seguintes (pior cenário possível):
    >Gás - 50
    >Passe - 40
    >Água - 40
    >Luz - 40
    >Net - 40
    >Dispensa - <=90
    ________________
    >Total: 300

    Acresce de condomínio (provavelmente) e outras coisas que devo não estar a contar...

    O problema?
    Ganho o SMN (~650€). Por isso, considero que seja necessário financiamento a 100%. Prevejo que a minha taxa de esforço seja um pouco acima do aconselhável.

    O ideal seria um T3, pois assim poderia alugar 1 quarto e ter um boost. Eu percebo que talvez tenha descrito algo um tanto idílico (?) mas sou bastante ignorante na matéria.

    A razão pelo qual prefiro comprar (vs alugar) seria porque estar em um quarto alugado "kinda defeats the point" em conquistar a tão preciosa liberdade (há projectos da minha parte que estão a ficar para trás pela questão da privacidade e outras coisas que prefiro deixar por dizer).

    Qualquer crítica [desde que construtiva] é bem-vinda e/ou conselho.

    Atirem-me uns "nuggets" de sabedoria, por favor. Partilhem as vossas experiências. :)

    Obrigado,

    Nakidka
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Qual a localização pretendida?
    Qual o valor que teria disponível para pagar um crédito habitação?
  4.  # 3

    Colocado por: PalhavaQual a localização pretendida?
    Qual o valor que teria disponível para pagar um crédito habitação?


    Linha de Sintra-Azambuja ou Barreiro

    E 200-300.

    Porém, também estou aberto a casas da Câmara, habitação "jovem" (há um termo específico para isto-arrendamento social?), etc.

  5.  # 4

    Colocado por: NakidkaPorém, também estou aberto a casas da Câmara, habitação "jovem" (há um termo específico para isto-arrendamento social?), etc.

    Acho que é esse o caminho.
    A não ser que tenha bons fiadores e uma entrada para dar para o imóvel.
  6.  # 5

    Colocado por: Nakidka>Gás - 50
    >Passe - 40
    >Água - 40
    >Luz - 40
    >Net - 40
    >Dispensa - <=90
    ________________


    Não gastas 50€ em gás, uma botija de gás custa uns 25€ e chega-te bem para uns 2 meses, gás canalizado ainda é mais barato.

    Água depende muito do concelho, cada câmara tem o seu preço, eu para duas pessoas gasto vinte e poucos euros...

    Luz também para duas pessoas gasto cerca de 35€-45€, por isso só para uma será menos.

    Net facilmente consegues por trinta e poucos euros tv-net-voz, por 40€ já deves conseguir associar um telemóvel.

    90€ para comida, higiene etc, é que acho mais difícil, mesmo sendo só para uma pessoa, com algum cuidado nas compras, aproveitando as promoções e comprando o básico talvez uns 150€.

    Colocado por: NakidkaGanho o SMN (~650€). Por isso, considero que seja necessário financiamento a 100%.


    No teu caso terias certamente que adquirir um imóvel do banco. Não é impossível, conheço quem o tenha feito sendo efectiva a ganhar o ordenado mínimo (embora tenha também um part-time à parte mas onde não é efectiva).
  7.  # 6

    Sem dúvida aconselho o arrendamento camarário ( fiável e a preços razoáveis , apesar das listas de inscrição, que são enormes ( no último concurso da CM Lisboa , para 35 casas , inscreveram-se 700 pessoas ) . Este link é bastante útil no seu caso : http://www.mercadosocialarrendamento.msss.pt/imoveis/pesquisa.jsp

    No entanto, “lê-se” que existem vários projectos a caminho.
    O cenário do t3 é arriscado e quase impossível de se conseguir se não tiver nada para dar de entrada.

    P.S. 90€ para comida é quase impossível, ( a não ser que tenha umas listas de compras restridissimas ) . Tire 25 € do gás , ponha os em “talho” , pelo menos complementa com o valor da “dispensa” .
    Conselho : ponha como despesa mensal 20€ ( urgência ) este sempre foi um passo que segui desde que sai da casa dos meus pais e nem eu imaginava o quanto eu iria amealhar e as vezes que me ia safar :)
  8.  # 7

    Colocado por: NakidkaBoa Tarde,

    Ganho o SMN (~650€).
    Nakidka


    Um pequeno reparo... Ganha 50 euros a mais que o salário mínimo nacional... uma vez que este é de 600€


    Em relação ao resto, poderá conseguir cortar aí umas despezazitas... nomeadamente em relação ao gás que se for apenas para uma pessoa está um pouco inflacionado... Em relação à dispensa como refere, não creio que 90€ sejam suficientes, nem aconselho a apertar o cinto nesse tipo de coisas, aliás convém até dar aí uma folga financeira para depois não ter de andar sempre a "Comer Sopa" acho muito bem que invista nesse projecto ou sonho, mas tenha em especial atenção todos os gastos que poderão ocorrer daí... e nunca descurando o facto que a Euribor neste momento está "barata" mas... mais para baixo não irá com toda a certeza... a tendencia mais ano menos ano é ir no sentido oposto, ou seja up up ^^ e depois se lhe aparecer uma prestação de 400€ ao invés de 300€ tem folga financeira para suportar?
    Eu sei que infelizmente as rendas não são solução... e deixe-me dizer-lhe que isso até me revolta, pois um casal que ganhe o ordenadito minimo e DEVERIA ter direito à vida digna de se unirem e constituírem familia, mas depois deparam-se com um renda de 600 ou até mais por um simples T2 ou até um T1... se a essas despesas somarem água, luz, gás, comida, deslocações para o trabalho, por algo de lado para o IMI, para as revisões do carro, inspecção, IUC, e certamente estarei a esquecer-me de algo... pergunto-me como é que o dinheiro chega??? Já para não falar de ser muito difícil terem um filho, pois aí as despesas aumentariam e o ordenado continuaria o mesmo... com fraldas roupas, leite... etc etc.. o dinheiro não chega!!! Mas é que não chega mesmo!!! Se somarmos tudo isto ultrapassa os 2 ordenados mínimos!!!
    Agora pergunto-me como é que as pessoas conseguem viver? Ou são médico ou professores (e mais umas profissões com um bom salário) ou tristemente não conseguem viver condignamente... isso revolta-me...
    Eu já não digo que toda a gente deveria de ter uma moradia ou apartamento T4 com acabamentos de qualidade superior e um ecra 4K de 65 polegadas na sala, isso deixava para os médicos que ganham bem e podem ter isso, mas pelo menos poderem ALUGAR uma "casita" que infelizmente nunca será deles... e nem isso é possível...
    O preço das rendas em certos locais é simplesmente desumano!!! É a ganância no seu estado mais puro!!!
    Aqui na minha zona é rendas de:
    T1 - » 400 - 600
    T2 - » 500 - 800
    Perante tais práticas é mais que normal que as pessoas tentem comprar e pagar uma prestação de 300€ ao banco por algo que um dia poderá ser deles (os dos Herdeiros)

    Eu pergunto-me é onde é que isto vai parar!? Que inflação nos arrendamentos é esta???
    Que tristeza que tenho quando penso nisto...
  9.  # 8

    Já agora acrescento que uma pessoa sozinha tb deveria ter direito a viver numa casita. Se é difícil para um casal imagine para uma pessoa só e que mt vezes tb tem filhos ou outros dependentes.
    É que o preço da casa é o mesmo e o aluguer de água, luz e gás tb. Só diminuem as despesas variáveis, ou seja os consumos.
    Concordam com este comentário: Duarte&Mena
    • zed
    • há 3 dias

     # 9

    Colocado por: NakidkaAtirem-me uns "nuggets" de sabedoria, por favor.


    O arrendamento pode ser mais vantajoso em termos financeiros. É preciso fazer bem as contas e não limitar-se a seguir o rebanho.

    Comece por aqui: https://www.nytimes.com/interactive/2014/upshot/buy-rent-calculator.html

    A razão pelo qual prefiro comprar (vs alugar) seria porque estar em um quarto alugado "kinda defeats the point" em conquistar a tão preciosa liberdade


    Aqui cada um sabe de si. Regra geral uma casa arrendada confere a mesma privacidade que casa própria. O que uns vêem como liberdade outros vêem como uma sentença de 30-40 anos de servilismo ao banco, depende do que se valoriza.
    • zed
    • há 3 dias

     # 10

    Colocado por: NakidkaAcresce de condomínio (provavelmente) e outras coisas que devo não estar a contar...

    Sim.

    Casa: IMT, IMI, seguro habitação, seguro de vida, manutenção da casa, custo de equipar a casa.

    Outros: despesas saúde, prestação do tal crédito de 400, outras que não despensa (detergentes, champôs, etc), roupa, despesas inesperadas...
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">