Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia,
    Estou a pensar adquirir um imóvel, que será para mim o primeiro imóvel, visto viver em união de facto, e o crédito que o meu companheiro possui está só em nome dele. Assim com as imposições do Banco de Portugal, os empréstimos para HPP estão financiados a 90% e os de HS estão financiados a 80%. Aqui está o problema?
    Assim pensei em adquirir o bem mudando para lá a minha morada fiscal, só para efeitos de solicitar o crédito e conseguir que a banca me dê os 90 % ?
    Quem pode ajudar...ou quem já tenha feito algo parecido...quais os problemas futuros...
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    O seu discurso está confuso.
    É melhor clarificar, eu pelo menos não percebi grande coisa do que pretende.

    Vai comprar com o seu companheiro um novo imóvel, vai comprar a metade dele, vai comprar sozinha/sozinho? Não percebi. :/

    Colocado por: amstrongAssim pensei em adquirir o bem mudando para lá a minha morada fiscal, só para efeitos de solicitar o crédito e conseguir que a banca me dê os 90 % ?

    E tem os 10%?
    Pode fazer isso à vontade.
    Não percebo é para que é que vai comprar uma casa quando já mora numa?!
  4.  # 3

    Passo então a clarificar! O objectivo é que o banco financie a 90 %, o imóvel que vou comprar seria (habitação secundária), mas para conseguir o financiamento a 90%, tenho de mudar para lá a minha morada fiscal? Porque se comprar como secundária ou para arrendamento o financiamento fica vedado a 80% do empréstimo? Fiz me entender!!
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    Fez.
    Pode.

    Em teoria, são declarações falsas à Autoridade Tributária, prática punível por lei.
    Na prática, ninguém vai controlar se lá mora ou não.
    Veja isto como passar fora da passadeira. É proibido? É. Alguém liga a isso? Não.

    Tenha em atenção que essa questão de habitação própria e permanente e habitação secundária não se reduz aos 80%/90% do empréstimo.
    Tem implicações fiscais relativamente importantes: declaração de IRS, isenção de IMT, mais valias numa futura venda, etc.

    Muitos pontos de exclamação. Poupe-os que podem ser precisos quando menos espera e depois não tem nenhum para usar.
  7.  # 5

    Eu vou comprar sozinha o imóvel, mas preciso que o banco me financie a 90%, que só é possível para Habitações próprias, não para o efeito que quero, ou seja segunda habitação? Para fazer isto "trocava" as voltas e mudava a minha morada fiscal para o sitio da habitação que pretendo comprar durante os 3 anos de isenção de IMI? Pergunto se alguém já fez alguma coisa do género?
  8.  # 6

    Colocado por: amstrongPasso então a clarificar! O objectivo é que o banco financie a 90 %, o imóvel que vou comprar seria (habitação secundária), mas para conseguir o financiamento a 90%, tenho de mudar para lá a minha morada fiscal? Porque se comprar como secundária ou para arrendamento o financiamento fica vedado a 80% do empréstimo? Fiz me entender!!


    fez-se entender perfeitamente, nao tem dinheiro e quer enganar o sistema....
    consulte um banco, se tiverem interesse em si como cliente eles explicam-lhe como fazer!
  9.  # 7

    Colocado por: amstrongEu vou comprar sozinha o imóvel, mas preciso que o banco me financie a 90%, que só é possível para Habitações próprias, não para o efeito que quero, ou seja segunda habitação? Para fazer isto "trocava" as voltas e mudava a minha morada fiscal para o sitio da habitação que pretendo comprar durante os 3 anos de isenção de IMI? Pergunto se alguém já fez alguma coisa do género?


    Se o crédito do seu companheiro só está em nome dele não há qualquer problema: indica ao banco que a casa que deseja comprar será a sua nova habitação própria permanente e depois de a adquirir muda para lá a sua morada fiscal permanentemente (ou pelo menos até acabar de pagar o crédito, e não apenas pelos 3 anos, como está a sugerir)

    Desde 2016 que as uniões de facto não exigem que ambos os membros do casal tenham a mesma morada fiscal.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: baltika
  10.  # 8

    Obrigado pedrosslp pela resposta, então acha que não há problema em termos de finanças? Ninguém vai averiguar se habito ou não a casa?
  11.  # 9

    Colocado por: amstrongObrigado pedrosslp pela resposta

    De nada.
  12.  # 10

    Colocado por: PoisÉ
    De nada.


    De facto a malta se hoje não sabe usar as pontuações.

    Não é só a AT que engana, se o banco também for enganado pode pedir a devolução do crédito ou encarecer o mesmo. Foi o que me disseram, vendo ao preço que comprei.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">