Iniciar sessão ou registar-se
    • Bi91
    • 4 fevereiro 2020

     # 61

    Boa tarde Luís, precisava que me tirasse uma dúvida, caso seja possível.
    Na CGD disseram-me que para comprar uma casa a precisar de obras/ruína apenas emprestam 80% e não 90%(isto no caso de uma ruína que andei a ver mas não avancei), mas no caso da casa ser anterior a 1950 e estar minimamente habitável algum banco empresta os 90%? Não me incomoda muito a avaliação porque o valor é mesmo baixo, mas uma coisa é avaliar como uma casa e outra é como ruína que só vale essencialmente o terreno e talvez precise de projeto aprovado.
  1.  # 62

    Boa tarde,

    Sim, tendo um documento da CM a confirmar a isenção de licença de utilização e tendo condições minimas de habitabilidade os bancos emprestam 90% do valor de aquisição condicionado a que a avaliação o permita. Agora, quais as condições minimas para que o avaliador considere a casa habitável e dê o seu aval, sinceramente não sei. Tem que ter sanita. lava loiça, telhado, etc,etc
    Outra coisa, se entrar com um processo de aquisição + obras, que garantam essa tal habitabilidade, aí sem dúvida que terá financiamento a 90%, desde que esses 90% sejam inferiores a 80, 85 ou 90% da avaliação, dependendo do banco. Há 15 dias aprovei uma ruína em adobe, isenta de licença de habitação, + obras, e foi financiada a 90%, 90%!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Bi91
    • Bi91
    • 5 fevereiro 2020

     # 63

    Obrigada pelo esclarecimento Luís.
    Ainda não agendei a visita ao imóvel, mas já passei lá a caminho de casa e do que me parece pelas fotos e pela aparência exterior está habitável, apesar de ser uma casa antiga.
    Quando souber mais e se for para avançar, enviar-lhe-ei um email com mais pormenores.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: luisDS
  2.  # 64

    Boa tarde Luis,

    90% sobre o valor do imóvel na compra ou sobre a avaliação do imóvel após as obras?

    Estou a pensar comprar uma moradia que precisa de ser reabilitada. Conto gastar 120k aquisição + obras. Qual o valor financiado pelos bancos?

    Obrigada
  3.  # 65

    Colocado por: Coliveira91Boa tarde Luis,

    90% sobre o valor do imóvel na compra ou sobre a avaliação do imóvel após as obras?

    Estou a pensar comprar uma moradia que precisa de ser reabilitada. Conto gastar 120k aquisição + obras. Qual o valor financiado pelos bancos?

    Obrigada


    Boa tarde,

    É 90% do valor de aquisição!
    Por exemplo, compra por 70k e quer fazer obras de 50k:
    O banco financia 90% dos 70K, ou seja 63K e depois nas obras o mesmo, ou seja 45k. No entanto, na parte das obras, pode conseguir mais.
    Se quiser que eu explique melhor envie-me email privado.
  4.  # 66

    Boa tarde Luis,
    Nao sei se me pode ajudar,mas tenho um credito de 95000€ feito em 2017 e tenho andado a ler que possivelmente posso poupar algum dinheiro ao transferir o empréstimo para outro banco. É possivel? Quanto custa e quanto vou poupar?
    Obrigada
  5.  # 67

    Colocado por: Anasantos05Boa tarde Luis,
    Nao sei se me pode ajudar,mas tenho um credito de 95000€ feito em 2017 e tenho andado a ler que possivelmente posso poupar algum dinheiro ao transferir o empréstimo para outro banco. É possivel? Quanto custa e quanto vou poupar?
    Obrigada


    Boa noite Ana,

    Sim, claro que é possível. Quase de certeza, tendo o seu crédito sido feito há mais de 2 anos, terá neste momento acesso a um spread mais baixo. Claro que convém que a sua situação laboral seja equivalente ou melhor do que era quando fez o seu pedido de crédito.
    Hoje em dia há alguns bancos que lhe farão a transferência integralmente gratuita, pelo que o custo total da transferência deverá ser zero!
    O valor que vai poupar depende de vários factores, mas essencialmente do spread que tem actualmente no seu contrato, mas pode ascender facilmente a vários milhares de € de poupança na totalidade do seu contrato de crédito.
    Se pretender que eu analise o seu caso, sem qualquer compromisso, necessito de mais informação, essencialmente o seu spread actual, se tem taxa fixa ou variável, o montante exacto em dívida, o prazo remanescente do contrato, a sua/vossa idade e a sua/vossa situação laboral (efectivos ou contrato a termo).
    Pode enviar essa informação para o email [email protected]
  6.  # 68

    Muito boa noite,
    Tenho uma dúvida que ainda ninguém me soube esclarecer ! Espero que aqui me consigam dar alguma informação :)

    Estou a meio de um processo de crédito habitação, a documentaçao foi toda entregue, fiadores, etc (devo dizer que levou pelo menos 3 semanas até á "aprovação") , recebi o telefonema do banco a informar que tava pre aprovado o valor pedido, entretanto marcámos a avaliacao da casa e a mesma até foi avaliada muito acima do estipulado pelo que foi optimo para a concessao ddofinanciamento. após isto informaram que iam enviar entao a documentacao toda novamente juntamente com a avaliacao da casa e que tinha de esperar 2/3dias .

    Ora, a minha duvida é, o banco vai novamente verificar os nossos dados bancários/taxas de esforço,verificar creditos etc ou agora já so tem a ver com o valor do imovel para prosseguirem com o agendamento da escritura??!

    ObriGada !
  7.  # 69

    Colocado por: inesf994Muito boa noite,
    Tenho uma dúvida que ainda ninguém me soube esclarecer ! Espero que aqui me consigam dar alguma informação :)

    Estou a meio de um processo de crédito habitação, a documentaçao foi toda entregue, fiadores, etc (devo dizer que levou pelo menos 3 semanas até á "aprovação") , recebi o telefonema do banco a informar que tava pre aprovado o valor pedido, entretanto marcámos a avaliacao da casa e a mesma até foi avaliada muito acima do estipulado pelo que foi optimo para a concessao ddofinanciamento. após isto informaram que iam enviar entao a documentacao toda novamente juntamente com a avaliacao da casa e que tinha de esperar 2/3dias .

    Ora, a minha duvida é, o banco vai novamente verificar os nossos dados bancários/taxas de esforço,verificar creditos etc ou agora já so tem a ver com o valor do imovel para prosseguirem com o agendamento da escritura??!

    ObriGada !


    Só tem a ver com o valor de compra negociado. A avaliação somente impactaria no financiamento se inferior ao valor de compra fosse.
  8.  # 70

    Colocado por: newtonc

    Só tem a ver com o valor de compra negociado. A avaliação somente impactaria no financiamento se inferior ao valor de compra fosse.



    bom dia, obrigada desde já pela resposta!
    No entanto, a minha questão prende-se mais por saber se o banco vai verificar novamente os nossos registos de crédito?! isto porque me foi dito que agora seria o Banco de Portugal a dar o OK ?! O quê que o Banco de Portugal vai avaliar aqui neste pedido de crédito habitação?!

    Obrigada
  9.  # 71

    Em termos simples, conceder um crédito é uma competência da instituição financeira em causa, no entanto esta usa informação do banco de Portugal para o efeito. Informação essa que para ela contribui a própria instituição. Há naturalmente legislação que tem de respeitar.

    Se não alterou o seu estado, ou seja, estar em lista negra ou com alto nivel de endividamento, não tem de se preocupar muito com o BdP.

    Face a um novo elemento é normal o banco demorar mais algum tempo. Há entidades e trabalhadores mais rápidos que outros.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: inesf994
  10.  # 72

    Tenho uma questão relativa ao período de utilização de capital de um crédito de auto construção. Geralmente esse período é de 48 meses e coincide com o período de carência.

    Ora bem, devido a atrasos vários para iniciar a obra, agravados com a Co-VID 19, não sei se o empreiteiro consegue acabar a casa nesse no período 48 meses. Considerando que o período de carência termina na mesma nos 48 meses, sabem se é possível estender o período de utilização de capital mais alguns meses?
  11.  # 73

    Colocado por: HAL_9000Tenho uma questão relativa ao período de utilização de capital de um crédito de auto construção. Geralmente esse período é de 48 meses e coincide com o período de carência.

    Ora bem, devido a atrasos vários para iniciar a obra, agravados com a Co-VID 19, não sei se o empreiteiro consegue acabar a casa nesse no período 48 meses. Considerando que o período de carência termina na mesma nos 48 meses, sabem se é possível estender o período de utilização de capital mais alguns meses?


    é tudo possivel desde que o banco concorde.

    ao fazer o crédito, assinou um contrato com o banco. Teoricamente todos os contratos podem ser renegociados desde que ambas as partes estejam de acordo. Neste caso aumentar o periodo de carencia iria aumentar a prestação mensal, já que a prestação foi calculada para ser paga em X meses mas ao estender a carencia ela vai ser paga em menos meses.

    no entanto isto é tudo paleio, porque na pratica negociar com o banco é como falar contra uma parede, duvido que o banco seja sensivel ao seu problema e o mais provável é que no fim dos 48 meses, como casa feita ou não, começa a abater o capital em divida.
  12.  # 74

    Colocado por: pauloagsantosmais provável é que no fim dos 48 meses, como casa feita ou não, começa a abater o capital em divida.

    Eles podem começar a abater o capital em dívida, para mim não é problema. Agora imaginemos que ao fim de 48 meses a casa está a 85 %, portanto usei 85% do dinheiro pedido. Haverá possibilidade de vir a usar os 15 % em falta?

    Tem razão quando diz que tenho de renegociar com o banco, a minha questão era no sentido de saber se haveria precedente entre algum dos membros do forum.

    Vejo muitas casas que estão a ser construídas há mais de dois anos, mas isso não significa que o estejam a ser com recurso a crédito.
  13.  # 75

    Colocado por: HAL_9000
    Eles podem começar a abater o capital em dívida, para mim não é problema. Agora imaginemos que ao fim de 48 meses a casa está a 85 %, portanto usei 85% do dinheiro pedido. Haverá possibilidade de vir a usar os 15 % em falta?

    Tem razão quando diz que tenho de renegociar com o banco, a minha questão era no sentido de saber se haveria precedente entre algum dos membros do forum.

    Vejo muitas casas que estão a ser construídas há mais de dois anos, mas isso não significa que o estejam a ser com recurso a crédito.


    O banco só paga com base no que está construído e tal como é avaliado. A aprovação de um montante é sempre condicionada nesses termos. Se com esses 85% construídos a avaliação for suficiente, o banco paga o respectivo
  14.  # 76

    Mas 48 meses de carência... TOP!
  15.  # 77

    Colocado por: pguilhermeMas 48 meses de carência... TOP!
    Esqueca, são 24 meses de carência, enganei-me.
    Como assim se esses 85% cobrirem? Eu pedi 60% do valor da casa, mas pensei que o banco só me dava a fração final dos 60% quando a casa estivesse pronta. Ou seja se estava 85% concluída, o banco liberta até 86% dos 60% pedidos, não é assim que funciona?
  16.  # 78

    Ah, a fracção final, pois.... Provavelmente para além da avaliação, deverá estar condicionado pela licença de utilização ou assim. Não sei dizer :(
  17.  # 79

    Colocado por: inesf994Muito boa noite,
    Tenho uma dúvida que ainda ninguém me soube esclarecer ! Espero que aqui me consigam dar alguma informação :)

    Estou a meio de um processo de crédito habitação, a documentaçao foi toda entregue, fiadores, etc (devo dizer que levou pelo menos 3 semanas até á "aprovação") , recebi o telefonema do banco a informar que tava pre aprovado o valor pedido, entretanto marcámos a avaliacao da casa e a mesma até foi avaliada muito acima do estipulado pelo que foi optimo para a concessao ddofinanciamento. após isto informaram que iam enviar entao a documentacao toda novamente juntamente com a avaliacao da casa e que tinha de esperar 2/3dias .

    Ora, a minha duvida é, o banco vai novamente verificar os nossos dados bancários/taxas de esforço,verificar creditos etc ou agora já so tem a ver com o valor do imovel para prosseguirem com o agendamento da escritura??!

    ObriGada !


    Penso que básicamente pediram a emissão das cartas de aprovação, e obviamente vão verificar tudo, inclusivamente a sua situação no Banco de Portugal.
    •  
      luisDS
    • 28 abril 2020 editado

     # 80

    Colocado por: HAL_9000çar a abater o capital em dívida, para mim não é problema. Agora imaginemos que ao fim de 48 meses a casa está a 85 %, portanto usei 85% do dinheiro pedido. Haverá possibilidade de vir a usar os 15 % em falta?


    Colocado por: HAL_9000Tenho uma questão relativa ao período de utilização de capital de um crédito de auto construção. Geralmente esse período é de 48 meses e coincide com o período de carência.

    Ora bem, devido a atrasos vários para iniciar a obra, agravados com a Co-VID 19, não sei se o empreiteiro consegue acabar a casa nesse no período 48 meses. Considerando que o período de carência termina na mesma nos 48 meses, sabem se é possível estender o período de utilização de capital mais alguns meses?


    Boa noite,

    Sim, é muito normal entenderem mais 12 meses. E depois eventualmente mais 12 meses.
    Não se esqueça que os bancos não são nem querem ser empreiteiros. Desde que a obra esteja a andar e tenha motivo válido, dificilmente não lhe estendem o prazo. Se virem que só os está a enrolar e que nunca vai acabar a casa, aí a conversa será outra.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HAL_9000
 
0.0405 seg. NEW