Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Já este ano apareceram algumas notícias a dar conta que no ano 2020 se ia apostar na construção para a classe média na região de Lisboa.

    Essas notícias até davam conta que em concelhos periféricos já tinha iniciado construção nova para a classe média. No entanto o que vejo é construção em que o T3 custa mais que 300-350 mil euros.

    Será que sou eu a achar que este segmento não é classe média ou a minha definição de classe média está complemente distorcida?
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Sabe que Lisboa abrange os seguintes concelhos (alguns de facto têm T3 abaixo de 300k):
    Amadora (cidade)
    Cascais (vila)
    Lisboa (cidade-capital)
    Loures (cidade)
    Mafra (vila)
    Odivelas (cidade)
    Oeiras (vila)
    Sintra (vila)
    Vila Franca de Xira (cidade)
    • RCF
    • 4 Fevereiro 2020

     # 3

    Torres Vedras...
  4. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  5.  # 4

    Colocado por: fcouceloSabe que Lisboa abrange os seguintes concelhos (alguns de facto têm T3 abaixo de 300k):
    Amadora (cidade)
    Cascais (vila)
    Lisboa (cidade-capital)
    Loures (cidade)
    Mafra (vila)
    Odivelas (cidade)
    Oeiras (vila)
    Sintra (vila)
    Vila Franca de Xira (cidade)


    Estava a falar de construção nova ...
  6.  # 5

    Se podem vender por 300K porque que hão de vender por menos?
    Concordam com este comentário: Sr.io
  7.  # 6

    Colocado por: Pedro H.Já este ano apareceram algumas notícias a dar conta que no ano 2020 se ia apostar na construção para a classe média na região de Lisboa.

    Essas notícias até davam conta que em concelhos periféricos já tinha iniciado construção nova para a classe média. No entanto o que vejo é construção em que o T3 custa mais que 300-350 mil euros.

    Será que sou eu a achar que este segmento não é classe média ou a minha definição de classe média está complemente distorcida?


    O seu sentido de classe media está distorcido.
    Concordam com este comentário: Joao Dias
  8.  # 7

    A classe média é um bicho raro que está em vias de extinção.
    Muito popular nos anos 70-80 mas que com a entrada do novo milénio viu a sua população reduzida drasticamente.
  9.  # 8

    Colocado por: larkhe

    O seu sentido de classe media está distorcido.


    Concordo que está distorcido. Para a zona de Lisboa diria que a classe média se situa no segmento entre os 300-400k. Abaixo disso é média-baixa, acima disso é média-alta.

    Duas pessoas que façam 1500€ limpos cada, conseguem facilmente suportar um empréstimo nesses valores.
    Concordam com este comentário: Joao Dias
  10.  # 9

    Colocado por: Pedro H.

    Estava a falar de construção nova ...


    muito dificilmente irá conseguir casas novas por menos de 350 mil na região de Lisboa, só se for no concelho de Sintra mas no Cacem/Rio de Mouro. No concelho de Cascais e Oeiras por exemplo um T3 nova atira-se para 500 mil. A verdade é que as pessoas que vivem nesses sítios conseguem pagar porque as casas aparecem à venda e desaparecem num instante. Por 300 só se for em 2ª mão
  11.  # 10

    Colocado por: pedrosslp

    Concordo que está distorcido. Para a zona de Lisboa diria que a classe média se situa no segmento entre os 300-400k. Abaixo disso é média-baixa, acima disso é média-alta.

    Duas pessoas que façam 1500€ limpos cada, conseguem facilmente suportar um empréstimo nesses valores.



    Mas é isso mesmo que acho estranho.

    Para ganharem 1500 limpos essas pessoas tinham que ganhar 2100 brutos o que é bem a cima da média para Lisboa.

    Para além disso este casal se quiser comprar uma casa de 350000 tem que poupar uns 18.000 euros para IMT, 70000 para a entrada, mais 1000 euros de despensas bancárias, mais 700 para o registo, mais 1680 euros num total espetacular de 91 380 euros. Que classe média é que tem 90 000 euros de poupanças?
    Concordam com este comentário: Nelhas, slicer
  12.  # 11

    Colocado por: JoelM
    Se podem vender por 300K porque que hão de vender por menos?


      O meu ponto não é em relação ao preço a que estão a vender. O ponto é que parece, do meu ponto de vista, haver uma incompatibilidade entre o que declaram ser como público alvo classe média e o preço a que colocam os apartamentos.
    •  # 12

      Colocado por: Pedro H.


      Mas é isso mesmo que acho estranho.

      Para ganharem 1500 limpos essas pessoas tinham que ganhar 2100 brutos o que é bem a cima da média para Lisboa.

      Para além disso este casal se quiser comprar uma casa de 350000 tem que poupar uns 18.000 euros para IMT, 70000 para a entrada, mais 1000 euros de despensas bancárias, mais 700 para o registo, mais 1680 euros num total espetacular de 91 380 euros. Que classe média é que tem 90 000 euros de poupanças?


      Se não consegue poupar isso, então não é classe média.
    •  # 13

      Colocado por: pedrosslp

      Concordo que está distorcido. Para a zona de Lisboa diria que a classe média se situa no segmento entre os 300-400k. Abaixo disso é média-baixa, acima disso é média-alta.

      Duas pessoas que façam 1500€ limpos cada, conseguem facilmente suportar um empréstimo nesses valores.


      1500€ limpos cada dá 3000€...um emprestimo desta natureza vai para um prestação na ordem dos 800€/mês...Facilmente é que não diria de maneira nenhuma porque os 1.200€ que sobram para pagar luz, gás, condominio, água, imi, alimentação, carro e filhos, são muito curtos.
    •  # 14

      O pessoal gosta de se considerar classe média, mas a verdade é provavelmente a maioria é classe pobre alta ou classe média baixa ... digo isto porque há uns anos atrás um economista dizia que classe média era ordenados de 5 mil euros mês para cima
      Concordam com este comentário: ivreis, bettencourt, desofiapedro
    •  # 15

      Colocado por: enf.magalhaesO pessoal gosta de se considerar classe média, mas a verdade é provavelmente a maioria é classe pobre alta ou classe média baixa ... digo isto porque há uns anos atrás um economista dizia que classe média era ordenados de 5 mil euros mês para cima

      E aí deixei de me considerar classe média
    • Ícone informação Anunciar aqui?

    •  # 16

      Entretanto também aprendi qualquer coisa.

      Fonte

      "O conceito define-se em termos do rendimento familiar que se encontra entre os 75% e os 200% do rendimento mediano nacional. No caso de Portugal, para se pertencer à classe média, é preciso ter um rendimento anual entre 8 700 euros e 23 300 euros. Estes valores estão calculados em paridade de poder de compra de 2010 para uma pessoa solteira. O rendimento mediano é de cerca de 11 400 euros/ano. Os valores não podem ser lidos como um espelho da realidade, uma vez que estão ajustados ao rendimento equivalente, que tem em conta as diferenças nas dimensões dos agregados e para efeitos de comparação foi considerado um solteiro sem dependentes ou ascendentes a cargo.

      A classe média portuguesa representa mais de 60% da população, ou seja, perto de 6,3 milhões de pessoas estão dentro da categoria definida pela OCDE. De acordo com o relatório da organização sedeada em Paris, quase 11% dos portugueses são considerados classe média alta, estando num patamar acima dos 200% do rendimento mediano nacional, representando cerca de 1,1 milhão de pessoas que ganham mais de 34 mil euros por ano. No lado oposto, ou seja, os pobres representam perto de 12% e a chamada classe média baixa é de cerca de 17%."
    •  # 17

      Colocado por: enf.magalhaesO pessoal gosta de se considerar classe média, mas a verdade é provavelmente a maioria é classe pobre alta ou classe média baixa ... digo isto porque há uns anos atrás um economista dizia que classe média era ordenados de 5 mil euros mês para cima


      Colocado por: enf.magalhaesO pessoal gosta de se considerar classe média, mas a verdade é provavelmente a maioria é classe pobre alta ou classe média baixa ... digo isto porque há uns anos atrás um economista dizia que classe média era ordenados de 5 mil euros mês para cima


      Sendo economista de formação concordo que rondará esse rendimento médio de um casal (conjuntamente) com 1 ou 2 filhos.

      Contudo, se estivermos a falar dum casal sem filhos esse valor já os projecta para classes privilegiadas.

      E claro, se esse valor for só para um adulto independente, ficará numa posição ainda mais priviligiada.
    •  # 18

      Colocado por: rjmpiresEntretanto também aprendi qualquer coisa.

      Fonte

      "O conceito define-se em termos do rendimento familiar que se encontra entre os 75% e os 200% do rendimento mediano nacional. No caso de Portugal, para se pertencer à classe média, é preciso ter um rendimento anual entre 8 700 euros e 23 300 euros. Estes valores estão calculados em paridade de poder de compra de 2010 para uma pessoa solteira. O rendimento mediano é de cerca de 11 400 euros/ano. Os valores não podem ser lidos como um espelho da realidade, uma vez que estão ajustados ao rendimento equivalente, que tem em conta as diferenças nas dimensões dos agregados e para efeitos de comparação foi considerado um solteiro sem dependentes ou ascendentes a cargo.

      A classe média portuguesa representa mais de 60% da população, ou seja, perto de 6,3 milhões de pessoas estão dentro da categoria definida pela OCDE. De acordo com o relatório da organização sedeada em Paris, quase 11% dos portugueses são considerados classe média alta, estando num patamar acima dos 200% do rendimento mediano nacional, representando cerca de 1,1 milhão de pessoas que ganham mais de 34 mil euros por ano. No lado oposto, ou seja, os pobres representam perto de 12% e a chamada classe média baixa é de cerca de 17%."


      "....Estes valores estão calculados em paridade de poder de compra de 2010..."
    •  # 19

      Carlos, só para clarificar, está a dizer que uma familia de classe média com 1 ou dois filhos está no centro dessa classe se tiver um rendimento anual bruto de 70000 euros?
    •  # 20

      Colocado por: Pedro H.Carlos, só para clarificar, está a dizer que uma familia de classe média com 1 ou dois filhos está no centro dessa classe se tiver um rendimento anual bruto de 70000 euros?


      Sim, por volta disso será classe média "real".

      Depois há alguns factores a ter em conta que podem dar mais alavancagem a uma família com esse rendimento. Como por exemplo, ter ou não filhos na escola pública ou privada, ter apenas um carro, ou dois, se o carro é de gama mais alta ou baixa, a zona onde adquire casa, se tem apenas um ou dois filhos, os hábitos de consumo, etc... Mas uma família com este rendimento pode fazer essas escolhas, depois de feitas essas escolhas fica mais ou menos folgada para férias, poupança, investimento,etc...
      Concordam com este comentário: ivreis
    data-ad-format="auto" data_ad_region="test">