Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,

    Actualmente vivo em casa arrendada e comuniquei em meados de Dezembro (com a antecedência de 120 dias) ao meu senhorio a rescisão do contrato de arrendamento pois vou viver para outra zona do país.

    A data de entrega do imóvel acordada foi a 30 de Abril de 2020 mas agora com o estado de Emergência que o país atravessa não sei se me é permitido realizar a mudança dos móveis e electrodomésticos que possuo para a nova residência e quais as regras que devo observar.
    Estive a ver as cláusulas do decreto do estado de Emergência que permitem a saida de casa e não tenho a certeza se esta mudança se enquadra na cláusula "motivos de força maior ou necessidade impreterível".

    Alguém na mesma situação já clarificou como se deve proceder e se é permitido? Sei que até 30 de Abril ainda falta um mês e pouco, mas com esta gente a ir passear para a praia como se nada fosse, não me parece que isto se resolva assim tão rapidamente e preocupa-me que não consiga entregar o imóvel na data acordada.

    Obrigado
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Já tive dois casos chegados que estão em mudança nesta altura, um desses casos tem a mudança agendada pra esta quarta feira ;)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: nunocoelho88
  4.  # 3

    Parece-me que a mudança de casa, seja um motivo de força maior.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: nunocoelho88

    • RCF
    • 23 Março 2020

     # 4

    Colocado por: nunocoelho88agora com o estado de Emergência que o país atravessa não sei se me é permitido realizar a mudança dos móveis e electrodomésticos que possuo para a nova residência e quais as regras que devo observar.

    Entendo ser possível.
    Em última análise, estará em deslocação para a sua residência e isso é permitido.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: nunocoelho88
  5.  # 5

    Boa tarde Nuno,

    Infelizmente encontramo-nos na mesma situação.

    Além das resposta aqui presentes, teve mais alguma informação complementar?

    Obrigado!
  6.  # 6

    Olá Guilherme,

    Sim, entrei em contacto directamente com a GNR para esclarecer. A resposta foi que podia fazer a mudança se fosse absolutamente necessário (imagem em anexo) sendo considerado motivo de força maior.

    Vou fazer a minha mudança na próxima sexta. Já tenho o stock de máscaras, luvas e desinfectante pronto também! :) Não contratei empresa de mudança... Aluguei uma carrinha e vamos fazer nos a mudança (3 pessoas) para evitar contacto com pessoas de fora. Vão ser duro mas lá tem de ser!

    Abraço
      Screenshot_2020-04-01-21-53-53-483_com.google.android.gm.jpg
  7. Olá Nuno!

    Obrigado pela informação, deixa-nos bastante mais tranquilos em avançar.

    Iremos contudo mudar apenas após a páscoa, dado que iremos mudar de concelho e a logística é maior.

    Boa sorte para a mudança!

    Cumprimentos
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">