Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,
    peço ajuda para resolver uma situação. Tenho um quarto alugado, numa casa que é minha, há cerca de 2 anos. Nunca fiz contrato com essa pessoa. Acontece que é uma pessoa muito problemática, tem provocado situações muito desagradáveis a outras pessoas que também vivem na casa e deixei de ter confiança nessa pessoa e até tenho receio do que possa fazer.
    Falei com o senhor, há cerca de 4 meses, para sair e que mês seguinte usufruiria do mês de caução. No final do mês nunca sai, arranja sempre uma desculpa e volta a pagar novamente a renda.
    pergunto o que poderei fazer para o colocar na rua, uma vez que nunca fiz contrato e tenho receio de alguma represália (já estou por tudo e até pago multa de assim for necessário às finanças).
    A minha vontade é mudar a fechadura da porta e combinar com ele posteriormente para lá ir buscar as suas coisas. Poderei fazer isso?
    Sou reformada por invalidez, não sei se isso tem algum benefício em relação ao facto de não ter contrato assinado. Tenho inclusive testemunhas (fotografias) de que ele entra nos outros quartos sem as pessoas lá estarem e tudo me diz que até o poderia colocar na rua com justa causa.
    Estou a tentar arranjar um advogado para que tudo se resolva o mais depressa possível.
    Podem ajudar-me a melhor forma de resolver esta situação?
    Muito obrigada
    IF
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Colocado por: isaurafariaNunca fiz contrato com essa pessoa.

    Asneira, mas por aquilo que diz parece que já aprendeu.


    Colocado por: isaurafariaA minha vontade é mudar a fechadura da porta e combinar com ele posteriormente

    Isso ainda seria pior. Sujeitava-se a ter de o indemnizar praticamente naquilo que ele quisesse.


    Colocado por: isaurafariaSou reformada por invalidez, não sei se isso tem algum benefício em relação ao facto de não ter contrato assinado.

    Isso não a desculpa em nada.


    Colocado por: isaurafaria(já estou por tudo e até



    Colocado por: isaurafariaEstou a tentar arranjar um advogado para que tudo se resolva o mais depressa possível.


    Um Advogado vai levar-lhe algumas centenas (ou mais) de euros e resolve-lhe o problema em vários meses (nunca menos de 6 meses).
    Acho que o que tem melhor a fazer é propor ao inquilino um pagamento seu para ele sair rapidamente. Parece um benefício do infractor (e é mesmo) mas é a melhor forma de se ver livre dele. Proponha pagar-lhe 1 ou 2 meses de renda do quarto e se ele não aceitar vá então para o Advogado. Mas ficará a perder em dois carrinhos se ele não sair de vontade dele.

    E na próxima faça contratos escritos para ficar mais defendida.
  4.  # 3

    Colocado por: isaurafaria
    Podem ajudar-me a melhor forma de resolver esta situação?
    Muito obrigada
    IF


    Não tendo formalizado o necessário contrato escrito, fica complicado impor termo ao arrendamento e, consequente, despejo.

    Será aconselhável uma boa negociação particular com o inquilino.
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    Muito obrigada. Sim, aprendi e de futuro farei sempre contrato.
  7.  # 5

    Não aceite o dinheiro das novas rendas, se necessário escreva-lhe uma carta a dizer que tem que sair, registada com aviso de recepção. Creio que deve avisar com 120 dias de antecedência. Ao fim dos 120 dias mude a fechadura da casa, alegue avaria, nunca do quarto de modo a que fique sempre dependente de si para entrar. Assim, pode abrir-lhe a porta, mas avisa desde logo que tem que arrumar a coisas e sair.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">