Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,

    Sou novo no fórum mas tenho andado a ler e a pesquisar bastante. Aproveito para felicitar todos os foristas por este espaço e pela qualidade de informação que aqui é trocada.

    Somos mais uma família de 4 que acalenta o sonho de passar de um pequeno apartamento para uma moradia e passar de uma zona urbana para a calma do campo/natureza. Já pensámos nas diversas alternativas (comprar moradia pronta a habitar (demasiado caro), comprar terreno e “construir” moradia modular ou pré-fabricada (mas já li que o crédito habitação não é fácil e não apresenta as melhores condições), etc).

    No entanto, tenho visto que existem programas de apoio à reabilitação de habitações com mais de 30 anos. A nossa ideia é procurar um terreno pequeno que tenha uma habitação (seja em ruínas ou não), nos concelhos de Sintra ou Mafra. Não queremos nada demasiado grande e espaçoso. Apenas que tenha algum espaço exterior e uma moradia T3. Não temos qualquer experiência nesta área e aqui começam as nossas milhentas dúvidas. Para já estamos apenas numa fase exploratória, a tentar obter a maior informação possível e ver se é uma ideia que poderá ter “pernas para andar”.

    - Se houver alguém que tenha passado (ou esteja a passar) por este processo e nos possa dar algumas luzes seria óptimo.

    - Sei que terei de fazer um projecto através de um arquitecto, no entanto, sei que alguns terrenos/habitações que se encontram à venda já têm projecto (aprovado ou não). Neste caso, é obrigatório seguir esse projecto à risca ou o mesmo pode sofrer alterações? Se optasse por algo com projecto já aprovado pouparia uns bons milhares de euros no arquitecto/projecto, correcto?

    - Tenho visto que existem bancos que, nestes casos, avaliam as habitações como elas se encontram à data da compra e outros que avaliam tendo em conta a requalificação que será realizada. Alguém sabe quais os bancos que avaliam de acordo com o resultado final?

    - Relativamente aos créditos habitação para estes casos, os bancos financiam as obras da habitação + terreno/espaço exterior?

    - Mais informações e/ou sugestões que possam acrescentar...

    Agradeço desde já a todos a atenção.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    A primeira coisa muito importante é definir qual o vosso valor de investimento.
    Já tem uma noção de quanto pretende investir no máximo?
  4.  # 3

    Colocado por: ADROatelierA primeira coisa muito importante é definir qual o vosso valor de investimento.
    Já tem uma noção de quanto pretende investir no máximo?


    Em princípio seria entre os 150.000€ e os 175.000€

  5.  # 4

    Para terreno e construção/remodelação?

    Colocado por: Pbelo6

    Em princípio seria entre os 150.000€ e os 175.000€
  6.  # 5

    É preciso que o projecto esteja aprovado e anda válido.
    O ideal é não fazer alterações - mas para isso é preciso que encontre um projecto que vá de encontro ao que pretende. Converse com o autor do projecto.
    Pode sempre fazer ajustes, mas se forem mais expressivo obriga a Projecto de Alterações, atenção.
    Tem que ver muito bem, caso a caso, terreno a terreno.

    Colocado por: Pbelo6- Sei que terei de fazer um projecto através de um arquitecto, no entanto, sei que alguns terrenos/habitações que se encontram à venda já têm projecto (aprovado ou não). Neste caso, é obrigatório seguir esse projecto à risca ou o mesmo pode sofrer alterações? Se optasse por algo com projecto já aprovado pouparia uns bons milhares de euros no arquitecto/projecto, correcto?


    Depende se vai comprar o imóvel com recurso a crédito bancário e tem capitais próprios para as obras
    ...OU...
    se vai adquirir o imóvel, englobando logo um valor para obras.
    Isto faz variar a modalidade de crédito.
    Modo geral, as regras são semelhantes para todos os brancos e também para as avaliações. Os valores é que variam.

    Colocado por: Pbelo6
    - Tenho visto que existem bancos que, nestes casos, avaliam as habitações como elas se encontram à data da compra e outros que avaliam tendo em conta a requalificação que será realizada. Alguém sabe quais os bancos que avaliam de acordo com o resultado final?


    Quando compra um imóvel já construído, já não se trata de terreno+ construção.
    É um imóvel, que tem o seu "quintal/espaço exterior", que é avaliado por certa quantia.
    Após as obras, estima-se que o que valor seja "certa quantias+X".

    Colocado por: Pbelo6
    - Relativamente aos créditos habitação para estes casos, os bancos financiam as obras da habitação + terreno/espaço exterior?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pbelo6
  7.  # 6

    Colocado por: ADROatelierPara terreno e construção/remodelação?



    Sim, para terreno e reconstrução. Sei que não é o orçamento ideal e que será muito curto, no entanto, como não temos pressa, temos tempo para procurar/encontrar algo que seja um bom negócio em termos de terreno. Também não procuramos grandes luxos, chega-nos uma habitação térrea T3 entre 80 a 100m2 úteis e com um pouco de terreno exterior.
  8.  # 7

    Encontrar algo com projecto aprovado e que fosse do nosso agrado seria uma enorme mais valia.

    Iríamos recorrer a crédito para a compra + obras.


    Colocado por: ADROatelierÉ preciso que o projecto esteja aprovado e anda válido.
    O ideal é não fazer alterações - mas para isso é preciso que encontre um projecto que vá de encontro ao que pretende. Converse com o autor do projecto.
    Pode sempre fazer ajustes, mas se forem mais expressivo obriga a Projecto de Alterações, atenção.
    Tem que ver muito bem, caso a caso, terreno a terreno.

    Depende se vai comprar o imóvel com recurso a crédito bancário e tem capitais próprios para as obras
    ...OU...
    se vai adquirir o imóvel, englobando logo um valor para obras.
    Isto faz variar a modalidade de crédito.
    Modo geral, as regras são semelhantes para todos os brancos e também para as avaliações. Os valores é que variam.



    Quando compra um imóvel já construído, já não se trata de terreno+ construção.
    É um imóvel, que tem o seu "quintal/espaço exterior", que é avaliado por certa quantia.
    Após as obras, estima-se que o que valor seja "certa quantias+X".

    Estas pessoas agradeceram este comentário:Pbelo6
  9.  # 8

    Atenção que o IFRRU apenas é aplicável em obras de reabilitação em ARU (Área de reabilitação Urbana) que usualmente é nos centros históricos das cidades.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pbelo6
  10.  # 9

    Colocado por: fredcunhaAtenção que o IFRRU apenas é aplicável em obras de reabilitação em ARU (Área de reabilitação Urbana) que usualmente é nos centros históricos das cidades.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Pbelo6


    Sim, já tinha lido sobre essa informação. Obrigado pela chamada de atenção.
  11.  # 10

    Dentro das aldeias tem oferta farta e pode normalmente usufruir dos tais benefícios/incentivos estatais.
    Os preços anunciados são muitas vezes negociáveis até uns bons 50%, quanto mais ruína for melhor.

    Fora das aldeias, por esse preço, não consegue nada, se conseguir alguma coisa é com muitas limitações.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Pbelo6
  12.  # 11

    A ideia será mesmo essa, encontrar um terreno com ruína numa aldeia destes concelhos. Como não temos pressa, tentar procurar um bom negócio e negociar ao máximo.

    Obrigado pela sua partilha.

    Colocado por: PoisÉDentro das aldeias tem oferta farta e pode normalmente usufruir dos tais benefícios/incentivos estatais.
    Os preços anunciados são muitas vezes negociáveis até uns bons 50%, quanto mais ruína for melhor.

    Fora das aldeias, por esse preço, não consegue nada, se conseguir alguma coisa é com muitas limitações.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">