Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Muito boa noite,
    Gostaria de colocar aqui uma questão sobre a aquisição de um imóvel.
    Então é o seguinte, gostaria de saber como funciona em termos de crédito adquirir uma moradia mas o financiamento incluir logo as obras de restauro.
    Pergunto isto porque tenho possibilidade de adquirir uma moradia de família por valor inferior ao de mercado mas só justifica caso consiga financiar toda a remodelação.
    Como o banco actua nestes casos, empresta para a casa 80% do valor da avaliação e obras à parte ou financia tudo junto?
    Entrega o dinheiro de uma vez ou vai entregando em datas combinadas?
    Desde já obrigado.
  2. Ícone informação Anunciar aqui?

  3.  # 2

    Vai ao banco e pergunta.
    Concordam com este comentário: toninho_77
  4.  # 3

    Colocado por: PicaretaVai ao banco e pergunta.
    Concordam com este comentário:toninho_77


    Ainda estou numa fase inicial, já queria ir ao banco mas com uma ideia do que eles me vão propor.

    Cumps.
  5. Procura serviços ou materiais para a sua casa? Contrate quem ajuda no fórum.

  6.  # 4

    as obras envolvem licenciamente por parte da camara?

    o processo geralmente é a casa sem obras vale X, com obras vale X+Y. O banco com obras ou sem obras empresta sempre uma percentagem do menor valor entre a avaliação e a compra.

    no seu caso e como os bancos gostam de duplicar créditos para duplicar as comissões o que vai provavelmente acontecer é que o banco vai fazer um credito habitação para adquirir a moradia e como está a adquirir a preços mais baixos, até pode ser que mesmo sem avaliar as obras que quer fazer o banco faça depois um crédito multi-opções até chegar a 90% do valor da avaliação.

    se as obras envolverem licenciamento por parte da camara terá depois que entregar todos os projectos no banco para ele fazer a avaliação da casa depois das obras que pretende fazer.
  7.  # 5

    Sim a ideia é obter licenciamento porque haverá demolições e aumentos.
    Cumps.
  8.  # 6

    Colocado por: toninho_77Sim a ideia é obter licenciamento porque haverá demolições e aumentos.


    então trate disso, muito provavelmente isso avança com um crédito habitação à construção em que a primeira tranche é o valor para adquirir a moradia.

    o resto do dinheiro, voce combina um plano de pagamentos com o construtor e quando chegar à altura pede ao banco que liberte uma tranche. O banco manda um avaliador, vê a percentagem da obra que está feita e liberta o dinheiro. Se o dinheiro que o banco liberta é suficiente para pagar o valor acordado com o construtor é que é outra história.
  9.  # 7

    Pois... Isso teria de ser bem estruturado...
  10.  # 8

    Bom dia, se for Habitação Própria Permanente: 80% do valor de avaliação, até 90% do valor de investimento. O valor total a financiar é calculado com uma avaliação da casa mais as obras (precisa de apresentar orçamentos). Pode propor uma libertação inicial para para o início das obras (difícil, mas possível) e depois a libertação das tranches para as obras é segundo os relatórios de vistorias dos avaliadores.
  11.  # 9

    Surgiu aqui uma dúvida que talvez me possam ajudar.
    Deixo uma imagem rodeada a vermelho que é o terreno e habitação em questão e depois traço um caminho também a vermelho, que vem ter à mesma passando por um "caminho recente".

    Antigamente ao lado da nossa propriedade não havia aquele empreendimento, era somente o campo do vizinho. Depois foi vendido e fizeram uma linha de vivendas, mas entre a estrada nacional e as vivendas deixaram uma estrada de acesso bem larga, que vêm exactamente acabar junto à lateral do nosso terreno.

    A minha questão é simples, se eu abrir um portão no muro da minha propriedade posso usar este caminho em frente ás vivendas para acesso à minha casa? Pergunto isto porque inicialmente pensei que aquele acesso ia ser restrito para as vivendas mas agora vejo que toda a gente mete lá o carro, para ir ao café, restaurante, etc. E se for possível para mim é óptimo porque, esta propriedade nunca teve como entrar lá carro, pois é rodeada de terrenos de vizinhos.

    Assim abria-se a esperança de colocar o carro lá dentro :)

    Desde já obrigado.

    Atentamente,
      2.png
  12.  # 10

    Terá que consultar o processo desse loteamento. Pela imagem parece ter sido um espaço que foi cedido ao domínio público mas só confirmando
  13.  # 11

    Colocado por: toninho_77A minha questão é simples, se eu abrir um portão no muro da minha propriedade posso usar este caminho em frente ás vivendas para acesso à minha casa?
    em principio não, mas só mesmo pedindo a alguem para estudar o alvará vizinho ou então perguntar na CM.
  14.  # 12

    Colocado por: zedasilvaTerá que consultar o processo desse loteamento. Pela imagem parece ter sido um espaço que foi cedido ao domínio público mas só confirmando


    Sendo de dominio publico, era passível de ser usado certo?
  15.  # 13

    Colocado por: antonylemosem principio não, mas só mesmo pedindo a alguem para estudar o alvará vizinho ou então perguntar na CM.


    Como é que se tem acesso a esses documentos?
  16.  # 14

    Na câmara municipal
  17.  # 15

    Colocado por: zedasilvaNa câmara municipal


    De que forma é esse pedido feito? Como consigo identificar? Estes tipos de pedidos tem custos?
  18. Ícone informação Anunciar aqui?

  19.  # 16

    Colocado por: toninho_77De que forma é esse pedido feito?

    Cada câmara tem os seu procedimento próprio

    Colocado por: toninho_77Como consigo identificar?

    Pela localização da urbanização

    Colocado por: toninho_77Estes tipos de pedidos tem custos?

    Em principio sim

    Atenção que se não souber interpretar os documentos de nada lhe servirá a consulta
  20.  # 17

    o mais fácil para si é ou marcar uma reunião com um tecnico do Deptº de Urbanismo da CM ou mesmo contratar um arqº para fazer essa análise (não serão nenhuns valores exagerados)
    Estas pessoas agradeceram este comentário: toninho_77
  21.  # 18

    Colocado por: antonylemoso mais fácil para si é ou marcar uma reunião com um tecnico do Deptº de Urbanismo da CM ou mesmo contratar um arqº para fazer essa análise (não serão nenhuns valores exagerados)
    Estas pessoas agradeceram este comentário:toninho_77


    Liguei, disseram para mandar um email com tudo bem especificado que depois entravam em contacto...
    Vamos ver se sim.
  22.  # 19

    Até agora nada...
  23.  # 20

    Boas pessoal, enquanto espero pela resposta da câmara, tenho explorado algumas opções no que diz respeito à aquisição do imóvel e gostaria de partilhar aqui uma dúvida/ideia que me ocorreu, mas que queria saber que impacto é que a mesma poderá ter, legalmente falando.
    Então é o seguinte vamos imaginar que a habitação mediante acordo fica no valor de 50.000 euros mas que o valor da avaliação fica nos 100.000. Tendo em conta que o valor que o banco empresta será 90% do valor da avaliação ele emprestaria 90.000 euros, mas eu só Necessitaria de 50.000. Contudo e o negócio sendo de família era possível comprar por 90.000 euros, sendo que os 40.000 euros pagos à mais me seriam devolvidos posteriormente (não sei se me estou a fazer entender). Desta forma acabava por estar a financiar 40.000euros para obras directamente no empréstimo da casa. Isto é muito reboscado? Tem alguma implicação para quem vende?
    Obrigado.
data-ad-format="auto" data_ad_region="test">