Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 441

    Colocado por: zedasilvaSe houver humidades ascendentes eles vão aparecer na mesma


    Mesmo usando o betão hidrofugado?
  2.  # 442

    Colocado por: tiagosp90

    Mesmo usando o betão hidrofugado?

    Que mania de achar que o betão hidrofugo serve para alguma coisa.
    Serve, mas não é para as obras e técnicas construtivas que temos na grande maioria das vezes
  3.  # 443

    O ghost12 ja deu uma solução para isso algures, uma massa De impermeabilização
  4.  # 444

    Estou a gostar bastante de acompanhar a sua obra e espero que continue a partilhar. Já sabe que vão ser apontados inúmeros defeitos mas é mesmo assim, são profissionais que gostam de aconselhar as melhores técnicas, o melhor que conhecem. Compete-nos depois em obra encontrar o equilíbrio entre a perfeição e a relação com o construtor.
    Boa sorte Tiago ;-)
    Concordam com este comentário: Palmix, Cvera, tiagosp90, Beto1980, Joves
    Estas pessoas agradeceram este comentário: tiagosp90
  5.  # 445

    Colocado por: zedasilvamas qual o problema de ficar madeira dentro do betão?
    vou dar apenas duas razões, deve haver mais. a madeira absorve água, se ficar dentro do betão vai essencialmente ter ali uma bolha cheia de água. a segunda é que a madeira quando molhada incha .. teres algo a inchar no meio do betão não deve ser nada mas nada bom..
    Estas pessoas agradeceram este comentário: tiagosp90
  6.  # 446

    Colocado por: tiagosp90
    Onde é que desperdiçou material, com esta solução? Não entendi...
    o tijolo é oco certo?
    Concordam com este comentário: tiagosp90
  7.  # 447

    Colocado por: tiagosp90ando a ver muito mal todas as obras
    anda, por ser habitual nao quer dizer que seja correto.. são maus hábitos que se apanham e se espalham.. é como andar sem cinto.. todo mundo o faz...
    Concordam com este comentário: tc82
    Estas pessoas agradeceram este comentário: tiagosp90
  8.  # 448

    Colocado por: tiagosp90Aproveito para colocar mais umas fotos de hoje.
    uma coisa é certa, tirando alguns erros o empreiteiro tem algum brio no que diz respeito à limpeza em obra
    Estas pessoas agradeceram este comentário: tiagosp90
  9.  # 449

    Colocado por: antonylemosuma coisa é certa, tirando alguns erros o empreiteiro tem algum brio no que diz respeito à limpeza em obra
    E provavelmente se tivesse um tecnico que se interessasse minimamente por fazer bem ate conseguiam convencer o homem a fazer algumas coisas menos mal, com jeitinho e tal...
    Como ninguem esta para se chatear, deixa andar e uma coisa é certa, cair nao ha de cair, mais rachadela menos rachadela, mais mancha negra menos mancha negra la se ha de segurar de pé
  10.  # 450

    é verdade, cair nao cai, mas se tivessem algum cuidado extra no que toca ao resto nao haveriam situações como as de um amigo meu que fechou a casa no verão passado e neste momento nao sabe o que há de fazer porque as paredes de um dos lados da casa estão negras de bolor.
  11.  # 451

    Colocado por: Casa da HortaEstou a gostar bastante de acompanhar a sua obra e espero que continue a partilhar. Já sabe que vão ser apontados inúmeros defeitos mas é mesmo assim, são profissionais que gostam de aconselhar as melhores técnicas, o melhor que conhecem. Compete-nos depois em obra encontrar o equilíbrio entre a perfeição e a relação com o construtor.
    Boa sorte Tiago ;-)
    Concordam com este comentário:Palmix,Cvera,tiagosp90
    Estas pessoas agradeceram este comentário:tiagosp90


    Vou continuar a partilhar sim ;)
    Sei bem que a crítica vai continuar a aparecer mas já me têm ajudado bastante por isso todos os comentários são sempre benvindos...
    Concordam com este comentário: Troino, Beto1980, antonylemos, ricardo.rodrigues
    Estas pessoas agradeceram este comentário: tf94
  12.  # 452

    Colocado por: tiagosp90

    Vou continuar a partilhar sim ;)
    Sei bem que a crítica vai continuar a aparecer mas já me têm ajudado bastante por isso todos os comentários são sempre benvindos...
    Concordam com este comentário:Troino
    a critica faz parte, o importante é saber extrair o sumo dessa critica e usar a informação obtida, boa sorte com isso
    Estas pessoas agradeceram este comentário: tiagosp90
  13.  # 453

    Colocado por: marco1Beto
    claro que não precisa desse exagero.
    mas não se informa antes da qualidade da tal oficina? repare que todas elas até podem ser legais mas dai a terem selo de qualidade vai um passo grande.
    acho que está a fazer-se inocente apenas por sim.


    Quem nada percebe de mecânica assume que a Norauto faz as revisões básicas com qualidade. A maior parte das pessoas, diria que 80% acha que é verdade que os filtros de óleo são todos iguais. Afinal desde que filtre... As pessoas informam-se com leigos. Quando se informarem com quem sabe, já estão a pagar por isso.

    Eu assisto desde sempre a este esforço diplomático do zé e outros, em tentar encontrar o compromisso entre o preço e a qualidade acima da média, bem como na necessidade de um dono de obra informado.

    Eu digo o que está mal, o que está mal é todo o enredo da construção de obras particulares.

    A Camara de Odivelas está mais preocupada com o sitio onde meto o bidé, do que com o facto de eu poder ter uma casa termicamente fraca ou com pontes térmicas como há 20 anos.
    O projecto de licenciamento como aqui muito bem disseram, até tinha uma platibanda assente num bocado de XPS. Está mal a legislação e a fiscalização das camaras, que deviam detetar e impedir erros grosseiros.

    As obras deviam ser fotografadas em cada uma das fases e alguém as teria que arquivar e entregar no fim da obra - crimes como destas fotos, que até eu os deteto, tinham que ser corrigidos, indemnizados ou whatever... mas antes disso, está mal que o engenheiro fiscalizador desta obra, tenha feito 3 a 5 anos de universidade, se calha na carteira ao lado do zé e não seja responsabilizado por isto.
    Concordam com este comentário: NTORION, GreenVillage
  14.  # 454

    Colocado por: JotaPQuem nada percebe de mecânica assume que a Norauto faz as revisões básicas com qualidade


    Só lá fui uma vez e jurei por nunca mais (e n percebo nada de mecânica) ❌
    Concordam com este comentário: JotaP
  15.  # 455

    Jota P

    nota-se que está zangado mas não percebi nada e...as camaras não servem para isso e igualmente não é assim tão linear evitar os tais crimes que fala assim como a origem dos mesmos e respetiva responsabilidade.
  16.  # 456

    Para terMos todos noção da coisa, eu incluído, isto se nao mudou entretanto é
    Casa para 150k.
  17.  # 457

    Colocado por: JotaPA Camara de Odivelas está mais preocupada com o sitio onde meto o bidé, do que com o facto de eu poder ter uma casa termicamente fraca ou com pontes térmicas como há 20 anos.
    O projecto de licenciamento como aqui muito bem disseram, até tinha uma platibanda assente num bocado de XPS. Está mal a legislação e a fiscalização das camaras, que deviam detetar e impedir erros grosseiros.


    Generalizando, o cidadão comum não percebe o que é um Licenciamento. E as Câmaras não têm uma postura de valorização das boas práticas. Cumprindo a lei tá bom, pouco importa se a lei está bem ou não.

    50% dos papeis dum Licenciamento não servem para nada numa obra, o seu propósito é diferente. E pior ainda é que boa parte do tempo é dedicado a procedimentos burocráticos, formalismos, cumprimento de regras de instrução, informática, etc etc.

    Depois, claro que todos concordamos que os técnicos falham e falham muito por omissão, por falta de apoio, de acompanhamento, de visitas, por que estimaram mal, porque podiam ter estudado mais soluções, etc etc... Mas esse tempo tem um preço. E nada disso tem que ver com um Licenciamento.

    Idem para com as Câmaras, a sua preocupação prende-se com o território, o urbanismo e com a rigidez do cumprimento de certas normas antiquadas. Não há o menor interesse em agilizar os procedimentos. Isso retira poder à câmara e ao pai-Estado, e isso não lhes convém.

    Todas as preocupações técnicas recaem (segundo a Câmara) sobre os Termos de Responsabilidade. Que muitas vezes mais não são que meros "papeis" que raramente trazem algum dissabor a um técnico.

    No dia em que os técnicos forem responsabilizados adequadamente a nivel disciplinar (Ordem) ou juridico (Tribunal), começarão a cobrar bem mais e a alocar adequadamente tempo, atenção e dedicação a todos os aspectos da obra em sí, e não do mero licenciamento.

    Construir bem devia ser uma vontade de todos nós enquanto sociedade, melhorando assim o parque imobiliário. Mas também temos que ter noção que para isso acontecer não deveria ser um cidadão comum a lidar (pela primeira vez na vida) com a obra directamente para poupar no serviço que deveria ser prestado por um técnico, porque isso teria um custo significativo.
    Concordam com este comentário: JotaP
  18.  # 458

    Colocado por: marco1está zangado


    Estou. Com o que vejo neste post e o quanto chutam para o DO
    Concordam com este comentário: ANC
  19.  # 459

    Colocado por: tiagosp90

    Obrigado pelo esclarecimento. Neste caso estou esclarecido, betonar com a parede já feita na prática não representa qualquer consequência na estrutura..


    Está a congratular os users que dizem aquilo que quer ouvir, bem como os comentários onde colocou agradecimentos. Não caia nesse erro... questione o empreiteiro sobre o apodrecimento do tijolo das fundações. O dreno quase à superficie...ou teste-o a ver onde aparece a água, se é que ele a escoa.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: tiagosp90
  20.  # 460

    Colocado por: N Miguel Oliveira

    Generalizando, o cidadão comum não percebe o que é um Licenciamento. E as Câmaras não têm uma postura de valorização das boas práticas. Cumprindo a lei tá bom, pouco importa se a lei está bem ou não.

    50% dos papeis dum Licenciamento não servem para nada numa obra, o seu propósito é diferente. E pior ainda é que boa parte do tempo é dedicado a procedimentos burocráticos, formalismos, cumprimento de regras de instrução, informática, etc etc.

    Depois, claro que todos concordamos que os técnicos falham e falham muito por omissão, por falta de apoio, de acompanhamento, de visitas, por que estimaram mal, porque podiam ter estudado mais soluções, etc etc... Mas esse tempo tem um preço. E nada disso tem que ver com um Licenciamento.

    Idem para com as Câmaras, a sua preocupação prende-se com o território, o urbanismo e com a rigidez do cumprimento de certas normas antiquadas. Não há o menor interesse em agilizar os procedimentos. Isso retira poder à câmara e ao pai-Estado, e isso não lhes convém.

    Todas as preocupações técnicas recaem (segundo a Câmara) sobre os Termos de Responsabilidade. Que muitas vezes mais não são que meros "papeis" que raramente trazem algum dissabor a um técnico.

    No dia em que os técnicos forem responsabilizados adequadamente a nivel disciplinar (Ordem) ou juridico (Tribunal), começarão a cobrar bem mais e a alocar adequadamente tempo, atenção e dedicação a todos os aspectos da obra em sí, e não do mero licenciamento.

    Construir bem devia ser uma vontade de todos nós enquanto sociedade, melhorando assim o parque imobiliário. Mas também temos que ter noção que para isso acontecer não deveria ser um cidadão comum a lidar (pela primeira vez na vida) com a obra directamente para poupar no serviço que deveria ser prestado por um técnico, porque isso teria um custo significativo.
    Concordam com este comentário:JotaP


    Tal como o marco1, estão a explicar-me para que serve e não serve a Camara... e eu entendo e sei... O que defendo é algo diferente. 4mil euros de "licenciamento" deveriam vir com mais do que um fiscal que mede muros e vê se tenho o letreiro sem letras, lá pendurado...

    Havendo esta grave falha na construção, o paradigma deveria ser outro - a verdadeira fiscalização da legalidade / conformidade das soluções.
 
0.0799 seg. NEW