Iniciar sessão ou registar-se
    • NDM
    • há 5 dias

     # 1

    Boas, estou a instalar aquecimento eléctrico no piso e pretendia uma solução para minimizar o impacto na conta da luz com o aquecimento. Visto que será para funcionar de inverno, os fotovoltaicos não me parecem boa solução, daí ter pensado num kit eólico. E viável? E o que é necessário? Desde já agradeço a vossa opinião.
  1.  # 2

    A solução é não ligar o aquecimento.

    Quanto à energia eólica, a não adoção de sistemas desses pelas pessoas deve querer dizer alguma coisa.
    • NDM
    • há 5 dias

     # 3

    Colocado por: rjmsilvaA solução é não ligar o aquecimento.

    Quanto à energia eólica, a não adoção de sistemas desses pelas pessoas deve querer dizer alguma coisa.


    Você tem o carro fechado na garagem para não gastar gasolina? Porque é que comprou o carro?
  2.  # 4

    NDM, porque refere que os fotovoltaicos não lhe parece boa solução? Tem condicionantes no local? E porquê a escolha pelo kit éolico, é um local propicio (vento)?
    Estas pessoas agradeceram este comentário: NDM
  3.  # 5

    Colocado por: NDM

    Você tem o carro fechado na garagem para não gastar gasolina? Porque é que comprou o carro?


    Tenho. Ando de transportes públicos.
    • NDM
    • há 5 dias

     # 6

    Colocado por: Vítor MagalhãesNDM, porque refere que os fotovoltaicos não lhe parece boa solução? Tem condicionantes no local? E porquê a escolha pelo kit éolico, é um local propicio (vento)?
    Estas pessoas agradeceram este comentário:NDM


    Caro Vitor, relativamente aos painéis fotovoltaicos não tenho condicionantes, mas parecem-me que nos meses de inverno o sol não será muito... já o vento, esse é muito. Estou só a procurar informação e agradeço o seu comentário construtivo. 👍🏻
  4.  # 7

    Como o rjmsilva referiu, de facto os kits éolicos não são muito usuais de se ver e isso pode significar alguma coisa. Recordo-me de um fornecedor com quem trabalhava que tinha no portfolio uns kits eólicos e no entanto agora já não encontro informação relativa a isso no website deles.

    Quanto ao sol, felizmente no nosso país temos um horário razoavelmente bom a esse nivel e com a autoorientação julgo que efectivamente a solução fotovoltaica será a mais eficaz.

    Este verão estive de férias em terras trasnmontanas e nas traseiras de diversas habitações esses paineis são "mato", quanto aos kits éolicos não me recordo de ver mesmo. E olhe que por lá o vento é uma constante.
    •  
      nunos7
    • há 5 dias editado

     # 8

    Pelo pouco q sei disso, o problema é q para produzirem alguma coisa de jeito o vento tem q soprar com certas características, não lhe sei dizer quais.
    Depois não pode ter árvores ou outro tipo de obstáculos por perto, tem q estar a uma altura ainda considerável, para conseguir "captar" os melhores ventos (os ventos com as tais características).
    Ter atenção ao espaço onde o vai implementar, pois conheço um caso (DIY) em q um dia de tempestade, uma das pás partiu e ficou cravada na terra... podia facilmente provocar danos na habitação ou até em pessoas.

    Existem fóruns dedicados a este tema e vídeos onde mostram a construção (DIY)
    •  
      Mk Pt
    • há 5 dias editado

     # 9

    Colocado por: NDMBoas, estou a instalar aquecimento eléctrico no piso e pretendia uma solução para minimizar o impacto na conta da luz com o aquecimento. Visto que será para funcionar de inverno, os fotovoltaicos não me parecem boa solução, daí ter pensado num kit eólico. E viável? E o que é necessário? Desde já agradeço a vossa opinião.

    Não é viável por vários motivos:

    - Custo para produzir q.b.
    - Ruído que faz se estiver próximo da habitação
    - Espaço necessário/dimensão de uma eólica para produzir q.b.
    - Necessidade de localização em ponto alto e/ou com vento
    - Não há produção durante períodos longos ao longo do dia e do ano. O solar não produz de noite, e de dia com tempo encoberto produz menos, mas produz sempre alguma coisa durante o dia. O eólico pode estar dias/semanas sem produzir nada, se não houver vento suficiente, ou a produção ser pouca.

    As grandes eólicas que vê só são rentáveis porque andamos todos a pagar eletricidade a um preço absurdo para compensar esses investimento, medida Sócratiana para parecer bem na foto, e eventualmente para ajudar mais algum amigo que lhe 'empresta' alguns milhões.


    Aquecimento eléctrico no piso (piso radiante eletrico) por toda a casa é um erro, um grande erro, vai gastar muito dinheiro em eletricidade. Piso radiante eletrico só em situações pontuais, tipo casa de banho, e mesmo assim..
    Ou está disposto a gastar imenso em eletricidade ou então está a fazer um investimento para depois isso ficar desligado sempre.

    Devia colocar piso radiante hidráulico, é mais barato para funcionar e tinha mais alternativas de energia para aquecer a água/casa.
    Ou então um AC, é mais eficiente que radiante eléctrico e serve para arrefecer no verão e desumidificar o ar, se quiser/necessitar.
  5.  # 10

    Colocado por: NDMBoas, estou a instalar aquecimento eléctrico no piso e pretendia uma solução para minimizar o impacto na conta da luz com o aquecimento. Visto que será para funcionar de inverno, os fotovoltaicos não me parecem boa solução, daí ter pensado num kit eólico. E viável? E o que é necessário? Desde já agradeço a vossa opinião.

    Há um profissional cá no fórum deve consultar.
    A solução passa por ter uns termostatos bons e programáveis para controlar o seu funcionamento.
    Como pre tem resposta rápida aquecimento, aproveitar essa vantagem.
    Programar funcionamento para bi horário.
    Arranjar algum modo para programar o sistema, no caso excesso produção solar, pôr o pre a funcionar. Instalar muitos painéis.
  6.  # 11

    Com casas bem isoladas, que mantenham bem o calor, uma boa programação dos termostatos, e uso de painéis FV, ainda é capaz de levar uns bons anos para o PRH justificar o investimento relativamente ao PRE.

    Por acaso seria interessante que alguém apresentasse a questão do ponto de vista teórico.
  7.  # 12

    Colocado por: rjmsilvaPor acaso seria interessante que alguém apresentasse a questão do ponto de vista teórico.


    Já fiz para a minha futura casa, não tenho neste PC, mas dava cerca de 30 anos, sem avarias e sem manutenção, que acredito que por simplicidade o PRE tenha vantagem. Sem arrefecimento que o PRH tem essa vantagem. Tarifário simples. Moradia em banda em Loures, com isolamentos ao nível de uma Passive House. PRH com BC, 12k€. PRE com wi-fi, 3k€. Utilizei uma folha de cálculo que encontrei no Forum Inovar na Construção e adaptei.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: rjmsilva, ArcDynamic
  8.  # 13

    Colocado por: RUIOLIisolamentos ao nível de uma Passive House
    e nos cálculos não aparecem quantificadas as necessidades de arrefecimento?
  9.  # 14

    Colocado por: Mk Pt
    As grandes eólicas que vê só são rentáveis porque andamos todos a pagar eletricidade a um preço absurdo para compensar esses investimento, medida Sócratiana para parecer bem na foto


    Ninguém é responsabilizado por negócios ruinosos...
  10.  # 15

    Colocado por: jorgealvese nos cálculos não aparecem quantificadas as necessidades de arrefecimento?


    Sim, 0. Mas à cautela, vou deixar pre instalação de AVAC.
  11.  # 16

    Para dar mais uma achega. Um amigo meu meteu painéis fotovoltaicos e estava a instalar uma pequena eólica na casa que mandou construir. Viu-se metido em encrencas e embargos com uma queixa de um vizinho pois prejudicava a paisagem....
    Teoricamente a legislação está do lado dele, mas entre processos judiciais avizinham-se anos me que não pode usufruir da eólica. Logo cuidado com os vizinhos que tem e as regras das alturas dos objectos instalados nas propriedades.
  12.  # 17

    Antigamente via-se muito disto!

    E que tal aquecer com uma lareira/recuperador a lenha?
      images.jpeg
  13.  # 18

    Colocado por: Alexandre SilvaAntigamente via-se muito disto!

    E que tal aquecer com uma lareira/recuperador a lenha?
      images.jpeg


    Isso serve outro propósito :)
  14.  # 19

    Colocado por: Vítor Magalhães

    Isso serve outro propósito :)

    E noutro contexto não urbano
  15.  # 20

    Colocado por: RUIOLI

    Já fiz para a minha futura casa, não tenho neste PC, mas dava cerca de 30 anos, sem avarias e sem manutenção, que acredito que por simplicidade o PRE tenha vantagem. Sem arrefecimento que o PRH tem essa vantagem. Tarifário simples. Moradia em banda em Loures, com isolamentos ao nível de uma Passive House. PRH com BC, 12k€. PRE com wi-fi, 3k€. Utilizei uma folha de cálculo que encontrei no Forum Inovar na Construção e adaptei.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:rjmsilva

    Se não precisar arrefecer a casa...
    Esses 30 anos não sei não.