Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 21

    Colocado por: pauloagsantos




    tenho a ideia que no Norte ainda se constrói barato. As contas fazem-se no fim. Eu estou a construir a 850€ o m2 com IVA incluído. Mas os projetos, licenças, ramais estão fora deste cálculo. Neste momento já andam nos tubos da luz e nas canalizações da água e ainda não houve alterações ao plano inicial.

    anda por ai um tópico de um arquitecto que construiu uma casa no centro do porto por 100.000 (+ IVA) e a casa tinha um bocado mais de 100m2.

    veja os 1000€ m2 como uma orientação e não como uma coisa fixa, os 1000€ m2 são uma média e como tal uns gastam mais do que a média e outros gastam menos. Cabe em fase de projeto tomar as decisões certas para que o custo da sua casa fique abaixo dos 1000m2. Não tenha pressa e avance com os projetos com calma e ponderação.
    Concordam com este comentário:N Miguel Oliveira
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Cristiano_


    Fez negócio chave na mão ou entregou as especialidades a empresas diferentes?
  2.  # 22

    Colocado por: Cristiano_Tenho como intuito apostar na simplicidade, e dando mais valor ao conforto.

    É algo que tem que ser muito bem debatido com o arquiteto.


    e o que é para si o conforto? piso radiante? já vai no caminho errado.

    e o tipo de arquitetura que gosta? moderna com grandes envidraçados? já vai no caminho errado.

    muitos tentam poupar nos acabamentos mantendo a estrutura da casa, mas é mais eficaz poupar na estrutura e manter os acabamentos.

    Atenção que quando falo em poupar na estrutura não falo em poupar no ferro e no betão, falo em otimizar a estrutura para minimizar o custo de construção. Muitas esquinas e recantos na casa irá obrigar a uma maior quantidade de pilares do que uma construção mais linear.
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira
  3.  # 23

    Colocado por: Cristiano_Fez negócio chave na mão ou entregou as especialidades a empresas diferentes?


    tirando a pintura, pq questões familiares, tudo o resto ficou entregue ao empreiteiro. Ele que faça essa gestão e obviamente, que lucre com isso.
  4.  # 24

    Nesses 1000e, está sempre incluído o batente de porta em inox da JNF, ref: IN.13.106.20
    Concordam com este comentário: barbeiro, Joao Dias
  5.  # 25

    Colocado por: pauloagsantos

    e o que é para si o conforto? piso radiante? já vai no caminho errado.

    e o tipo de arquitetura que gosta? moderna com grandes envidraçados? já vai no caminho errado.

    muitos tentam poupar nos acabamentos mantendo a estrutura da casa, mas é mais eficaz poupar na estrutura e manter os acabamentos.

    Atenção que quando falo em poupar na estrutura não falo em poupar no ferro e no betão, falo em otimizar a estrutura para minimizar o custo de construção. Muitas esquinas e recantos na casa irá obrigar a uma maior quantidade de pilares do que uma construção mais linear.


    Não estava a pensar em piso radiante nem grandes envidraçados.

    Estilo moderno não tem que implicar grandes janelas e grandes portas.

    Queria algo que, por exemplo, não fosse nem muito frio no inverno nem muito quente no verão, algo que permitisse que durante grande parte do dia existisse luz solar a iluminar as divisões...
  6.  # 26

    Colocado por: Cristiano_Queria algo que, por exemplo, não fosse nem muito frio no inverno nem muito quente no verão, algo que permitisse que durante grande parte do dia existisse luz solar a iluminar as divisões...

    é mesmo para isso que serve o projecto... para analizar a situação e definir esses detalhes.
  7.  # 27

    Colocado por: pauloagsantos

    tirando a pintura, pq questões familiares, tudo o resto ficou entregue ao empreiteiro. Ele que faça essa gestão e obviamente, que lucre com isso.


    O método chave na mão tem a grande vantagem, na minha opinião, de tirar várias dores de cabeça a quem decide construir.
  8.  # 28

    Colocado por: Cristiano_

    O método chave na mão tem a grande vantagem, na minha opinião, de tirar várias dores de cabeça a quem decide construir.

    O melhor mesmo é só aparecer lá no dia do lançamento da primeira pedra e no último dia em que lhe vão entregar a chave.. o resto é dores de cabeça.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, PauloJSantos
  9.  # 29

    Colocado por: rjmpiresO melhor mesmo é só aparecer lá no dia do lançamento da primeira pedra e no último dia em que lhe vão entregar a chave.. o resto é dores de cabeça.


    quem compra já construído nem precisa de colocar lá os pés nesses 2 dias.
  10.  # 30

    Colocado por: Pedro BarradasNesses 1000e, está sempre incluído o batente de porta em inox da JNF, ref: IN.13.106.20

    Às custas desse batente soube de um caso que alguém a fazer um furo para o aplicar acertou em cheio num tubo de PRH.
    Concordam com este comentário: Joao Dias
  11.  # 31

    Use os 1000 euros como tabela para saber onde anda. Agora nao tenha um tecto maximo de 120 mil e desenha uma casa de 120m2. Vai andar a tremer até ao fim.

    Ainda ontem soube de um caso que nem a 6m de profundidade encontraram terreno firme... Ja descambou...E nao tinha margem para descambanços.
    Concordam com este comentário: N Miguel Oliveira
  12.  # 32

    Colocado por: rial089Às custas desse batente soube de um caso que alguém a fazer um furo para o aplicar acertou em cheio num tubo de PRH.


    e andaram a furar o chão com PRH. BURROS. ou colocavam na parede, ou usavam aqueles com adesivos.
  13.  # 33

    os 1000€ não inclui PRH, meus senhores!!! ;)
  14.  # 34

    Colocado por: Pedro Barradasos 1000€ não inclui PRH, meus senhores!!! ;)

    Olha que depende das dores de cabeça! 😛
    Bem esticadinho até cabe 😂
  15.  # 35

    Colocado por: Pedro Barradasos 1000€ não inclui PRH, meus senhores!!! ;)

    Nem soalho, nem grandes isolamentos, nem grandes caixilharias, nem grandes wcs... ainda gostava de saber para onde vai tanto dinheiro??
    Concordam com este comentário: luisms, Cristiano_, Olim, Wilga
  16.  # 36

    Colocado por: Joao DiasNem soalho, nem grandes isolamentos, nem grandes caixilharias, nem grandes wcs... ainda gostava de saber para onde vai tanto dinheiro??


    Vai para onde deve de ir, para pagar à malta que deixa "sangue suor e lágrimas" na sua obra.
    Durante muitos anos habituamo-nos ao trabalho escravo na construção.
    Para a qualidade que tem, a construção em Portugal é baratíssima até.
    Concordam com este comentário: RRoxx, PauloJSantos
  17.  # 37

    Colocado por: N Miguel Oliveiraà malta que deixa "sangue suor e lágrimas"


    Os DO´s?
    Concordam com este comentário: nunos7
    •  
      nunos7
    • 19 Novembro 2020 editado

     # 38

    Colocado por: luismsOs DO´s?

    Esses não recebem... esses têm q pagar forte e feio, e rezar à nossa sra e pedir ao Zé para fazer umas rezas para ver se no final têm casa. :-D

    Edit: falaram em comer?? qdo é mesmo????
    Concordam com este comentário: luisms
  18.  # 39

    Colocado por: Joao DiasNem soalho

    realmente para isso não dá. só para reguas em madeira moida e plastico.
    mas para o resto:
    Colocado por: Joao Diasnem grandes isolamentos, nem grandes caixilharias, nem grandes wcs...

    dá, dá...mas tem é de meter o batente de porta que indiquei...
  19.  # 40

    Colocado por: N Miguel Oliveira

    Vai para onde deve de ir, para pagar à malta que deixa "sangue suor e lágrimas" na sua obra.
    Durante muitos anos habituamo-nos ao trabalho escravo na construção.
    Para a qualidade que tem, a construção em Portugal é baratíssima até.

    Essa comigo até pegava não fossem dois pequenos detalhes:
    1• já construi casa e sei muito bem o que custa estar na pele do cliente.
    2• ando nas obras todos os dias e contam-se literalmente pelos dedos de uma mão as casas onde entrei com um custo de construção equilibrado.
    Curiosamente, as duas melhores casas em que estive, eram de pessoal (não activo) aqui do forum. Nenhuma delas gastou os famosos 1000.00€ m2, gastaram mais, mas no fim, ficaram ambas com uma qualidade fora de série e lá está, na minha modesta opinião, ambas equilibradissimas quando pesado o que se gastou com o que se obteve no fim.