Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá a todos,

    Após seguir muitas discussões interessantes aqui no fórum resolvi procurar-vos para opiniões e valores de construção de uma moradia térrea na zona de Sesimbra.

    Não tenho ainda projeto de arquitetura, somente uma planta que desenhei; uma moradia térrea isolada V4 com 170m2. Está dentro das dimensões permitidas no terreno e orçamento.

    Estava com ideias de construção em LSF pela velocidade de construção e conseguir mais facilmente certificado energético A/A+. Recebi um orçamento de 170k pelas fundações da casa, paredes, cobertura e isolamento, (sem carpintarias/janelas etc…) o que me pareceu um pouco excessivo. Pensei que os valores de 1000/1100 incluía um pouco mais que uma carcaça. :(

    Sei que posso recorrer a construção convencional, mas nem saberia para onde me virar para ter uma construção em condições :).
    Alguma ideia, sugestão ou orçamento que alguém me queira dar?
  2.  # 2

    É arranjar um arquiteto. E partir para o desenvolvimento do projecto.
    Com ele discute todos esses temas que o inquietam.
  3.  # 3

    O método construtivo deve ser tomado em conta quando é feito o projeto de arquitetura. Alem do mais, se projetar uma casa que não tenho finanças para construir vai me sair ainda mais caro.
  4.  # 4

    O ideal mesmo é começar a trabalhar com um arquitecto.
    Seja qual for o método construtivo pelo qual optem, vai ter sempre uma boa classificação energética.

    Já falou com construtores da zona?
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    •  
      RRoxx
    • 23 novembro 2020 editado

     # 5

    Colocado por: HVascuma moradia térrea isolada V4


    T4, isso não é um motor.

    Colocado por: HVascEstava com ideias de construção em LSF pela velocidade de construção e conseguir mais facilmente certificado energético A/A+. Recebi um orçamento de 170k pelas fundações da casa, paredes, cobertura e isolamento, (sem carpintarias/janelas etc…) o que me pareceu um pouco excessivo. Pensei que os valores de 1000/1100 incluía um pouco mais que uma carcaça. :(


    Fez bem em optar pelo LSF, agora tem de controlar bem isso, senao ainda acaba com um barraco com aço nao regulamentar. A primeira vista é igual mas depois não é bem e pode ter consequencias muito graves. O principio da rapidez de cosntução é uma falsa premissa, pode ser ou não, não depende só do LSF. As poupanças (a longo prazo) e clase energética sim, são um argumento válido.

    Uma cosntrução LSf terá um valor superior por m2 à cosntrução tradicional, mas 1000€/m2 para o esqueleto é um roubo, excepto se tiver processos muito tecnicos na construção/arquitectura desejada.
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HVasc
  5.  # 6

    Colocado por: ADROatelier
    Já falou com construtores da zona?
    Sim contactei, foi o dai que tirei esse valor.

    Colocado por: RRoxxT4, isso não é um motor.
    V é para vivenda e T é para apartamentos.

    Colocado por: RRoxxFez bem em optar pelo LSF, agora tem de controlar bem isso, senao ainda acaba com um barraco com aço nao regulamentar. A primeira vista é igual mas depois não é bem e pode ter consequencias muito graves. O principio da rapidez de cosntução é uma falsa premissa, pode ser ou não, não depende só do LSF. As poupanças (a longo prazo) e clase energética sim, são um argumento válido.
    Agora distinguir os bons dos maus antes de construir ta mais difícil :P
  6.  # 7

    Colocado por: HVascV é para vivenda e T é para apartamentos.

    T é para TIPOLOGIA
    Se fosse para apartamentos era um A :-))
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas, ADROatelier, Pajovaz
  7.  # 8

    Colocado por: HVasce conseguir mais facilmente certificado energético A/A+.


    o certificado energético consegue se seguir uma serie de parâmetros, seja qual foi o sistema construtivo.

    Aconselho mais a ter atenção ao cálculo da térmica para saber os gastos energéticos da casa do que estar propriamente preocupado com a letra do certificado energético.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HVasc
  8.  # 9

    Colocado por: HVascV é para vivenda e T é para apartamentos.

    V, não existe.
    T, é de TIPOLOGIA de fogo habitacional, o número corresponderá ao numero de quartos do fogo de habitação

    V, foi invenção das imobiliárias, felizmente cada vez se vê menos, já aprenderam entretanto.
    Aprenda aqui alguma coisa ;)
    Concordam com este comentário: Pajovaz
  9.  # 10

    Colocado por: PicaretaT é para TIPOLOGIA
    Se fosse para apartamentos era um A :-))

    T de TENDA!!!
  10.  # 11

    Colocado por: HVascOlá a todos,

    Após seguir muitas discussões interessantes aqui no fórum resolvi procurar-vos para opiniões e valores de construção de uma moradia térrea na zona de Sesimbra.

    Não tenho ainda projeto de arquitetura, somente uma planta que desenhei; uma moradia térrea isolada V4 com 170m2. Está dentro das dimensões permitidas no terreno e orçamento.

    Estava com ideias de construção em LSF pela velocidade de construção e conseguir mais facilmente certificado energético A/A+. Recebi um orçamento de 170k pelas fundações da casa, paredes, cobertura e isolamento, (sem carpintarias/janelas etc…) o que me pareceu um pouco excessivo. Pensei que os valores de 1000/1100 incluía um pouco mais que uma carcaça. :(

    Sei que posso recorrer a construção convencional, mas nem saberia para onde me virar para ter uma construção em condições :).
    Alguma ideia, sugestão ou orçamento que alguém me queira dar?


    Boa tarde,

    Se é para ganhar uns meses durante a obra e obter certificado A ou A+, não valerá o esforço optar pelo LSF, dado que o poderá edificar com a construção convencional, que certamente será mais dentro dos valores que procura, pois não exige uma mão de obra especializada.
    Em Portugal, existe muito a cultura da construção em betão e alvenaria, que tem tendência em desvalorizar construções em LSF...
    Concordam com este comentário: ADROatelier
  11.  # 12

    O que ja me ri com o V de Vivenda xDDDD as minhas desculpas ao autor do tópico.
  12.  # 13

    Colocado por: SG_arquitectoSe é para ganhar uns meses durante a obra e obter certificado A ou A+, não valerá o esforço optar pelo LSF,


    Estou mais preocupado com a qualidade de isolamento e baixa necessidade aquecimento/arrefecimento do que a certificação propriamente dita. E pelo que me tem dito, para conseguir isso em alvenaria é possível a um preço igual ou superior; isto é verdade?
  13.  # 14

    Colocado por: HVasc

    Estou mais preocupado com a qualidade de isolamento e baixa necessidade aquecimento/arrefecimento do que a certificação propriamente dita. E pelo que me tem dito, para conseguir isso em alvenaria é possível a um preço igual ou superior; isto é verdade?


    Boa tarde,

    Tendo essa preocupação, aconselho a usar o bloco em betão leve de agregados de argila expandida para construção de alvenarias simples, - tem bons desempenhos ao nível térmico, mas também acústico. Veja o O bloco MEGATÉRMICO da artebel, que integra um sistema construtivo de alvenaria simples, com isolamento repartido, sistema esse constituído por uma forra térmica.
    Consegue ter a classificação de A, no usual sistema de paredes dupla e xps de 60mm.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: HVasc
  14.  # 15

    Boa tarde Hvasc,

    Se tiver interesse em receber uma proposta da minha parte para o projeto, fico ao dispor.

    Cumprimentos,
    [email protected]
  15.  # 16

    Colocado por: RACSOSe quiser poderei dar proposta e ajudá-lo no projecto de arquitectura


    mas ajudá-lo como ? faz o projeto?
 
0.0187 seg. NEW