Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Colocado por: HAL_9000Não me ofendo nada, só achei graça ao comentário, mais nada. Quanto a conhecer a realidade da medicina privada, é mesmo pública, espero não ter de o fazer durante muitos anos :)


    Mais uma vez... Plenamente de acordo!
  2.  # 2

    Colocado por: GambinoAs pessoas devem ganhar bem, sou o primeiro a dizê-lo!

    A minha empregada podia ganhar mais, mas não lhe digo! Bastava trabalhar em mais casas e não ser exclusiva e conseguia tirar mais 20% ou 30% que ganha comigo.
    Contudo perante isto sou obrigado a dizer uma coisa. Se o gambino pode, e pelo que diz nao só pode, como não lhe fará grande diferença, e se está contente com o trabalho da funcionária, porque não a aumenta para um ordenado mais digno? Convenhamos que 800 euros não dá para grandes aventuras?

    Se não quiser criar uma situação permanente e irreversível em termos salariais, pagar como prémio de produtividade. É daquelas situações em que se uma pessoa faz um trabalho meritório, e a entidade patronal pode, deveria ver o seu esforço reconhecido. O retorno é que a senhora trabalhando motivada iria prestai um ainda melhor serviço
    Concordam com este comentário: Nostradamus
  3.  # 3

    Colocado por: HAL_9000Contudo perante isto sou obrigado a dizer uma coisa. Se o gambino pode, e pelo que diz nao só pode, como não lhe fará grande diferença, e se está contente com o trabalho da funcionária, porque não a aumenta para um ordenado mais digno? Convenhamos que 800 euros não dá para grandes aventuras?

    Se não quiser criar uma situação permanente e irreversível em termos salariais, pagar como prémio de produtividade. É daquelas situações em que se uma pessoa faz um trabalho meritório, e a entidade patronal pode, deveria ver o seu esforço reconhecido. O retorno é que a senhora trabalhando motivada iria prestai um ainda melhor serviço


    Já faço isso, dou-lhe 13,14 e até 15 mês na Páscoa. E ainda outras coisas que lhe vou dando...

    Mas sem impor nada, faço-o livremente, sem compromisso para não criar maus hábitos. Em portugal o trabalhador tem tendência para vícios...
    Concordam com este comentário: Nostradamus, NLuz
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Nostradamus
  4.  # 4

    Colocado por: HAL_9000porque não a aumenta para um ordenado mais digno?

    Epá, a sério?
    Concordam com este comentário: TicMic
  5.  # 5

    Colocado por: pguilhermeEpá, a sério?
    Sim a sério. O que disse de mal? Qualquer trabalho merece ser pago condignamente. Se a senhora se esforça e faz um bom trabalho (como o próprio gambino confirmou), e o Gambino pode dar um aumento, o pguilherme considera a minha sugestão desajustada? Se a entidade patronal não pode é uma coisa, podendo não vejo por que não.

    O pguilherme por ventura não se esforça tendo em vista a sua progressão de carreira e salarial? Não percebo a sua indignação, mas se me quiser explicar.
  6.  # 6

    Colocado por: GambinoJá faço isso, dou-lhe 13,14
    Mas estes já são obrigatórios por lei, a não ser que a senhora esteja a recibos verdes, e sendo assim é de louvar a sua atitude (ainda que a situação ideal seja sempre um contrato de trabalho, dado que o Gambino é o único empregador).
  7.  # 7

    Colocado por: HAL_9000Mas estes já são obrigatórios por lei, a não ser que a senhora esteja a recibos verdes, e sendo assim é de louvar a sua atitude (ainda que a situação ideal seja sempre um contrato de trabalho, dado que o Gambino é o único empregador).


    Não está a recibos verdes porque não quer e também não aceitou um contrato de trabalho. Não quer pagar impostos.

    Ela está satisfeita, tem várias benesses que lhe damos de bom grado.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: NLuz
    • NLuz
    • 4 dezembro 2020

     # 8

    Colocado por: Gambino

    Não está a recibos verdes porque não quer e também não aceitou um contrato de trabalho. Não quer pagar impostos.

    Ela está satisfeita, tem várias benesses que lhe damos de bom grado.
    Estas pessoas agradeceram este comentário:NLuz


    Infelizmente é o normal nas empregadas domésticas. Não querem contrato de trabalho, e se insistirmos desaparecem.

    Portanto os 800 que recebe são mais de 1000€. Não se pode dizer que é mal paga ;)
  8.  # 9

    HAL_9000, se não analisa os dois lados do negócio, não me posso alongar sobre o tema.

    Se encontrar um bom negócio, vai, de sua iniciativa pagar a mais do que acordado e transforma-lo num "negócio normal"?
    Presumo que esteja contente com a sua casa, o fornecimento de energia electrica, com o serviço prestado pelo Pingo Doce, com o seu automóvel... costuma pagar a mais nestes casos? Ou está a pensar na gorjeta (que ainda por cima cá é uma miséria) quando ocasionalmente vai ao restaurante?

    Depois, a batalha pela carreira será feita pelo próprio, com as armas que possui. É possível que a pessoa possa ter, sem saber, alguma margem negocial. Mas tb pode não ter, caso hajam mais pessoas interessadas no trabalho pelo vencimento actual...

    Isso da "bondade do seu coração" é ingénuo.
    Concordam com este comentário: Gambino, NLuz, TicMic
  9.  # 10

    Colocado por: pguilhermeIsso da "bondade do seu coração" é ingénuo.
    Onde é que eu falei em "bondade do seu coração"? Se reparar o meu comentário vem no seguimento deste comentário do Gambino :
    _Colocado por: Gambino
    As pessoas devem ganhar bem, sou o primeiro a dizê-lo!_

    Quando uma pessoa tem uma convicção deve reger-se por ela. Foi tão somente isto que eu estava a questionar nada mais.

    Isso do bom negócio tem muito que se lhe diga. Existem empresas que fazem bons negócios porque exploram os funcionários, mesmo sabendo que isso é eticamente reprovável, ainda que socialmente aceite devido a determinada conjetura económica. E por incrível que pareça, existem mesmo empresas que preferem pagar mais aos funcionários do que o valor ditado pelo mercado para a sua área de atuação.

    Precisamente por pensar sempre nos dois lados do negócio é que eu fiz a questão. O facto de o Gambino aumentar a empregada, não iria colocar em causa o seu estilo de vida.
  10.  # 11

    Colocado por: GambinoNão está a recibos verdes porque não quer e também não aceitou um contrato de trabalho. Não quer pagar impostos.
    Também não posso concordar nem compactuar com esta situação. Então a senhora agora quer ganhar o dinheiro e não descontar nada. Mais tarde vai pedir ao erário público que lhe pague uma reforma social.

    Uma coisa é um biscate de um dia ou dois, que eu até posso entender, outra coisa é fazer desta fuga aos impostos um modo de vida.

    Por causa desta mentalidade é que também não saímos da cepa torta. E nesta situação até retiro tudo o que disse sobre aumentos.
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães, Nostradamus
  11.  # 12

    Só um pequeno à parte que me está a acontecer neste preciso momento: entrega do Pingo Doce a casa... chega um tipo num X5 de 2017.
    Até pode estar em dificuldade, mas o carrão não se vende!
    Se calhar já tirou os putos do colégio! I kid, I kid... :)
    Concordam com este comentário: Gambino
  12.  # 13

    Colocado por: HAL_9000E por incrível que pareça, existem mesmo empresas que preferem pagar mais aos funcionários do que o valor ditado pelo mercado para a sua área de atuação.

    Não é incrível nem sequer inexplicável. Quando o talento é a mais valia da empresa (e não um cento de custos) há que tentar preserva-lo, seja com vencimento, regalias, etc.
    Não estou a pensar no trabalhador em si, apenas no resultado que o mesmo implica.

    Se resultado/mais valia, a coisa muda de figura.
  13.  # 14

    Colocado por: pguilhermeSó um pequeno à parte que me está a acontecer neste preciso momento: entrega do Pingo Doce a casa... chega um tipo num X5 de 2017.
    Até pode estar em dificuldade, mas o carrão não se vende!
    Se calhar já tirou os putos do colégio! I kid, I kid... :)


    Nem sei se ria ou se chore com este comentário, tanto preconceito e juízo de valor...
  14.  # 15

    Era um pouco para rir. Se leu umas páginas atrás, perceberá a piada :)

    Mas é sabido que nós, os portugueses, gostamos de viver acima das nossas possibilidades e adoramos ter uma boa fachada que todos possam ver. Isto sim, é de chorar.
    Concordam com este comentário: RRoxx, Gambino
  15.  # 16

    Colocado por: pguilhermeSó um pequeno à parte que me está a acontecer neste preciso momento: entrega do Pingo Doce a casa... chega um tipo num X5 de 2017.
    Até pode estar em dificuldade, mas o carrão não se vende!
    Se calhar já tirou os putos do colégio! I kid, I kid... :)

    Engraçado que esta semana vi um rapaz novo com um colete do Continente fazer uma entrega no prédio ao lado.Achei piada pois veio com um BMW 2 Sport Tourer , não vi o ano.
  16.  # 17

    Colocado por: HAL_9000Também não posso concordar nem compactuar com esta situação. Então a senhora agora quer ganhar o dinheiro e não descontar nada. Mais tarde vai pedir ao erário público que lhe pague uma reforma social.

    Exatamente o que faz toda uma etnia nossa conhecida e ainda recebem antes da reforma. Mas quem os critica são racistas, fascistas etc.
    Concordam com este comentário: NLuz, mica
  17.  # 18

    Colocado por: HAL_9000Também não posso concordar nem compactuar com esta situação. Então a senhora agora quer ganhar o dinheiro e não descontar nada. Mais tarde vai pedir ao erário público que lhe pague uma reforma social.

    Uma coisa é um biscate de um dia ou dois, que eu até posso entender, outra coisa é fazer desta fuga aos impostos um modo de vida.

    Por causa desta mentalidade é que também não saímos da cepa torta. E nesta situação até retiro tudo o que disse sobre aumentos.
    Concordam com este comentário:Vítor Magalhães,Nostradamus


    Em Portugal toda a gente foge ao impostos! Só quem não puder!
  18.  # 19

    Fico admirado com alguns tipos e tipas que vejo e se queixam da vida e do que ganham mas fumam, andam cheios de tatuagens, piercings, as gajas andam mais produzidas que qualquer colega minha com cabelos, unhas e maquiagens diárias...pergunto-me quanto gastam nessas coisas para se queixarem depois de quanto custa a casa,etc...
    Concordam com este comentário: NLuz, pguilherme
  19.  # 20

    Colocado por: GambinoFico admirado com alguns tipos e tipas que vejo e se queixam da vida e do que ganham mas fumam, andam cheios de tatuagens, piercings, as gajas andam mais produzidas que qualquer colega minha com cabelos, unhas e maquiagens diárias...pergunto-me quanto gastam nessas coisas para se queixarem depois de quanto custa a casa,etc...

    Ora isso sempre foi e será assim... quem não tem, não tem, porque gasta nessas coisas do mais supérfluo possivel. Falta de orientação ( para não dizer outra coisa)
    Concordam com este comentário: pguilherme, Gambino
 
0.0712 seg. NEW