Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boas,
    Os meus miúdos estão fartos de chatear que querem ir a pesca e, como até tenho uma cana que comprei há vários anos (para fazer de conta...) e o Mondego a 500m, não tenho desculpa. Para os entendedores, que tipo de peixe se pode apanhar e em que épocas? è mesmo só por diversão, para passar tempo com os pequenos enquanto são pequenos, não gosto do sabor a lodo do peixe de rio. Sei que posso tirar licença no MB, mas fora isso nada sei...

    Abraços!
  2.  # 2

    Ora bem, a melhor dica é sem duvida aquela que poder obter junto dos pescadores locais. É importante perceber se pode efectivamente pescar no troço de rio pretendido, isto é se não existe nenhuma limitação como concessão, zona de abrigo, etc...
    Depois é importante respeitar o defeso (período em que não pode pescar determinada espécie) e as dimensões minimas (se for reter o peixe).

    Quanto ao sabor a "lodo" isso é um mito na maioria dos locais. O peixe se for preparado adequadamente não tem qualquer sabor que não o do peixe, obviamente que não me refiro a peixe que se alimenta exclusivamente de esgotos urbanos :)

    A pesca é uma excelente forma de contacto com a natureza e de reforçar laços familiares e de amizade, e posso lhe dizer que os melhores dias de pesca que vivi não pesquei peixe nenhum. No final isso não conta para nada :)

    https://forumdacasa.com/discussion/29559/4/topico-da-pesca/

    • Diii
    • 23 Março 2021

     # 3

    Colocado por: pcspinheiroBoas,
    Os meus miúdos estão fartos de chatear que querem ir a pesca e, como até tenho uma cana que comprei há vários anos (para fazer de conta...) e o Mondego a 500m, não tenho desculpa. Para os entendedores, que tipo de peixe se pode apanhar e em que épocas? è mesmo só por diversão, para passar tempo com os pequenos enquanto são pequenos, não gosto do sabor a lodo do peixe de rio. Sei que posso tirar licença no MB, mas fora isso nada sei...

    Abraços!


    Olá,

    Deve-se informar, pois acho que de momento a pesca lúdica está interdita (medida confinamento).
  3.  # 4

    Pesca lúdica em águas interiores, carece de licença paga.

    Podem ser obtidas no multibanco.

    Qual o custo das licenças de pesca lúdica?

    Licença Nacional – 20,52€
    Licença Regional – 12,31€

    Válido até final do ano civil.
    • Diii
    • 23 Março 2021

     # 5

    Colocado por: VarejotePesca lúdica em águas interiores, carece de licença paga.

    Podem ser obtidas no multibanco.

    Qual o custo das licenças de pesca lúdica?

    Licença Nacional – 20,52€
    Licença Regional – 12,31€

    Válido até final do ano civil.



    Penso que a licença pode ser diária, mensal ou anual.
    Para o efeito não precisa de licença anual ;)
  4.  # 6

    Colocado por: Diii


    Penso que a licença pode ser diária, mensal ou anual.
    Para o efeito não precisa de licença anual ;)

    A licença para pesca ludica em aguas interiores é anual (ano civil) pode ser regional (norte, centro ou sul) e nacional. Sendo que existem licenças especiais para zonas de pesca concessionada.
    Concordam com este comentário: Diii
  5.  # 7

    toda a informacao aqui:

    http://www.draplvt.mamaot.pt/Pescas/Emissao-Licenca-Pesca-Ludica/Pages/Emissao-Licenca-Pesca-Ludica.aspx

    Só me falta uma resposta a uma pegunta:
    Para que serve a licença?
  6.  # 8

    Colocado por: LuisPereiratoda a informacao aqui:

    http://www.draplvt.mamaot.pt/Pescas/Emissao-Licenca-Pesca-Ludica/Pages/Emissao-Licenca-Pesca-Ludica.aspx

    Só me falta uma resposta a uma pegunta:
    Para que serve a licença?


    Serve para que se forem abordados, não pagam multa por falta de licença.

    ;)
  7.  # 9

    Colocado por: Varejote

    Serve para que se forem abordados, não pagam multa por falta de licença.

    ;)


    Pois e para arecadar uns tostoes... até seria interesante saber quanto arrecada o estado com estas licenças.
    Se para tirar a licença fosse obrigado a um teste sobre as especias que se pode pescar, onde se pode pescar, etc. Ainda percebia. Mas ter que ir a um multibanco pagar uma taxa para ir para o rio com uma cana de pesca... nao lembra o diabo.
    Faz lembrar o famoso papel dos gatos fedorentos.
    - O papel!
    - qual papel?
    - O papel...

    Que neste caso nem papel existe.

    Quando falamos da licença que era necessário para ter um esqueiro rimo-nos... não vejo diferença.
  8.  # 10

    Colocado por: LuisPereiraSó me falta uma resposta a uma pegunta:
    Para que serve a licença?


    Serve para filtrar o pessoal que vai à pesca. O custo não é exorbitante, mas obriga a ter consciência de o dispender.
    Concordam com este comentário: rjmsilva
  9.  # 11

    Colocado por: Vítor MagalhãesServe para filtrar o pessoal que vai à pesca

    Filtrar? Como assim?
    A compra do material já deve ser filtro suficiente.
  10.  # 12

    A licença de pesca submarina, era 5€ anual, passou para 80€, pequeno aumento de 1600%.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: AndreSilva
  11.  # 13

    Colocado por: LuisPereira
    Filtrar? Como assim?
    A compra do material já deve ser filtro suficiente.

    O preço do material para pescar no rio é "dado". Com quaisquer 50€ faz a festa para o ano inteiro, desde que não se vá em modas.
    Até à bem pouco tempo as licenças nacionais custavam 5 € e pouco, agora custam 20 e pouco, na minha opinião ainda é um valor irrisório para o impacto que a pesca tem nas espécies e na natureza, muita das vezes pela falta de consciência ambiental e falta de fiscalização adequada.
  12.  # 14

    Pesco quase desde que me lembro, tiro a minha licença desde a adolescência e até hoje só fui fiscalizado uma vez, de barco e em plena albufeira do Alqueva.
    O pessoal que faz pesca apeada na margem (rio) não tem a noção da quantidade de lixo que está preso na vegetação das margens nas zonas inacessíveis, e o pior de tudo é que a maior parte do lixo é proveniente de material de pesca, sejam sacos de plástico de engodo, embalagens de amostras artificiais, bobines de fio vazias, boias partidas, etc... É um cenário muito triste e que é mais evidente a partir da Régua para baixo.
    O pessoal que pesca comigo de kayak tem a consciência que tudo o que vai connosco regressa conosco. Temos sempre um saco de lixo no final do dia dentro do kayak para depositar em local próprio.

    Agora a questão é, o que é que fazem com o dinheiro da licença de pesca? É uma boa questão, e infelizmente não se reflecte na fraca fiscalização existente assim como na melhoria de locais de acesso como a limpeza dos mesmos e de areas adjacentes. E a fiscalização não é só aos pescadores, mas também a quem terrenos confinantes com o rio que se torna o local onde deitam lixo, vazam esgotos e excedentes de podas, etc...
  13.  # 15

    Pois, eu aqui não quero ir à pesca, quero "ir à pesca" 😁 É mesmo para passar tempo com os miúdos na natureza. Se apanhar coisas comestíveis, melhor. Eu tive muito disso porque morava numa vila no campo, mas cada vez mais se faz menos porque trabalhamos na cidade e eles estudam na cidade, e o tempo que estamos por casa acabam por o no apartamento, sobretudo nesta altura de confinamento. Até moramos muito perto da natureza e costumo ir andar de bicicleta para os bosques, apanhar cogumelos no outono (há alguns agora, não? Penso que alguns comestíveis crescem 2x/ano mas como tenho o hábito do outono nunca vou a eles na primavera...). Isto da pesca era para diversificar a coisa, e porque eles mostram fascínio por isso. Daqui a uns anos já não querem saber de nada... Por isso preciso de saber se posso pescar aqui ao pé e o quê. Como nunca vejo ninguém a pescar nesta zona mas vejo tanto peixe na água, alguns de tamanho apreciável (por exemplo ao olhar da ponte para baixo), pergunto-me se é por falta de interesse ou se por não ser permitido... A licença sei que é barata e tiro no MB, não é por aí. Mas queria evitar chatices legais por desconhecimento de certas regras que para alguns devem ser básicas, como o que é que posso apanhar e quando.

    Abraços.
  14.  # 16

    Qual a zona do rio onde pretende pescar?
  15.  # 17

    No Mondego, perto de Montemor o Velho.
  16.  # 18

    Rio Mondego (rio velho) [604]
    Rio Mondego (rio velho) - concelhos: Montemor-o-Velho e Figueira da Foz [604]
    Concessão de Pesca Desportiva do Rio Mondego (rio velho), concelhos: Montemor-o-Velho e Figueira da Foz.
    Despacho VCD-SCBS/441/2013, de 21 de agosto;
    Alvará n.º 418/2014, de 14 de fevereiro.
    Atribuída, ao Clube de Caçadores da Carapinheira, a concessão de pesca no troço do rio Mondego (rio “Velho”), com 10,7 km de extensão, desde a ponte de Lavariz, limite montante, até à confluência com o rio Fôja, a jusante, incluindo ainda 1,8 km da vala confluente, freguesias de Carapinheira e Ereira, concelho de Montemor-o-Velho e freguesia de Maiorca, concelho da Figueira da Foz.

    A concessão é válida até 14 de fevereiro de 2024.


    ****************************


    Rio Foja e Vala Real [679]
    Rio Foja e Vala Real - concelhos Figueira da Foz e Montemor-o-Velho [679]
    Concessão de Pesca Desportiva do Rio Foja e Vala Real, concelhos de Figueira da Foz e Montemor-o-Velho
    Despacho VPCD-PS/105/2018, de 7 de fevereiro;
    Alvará n.º 540/2018, de 17 de dezembro
    Atribuída, ao Clube de Caçadores de Maiorca, a concessão de pesca no troço do rio Foja, desde a linha que dista 200 metros a montante da ponte dos Arcos, a montante, até à confluência com o rio Mondego (rio velho), a jusante, incluindo o afluente Vala Real, numa extensão de 1,2 Km, freguesia de Ereira, concelho de Montemor-o-Velho e freguesia de Maiorca, concelho de Figueira da Foz.

    A concessão é válida até 17 de dezembro de 2028.
  17.  # 19

    Se se enquadrar numa das zonas acima terá de obter licença junta da entidade concessionária.

    Mais info:

    https://www.icnf.pt/api/file/doc/69bbae350474ea62
  18.  # 20

    Ah, muito obrigado. Nesse caso estou antes do tal limite a montante, em Pereira do Campo. Por isso, em príncipio, não é concessionado
    Concordam com este comentário: Vítor Magalhães