Iniciar sessão ou registar-se
    • SrR
    • 10 abril 2021

     # 1

    Colocado por: JotaPestou a dar-me ao trabalho (por gosto) de relatar o que se tem passado e você tem feito
    por mim continue e agradeço pois ate tenho curiosidade sobre desenrolar do assunto.
    Concordam com este comentário: rjmsilva, Dominus
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JotaP
  1.  # 2

    Como é lógico entre uma palavra cuja tradução da minha parte não seja mais exacta ou uma explicação médica que eu possa não compreender bem, algo escapará, agora o que eu tento passar é em resumo que no caso do primeiro médico (que até foi notícia por cá) foi alguém a quem pediram para analisar o caso - leu documentação e viu os vídeos, o homem tem a sua convicção e fundamentou. Foi dos melhores testemunhos da acusação.
    A certeza que ele teve, já não se verificou nas respostas dadas depois pelo responsável pela "autópsia da acusação".
  2.  # 3

    Uma curiosidade enquanto via um video manhoso em que simularam (mal) o movimento do joelho no pescoço.

    O responsável máximo da polícia disse "não treinamos joelho no pescoço" e no entanto parece que não era bem assim... De qualquer forma a manobra e a força aplicada não é a mesma, no entanto em tribunal, o Maior dizer algo que se vem a provar incorrecto, não cai bem ao juri.

    A meu ver, os dois rookies nunca deveriam ser acusados.

    https://www.youtube.com/watch?v=5WvWDH5EQcE
  3.  # 4

    Isto x10000!

    Colocado por: marco1como "opinador" de bancada, apenas acho, e pelo que vi, que não estávamos na presença de um criminoso letal, um serial killer ou alguem que tivesse acabado de cometer um crime extremamente grave, portanto a força exercida por aquele agente não tem desculpa alguma, tanto mais que que está filmado que a vitima não estaria a resistir antes sim apenas a pedir para respirar.
    enfim cada um que pense o que quiser.
    Concordam com este comentário:desofiapedro,Caravelle,santosj,SAMBINO
  4.  # 5

    Colocado por: AntonioconceicaoIsto x10000!



    Às vezes leio e não respondo a tudo.

    Duas questões muito importantes a reter:

    - o nivel de força usada é proporcional à resistência e não à gravidade do crime cometido.

    Exº: há homicidas que estendem as mãos para serem algemados e há tipos que conduzem sem carta que são capazes de matar para fugir.


    - as filmagens e interação anteriores ao momento fatídico demonstram a resistência oferecida por ele. Foi isso que levou a que erradamente, depois o nivel de força se tivesse mantido.

    O erro foi na avaliação do estado dele, quando as queixas de falta de ar CONTINUARAM. Sublinho o "continuaram" pois esse argumento começou muito antes num fase em que ele este parcialmente dentro do carro patrulha (a verdade é que quase ninguém sabe que ele esteve dentro do carro patrulha por instantes).
  5.  # 6

    nivel de resistencia?
    bem eu não vi todo o video mas o que vi deu para ver que ele não foi violento para com o policia em algum momento
    enfim...
  6.  # 7

    Colocado por: JotaPé que a asfixia é um processo de falta de oxigénio que pode te várias origens, inclusive naturais. Ou seja não é só o que empiricamente associamos a taparem-nos boca e nariz.


    exacto, mas nenhuma delas é por problemas cardíacos, porque isso seria paragem cardíaca ou cardio respiratória e não asfixia, logo todo o seu monologo sobre os problemas de coração existentes que poderiam causar a morte são apenas fantasia sua.



    Colocado por: JotaPA falta de oxigénio dá-se pela sua ausência nos pulmões e coração, quando este deixa de ter capacidade de fazer o transporte de oxigénio para o cérebro.


    ausência de oxigénio no coração?

    tudo o que relatava e que chegou à conclusão que pode ser a causa de morte, nada tem a ver com asfixia.


    Colocado por: JotaPEu estou a dar-me ao trabalho (por gosto) de relatar o que se tem passado e você tem feito disto a sua novela, discutindo como aquelas velhas na mercearia.

    Sobre as características dos polícias envolvidos.

    Chauvin branco

    Um de aparência asiática


    está a confundir-se todo, eu não referi nada disso.

    Colocado por: JotaPou uma explicação médica que eu possa não compreender bem

    não compreender bem? qualquer pessoa com o 12º ano em cientificonatural sabe que a conclusão a que quis chegar não faz qualquer sentido daí os seus comentários apenas induzem quem lê em erro.
  7.  # 8

    Colocado por: nortenho66exacto, mas nenhuma delas é por problemas cardíacos, porque isso seria paragem cardíaca ou cardio respiratória e não asfixia, logo todo o seu monologo sobre os problemas de coração existentes que poderiam causar a morte são apenas fantasia sua.

    Podemos ficar aqui a especular sobre factos que desconhecemos, mas a verdade é que a eventual pré-existência de patologias pode influenciar o desfecho do processo.
  8.  # 9

    Colocado por: J.FernandesPodemos ficar aqui a especular sobre factos que desconhecemos,


    completamente de acordo, o JotaP é que está a cavalgar o campo da especulação cheio de certezas e até ja chegou a um veredito.



    Colocado por: J.Fernandesmas a verdade é que a eventual pré-existência de patologias pode influenciar o desfecho do processo.


    não duvido, no entanto ninguém pode chegar à conclusão do JotaP que uma pré-existêcia cardíaca pode levar a morte por asfixia. (se for/foi essa a conclusão da autópsia)
  9.  # 10

    Colocado por: J.Fernandes
    Podemos ficar aqui a especular sobre factos que desconhecemos, mas a verdade é que a eventual pré-existência de patologias pode influenciar o desfecho do processo.


    Tudo o que descrevi foi referido pelos médicos e patologistas. Como é lógico a explicação do conceito de asfixia e de transporte de oxigénio pelo sangue também.
    De resto não vou dar mais palha, como estivesse aqui em causa opiniões médicas minhas lol. E não me refiro a si, como é lógico.
  10.  # 11

    Colocado por: marco1nivel de resistencia?
    bem eu não vi todo o video mas o que vi deu para ver que ele não foi violento para com o policia em algum momento
    enfim...


    Nível de resistência que pode ou não conter violência activa (agressão). Ele não agrediu nem tentou agredir. Debateu-se para não ser levado no carro patrulha, 'apenas'.
  11.  # 12

    Colocado por: JotaPDebateu-se para não ser levado no carro patrulha, 'apenas'.


    Sofria de claustrofobia "seletiva".
    • JotaP
    • 11 abril 2021 editado

     # 13

    Ele gritou, que não conseguia respirar, que era claustrofóbico, que tinha ansiedade e que tinha tido Covid 19... enquanto fazia força para não entrar e depois permanecer no carro patrulha..onde se veio a descobrir pedaços de comprimidos com fentanil + metanfetamina, sendo que um dos pedaços continha saliva e ADN dele.

    Há quem diga que era o pedaço que ele tinha na boca e que foi difundido em alguns videos quando foi abordado ainda dentro do carro dele e que nesse momento aproveitou a confusão que criou para o cuspir, ou simplesmente caiu enquanto se debatia.

    Um outro detalhe que não sei se cheguei a partilhar. Uma das pessoas que o acompanhava no carro, mudou de Estado no dia seguinte e veio a saber-se ser um dealer já referenciado e investigado pelo FBI. Evocou a 5ª emenda por entender que a resposta a algumas das questões o podem incriminar, seja noutros crimes, como na morte do próprio, se o julgamento seguir o rumo da morte pelo uso de drogas (que ele teria vendido), seja pelo simples tráfico de droga a que se dedica.

    Na videovigilancia é possivel ver o dito cujo mais uma outra pessoa que os acompanhava a verem-se livres de algo que traziam dentro do carro.

    Nesse mesmo carro foram encontrados dois comprimidos similares ao tal que esteve na boca de George Floyd bem como duas embalagens de suboxone.
  12.  # 14

    Colocado por: JotaP

    Tudo o que descrevi foi referido pelos médicos e patologistas. Como é lógico a explicação do conceito de asfixia e de transporte de oxigénio pelo sangue também.
    De resto não vou dar mais palha, como estivesse aqui em causa opiniões médicas minhas lol. E não me refiro a si, como é lógico.


    afinal já o fez antes sem problemas

    Colocado por: JotaPO que deu a entender é que a acusação foi ter com ele e disse -


    quer dizer mesmo que é a conclusão que o JotaP chegou, nada mais.
  13.  # 15

    Colocado por: JotaPEle gritou, que não conseguia respirar, que era claustrofóbico, que tinha ansiedade e que tinha tido Covid 19... enquanto fazia força para não entrar e depois permanecer no carro patrulha..onde se veio a descobrir pedaços de comprimidos com fentanil + metanfetamina, sendo que um dos pedaços continha saliva e ADN dele.

    Há quem diga que era o pedaço que ele tinha na boca e que foi difundido em alguns videos quando foi abordado ainda dentro do carro dele e que nesse momento aproveitou a confusão que criou para o cuspir, ou simplesmente caiu enquanto se debatia.

    Um outro detalhe que não sei se cheguei a partilhar. Uma das pessoas que o acompanhava no carro, mudou de Estado no dia seguinte e veio a saber-se ser um dealer já referenciado e investigado pelo FBI. Evocou a 5ª emenda por entender que a resposta a algumas das questões o podem incriminar, seja noutros crimes, como na morte do próprio, se o julgamento seguir o rumo da morte pelo uso de drogas (que ele teria vendido), seja pelo simples tráfico de droga a que se dedica.

    Na videovigilancia é possivel ver o dito cujo mais uma outra pessoa que os acompanhava a verem-se livres de algo que traziam dentro do carro.

    Nesse mesmo carro foram encontrados dois comprimidos similares ao tal que esteve na boca de George Floyd bem como duas embalagens de suboxone.


    no entanto, o homem morre por ASFIXIA, não foi por consumo de drogas nem paragem cardiaca ou cardio-respiratória.

    acho que o JotaP tem de ir ver a definição de morte por asfixia.
    • JotaP
    • 11 abril 2021 editado

     # 16

    Colocado por: SrRpor mim continue e agradeço pois ate tenho curiosidade sobre desenrolar do assunto.
    Concordam com este comentário:rjmsilva
    Estas pessoas agradeceram este comentário:JotaP


    Transcrição do testemunho do médico que recebeu George Floyd no hospital:

    Eric Nelson é o advogado de defesa.
    Jerry Blackwell um dos advogados de acusação em representação do Estado

    JERRY BLACKWELL: Was your leading theory then for the cause of Mr. Floyd's cardiac arrest oxygen deficiency?

    BRADFORD LANGENFELD: That was one of the more likely possibilities. I felt that at the time, based on the information I had, it was more likely than the other possibilities.

    JERRY BLACKWELL: And Doctor, is there another name for death by oxygen deficiency?

    BRADFORD LANGENFELD: Asphyxia is a commonly understood term.

    ERIC NELSON: Hypoxia is the lack of oxygen to the brain, correct?

    BRADFORD LANGENFELD: Correct.

    ERIC NELSON: Right. And there are many things that cause hypoxia that would still be considered asphyxiation. Agreed?

    BRADFORD LANGENFELD: Correct.

    ERIC NELSON: Drug use, certain drugs can cause hypoxia. Agreed?

    BRADFORD LANGENFELD: Yes.

    ERIC NELSON: Specifically fentanyl?

    BRADFORD LANGENFELD: That's correct.

    ERIC NELSON: How about methamphetamine?

    BRADFORD LANGENFELD: It can.

    ERIC NELSON: A combination of the two?

    BRADFORD LANGENFELD: Yes.
  14.  # 17

    autopsia: asfixia por ação do policia
    • JotaP
    • 11 abril 2021 editado

     # 18

    Colocado por: marco1autopsia: asfixia por ação do policia


    Exactamente o que foi escrito na conclusão. O problema foi depois ao depor e a clarificar as conclusões obtidas.

    Aliás, a autopsia até acho que diz "sob custódia policial". Isso já abordei nuns tópicos acima.

    Onde a defesa foi tentar ir buscar "dúvida razoável" foi nestas questões:

    Eric Nelson: So in your opinion, both the heart disease as well as the history of hypertension and the drugs that were in his system played a role in Mr. Floyd's death?
    Andrew Baker: In my opinion, yes

    Depois de ter explicado que a solicitação extra que o coração teve, ansiedade, esforço e dificuldade devido à restrição imposta pelos polícias no seu corpo, levaram ao colapso.
    Já não me recordo se antes disto ou após, foi perguntado ao médico o que ele fez para procurar os locais onde teria sido feita a restrição ou pressão que levou a este desfecho. Ele disse não existirem marcas cutâneas, pelo que foi feito o corte de várias superficies do corpo em diferentes profundidades (até aos músculos e ossos).
    Alegou não existirem indicios.

    Penso que foi com base nisso que a primeira autópsia terá tirado conclusões diferentes - não se basearam na informação externa dos acontecimentos, mas sim na parte concreta da análise ao corpo. Imagino que esses ainda serão lá chamados, mas resta saber se testemunhos por convicção como estes são suficientes ou se acabam por instalar a tal desejada dúvida que a defesa precisa de levantar.
  15.  # 19

    Colocado por: RCF

    O santosj, enquanto cidadão, reage perante todas as pessoas, desconhecidas, que o abordem, independentemente do local, de forma igual?
    Pense nisso... e os Polícias, antes de o serem, são pessoas...
    Concordam com este comentário:JotaP


    Não não reajo, mas certamente não reajo de forma diferente devido à aparência física das pessoas. Especialmente no meu espaço de trabalho... E já agora não trabalho para o público, os polícias fazem-nos e ou sejam os que podem a vir a discriminar contribuem para o financiamento da profissão tanto quanto os outros.

    Há que agir perante ações e ainda assim com todo o profissionalismo. Que secalhar é esse o mal, os polícias pouca formação teem e a que teem secalhar não é a mais adequada. Isso não é culpa dos mesmos, mas também não acho que mereçam carta branca para que façam o que quiserem pois aparentemente alguém lhes parece um perigo. Há todo um protocolo que teem de seguir que vai inclusive contra o que vocês estão a afirmar.

    Acho que a diferença entre mim e o os senhores é que consigo ter empatia e imaginar "e se fosse eu na situação". E não me sinto bem a olhar só para o meu umbigo e que se lixem os outros. Mas sim, sei que falar de barriguinha cheia e vida tranquilinha sem preocupações é mais fácill.
  16.  # 20

    Em teoria concordo com tudo o que diz, excepto sobre formação das polícias. Temos uma tendência a pegar nos erros humanos destes, que são 1milhão de vezes mais publicitados do que o que fazem de bem e concluir que sabemos muito sobre a sua formação.

    A aparência é determinante como tudo o resto, mas acho que estão aqui a confundir conceitos. Não é determinante para que eu lhe aponte uma arma ou fale sem modos, o facto de ele ter 2 metros e 120kg de massa muscular, mas pode ser determinante se ele tiver 1,60 e todo o seu comportamento me pareça evasivo.

    Por outro lado se o tipo de 2metros e 120kg até é um porreiro mas eu já lidei com ele antes e sei que me esmaga na primeira oportunidade que tiver, é nessa medida que a atuação se adapta.

    Contrariamente ao que um conhecido pensador da nossa praça diz, há de facto uma diferença na abordagem a uma mesma situação na Lapa face à mesma situação na Cova da Moura. O que não pode é haver um atropelo legal ou desrespeito em função de preconceitos criados por alguém ter uma determinada aparência (inclua-se aqui as roupas, a fisionomia, o que quiserem).

    No meu entender, acima de tudo o respeito, mas nunca o baixar da guarda, se o instinto nos diz outra coisa.
    Vejam este video que vi hoje mesmo (até ao fim). O agente envolvido morreu... foi super correcto, educado...

    https://youtu.be/rH6bsr61vrw

    E com isto tudo esqueci-me de duas coisas que era o que ia dizer de inicio - formação é óptimo mas o factor humano só não existe num Robocop...e mesmo esse, no filme veio a revelar-se ter emoções.

    Outra coisa muito curiosa que ouvi no julgamento do Derek Chauvin foi o chefe da polícia dizer que ao cidadão não é argumento dizer "olhe, tivemos 99 interações com cidadãos e correram todas muito bem"...se depois na interação que tem com aquele cidadão em concreto, borramos a escrita. É uma visão interessante e muito pragmática... a acção da polícia tem que ser sempre correcta... mas pode não o ser, infelizmente.
 
0.0268 seg. NEW