Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Boa tarde,

    Tenho de momento algumas propriedades que arrendo/AL e pretendia focar-me mais seriamente em investimento imobiliário.

    Recentemente tenho considerado trabalhar em part-time para uma agência imobiliária. Para deste modo aprofundar-me mais no segmento. Criar relações com agências e agentes, ter acesso a outros investidores e as suas estratégias, ter acesso a mais informação (eg. valores de vendas) e também possivelmente a boas oportunidades de investimento. Principalmente expandir o meu conhecimento em geral.

    Para quem é agente, uma questão que tenho é, um agente terá acesso aos valores das vendas efetuados na sua zona? Imagino que varie de agência para agência, mas esta informação é disponibilizada assim que um agente inicia o trabalho na agência?

    Em relação à ideia em geral, porque sim / porque não ?
  2.  # 2

    Boa tarde,

    Os valores escriturados são partilhados dentro da agência sem dúvidas, basta perguntar e os colegas dizem quase sempre. Também existe algumas ferramentas que facilitam a esse acesso e, para outras marcas, quando já existe uma relação com eles, o conhecimento também é partilhado, basta perguntar.

    Sobre a ideia em geral, não sei responder ao certo. Conheço um investidor que também é consultor mas é mesmo em part-time porque o foco dele é comprar, remodelar e revender. Penso que seja uma prática comum e obviamente que também aprende mais com o mercado e as ditas de "nosssas técnicas". Cabe a si perceber se é uma area que quer entrar e, por exemplo, se num periodo menos bom de investimento, ao conseguir vender casas é cash em entrar.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: prcsc
    • NLuz
    • 27 Abril 2021

     # 3

    Hehehe, quer ser um agente infiltrado !!!
    Se tem paciência e tempo para isso força.

    Tb faço os meus investimentos, e salvo exceções tal como o joseduro, cada vez mais quero distância da "seita" imobiliária.
    Concordam com este comentário: joseduro
    •  
      hangas
    • 27 Abril 2021 editado

     # 4

    Colocado por: prcscPara quem é agente, uma questão que tenho é, um agente terá acesso aos valores das vendas efetuados na sua zona?


    Se o interesse é maioritariamente nos preços, não valerá mais a pena subscrever um produto como o SIR?
    Tem os dados, sem a chatice :)

    https://www.confidencialimobiliario.com/base-de-dados/sir-sistema-de-informacao-residencial/
    Concordam com este comentário: joseduro
    Estas pessoas agradeceram este comentário: prcsc
  3.  # 5

    Colocado por: hangas

    Se o interesse é maioritariamente nos preços, não valerá mais a pena subscrever um produto como o SIR?
    Tem os dados, sem a chatice :)

    https://www.confidencialimobiliario.com/base-de-dados/sir-sistema-de-informacao-residencial/
    Concordam com este comentário:joseduro


    Excelente, obrigado. Seria já bastante útil. Está (ou alguém aqui) subscrito a este produto? Qual o feedback?
  4.  # 6

    Colocado por: prcsc

    Excelente, obrigado. Seria já bastante útil. Está (ou alguém aqui) subscrito a este produto? Qual o feedback?


    Utilizo sempre para me auxiliar nos Estudos de Mercado, não é tudo mas é um bom guia
  5.  # 7

    Colocado por: joseduro

    Utilizo sempre para me auxiliar nos Estudos de Mercado, não é tudo mas é um bom guia


    Uma pergunta que isto me despoleta - os avaliadores ao utilizar o método de comparação para a avaliação de imóveis procura os valored de vendar para imóveis semelhantes. Porque razão eles não utilizam este (ou idêntico) serviço?
  6.  # 8

    Na minha opinião, o Estudo de Mercado deve conter (para imóveis semelhantes na mesma zona):

    - Preço de venda do produto que está no mercado
    - Preço que foi efetivamente escriturado (aqui está a grande dificuldade)
    - Preço do SIR

    Os valores que se costuma apresentar é um intervalo de preço e no fim o preço baseado no SIR. Porque a intenção é: vender ou colocar à venda? Para isso basta ter em conta o produto que está à venda e o imóvel fica adeterno no mercado.

    Sei de colegas meus que utilizam avaliadores bancários para fazer esta análise e tende a estar mais acertado pois eles, sim, dominam tudo.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: NLuz