Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia,

    Queremos construir a nossa casa de sonho e a única coisa que temos é uma pré-aprovação de 180K€ do nosso banco e alguns fundos pessoais que iremos usar na compra do terreno e como fundo de maneio.

    Desta feita vinha procurar a vossa sabedoria quanto aos primeiros passos a dar neste sentido (sou uma perfeita noob neste aspecto).

    Posso estar errada mas penso que o primeiro passo (depois de comprado o terreno, diria) seria procurar os serviços de arquitectura, correcto?

    Tentei perceber através de outra threads mas fiquei com dúvidas: um arquitecto deverá, para além do projecto da casa, apresentar o PE, MQ e CE, é isso?
    Como disse,irei recorrer a crédito, portanto por certo que irão solicitar tudo isto.

    Um arquitecto poderá indicar empreiteiros, DO e técnicos das diferentes especialidades (obras que tenham corrido bem) ou isso é sonhar de mais?
    Estou a atirar-me de cabeça e não conheço ninguém na área. Uma referência seria muito bem vinda.

    Para terminar: vi que já existia uma threads de arquitectos na margem sul mas, como há algum tempo que não é comentada, não sei se as referências a arquitectos dessa thread são actuais. Desta feita, poderiam sugerir arquitectos na Margem Sul?

    Desde já agradeço todos os comentários :)

    Cumprimentos,
    FP
  2.  # 2

    Já agora: Margem Sul, mais precisamente Quinta do Conde, Azeitão ou Fernão Ferro.

    Obrigada 😊
  3.  # 3

    Boa tarde
    Em 2015 construí na margem sul. O gabinete de arquitetura foi a AES, fui bem tratado e gostei do projeto que me apresentaram.
    Partilhe o orçamento que tem é diga o que pretende, depois deixe que a criatividade do arquiteto a surpreenda.
    Eles podem fazer o projeto de arquitetura, projeto de especialidades e mapa de quantidades para pedir orçamentos aos empreiteiros.
    Precisa de um fiscal para a obra e aconselho a contratar um engenheiro civil de um outro gabinete porque este vai ser o seu grande aliado e olhar pelos seus interesses. Ideal é ele acompanhar o andamento do projeto de arquitetura.
    Depois de 1 ano para os projetos aprovados, começa eventualmente a construir.
    Atenção à licença de construção que é caríssima e ao imposto do comboio.
    Boa sorte
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Chris_F
  4.  # 4

    1 ano para a aprovação de um projecto?
    Não fazia ideia de que demoraria tanto tempo 😭

    Imposto do comboio? Auto-corrector?

    Quanto às licença de construção: sim, tenho de investigar o que levam em Sesimbra ou Seixal... Talvez a compra do terreno seja influenciada pela câmara menos chul@ 😁
  5.  # 5

    1 ano e tem de correr bem...
    Pergunte ao seu futuro arquitecto o que é o imposto do comboio, ele explica-lhe.
    Quanto ao local é uma questão de gosto é do que precisa a médio prazo para a sua família.
    Concordam com este comentário: Palhava
  6.  # 6

    #Medo... Nunca pensei em fazer as coisas às pressas, mas com sorte 1 ano está a dar-me vontade de procurar unicórnios (dos mitológicos arquitectos com influência que metem isso a andar mais rapidamente na câmara) ou procurar terrenos já com projecto aprovado...

    Alguém pode dizer-me o que é o imposto do comboio? Pode ser em PVT...fiquei curiosa.
  7.  # 7

    Pois, pensei que houvesse notificação PVT aqui no fórum (mais noobice minha).
    Se alguém me quiser explicar o que é o imposto do comboio: chris_19_f@hotmail.com
  8.  # 8

    Chris_F, desde o momento que decidi que ia construir até agora passaram 6 meses e iniciei o processo já com projecto feito, só foi preciso dar uns toques... Em 6 meses ainda não tenho sequer o estaleiro no terreno, porque neste pais tudo se faz a passo de caracol e gostamos muito de papelinhos. No meu caso a construção é em Almada e posso-lhe dizer que estou à 3 semanas só à espera que a camara responda a um mail de comunicação prévia com um nº de processo para poder agendar o levantamento do alvará e fazer a auto-liquidação. Estive 2 semanas à espera de umas simples cópias da planta do terreno para entregar no banco, outra semana para levantar as cópias (porque é tudo com agendamentos) e tem sido assim. Cada vez que me pedem um papel ou envio um mail demora entre 3 semanas a 1 mês só para ter uma primeira resposta, com muitos telefonemas pelo meio. Portanto, um ano sem sequer ter projectos ainda... acredite, vai passar a voar! Aliás quando me pediram 25 dias úteis para as especialidades pensei logo mal da vida, no final o arquitecto é que ficou à minha espera para entregar tudo na camara porque eu ainda andava a correr atrás de papeis e papelinhos!

    Também tenho curiosidade sobre esse tal imposto do comboio...
    Concordam com este comentário: ricat
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Chris_F
  9.  # 9

    Decreto lei 43/98, aprova o regulamento da contribuição especial.
    É pago nas finanças quando levanta a licença de construção
  10.  # 10

    Posso estar a ver mal mas não vejo listados os municípios nos quais tenciono construir (Quinta do Conde, Azeitão ou Fernão Ferro).

    A estação de Coina da Fertagus de facto está a 5mins daqui mas os não vejo estes municípios... Safei-me ou quê? 😝
  11.  # 11

    Esse decreto lei também menciona que tem a duração de 20 anos...sendo que é de 98, creio que terminou em 2018...

    "Artigo 4.º

    1 - A contribuição especial criada nos termos do presente diploma constitui receita do Estado e tem uma duração de 20 anos."
    Concordam com este comentário: Pedro Barradas
  12.  # 12

    Colocado por: Chris_Fnão vejo listados os municípios nos quais tenciono construir (Quinta do Conde, Azeitão ou Fernão Ferro).

    Isso não são municipios...são localidades de determinados municipios.
  13.  # 13

    Colocado por: Famel85Esse decreto lei também menciona que tem a duração de 20 anos...sendo que é de 98, creio que terminou em 2018...

    exacto
  14.  # 14

    Colocado por: Pedro Barradas
    Isso não são municipios...são localidades de determinados municipios.


    Certo, mau uso do português 😊

    O município do Seixal está listado mas ao que parece a influência terminava em Corroios, portanto Fernão Ferro não estaria incluído.
    Sesimbra e Setúbal também parecem estar fora (portanto Quinta do Conde e Azeitão também estariam fora).

    Qualquer das maneiras, se já não se aplica, tanto melhor 😃
    Thanks
    • Gia
    • 1 Junho 2021

     # 15

    Bom dia também estou nessa aventura... Comprei o terreno mas depois com o arquitecto as coisas complicaram. Ele não entendia o que queríamos e não se mostrou muito empenhado já está concluído o projecto mas entretanto já se passaram 2 anos!! Agora estamos a arranjar construtores também está demorado porque estão todos com muito trabalho e por isso fazem orçamentos muito caros! E aconselharam me aqui no fórum a fugir do chamado chave na mão. Tenha muita atenção e calma escolha bem o arquitecto! Boa sorte.
  15.  # 16

    Aos arquitectos do fórum: levam a mal quando as pessoas levam um esboço do que querem?

    Eu tenho ideia do que quero. Já fiz um esboço e é óbvio que não deve estar nada de jeito (nada deve estar à escala, o open space deve estar maior que o deveria, deve ter uma centena de problemas mas reflecte o que gostaria de ver).

    Se for para começar com o pé errado, prefiro nem o levar 😋

    A ver se consigo anexar o esboço que fiz (novamente: sei que deve ter montessss de problemas e sei que essas escadas na cozinha causam estranheza mas a ideia é ter arrumação por baixo e torná-la útil).

    R/C (imagem de cima) + primeiro andar (imagem de baixo)
      IMG_20210601_203612.jpg
  16.  # 17

    E já agora: varandas ou terraços contam para a construção?
    Fala-se em 1000€/M2 e não pretendo gastar dinheiro em varandas se isso contasse para esses 1000€/M2... 😋
  17.  # 18

    Colocado por: Miguel41Boa tarde
    Em 2015 construí na margem sul. O gabinete de arquitetura foi a AES, fui bem tratado e gostei do projeto que me apresentaram.
    Partilhe o orçamento que tem é diga o que pretende, depois deixe que a criatividade do arquiteto a surpreenda.
    Eles podem fazer o projeto de arquitetura, projeto de especialidades e mapa de quantidades para pedir orçamentos aos empreiteiros.
    Precisa de um fiscal para a obra e aconselho a contratar um engenheiro civil de um outro gabinete porque este vai ser o seu grande aliado e olhar pelos seus interesses. Ideal é ele acompanhar o andamento do projeto de arquitetura.
    Depois de 1 ano para os projetos aprovados, começa eventualmente a construir.
    Atenção à licença de construção que é caríssima e ao imposto do comboio.
    Boa sorte
    Estas pessoas agradeceram este comentário:Chris_F

    Tenho uma experiência completamente ao contrário da sua na função de fiscal de obra. Seja em projeto de arquitetura que não foi a solução conforme o cliente quis..nem tiveram para alterar,o típico (ve_se em obra) seja em projetos de especialidades que nem vale a pena mostrar com ttos erros.. seja porque o empreiteiro vem da parte deles e faz como quer. E mais não vou comentar..
  18.  # 19

    Colocado por: Chris_FAos arquitectos do fórum: levam a mal quando as pessoas levam um esboço do que querem?

    Eu tenho ideia do que quero. Já fiz um esboço e é óbvio que não deve estar nada de jeito (nada deve estar à escala, o open space deve estar maior que o deveria, deve ter uma centena de problemas mas reflecte o que gostaria de ver).

    Se for para começar com o pé errado, prefiro nem o levar 😋

    A ver se consigo anexar o esboço que fiz (novamente: sei que deve ter montessss de problemas e sei que essas escadas na cozinha causam estranheza mas a ideia é ter arrumação por baixo e torná-la útil).

    R/C (imagem de cima) + primeiro andar (imagem de baixo)
      IMG_20210601_203612.jpg

    Não tem mal nenhum o cliente levar o esboço.. Muito mais importante é perceber como vivem a casa, do que gostam, quais as vossas preferências, e depois trabalhar_se dentro dessas vertentes e gostos,é nisso que surge a magia de um arquiteto.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Chris_F
  19.  # 20

    Colocado por: Chris_FAos arquitectos do fórum: levam a mal quando as pessoas levam um esboço do que querem?
    eu nao gosto que o façam. até porque em 99% das vezes os cliente na verdade nao sabem o que querem mesmo quando dizem que sabem.

    mas é melhor do que nada.. desse esboço pode se retirar alguma informação.. (repare que eu disse informação e nao ideias)

    pessoalmente prefiro uma descrição escrita das 'exigências'.. e fotos, ou recortes de revistas. é bastante mais útil.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Chris_F