Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 61

    Estamos a falar de situações particulares .
    Muitos de nós também troca o carro ao fim de 2 outros 5 outros 11 outros 20 anos . E o carro só deu despesa.
    Dizer que não compensa ter painéis solares é muito subjetivo, mas na maioria das situações o investimento tem retorno fim de 4 - 6 anos, para instalações tipo solar impact ou solar shop. Agora por exemplo EDP solar, o retorno só acontece ao fim de 10 anos ou mais .
    Concordam com este comentário: eu
  2.  # 62

    Colocado por: jo.san

    Isso é porque tinha muitos poucos Kw de paineis e porque uma maquina se secar roupa das antigas são umas consumidoras de energia que é uma loucura. Neste momento quem usa muito as máquinas de secar roupa mais vale mandar reciclar uma das antigas e comprar uma das novas A+++, o investimento fica pago em muito pouco tempo.

    Com o apoio do fundo ambiental nem é preciso pensar muito para colocar paineis solares.



    não tem haver com o consumo dos equipamentos, têm haver com simultaneidades, as pessoas têm o habito de chegar a casa e meter a roupa a lavar a loiça cozinhar tomar banho, tudo consome energia. e nestas horas voce não tem painéis fotoeléctricos para auxiliar com potencia na sua casa, o que significa que tem de tomar cuidado com o que liga!
    dai ser um erro pensar que os painéis permitem diminuir a potencia contratada, não é impossível mas não é os painéis que resolvem é os hábitos que tem de mudar!
  3.  # 63

    Os painéis são para serem usados quando há produção, para isso temos que adaptar os nossos hábitos.
    Concordam com este comentário: GMCQ, eu
    • zed
    • 2 janeiro 2022

     # 64

    Colocado por: callinasEstamos a falar de situações particulares .

    O estudo do NT diz que não são situações particulares. Aqui poderá vir a ser diferente, veremos.
  4.  # 65

    Colocado por: zedtambém eólicas


    Isto é que seria interessante, pelo potencial de produção noturna.

    Já há algum equipamento pequeno, de pouco ruído que valha a pena simular?
  5.  # 66

    Há um site português que tem alguma oferta

    https://www.tesup.pt/

    Há para la umas de 1kW ou de 5kW pelo dobro do preço.

    Mas a esteticamente é capaz de ficar horrível num telhado de uma moradia.
    Eu até uma parabólica acho horrível 😀
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ricardo.rodrigues
    • zed
    • 3 janeiro 2022

     # 67

    O SAM também pode simular isso.

    Colocado por: hangasMas a esteticamente é capaz de ficar horrível num telhado de uma moradia.

    Ao contrário do que se passa com painéis solares a instalação de eólicas regra geral não é isenta de licenciamento camarário.
    Concordam com este comentário: hangas
  6.  # 68

    Colocado por: hangasHá um site português que tem alguma oferta

    https://www.tesup.pt/

    Há para la umas de 1kW ou de 5kW pelo dobro do preço.

    Mas a esteticamente é capaz de ficar horrível num telhado de uma moradia.
    Eu até uma parabólica acho horrível 😀


    Eu não me metia nisso:

    https://www.youtube.com/watch?v=x0jI-xwheqc
    Estas pessoas agradeceram este comentário: divv
  7.  # 69

    Pois, eu depois também fui ao YouTube ver reviews em primeira mão, e encontrei esse ralado e outros.

    Há mais marcas por aí, mas desde a estética à eficiência em pequena escala, não acho muito apelativo.

    Mas gostava de ver dados reais de quando é que um gerador desses produz por dia num cenário de vento típico/mediano num cenário urbano ou semi-urbano
  8.  # 70

    Penso que para uso doméstico só soluções deste tipo é que podem vir a ter sucesso:

    vortex bladeless
    • zed
    • 3 janeiro 2022

     # 71

    Colocado por: hangasMas gostava de ver dados reais de quando é que um gerador desses produz por dia num cenário de vento típico/mediano num cenário urbano ou semi-urbano

    Instale um anemómetro para recolher dados durante um ano, depois faça a analise no SAM e abra aqui um tópico de eólicas. ;)
  9.  # 72

    O anemómetro já tenho, mas está instalado na varanda de um apartamento actualmente, o que vale 0 :)

    Mas em breve é para instalar na moradia, e aí terei dados 360°

    Lembre-me daqui a um ano :)
    Concordam com este comentário: zed
  10.  # 73

    Colocado por: pedrocipriPenso que para uso doméstico só soluções deste tipo é que podem vir a ter sucesso:

    vortex bladeless

    so falta começar a comercialização
  11.  # 74

    Colocado por: hangasHá um site português que tem alguma oferta

    https://www.tesup.pt/

    Há para la umas de 1kW ou de 5kW pelo dobro do preço.

    Mas a esteticamente é capaz de ficar horrível num telhado de uma moradia.
    Eu até uma parabólica acho horrível 😀
    Estas pessoas agradeceram este comentário:ricardo.rodrigues


    As reviews dos produtos desse fabricante são, no geral, muito negativas.

    Eu irei ver como está o mercado num par de anos (quando considerar a instalação) para soluções como esta: https://newworldwind.com/en/ extremamente caras neste momento.

    Uma hipótese será sempre avançar por fabrico próprio de várias aeroleafs tipo hobbie...
  12.  # 75

    Boa tarde tópico interessante, mas deve haver algo errado nas contas.
    A esse preço de KWP instalado e assumindo custa eletricidade a 15 cents, ou seja números conservadores a rentabilidade é muito maior, se utilizar a maioria ou vender o excedente. eu obtenho retorno sobre investimento acima de 15% assumindo vida útil de 25 anos...
    nem mexi no preço de electricidade ao longo dos 15 anos. o meu modelo é muito simples e eu próprio fiz as contas no excel.
    vou tentar olhar com cuidado para os seus cálculos e tentar perceber o que fez em detalhe, mas há algo de errado. Algo que tem payback a 5 anos (que é muito beom) tem retornos muito superiores aos 3% que menciona...
  13.  # 76

    OK já reli o tópico e parece que afinal o IRR é na ordem dos 20%, o que já bate mais certo com os números que tenho.
    Nada neste mundo dá 20% garantidos ao ano, por isso o investimento do ponto de vista financeiro é como dizem "no brainer". claro que há nuances e riscos, e sim claro que as avarias nos inversores baixam um pouco o retorno mas repare que considerando as garantias de 10 anos numa vida útil de 20 Anos o pior cenário é 1 troca. é tirar 1000€ as contas do rendimento total acumulado...
  14.  # 77

    Colocado por: Bruno.Alves
    Viver desligado da rede eléctrica.


    Ui o que você foi dizer. Aos anos que falamos em fornecedores de energia 100% renováveis (no tópico dos VE) e há aí uma malta que vai já dizer que isso é tudo inventado e se você tem um contador que só deixa passar electrões de prados verdejantes 😁😁😁
    Concordam com este comentário:zed


    Será que ainda existe quem viva a pensar que a REN não existe? Será que a minha casa pode ter uma linha directa da barragem da Endesa? Realmente, é impressionante como até a ERSE publicita estas mentiras comerciais para urbano comer...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: CarinaM
  15.  # 78

    Colocado por: Sirruper
    Mas a malta nao quer lenha, nao quer gas natural, nao quer gasoleo e depois metem placas inducao, BC, piscinas aquecidas, maq LL e LR e maq de secar?
    Entao off grid deveria ser lavar roupa no tanque, secar roupa na corda, lavar loiça à mão e aquecer a casa e agua com a lenha. E cozinhar a lenha.
    Isso é que deve ser viver off-grid?
    Agora entendo. O off-grid do sec. XXI é ter todo o conforto eléctrico, mas tentar tudo por tudo para reduzir a fatura da electricidade e controlar a casa no smartphone.


    É o off-grid moderno...
    Como levar o saco de sarapilheira para as compras do Continente, onde pode encher com sacos do lixo de 30l e 50l e, bem assim, com uns quilos de roupa de poliester e mais uns quantos sacos de ração para o chien ou o cat, que são os únicos que, para além do portador do saco, vivem naquele T0 do Chiado :)
  16.  # 79

    Colocado por: Bruno.AlvesNão sei. Mas não é a 1 país e sim a 2, porque Portugal e Espanha têm um mercado ibérico de energia.

    E é relevante, pergunto? Porque é que temos de insistir nessa abordagem do tudo ou nada? Se não houver essa capacidade então já não vale a pena, nem que sobre apenas 1 lar sem fornecimento renovável, é isso?
    Se mais consumidores aderirem a tarifários de origem renovável, os fornecedores terão de desenvolver mais e mais esforços para o cumprir. Não é do dia para a noite, é um processo lento e gradual.

    Deixo só isto
    https://www.apren.pt/pt/energias-renovaveis/producao

    Se o tempo foi particularmente favorável? Talvez. Mas foi. E isso é o fundamental.
    Concordam com este comentário:hangas,zed


    O que é um tarifário de energia renovável?
    É um tarifário suportado pelas múltiplas taxinhas que nos aparecem na conta da electricidade?

    Fica a questão ;)
  17.  # 80

    Colocado por: dom123Os painéis são para serem usados quando há produção, para isso temos que adaptar os nossos hábitos.
    Concordam com este comentário:GMCQ,eu


    Portanto, se não trabalhar em casa, na hora do pico solar, sai do trabalho e vem a casa ligar a máquina de lavar roupa, tomar banho, cozinhar na placa de indução, passar a ferro e já agora ligar o aquecimento durante umas horas para quando regressar novamente a casa, logo à noite, a casa não estar tão fria...

    Ah, e já me esquecia, aproveitar para carregar o VE porque indo e vindo 4 vezes por dia (casa-trabalho-casa-trabalho-casa) é preciso aproveitar a energia "gratuita" do sol. :)
 
0.0297 seg. NEW