Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia, estou neste momento a construir moradia em sistema chave na mão. Acontece que a empresa construtora diz que tem coordenação e fiscalização mas a verdade é que começaram a desmatação sem o terreno ter sido vedado e ao que vim a saber à pouco tempo, eu como DO devia ter enviado uma comunicação à ACT com 10 dias de antecedência para a abertura de estaleiro e enviado o Plano de Segurança e Higiene. Quando questionei o engenheiro, que é supostamente o DT da obra, diz-me que está a reunir a documentação para eu depois enviar a tal comunicação. Mas isto já não devia ter sido feito antes sequer da limpeza / desmatação ter começado? O dito coordenador de segurança não me devia ter alertado para esta situação?
    Já percebi que não posso confiar nesta empresa para fazer a gestão da fiscalização e da coordenação de segurança, mas efectivamente não tenho como pagar estes serviços à parte uma vez que pelo que sei é mais um ordenado dos meus todos os meses até que a obra se conclua e todo o dinheiro que tinha está do lado da construtora. Como tal, que outras situações é que devo prevenir? Obviamente não venho aqui pedir consultoria gratuita, mas gostava que me pudessem ajudar com as situações que normalmente podem dar mais chatices aos DO que não têm conhecimentos de construção. Obrigada desde já a quem me puder ajudar.
  2.  # 2

    Bom dia

    Entregar a fiscalização e coordenação de segurança à empresa que vai fazer a obra, é como pedir à raposa para tomar conta da Capoeira.

    Esse serviço é extremamente complexo e tão importante como a elaboração do projeto. Como tal não se iluda, pois qualquer pequena dica que lhe possam dar aqui, é uma gota no oceano.

    Se não pode comportar os custos de um acompanhamento técnico eficiente e se a empresa já tem o dinheiro do lado dela, a única coisa que pode ir fazendo é ir solicitando a apresentação de documentação ou relatórios. E deixo o meu conselho de juntar algum dinheiro e comprar esse serviço, contemplando nem que sejam 2 visitas à obra por mês.
    Nota: aborde o autor de projeto a saber se lhe pode prestar essa consultoria adicional.

    Boa sorte
    Concordam com este comentário: ForcePT
  3.  # 3

    Colocado por: NeonEntregar a fiscalização e coordenação de segurança à empresa que vai fazer a obra,

    Não é sequer permitido...
    Concordam com este comentário: Neon, zinna, doutormartelo
  4.  # 4

    Colocado por: Pedro BarradasNão é sequer permitido...


    Pois não, mas infelizmente é o que se vê.

    O dono de obra, ainda vê esse papel como um gasto desnecessário e/ou prescindível e acaba por dar a mão a Deus e ir em frente.

    Há que desmistificar essa ideia.
  5.  # 5

    Colocado por: luciaameu como DO devia ter enviado uma comunicação à ACT com 10 dias de antecedência para a abertura de estaleiro e enviado o Plano de Segurança e Higiene.

    Essa é uma responsabilidade que não é possível transmitir. Veja se é possível negociar o retirar da fiscalização e coordenação de segurança do valor global sempre serão uns trocos e contratar por sua conta esses elementos.Não considere isso como custo porque para além de ser obrigação legal normalmente essa gente ajuda o DO, sobretudo para quem não tem experiência nesta atividade.
  6.  # 6

    Após todo o processo passado até ter chegado aqui e com o que sei hoje, teria feito tudo completamente diferente e teria muito mais noção das coisas, sendo que agora pouco posso fazer para sair da situação, tenho que viver com ela o melhor possível até ao fim disto tudo. Pensando agora friamente, fui completamente louca em meter-me nesta aventura sozinha (sou só eu envolvida no processo) e isto já me deu tantos cabelos brancos e ainda nem começou a construção propriamente dita. Quando digo que a fiscalização e a coordenação é feita por pessoas da empresa, diga-se que são pessoas que têm gabinete próprio (assinam por outra empresa) mas são subcontratados pela construtora do chave na mão. Creio que isto não é ilegal feito desta forma mas enfim, é como dizem, os interesses aqui defendidos nunca serão os meus mas sim por quem lhes pagou "o serviço".
  7.  # 7

    Colocado por: luciaamCreio que isto não é ilegal feito desta forma mas enfim, é como dizem, os interesses aqui defendidos nunca serão os meus mas sim por quem lhes pagou "o serviço".


    O essencial já percebeu.

    Reitero a minha sugestão, caso possua alguma folga financeira procure contratar esse serviço a terceiros sem qualquer envolvimento com a empresa construtora.
    O básico (analisar as obrigações mínimas em termos de papelada*) e com uma ou duas visitas à obra por mês não ficará por um salário mensal.

    * exigir documentação de habilitação do empreiteiro, seguros, listagem de pessoal em obra, comprovativos de que se encontram aptos a trabalhar e tem os EPI- Isto no que se refere à segurança
    No que se refere à qualidade da obra, veja o que tem acordado no contrato e o seu projeto aprovado (presumo que não tenha projeto de execução, que é outra "poupança" que acaba por sair cara) tente ir à obra o maior numero de vezes possível confirmar se os materiais acordados são os que estão a ser aplicados. Quantos aos processos de execução da obra, tente arranjar um técnico que passe pela obra de quando em vez (não é o ideal mas é melhor do que nada)
  8.  # 8

    Colocado por: NeonO básico (analisar as obrigações mínimas em termos de papelada*) e com uma ou duas visitas à obra por mês não ficará por um salário mensal.
    * exigir documentação de habilitação do empreiteiro, seguros, listagem de pessoal em obra, comprovativos de que se encontram aptos a trabalhar e tem os EPI- Isto no que se refere à segurança

    Obrigada, vou ver o que consigo fazer em relação a isto. Já agora alguém aqui do forum com quem possa falar? a obra é na margem sul.

    Colocado por: NeonNo que se refere à qualidade da obra, veja o que tem acordado no contrato

    Pois, este é outro problema...não há contrato. O máximo que tenho é um orçamento com uma descrição básica tipo 'fornecimento e montagem disto e daquilo' que ocupa uma página A4 e um mapa de acabamentos (ex. x torneiras a y valor a unidade) e um valor de adjudicação (valor este que já foi ultrapassado). Nunca me deram nenhuma fatura mesmo já tendo solicitado várias vezes.

    Colocado por: Neontente ir à obra o maior numero de vezes possível confirmar se os materiais acordados são os que estão a ser aplicados.

    Não tenho Mapa de quantidades também, ou seja torna difícil perceber se o orçamento que me deram vai mesmo ser cumprido e se os materiais a aplicar deviam ser aqueles.

    Colocado por: NeonQuantos aos processos de execução da obra, tente arranjar um técnico que passe pela obra de quando em vez (não é o ideal mas é melhor do que nada)

    Obrigada, vou ver desta questão também, acho que tenho mesmo que arranjar fundos para isto, senão vai ser ainda pior.

    Para além disto tudo, sem contrato e sem nada com que me possa proteger, eles têm feito o que querem quando querem, significa que a obra está vários meses atrasada e claro que também se devem aproveitar da minha situação, mulher, sozinha no processo com uma bebé pequena, vendi a minha casa para realizar um sonho e agora vejo tudo desvanecer-se. Todo o dinheiro que tinha feito com a venda da casa foi-se e todos os dias me arrependo disto, a pagar uma renda milionária e sem fim à vista para esta situação.
    Obrigada a todos pelas sugestões.
  9.  # 9

    É importante ter ajuda,pois ainda está no começo.
    A construção deveria ser um projecto feliz, e ao contratar uma empresa chave-na-mao deveria estar mesmo mais descansada... foi isso que pagou,penso eu...

    É importante ter pessoas sérias a ajudar.
    Se calhar até podem nem estar a enganar, mas só com falta de comunicação...
    Não nos podemos precipitar.

    Se quiser, podemos falar um pouco e ver se podemos ajudar nalguma coisa.
    Temos muitos contactos bons na parte de fiscalização, caso precise.
  10.  # 10

    Colocado por: luciaamApós todo o processo passado até ter chegado aqui e com o que sei hoje, teria feito tudo completamente diferente e teria muito mais noção das coisas, sendo que agora pouco posso fazer para sair da situação, tenho que viver com ela o melhor possível até ao fim disto tudo. Pensando agora friamente, fui completamente louca em meter-me nesta aventura sozinha (sou só eu envolvida no processo) e isto já me deu tantos cabelos brancos e ainda nem começou a construção propriamente dita. Quando digo que a fiscalização e a coordenação é feita por pessoas da empresa, diga-se que são pessoas que têm gabinete próprio (assinam por outra empresa) mas são subcontratados pela construtora do chave na mão. Creio que isto não é ilegal feito desta forma mas enfim, é como dizem, os interesses aqui defendidos nunca serão os meus mas sim por quem lhes pagou "o serviço".


    Só para lhe dizer que tem aqui uma "louca" igual a si. A diferença é que ainda estou só no começo desta aventura. Desejo-lhe muita sorte e realmente contractar um fiscal é essencial. E para quem não entende nada disto, ainda mais. Aqui no forum há o user zedasilva que faz esse serviço. Pode sempre falar com ele. Pode também abrir um tópico aqui no fórum e ir postando fotos e relatos da construcção da sua casa. Pode ser que assim também ajude um bocado...
  11.  # 11

    Mais uma vez as promessas de facilitosmo, o “não se preocupe com nada” infelizmente alguem menos bem intencionado engana DO’s como quem tira um doce a uma criança, e vai piorar
    Concordam com este comentário: ForcePT, martafgc8
  12.  # 12

    Obrigada a todos pelas sugestões. Não tem sido um processo nada fácil desde o inicio, estou bastante desmotivada. Como disse e bem o DR1982 cai na cantiga do 'não se preocupe com nada' e agora está aqui o resultado. martafgc8 coragem para si também e que tenha mais sorte que eu ou pelo menos que se informe bem sobre tudo antes de avançar no que quer que seja, a mim está-me a servir de lição para a vida.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: martafgc8
  13.  # 13

    Colocado por: luciaamObrigada a todos pelas sugestões. Não tem sido um processo nada fácil desde o inicio, estou bastante desmotivada. Como disse e bem o DR1982 cai na cantiga do 'não se preocupe com nada' e agora está aqui o resultado. martafgc8 coragem para si também e que tenha mais sorte que eu ou pelo menos que se informe bem sobre tudo antes de avançar no que quer que seja, a mim está-me a servir de lição para a vida.
    Mantenha a calma e veja as coisas friamente, o que esta feito nao ha muito volta a dar, creio eu, resta lhe agora tentar minimizar os danos e para isso vai ter de contar com alguém que a ajude, alguém ue perceba de construção e que esteja do seu lado, por isso eu no seu caso neste momento preocuparme-ia em arranjar como pagar a esse alguém, nem sequer equacionava avançar sem essa figura.
    Concordam com este comentário: martafgc8, doutormartelo
    Estas pessoas agradeceram este comentário: luciaam