Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Nestes concelhos ainda aparecem à venda imóveis em conta.

    Quais os prós e contras no acesso a Lisboa?

    Muitas aldeias destes concelhos são zonas rurais.
    Até que ponto são isoladas e os acessos difíceis?

    Há transportes públicos de qualidade?
      250px-Concelhosdelisboa.png
  2.  # 2

    Boa tarde

    Comprei casa em Alverca (ainda se encontra em fase de construção) e não tenho nada a apontar em relação à localização. Se conseguir apanhar a A1 para Lisboa às 8h da manhã não apanha trânsito, depois disso, já é mais difícil.
  3.  # 3

    Não conheço a realidade de Lisboa, conheço a do Porto. Tem mais travessias da margem sul para entrar no Porto, mas não estão dimensionadas para a atualidade. As estradas nacionais e municipais que acedem ao Grande Porto tem cruzamentos problemáticos em que os semáforos/caixas amarelas não são respeitados, rotundas onde não existem regras e acima de tudo condutores super contentes por estarem no transito a caminho de mais um dia de trabalho. Hoje para não variar começou com mais uma confusão pior que o período pré pandêmico, "sinais vermelhos" em todo o lado. Trabalhar em Lisboa ou Porto e morar fora do concelho não tem porque melhorar com o tempo.
    Uma dica, vão de mota ou scooter ou transportes públicos não sujeitos a engarrafamentos...
  4.  # 4

    Boa tarde,
    De Azambuja demoramos cerca de 15 min até à A1 e A10 e depois tudo depende do transito.
    Até Alverca é sempre a andar, a partir de Alverca depende das horas.
    Temos comboio (ultima estação urbana de Lisboa) para Santa Apolónia e podemos trocar em Alverca para apanhar a linha de Sintra
  5.  # 5

    A minha experiência nesta zona do distrito de Lisboa resume-se a uma ida ao Cadaval e a uma Quinta de Casamentos já não sei exactamente onde era.
    Depois há a N1:quem não se lembra do "Ponderosa"?
    São zonas rurais e desertificadas.
    As estradas não são muito boas.
    Por isso demora-se bastante.
    Ainda está à espera de bons projectos.
      images (1).jpeg
  6.  # 6

    Ponderosa, como no rancho "ponderosa"? :)
  7.  # 7

    Colocado por: ADROatelierPonderosa, como no rancho "ponderosa"? :)


    Sim.


    Diz-se que antigamente os funcionários andavam vestidos de índios/cowboys.
  8.  # 8

    Onde é isto, Palhavã?

    Colocado por: Palhava
    Sim.
    Diz-se que antigamente os funcionários andavam vestidos de índios/cowboys.
  9.  # 9

    Colocado por: ADROatelierOnde é isto, Palhavã?




    https://www.google.com/search?q=ponderosa+restaurante&oq=ponderosa+restaurante&aqs=chrome..69i57.5847j0j7&client=ms-android-vf-pt-revc&sourceid=chrome-mobile&ie=UTF-8


    Com a A1...

    Este e outros estabelecimentos perderam o movimento.


    É como o Canal Caveira...
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ADROatelier
  10.  # 10

    Colocado por: PalhavaLisboa resume-se a uma ida ao Cadaval e a uma Quinta de Casamentos

    Já é quase distrito de Leiria, bem afastado de Lx cidade.



    Colocado por: ADROatelierPonderosa, como no rancho "ponderosa"? :)


    Pois, mas os tempos áureos daquilo deve ter sido nos anos 70/80... há uns anos passei por lá e estava a aberto (tinham reaberto mas claramente precisava de uma cara lavada), mas n tinha nada a ver com o que foi, e fica já bem longe de LX, acho q ainda pertence ao concelho da Azambuja, mas já a paredes meias com o cadaval.

    Quem quiser 1 restaurante simpático (diárias), tem o Snoopy (em Alcoentre), o dono (família) deve sr proprietário de meia rua, o tinto da casa, produzido por ele, é bem simpático (lá fomos à adega buscar uma caixa para levar dps de almoço), pedi uma costeleta de novilho e levou-me ao talho (fechado na hora de almoço) onde entrei com ele e cortou a carne à minha frente. Daqueles que se não valer pela comida (que vale) fica pela experiência. E desconfio q o nome Snoopy deve vir da cara do sr. :O

    edit. foi uma recomendação do motorista que era ali da zona e emborcou um jarro e meio de tinto com o cozido à portuguesa dele.
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Palhava
  11.  # 11

    Eu creio que em todo o Oeste ainda sim!... há ainda boas oportunidades de investimento.

    Todas as outras opções à volta de Lisboa já estão saturadas e muito caras.


    O progresso estagnou nesta área também à custa da não construção do aeroporto na OTA.