Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Olá!
    Procuro alguém para fabricar um móvel de lavatório em Corian, na zona de Lisboa.
    Alguém por aqui?

    Obrigada
  2.  # 2

    Tem por aqui o user fbastos que mostra aqui os seus trabalhos.
    Fernando.mp.bastos@gmail.com


    Para esses trabalhos de Cerâmicas Kerlite, dekton, Porcelânico (paredes, chão, lavatórios, bancadas) também tem esta empresa:
    https://www.facebook.com/77globalservice
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Palmix
  3.  # 3

    De tanta dificuldade em arranjar alguém que trabalhe este material, já estou quase a meter mãos à obra.
  4.  # 4

    Colocado por: ricardo.rodriguesquase a meter mãos à obra

    Eu não me metia nisso.
    Peças de grande formato convém ter formação e equipamento especializados.
    Concordam com este comentário: Palmix
  5.  # 5

    Moldacoria
    Estas pessoas agradeceram este comentário: ricardo.rodrigues
  6.  # 6

    Não são grande formato.
    Para fazer bancadas e ligar cubas às bancadas.

    O importador do Corian tem um modulo de formação, que pode ser adquirido, para ensinar a trabalhar o material.
    Conheci um profissional que trabalhava o corian, mas infelizmente faleceu no ano final do ano passado, pelo que fiquei novamente sem conseguir a recorrer a alguém.
    Silestone, quartzo, dekton, etc todos fazem....quando pergunto pelo Corian dizem que não sabem...Nem estão interessados em saber, o que acho caricato.
  7.  # 7

    Na prática qual é a diferença entre esse Corian e os "Silestone, quartzo, dekton, etc"?
    Concordam com este comentário: mica
    • CG.
    • há 6 dias

     # 8

    O Corian é bastante mais caro que a concorrência. Tem o Krion da Porcelanosa bastante mais em conta, ainda assim caro.

    Existe uma empresa em Braga que fazia todos tampos, balcões, mesas, etc, dos MacDonalds nos anos 90 e 2000. O MacDonals foi o grande impulsionador do Corian em Portugal.
    • CG.
    • há 6 dias

     # 9

    Colocado por: elfo106Na prática qual é a diferença entre esse Corian e os "Silestone, quartzo, dekton, etc"?


    Assim de repente, o Corian e Krion não é poroso, antibacteriano, fácil manutenção, rápida reparação e resistencia*. Se bem transformado, as juntas não são perceptíveis. O que o torna ideal para ambientes exigentes, como clinicas, hospitais, laboratórios, cozinhas, zonas públicas com elevado desgaste.

    * a resistência está estritamente relacionada com o método construtivo, e como tal depende do transformador. Este tipo de material não é estruturante como alguns concorrentes, pelo que necessita de suporte.
    Concordam com este comentário: Palmix
    Estas pessoas agradeceram este comentário: elfo106
    • CG.
    • há 6 dias

     # 10

    E, já me esquecia dum bastante importante e diferenciador: no processo de transformação é maleável, podendo criar várias formas e feitios.
    Concordam com este comentário: Palmix
  8.  # 11

    Grosso modo a diferença entre os o Corian e o Quartzo (silestone, etc) é:

    - Eliminação de juntas - no Corian não consegue ver onde é que as placas foram ligadas;
    - Fácil reparação - No Corian consegue eliminar buracos, cortes, empenos, etc com facilidade;
    - Porosidade - O Corian é um material não poroso, por isso mais higiénico;
    - Fácil remoção de manchas/sujidade - em grande parte, basta um bom detergente e esfregar um pouco, para remover manchas do Corian;
    - Trabalhabilidade do material - Devido às suas características, consegue dar qualquer forma às placas.

    Até pareço um vendedor da Corian!

    Problemas do Corian:

    - Deformação ao calor - Há casos de má aplicação (muito por culpa das espessuras das placas aplicadas) em zonas próximo a forno e placas de indução, que causam deformação das placas. É facil reparar, mas é sempre incómodo ver a placa a entortar.
    - Difícil arranjar aplicadores acreditados.


    Como há poucos aplicadores, é natural o preço pedido pelo produto acabado ser mais elevado, quando comparado ao normal quartzo.
    Contudo, e depois de contactar o importador, apercebi-me que o custo da matéria é diametralmente oposto ao preço praticado no produto acabado. Sendo que a forma de o trabalhar é bastante idêntica ao dos restantes materiais.
    Mas, lá está, é normal o transformador subir o preço, porque deve ser mais pressionado no preços do quartzo.
  9.  # 12

    ..
  10.  # 13

    Colocado por: Palmixdepois de contactar o importador, apercebi-me que o custo da matéria é diametralmente oposto ao preço praticado no produto acabado. Sendo que a forma de o trabalhar é bastante idêntica ao dos restantes materiais.


    Então encontrou aí um nicho de mercado. Tá a abrir empresa:)
  11.  # 14

    Colocado por: ricardo.rodrigues

    Então encontrou aí um nicho de mercado. Tá a abrir empresa:)


    E olhe que não é por falta de vontade...
    Já tentei convencer uns rapazes que andam a soldo, e que trabalham muito bem...mas com o trabalho que tem, quase tudo a receber por fora, diz que não se estão a chatear para aprender coisas novas e pensarem um pouco maior...

    Arranjei uma empresa que trabalha Krion (porcelanosa). Pedi-lhes preço para uma bancada de WC com 2 lavatórios. O preço era de tal forma estratosférico que até tremi...um disparate!
  12.  # 15

    Dê uma vista de olhos pelo canal do Andy Graves.
    Um didata sobre como trabalhar Corian.

    https://www.youtube.com/channel/UCwgEdGAcDtSi1hVqnJt7Q8A
  13.  # 16

    Procure por carpintarias que se dediquem mais às cozinhas. De certeza que encontrará alguém com Formação. É uma matéria que se trabalha com ferramentas de carpintaria.
    Eu até estou à espera para ter uma formação da lg ,hi-macs que é semelhante ao corian (pedra acrílica?
  14.  # 17

    as ultimas informações que tenho de corian não são muito boas, mas de momento tambem não me lembro bem os porquês quando me disseram isso, lá haverá alguma razão.
  15.  # 18

    Colocado por: marco1as ultimas informações que tenho de corian não são muito boas, mas de momento tambem não me lembro bem os porquês quando me disseram isso, lá haverá alguma razão.
    assim por alto, reage mal a químicos e calor..
    Concordam com este comentário: Djdasa
  16.  # 19

    Colocado por: antonylemosassim por alto, reage mal a químicos e calor..


    Assim não me parece muito adequado para cozinhas que seria o local mais obvio para aplicar isso.
  17.  # 20

    Eu já trabalhei, fiz vários moveis de casa de banho e tampos com pia incluída para cozinhas tudo para o mercado estrangeiro. mas deixei esse trabalho.
 
0.0231 seg. NEW