Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 201

    Registo a 31.12.2021
    Sala
      95AC50A0-36A8-4395-95CB-B1F8BDFD0BCE.jpeg
  2.  # 202

    Registo a 31.12.2021
    Cozinha
      5A871547-5E0A-44D2-B862-D2D59B1CA741.jpeg
  3.  # 203

    Registo a 31.12.2021
    Lazer
      3DB795E7-5A81-43E6-9427-320E557B284D.jpeg
  4.  # 204

    Um dos features mais desafiantes foi naturalmente a dimensão daquela pala,
    Vamos dissecar:
    1ª: O objetivo da pala: simples, servir de base das varandas do andar de cima, e ao mesmo tempo de teto do pátio do andar de baixo. Com isso ganhamos na largura da varanda, e na cobertura do pátio. Mas o verdadeiro motivo inicial da pala foi mesmo servir de ensombramento. Aquela fachada é 100% sul, e não tem qualquer obstáculo que, durante as estações quentes em que o sol castiga muito, impedisse o sul de furar as janelas dos quartos, cozinha e sala. As palas eram a alternativa, e foram feitos estudos solares, coisa simples, só para entendermos qual as dimensões necessárias para que durante aqueles junho, julho, agosto, nem uma pinta de sol conseguisse sequer tocar no vidro das janelas.

    Por outro lado, foi possivel garantir que durante as estações mais frias, e porque o sol anda mais baixo, o sol consegue aí sim , penetrar pelas janelas e ir bater diretamente até lá ao fundo nas paredes do lado oposto.
    Vamos agora em breve entrar na casa definitivamente e aí é que vamos perceber se o objetivo foi alcançado e conseguimos de forma natural e sem recurso a sistemas de conforto térmico ativos, obter uma temperatura e incidência solar ajustadas às nossas necessidades e gostos de acordo com os meses do ano.

    Este foi uma das minhas principais aprendizagens aqui neste forum, exposição solar, a sua importancia, como ajustá-la, como tirar proveito dela, e ao longo de muitos meses ou até anos de leituras tornei esse um dos princpais tópicos na lógica deste projeto,
    Por isso, quero aqui agradecer a todos os foristas que me ajudaram a entender isto e como o por em prática,
    A todos, um bem-haja,
    Estas pessoas agradeceram este comentário: diouf_matos, zed
    • SrR
    • 15 setembro 2022 editado

     # 205

    O radiante ja funciona?
  5.  # 206

    Colocado por: SrRO radiante ja funciona?


    ainda não,
    ainda nem terminamos as mudanças
  6.  # 207

    JPMN_17

    Obrigado pelo conteudo e pela forma como o partilha.
    Já agora parabéns pela construção e aproveite ao máximo.
    Concordam com este comentário: Beto1980
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JPMN_17
  7.  # 208

    Colocado por: JPMN_17Um dos features mais desafiantes foi naturalmente a dimensão daquela pala,
    Vamos dissecar:
    1ª: O objetivo da pala: simples, servir de base das varandas do andar de cima, e ao mesmo tempo de teto do pátio do andar de baixo. Com isso ganhamos na largura da varanda, e na cobertura do pátio. Mas o verdadeiro motivo inicial da pala foi mesmo servir de ensombramento. Aquela fachada é 100% sul, e não tem qualquer obstáculo que, durante as estações quentes em que o sol castiga muito, impedisse o sul de furar as janelas dos quartos, cozinha e sala. As palas eram a alternativa, e foram feitos estudos solares, coisa simples, só para entendermos qual as dimensões necessárias para que durante aqueles junho, julho, agosto, nem uma pinta de sol conseguisse sequer tocar no vidro das janelas.

    Por outro lado, foi possivel garantir que durante as estações mais frias, e porque o sol anda mais baixo, o sol consegue aí sim , penetrar pelas janelas e ir bater diretamente até lá ao fundo nas paredes do lado oposto.
    Vamos agora em breve entrar na casa definitivamente e aí é que vamos perceber se o objetivo foi alcançado e conseguimos de forma natural e sem recurso a sistemas de conforto térmico ativos, obter uma temperatura e incidência solar ajustadas às nossas necessidades e gostos de acordo com os meses do ano.


    Apesar da minha pouca participação neste fórum, senti a necessidade de comentar nesta situação: muitos parabéns e tiro-lhe o meu chapéu por terem chegado a este nível de detalhe (importante, a meu ver) na sua construção. Estou francamente curioso para saber a sua opinião sobre a performance térmica do imóvel!

    Aproveitava só para colocar uma questão adicional sobre o posicionamento das janelas: porquê na face de dentro e porque não a meio (ou na face exterior)? E os caixilhos tapam a pedra do lado de dentro ou assentam sobre a mesma, deixando uma pequena parte da pedra à vista?

    Obrigado e cumprimentos!
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JPMN_17
  8.  # 209

    Colocado por: tgferreira

    Apesar da minha pouca participação neste fórum, senti a necessidade de comentar nesta situação: muitos parabéns e tiro-lhe o meu chapéu por terem chegado a este nível de detalhe (importante, a meu ver) na sua construção. Estou francamente curioso para saber a sua opinião sobre a performance térmica do imóvel!

    Aproveitava só para colocar uma questão adicional sobre o posicionamento das janelas: porquê na face de dentro e porque não a meio (ou na face exterior)? E os caixilhos tapam a pedra do lado de dentro ou assentam sobre a mesma, deixando uma pequena parte da pedra à vista?

    Obrigado e cumprimentos!


    Obrigado,

    QUanto ao que pergunta: a caixilharia foi colocada à face interior para permitir que a caixa de estores ficasse 100% pelo exterior. Ganha-se do pont ode vista térmico e também acustico visto que não há qualquer ligação do exterior ao interior pela caixa de estore. E dessa forma também qualquer assistência aos motores, ou ao estore em si, é feita pelo acesso exterior.
    Acresce que o estore irá correr pela face exterior do parede, o que irá originar uma 'espécie de caixa de ar' entre o estore e o vidro. Em primeiro porque prefiro ver o estore a desenrolar às direitas em vez de desenrolar encostado à janela. Ia parecer que está a desenrolar ao contrário. E depois, essa 'caixa de ar' distancía um pouco o estore da janela, o que se espera que possa proteger um pouco mais o vidro de temperaturas, ventos, raios solares, etc.
  9.  # 210

    Este formato de exposição da obra é muito interessante, estou a ponderar fazer o mesmo! Parabéns JPMN
    Concordam com este comentário: mica, Beto1980, zinna
    Estas pessoas agradeceram este comentário: Wilga, JPMN_17
  10.  # 211

    De dentro para fora

    Caixilharia
    Caixa de ~15cm
    Calha de estore fixado de topo para mais fácil assistencia em qualquer eventualidade.
    Não é tão bonito como se ficasse encastrado, eu sei, mas quando penso que se for preciso alguma assistencia corria o risco de ter de mexer com a parede de suporte, isso assustou-me e aceitamos assim.
    Como digo logo ao inicio, a questão funcional e prática ganhou quase sempre às questões estéticas.
    Claro que é discutível, mas foi assim que decidimos e até ver, sem arrependimentos.
    Concordam com este comentário: chris50dd
      aaaaaaaaaaaaaaaaaa.jpg
  11.  # 212

    Também fizeram assim na minha casa. Só não precisaram de deixar o caixilho à face de dentro. Mas a minha casa também não é exemplo para ninguém!
  12.  # 213

    Pessoalmente acho controverso a exposição da obra desta forma pois caso existam erros já não vai dar para fazer nada podendo ficar o DO com algum "amargo na boca"
    Concordam com este comentário: ricardo.rodrigues
    • snob
    • 15 setembro 2022

     # 214

    Também irei montar assim a minha caixilharia. Além das vantagens que referiu, também permite poupar na carpintaria interior.
    Em relação à estética, também concordo que é discutível, mas não se pode ter tudo
  13.  # 215

    Colocado por: RUIOLIEste formato de exposição da obra é muito interessante, estou a ponderar fazer o mesmo! Parabéns JPMN
    Estas pessoas agradeceram este comentário:JPMN_17
    A desvantagem é que já não da para remediar 😀
    Estas pessoas agradeceram este comentário: JPMN_17
  14.  # 216

    Colocado por: DR1982A desvantagem é que já não da para remediar 😀

    Mas dá para os restantes aprenderem o bom e o mau, se bem que em muitos casos não dá para aferir, mas é uma mais valia.
    Se conseguir recuperar as minhas fotos secalhar faço uma coisa destas.. durante a obra é impossível ter tempo pra tudo, principalmente se lá se andar a carregar baldes.
    Concordam com este comentário: RUIOLI, JPMN_17, Djdasa
  15.  # 217

    Colocado por: DR1982A desvantagem é que já não da para remediar 😀


    Mas durante a obra há pouco tempo...

    Claro que coisas fora do normal, tenho colocado, mas tudo não consigo.

    Depois da obra, já tenho o distanciamento para refletir sobre o que correu bem e mal, se foi fácil ou difícil de contratar, de executar, resultado final...
    Concordam com este comentário: Beto1980
  16.  # 218

    Colocado por: rjmpires
    Mas dá para os restantes aprenderem o bom e o mau, se bem que em muitos casos não dá para aferir, mas é uma mais valia.
    Se conseguir recuperar as minhas fotos secalhar faço uma coisa destas.. durante a obra é impossível ter tempo pra tudo, principalmente se lá se andar a carregar baldes.
    Concordam com este comentário:RUIOLI
    Sim entendo, eu tambem nao vou fazer diário, nao ia resultar…
    Quer dizer posso fazer um diário muito por alto mas com alguns meses de atraso 😃
  17.  # 219

    Colocado por: DR1982A desvantagem é que já não da para remediar 😀


    Eu ponderei isto bastante, e no fim de contas não tive dúvidas sobre como faria.
    Quando quiserem leiam o meu post #88 deste tópico, eu explico lá o porquê de fazer assim.
  18.  # 220

    Colocado por: JPMN_17E depois, essa 'caixa de ar' distancía um pouco o estore da janela, o que se espera que possa proteger um pouco mais o vidro de temperaturas,


    Em rigor, a resistência térmica desse espaço "fechado" é muitissimo baixa (Rt < 0.18 m².K/W) até porque vai sofrer efeitos de movimentação de ar por convexão, e sendo que os estores de alumínio, de térmico não têm quase nada.

    Acredito que não terá diferença térmica significativa face a estar o estore mais perto do vidro.
 
0.0286 seg. NEW