Iniciar sessão ou registar-se
  1.  # 1

    Bom dia,
    Será que existe alguém com experiência em negociação particular no eleiloes. Será que nessa parte depois de ter já existido o leilão sem licitações nenhumas e ter passado para negociação particular existe nessa altura a possibilidade de crédito habitação uma vez que já não existe título de transferência e temos que fazer uma escritura “normal”? Alguém teve experiência com uma situação parecida? Ou continua então dentro da situação de ter de fazer o depósito total dentro dos tais 15 dias. Falei com o AE mas ele só me disse que não se importa de onde vem o dinheiro e não me esclareceu nada…
  2.  # 2

    Pela minha experiência:

    Quando o leilão é publicado por um Agente de Execução (AE), significa que estão a penhorar o imóvel, mas não detém a propriedade do imóvel.
    Quando o leilão é publicado por um Administrador Judicial (AJ), significa que o imóvel foi apreendido por um tribunal, e este AJ tem plenos poderes por parte do tribunal para proceder à venda do imóvel. O AJ representa a massa falida e detém a propriedade do imóvel.

    No caso do AE, não existe escritura, mas sim um auto de adjudicação para proceder à transferência de titularidade do imóvel.
    Nestes casos, não costuma ser possível obter crédito habitação.

    No caso do AJ, existe uma escritura, logo é possível obter um crédito habitação.

    Espero ter ajudado.
  3.  # 3

    Muito obrigado faz sentido não sabia da diferença entre um AJ é um AE. A propriedade encontra se em negociação particular através de um administrador judicial portanto deduzo que exista opção de crédito habitação muito obrigado
 
0.0079 seg. NEW